quinta-feira, 5 de abril de 2007

Lula tenta conter insatisfação militar com promessa de futuros investimentos para as Forças Armadas

Edição de Quinta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça agora o novo podcast Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

Apavorado com os desdobramentos da crise militar que sua incompetência política ajudou a criar, o presidente Lula da Silva deu mais uma tacada de sindicalista de resultados na tentativa de seduzir as Forças Armadas com promessas de mais verbas no futuro. Lula acenou ontem com a promessa de praticamente dobrar o orçamento da área de Defesa, saltando dos atuais R$ 5,3 bilhões para R$ 10 bilhões. Resta saber se as “legiões” vão acreditar no presidente que avança e recua de suas decisões, dependendo de como as crises lhe pressionam.

Além do reforço no orçamento da Defesa, o suposto plano de Reaparelhamento das Forças Armadas, que prevê investimentos de R$ 16 bilhões: R$ 4,3 bilhões para a Marinha até 2011; R$ 4 bilhões para o Exército até 2009; e R$ 7,7 bilhões para a Aeronáutica até 2012. A liberação gradual das verbas para os militares será discutida pelo Conselho de Defesa Nacional, integrado pelo próprio presidente Lula, o vice José Alencar, os presidentes da Câmara (Arlindo Chinaglia) e do Senado (Renan Calheiros), os ministros da Justiça (Tarso Genro), Relações Exteriores (Celso Amorim), Fazenda (Guido Mantega) e Planejamento (Paulo Bernardo), Defesa (Waldir Pires) e os comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica.

Lula acena com a renovação da frota da Aeronáutica, promessa já feita e não cumprida junto ao ex-ministro Luiz Carlos Bueno, que era seu amigo pessoal. Para a FAB, o governo promete uma encomenda inicial de 50 aeronaves, com custo estimado em US$ 300 milhões (R$ 609 milhões). Também acena com a retomada do Projeto F-X, para a aquisição de caças, suspenso em 2005. A volta do F-X é um dos objetivos do comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, e nova demonstração de prestígio ao brigadeiro. A Marinha receberia seis novos submarinos convencionais. Assim, Lula pretende acalmar os quartéis, que vêm reclamando constantemente da falta de recursos.

Segura o Pires

Os militares, que vivem de Pires na mão, serão obrigados a continuar aturando o mesmo ministro da Defesa.

Diante dos boatos de que demitiria o ministro da Defesa, Lula reafirmou que Waldir Pires continua no cargo.

Ministro sou eu quem ponho e que tiro. Se um dia quiser tirá-lo, eu tirarei. Por enquanto, não é essa a questão”.

Mão pesada

Começam hoje as investigações do motim promovido pelos controladores de vôo no último dia 30.

Caso os controladores façam novo motim, 1.500 militares com qualificação e salários mais elevados ficarão de sobreaviso e, se necessário, serão convocados.

São oficiais e praças que, embora tenham formação e treinamento básicos para desempenhar as funções de controladores, atuam em outros departamentos da Força, compatíveis com suas qualificações.

Apelo de Lula

Ontem, ainda temendo um novo motim nos aeroportos, Lula fez apelo aos controladores:

A única coisa que peço é que, se quiserem fazer alguma coisa, algum protesto, façam, mas não prejudiquem o povo. As pessoas querem viajar, trabalhar e querem o mínimo de tranqüilidade”.

Lula deu uma de suas tiradas demagógicas, admitindo que a insegurança pela crise aérea nos
passageiros também o atinge:

Eu, como muita gente, tenho medo de andar de avião. Ando porque sou obrigado. Se você já tem medo, essa tensão é elevada à quinta potência, porque você tem os atrasos dos vôos e não tem as informações corretas, ou seja, as pessoas ficam à beira de um infarto”.

Quadros do Cabral

A ONG Contas Abertas faz uma denúncia de baixa qualidade do uso do dinheiro público.

O ex-senador e atual governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, parece ter levado tudo e mais um pouco em sua mudança para o Rio.

Pelo que tudo indica, três quadros do seu acervo particular não couberam na mudança e precisaram de um transporte especial.

O Senado empenhou R$ 889,00, em março de 2007, para contratar uma empresa especializada em transporte de quadros, com o objetivo de levar as obras de arte do ex-senador, no percurso de Brasília DF para Rio de Janeiro RJ.

Juíza na mira

A cúpula do Judiciário paulista quer detonar uma juíza que falou além do que deveria.

O Tribunal de Justiça de São Paulo abriu processo administrativo disciplinar contra a juíza Maria Cristina Cotrofe Biasi, por conduta ilícita aos deveres do cargo.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, em fevereiro do ano passado, Maria Cristina criticou a decisão do Órgão Especial que absolveu o coronel da reserva Ubiratan Guimarães pelo massacre do Carandiru.

Na entrevista, a juíza afirmou que a absolvição foi política e sem justificativa.

