domingo, 22 de abril de 2007

Onde Está o Dinheiro?

Edição de Artigos de Domingo do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Almeida Lima

Durante os dois mandatos de Marcelo Déda como prefeito de Aracaju e, sobretudo durante a sua campanha eleitoral para o governo do Estado, muito se falou das grandezas da saúde pública em nossa capital. Por conta da municipalização, nos últimos dez anos os recursos financeiros do SUS transferidos para Aracaju aumentaram em quase 1.000%. – Êpa! Isto mesmo, você leu correto: os recursos aumentaram em quase mil por cento!

E a conta é simples: quando eu deixei a prefeitura em 1996, o SUS transferia, em média, R$ 135 mil reais/mês. Hoje Aracaju recebe mais de R$ 12 milhões/mês. Para melhor compreensão, basta dizer que a maior receita da prefeitura de Aracaju na minha gestão, para cobrir todas as atividades, foi da ordem de R$ 7,5 milhões e quinhentos mil reais/mês. No entanto, hoje, somente para a saúde, Aracaju recebe mais de R$ 12 milhões de reais/mês.

Com aquele valor de R$ 135 mil reais/mês cuidava-se da rede básica municipal de saúde. Não era um atendimento padrão de primeiro mundo, mas paciente nunca morreu nos Postos que eram abastecidos de medicamentos e tinham a presença de médicos e outros profissionais de saúde à disposição da clientela; promovia-se a cobertura vacinal de toda a população. Lembro-me do programa de alimentação para recém nascidos e parturientes com risco nutricional; do programa de aleitamento materno; das feiras de saúde onde a população recebia as orientações básicas e serviços de saúde; do programa de saúde à clientela da rede pública escolar com exames oftalmológicos e doação de óculos, escovação, etc.

A vigilância sanitária era ativa com fiscalização permanente em defesa da sociedade. Os inúmeros canais que cortam a cidade eram limpos e o fumacê percorria as suas ruas de forma permanente, eliminando os mosquitos e muriçocas. Não havia dengue na cidade de Aracaju. Um serviço que surpreendeu positivamente a população carente foi a criação da Central de Ambulâncias, inédito para o Estado de Sergipe, com atendimento 24 horas através de chamadas telefônicas.

Convém lembrar que tudo isso e muito mais era com um repasse do SUS de R$ 135 mil reais/mês. Hoje o repasse é superior a R$ 12 milhões de reais/mês.

É por conta dessa realidade que existem perguntas que não permitem calar, chegando mesmo a engasgar ou entalar o paciente:

- Onde está todo esse dinheiro?

- Em quê a prefeitura está gastando esse dinheiro?

Sim, porque esta semana mesmo em visita à emergência do Hospital de Cirurgia que hoje é administrado pela prefeitura, constatei que no sábado, dia 7, e domingo, dia 8, não havia um médico Clínico Geral e na sua UTI não existiam aparelhos e produtos essenciais ao tratamento dos pacientes ali internados, inclusive a não disponibilidade de exames necessários condizentes para um atendimento intensivo como o nome já determina. Ali, apenas constatei um punhado de servidores mal remunerados embora abnegados ouvindo e recebendo respostas malcriadas dos cidadãos que buscavam atendimento à saúde e não encontravam.

Da mesma forma, como bastante noticiado pela imprensa nesta última semana, os Postos de Saúde da rede municipal não estavam preparados para o atendimento às pessoas acometidas por esse surto de virose gripal.

Enquanto isso, não faltaram recursos para tantas outras atividades a começar pela capinação em áreas pavimentadas dos Postos de Saúde, indo até à realização do Micareta Picareta, tudo com recursos do SUS, além dos gastos permanentes com publicidade.

Mas uma coisa é certa: os mais de R$ 12 milhões de reais/mês repassados pelo SUS não estão sendo aplicados adequadamente na saúde pública, e já passou do tempo do Ministério Público, da Polícia Federal, da Câmara de Vereadores e do próprio Tribunal de Contas promoverem a fiscalização tão necessária quanto urgente.

A verdade é que todo esse dinheiro está chegando, mas ninguém sabe como ou para onde está saindo, embora se presuma.

José de Almeida Lima é Senador da República.

Um comentário:

Fernando disse...

Participe diariamente às 20hs da Palestra Online ALAVOIP - Conheça o diferencial e saiba por que ela está explodindo em afiliações em todo o Brasil - Descubra como ganhar em pouco tempo mais de R$ 15mil - Instale este programa:

http://www.hotconference.com/software/conference.php?id=49828812

Não se preoculpe, não é vírus, mas o famoso programa hot conference, utilizado em todo o mundo.

Coloque seu Nome assim "C - seu Nome " e em seguida coloque a senha 1901, depois procure esclarecimento personalizado adicionando-nos em seu MSN pelo email: novassolucoes@hotmail.com

Abraço! Aguardo você na sala virtual todos os dias de semana às 20 horas!