sexta-feira, 20 de abril de 2007

Tá na hora do pau!

Edição de Artigos de Sexta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Olympio Pereira da Silva Junior

Não é possível mais agüentar o reinado da bandidagem no Rio de Janeiro. A violência gratuita acontecendo em todas as horas do dia, não mais nos escuros e escondidos becos das favelas, mas nas ruas movimentadas da cidade.

Por mais absurdo que possa parecer, já nos acostumamos à vida engaiolada das residências cercadas de grades, guaritas de segurança (que não servem pra nada), carros blindados enfim, nos acostumamos a viver com medo.

Não há confiança no aparelho policial do Estado, infestado e destruído pela corrupção. As cadeias, presídios, penitenciárias, colônias agrícolas, casas de detenção etc - tudo, enfim, que a lei apresenta como forma de ressocializar o criminoso, não funciona e é comandado pelos esquemas criminosos das facções.

Os políticos, juristas, criminólogos, psicólogos, enfim os estudiosos do problema apresentam as mesmas soluções de 30 anos atrás, ou seja, a segurança pública é problema de educação, saúde, problema de Estado. É a falta de uma política de Estado para erradicação da pobreza etc. Há quanto tempo já se ouve isso ? Eu acho que não dá mais. A sociedade não pode mais se omitir, tem de entrar na briga. É claro que educação, saúde, assistência social etc é solução, mas a longo, muito a longo prazo.

O que o Rio de Janeiro, que virou Cidade Perigosa e não mais Maravilhosa, precisa, é de ação - e rápida. Temos de dar resposta a essa violência. Resposta imediata. Não haverá tempo para esperarmos as políticas e os programas de governo. Não podemos nos conformar com a dominação. Não podemos ficar contentes só porque conseguimos sair, trabalhar e voltar pra casa sem nada nos acontecer, porque um dia a sorte vai acabar e essa violência vai bater na sua porta. Vai atingir você, seu filho, sua mãe, seu amigo (se já não atingiu).

Chegamos à encruzilhada. Ou tomamos uma atitude já, ou vamos sucumbir a esse tsumami marginal. O Rio "tá dominado" e o aparelho estatal repressivo, vencido. Não temos saída. Tá na hora do pau!

No que diz respeito à ajuda solicitada ao presidente pelo governador Sérgio Cabral em colocar as Forças Armadas na segurança do Rio de Janeiro, me desculpem os que acreditam na eficácia da medida, mas não vai dar certo. Não vai dar certo porque o que o governador quer é a intimidação pela presença, ou seja, coloca-se militares com uniformes rajados, armados de fuzil e metralhadora, carros de combate etc em lugares estratégicos, fazendo figuração.

A população desavisada vai adorar. Vai se sentir segura. Só que os bandidos sabem que os militares não vão abrir fogo, por exemplo, dentro do túnel Rebouças, não vão jogar granadas na Avenida Copacabana, não vão subir os morros com os blindados. O que vai acontecer, verdadeiramente, é que vão passar vergonha - e isso as Forças Armadas não devem, nem podem, nem vão permitir.

Agora, se o que o governador e o presidente querem (o que eu duvido), realmente, que as Forças Armadas dêem cabo da criminalidade do Rio de Janeiro, afastem a política e deixem que se cumpra a missão, missão de guerra, missão de combate, esse sim é o trabalho das Forças Armadas. É para isso que elas são treinadas. É isso que elas sabem fazer, e bem. O resto é "balela", é politicagem inútil.

Olympio Pereira da Silva Junior é ministro do Superior Tribunal Militar. Artigo originalmente publicado no Jornal do Brasil de ontem.

5 comentários:

Eraldo Angelo disse...

O que o Sr.Olimpio escreve não permite qualquer reparo. É isso mesmo. As coisas poderiam começar a melhorar quando artigos como esse forem lidos, como forma de editorial, quem sabe, num Jornal Nacional, por exemplo. Porque alguem consegue imaginar a repercussão que provocaria? Como isso é impossível, vamos continuar nos gradeando e rogando a Deus pela Sua proteção e cuidado.

Anônimo disse...