O julgamento dos desembargadores foi esdrúxulo, uma vergonha. Envergonhou o Poder Judiciário. Fiquei perplexa”.

Jesus consumindo Coca?

A Coca-Cola entrou com um processo judicial contra os promotores do filme 7 Quilômetros da Gerusalemme (Sete Quilômetros de Jerusalém), que conta a história de um executivo do setor de publicidade em meio a uma crise existencial.

Durante a jornada do publicitário a Jerusalém, ele encontra um homem que usa uma túnica e sandálias e que afirma ser Jesus.

Em uma cena, Jesus entra em um carro e abre uma lata de Coca-Cola.

Enquanto saboreia o refrigerante, o publicitário afirma: "Deus, que propaganda".

A direção da Coca italiana ficou irritada com a cena, alegando que Jesus nunca poderia ser usado para fazer propaganda da bebida e escreveu uma carta aos produtores exigindo o corte da cena.

Os produtores adiaram o lançamento do filme, previsto para a Sexta-Feira Santa, até que a disputa legal seja resolvida.

O papa Bento XVI aprovou o filme e disse que gostou da "rica mensagem" que pode passar aos cristãos.

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

2 comentários:

FORA LULA E SOC ILIMITADA!! disse...

No Podcast do Diogo Mainardi

o comunismo nada primitivo de Lula.
Como vocês viram, Roberto Teixeira, o já mítico compadre de Lula, voltou ao noticiário, agora como, bem..., facilitador da venda da Varig para a Gol. Diogo Mainardi trata da personagem em sua coluna na próxima edição da Veja. No podcast, o colunista relembra a trajetória deste notável advogado, alvo de uma pesada acusação de Paulo de Tarso Venceslau, ex-figura graduada do partido: Teixeira, afirmou, era o cabeça de uma empresa chamada CPEM, especializada em intermediar a recuperação de créditos de ICMS, e as prefeituras do PT eram obrigadas a contratar os seus serviços.

No Podcast, Diogo recupera um depoimento de Lula à Comissão de Ética do PT em que ele tenta explicar como ficou morando, durante nove anos, num imóvel do compadre. Leiam: “Em 89, eu estou fazendo campanha no Ceará, quando eu volto, o glorioso PT tinha decidido que a casa que eu morava era de total insegurança. O Vladimir ou o Gushiken resolveu pedir para o Roberto Teixeira se ele não podia arrumar uma casa. O Roberto Teixeira falou: ‘Eu cedo a casa para o Lula. Não tem nenhum problema’. Quando terminaram as eleições, qual era o normal? Eu voltar para a minha casa. Esse era o normal. Eu chamei o Roberto Teixeira e falei: ‘Roberto, é o seguinte, eu sou candidato outra vez em 94, portanto, eu não vou voltar para o bairro Assunção, para depois eu pedir a casa outra vez. Então, o negócio é o seguinte: você não precisa dessa casa, não precisa, tem muitos imóveis aqui, eu vou ficar nessa casa até o dia que você quiser’”.

À primeira lida — ou ouvida —, parece tudo muito normal, não é mesmo? “Pô, amigão, você tem casa demais, arruma uma pra mim”. Uma ordem. Ao que o outro responde: “Claro, companheiro. O que é meu é nosso. A cada um de acordo com a sua necessidade”. Reparem que Lula reconhece que a coisa não é lá muito normal. Aí poderia indagar o leitor: “Ué, se Teixeira quis financiar o Apedêutis, ninguém tem nada com isso. Mecenas financiava Virgílio, por exemplo”. É verdadis!!! O diabo é que o “Cumpádi Companhero” saiu da vida privada para entrar na história.


Clique aqui para ouvir íntegra:

http://veja.abril.com.br/idade/podcasts/mainardi/


VAMOS FICAR REPETINDO À EXAUSTÃO,
ROBERTO TEIXEIRA,ROBERTO TEIXEIRA
GUSHKEIM,GUSHCKEIN,GUSHKEIN
OKAMOTO,OKAMOTO,OKAMOTO


Até chegar nos ouvidos dos povão

REPASSEM, REPASSEM REPASSEM

FORA QUADRILHA!!! disse...

Criação da "terraforévis!"


E Deus disse: "Que cresça a erva, que a erva dê semente, que da semente cresçam árvores e dêem frutos".
E Deus povoou a terra com brócolis e couves-flores, espinafres, milho e vegetais verdes de todas as espécies, de forma que o Homem e a Mulher pudessem viver longas e saudáveis vidas.
E Satanás criou a TV com controle remoto para que o Homem não tivesse de se levantar para mudar de canal, quando o MULLA LÁ ESTIVESSE.
E Satanás criou o sistema de saúde brasileiro aquele que é o mais perfeito do mundo.
Mas Deus salvou o homem lhe dando nova chance ... Então, Satanás criou o BIN LULA! E aí Deus desistiu!