Parabens Sr.Olimpio.
Acrescento ainda o seguinte: A sociedade civilizada deve partir para a desobidiencia civil POR conta destes desgovernos federal e estadual (RJ) e passar a repelir por todos os meios inclusive a resistencia ARMADA contra a maré da bandidagem assassina que estão aterrorizando ,sufocando e dominando a nação inteira amparada pelas ONGS de direitos humanos ,partidos socilistas ,comunistas e assemelhados e principalmente por lula que diz abertamente que "violencia é um questão de sobrevivencia" então o que nos resta é o Direito Natural da auto-preservação já que o estado virou um estado para bandidos e de bandidos. o povo só resta o instinto basico de sobreviver e para isso é MATAR OU MORRER!

Anônimo disse...

Solicitação das forças que ainda restam com lucidez no Brasil.

Ricardo Antonio filgueiras.
Rio 12 de abril de 2007.

Venho por esta pequena NOTA solicitar urgente a união de todos os cidadãos de bem em todas as camadas sociais e com vossas excelências tanto civil publicas e militar elucidada espalhadas por todo território brasileiro no sentido da união para que possam combater definitivamente a blindagem corporativa que se arrasta a favor da impunidade e no banditismo, seja no morro, no asfalto sem o colarinho com o colarinho na política no judiciário no militar em fim todos aqueles que praticaram e praticam a improbidade no mando tanto no poder publico como no civil encruados que ai estão, esta gente terá que ser arrancada julgados e presos, seus bens levantados da desordem que praticaram no acumulado dos anos, estes homens sem a lucidez levam a destruição para dentro das famílias e das instituições em todo seguimento nacional a situação é muito mais grave que alguns dos senhores possam imaginar. EU um cidadão simples comum que preservo a família e a disciplina já venho algum tempo alertando para o caos político, me despertei quando os militares passaram o comando para o civil onde vi homens se levantando no poder e não olhando para as necessidades do bem estar do POVO, onde se da o seguimento ate hoje, alguns políticos se manifestaram das necessidades sociais mais foram logo calados, pois a maioria nunca se interessou em mudar nada ao contrario se beneficiando com novas pratica.São verdadeiros loucos pelo poder e abusão da ordem, levam a nação para a imoralidade cada vez mais e se embriagam no cálice do crescimento do auge das suas loucuras e do poder para o poder o que ainda lhe restam, vão contaminando pessoas de bem por todo lado da vida se não houver um basta no freio destas bestas humanas a sociedade será arruinada digo aniquilada em todo os sentidos, já destruíram a moral a paz, a integridade familiar, o que falta agora anarquia quebra ,quebra ou guerra civil, pronto, assim estará tudo consumado ai será o FIM, ou ainda temos algumas esperança, os lúcidos homens desse pais se manifestem em sua totalidade pois o MAL esta nos rodeando e aumentando, os loucos querem sangue e poder vejam esta grande instituição da POLICIA FEDERAL o exemplo que ela deu a nação limpando-se a sua corporação na (carne) e assim tendo AUTORIDADE para fazerem as maiores operações em prisões de pessoas criminosas com as apreensões dos objetos angariados ilícitos(grana,mansões, carros etc.) em todo este TEMPO da nossa historia que conhecemos no Brasil, nenhum tiro foi preciso ser dado, acordem, acordem a nação quer comando segurança paz saúde prosperidade, intelectual e material.....Eu sei que muitos estarão dispostos ajudar a terra AMADA a nossa PATRIA MÃE com AMOR ORDEM e DICIPLINA só assim construiremos um novo caminho DEMOCRATICO e verdadeiro na LIBERDADE com RESPONSABILIDADE.
Atravessamos momentos difíceis é preciso serenidade.!

Anônimo disse...

FUCK THE CPMF!!!! EU NÃO AGÜENTO MAIS PAGAR IMPOSTOS PARA SUSTENTAR ESSA CANALHA!!!

Celia Kitsuta disse...

Parabéns ao ilustre Ministro por suas palavras destemidas e fiéis aos fatos. Atitude varonil rara em nossos dias. Tomara se levantem os homens de honra, não corrompidos, que ainda restam em nossa Nação e se apresentem para o justo combate. Em nome da da lei e da ordem, pelo bem da Nação, por amor aos filhos, em honra aos pais. Isto é digno e justo!