segunda-feira, 7 de maio de 2007

Orgia dos bancos concentra mais renda nos ricos e permite boom consumista das classes mais pobres

Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça agora o novo podcast Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

O Brasil é o décimo país mais desigual do mundo. Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada revela que a renda dos mais pobres, cresceu 36% entre 2001 e 2005. No mesmo período, houve uma queda de 1,2% na renda dos 10% mais ricos. A renda média dos 10% mais pobres é de R$ 79 reais. A conta é triste. Como 36% deste valor são R$ 28 reais, o aumento médio destes 10% mais pobres da população foi de 7 reais em cada um dos últimos quatro anos.

Alguns iludidos analistas econômicos pregam que o Brasil passa por uma revolução silenciosa da transferência de renda para classes menos favorecidas. Uma nova classe média, formada por ex-integrantes da classe D, é responsável por um novo boom de consumo. O grande perigo de tal avaliação: esta geração de renda para o consumismo é artificial e não produtiva. Vem do crédito fácil dado pelos bancos a juros e tarifas altíssimas. A conta logo será cobrada dos pobres endividados que ganham, ao menos, a ilusão de que tiveram pleno direito de acesso ao mundo do consumo.

Em 2006, o Brasil tinha 84 milhões e 800 mil habitantes (46%) nas classes de baixa renda D e E. Em 2005, o contingente era de 92 milhões e 900 mil pessoas (51%). Isto significa que, em um ano, mais de 8 milhões de brasileiros aumentaram seu poder de consumo. Tal mudança é explicada pela combinação de três fatores: ligeiro aumento da massa salarial, inflação controlada e crescimento exagerado do crédito – gerando mais lucro aos bancos. A classe C, que reunia 62 milhões e 700 mil habitantes (em 2005), encerrou 2006 com 66 milhões e 700 mil brasileiros.

O topo da pirâmide, formado pelas classes A e B, ganhou 6 milhões e 300 mil pessoas. Ou seja, houve maior concentração de renda. A negatividade de tal fato ofusca o brilho da comemoração da ascensão da classe D ao mundo consumista.

Super Despesa Federal

Uma das grandes injustiças econômicas brasileiras é o fato de o governo comer metade do que o brasileiro produz só com os impostos, taxas e contribuições.

Em 2007, a Super Receita Federal do Brasil espera arrecadar R$ 150 bilhões só com o Imposto de Renda.

O problema é que o Governo gasta R$ 160 bilhões só para manter a máquina de arrecadação, conforme denúncia do professor Marcos Cintra, da FGV-SP.

Ano passado, o Leão mordeu R$ 137,4 bilhões no Imposto de Renda.

Na Era Lula, desde 2002, aumentou 60% a arrecadação do faminto Leão do Estado perdulário.

Gordurinha do Spread

O ministro Guido Mantega, da Fazenda, acha que ainda existe muita "gordura" para ser cortada no spread bancário.

Por isso, Mantega determinou à sua equipe que prepare novas medidas para reduzir os juros cobrados pelos bancos nos empréstimos a empresas e pessoas físicas, considerados ainda muito elevados.

O tema volta à pauta sem que o pacote que combate o custo dos financiamentos, lançado há seis meses, tenha sido implementado na totalidade. As poucas medidas que saíram do papel tiveram efeito modesto.

Uma das medidas em avaliação é a redução do depósito compulsório que os bancos devem fazer no Banco Central.

Os controladores agradecem

Os banqueiros que comandam a Oligarquia Financeira Transnacional festejam:

O Banco Central já comprou, neste ano, montante de dólares superior aos US$ 34 bilhões adquiridos em todo o ano de 2006.

Apenas na semana passada, a aquisição da moeda americana ultrapassou os US$ 5 bilhões, somando-se aos US$ 33 bilhões adquiridos até o final de abril.

Intervenção no mercado

É uma clara tentativa de intervir no mercado de câmbio toda vez que a moeda americana se aproxime dos R$ 2.

Isso aconteceu na última quinta-feira, quando o dólar chegou a valer R$ 2,009.

O BC acabou comprando, num só dia, quase US$ 4 bilhões nos mercados futuro e à vista.

Jogando para perder?

O Vice-governador Luiz Fernando Pezão aceitou o convite do aliado Sérgio Cabral para candidatar-se à prefeitura do Rio em 2008 pelo PMDB.

Como Pezão é um nome do interior, sem peso na capital, dificilmente teria condições de vitória.

O lançamento do Pezão serviria apenas para dar uma “pézada” na provável candidatura de Antony Garotinho pelo PMDB.

Quem será?

O Imperador César Maia, que não poderá mais reinar no Palácio da Cidade, garante que o DEM lançará candidato próprio.

A grande dificuldade está em encontrar um nome certo para a disputa.

A petista Benedita da Silva, atual secretária da área social do governo Cabral, também pensa em se lançar com o apoio da máquina federal.

Que Droga

Trezentas pessoas, algumas usando máscaras do governador Sérgio Cabral, estiveram ontem na Marcha da Maconha, em Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Houve quem acendesse cigarros da droga sem se preocupar com policiais.

Aliás, nenhum doidão foi reprimido.

Eu não pagaria

A cantora funk Tati Quebra-Barraco quer R$ 500 mil para mostrar seu novo corpinho, recauchutado com o bisturi, como veio ao mundo, em uma revista masculina.

Tati fez quatro lipoaspirações e até tirou uma costela para diminuir a cintura.

Um representante da funkeira negocia com a publicação que aceita pagar, no máximo, R$ 230 mil pela funkeira que causa polêmica por suas músicas de apologia aos narco-varejistas.

Sem Defesa

O Governo Lula mentiu em 2004, ao afirmar que a União teria participação na Star One, operadora de satélites da Embratel.

Assim, o Brasil não tem controle nas comunicações militares feitas por satélites.

O governo mentiu ao informar que teria uma "golden share" (tipo de ação que dá poderes específicos ao seu portador) na Embratel.

Jogo baixo

As negociações sobre uma volta do governo ao controle dos satélites da Embratel, privatizada em 1998, começaram quando o grupo mexicano Telmex (do empresário Carlos Slim) comprou a empresa da norte-americana MCI, por US$ 400 milhões, em 2004.

A MCI havia adquirido a Embratel na privataria do sistema Telebrás, em 1998.

A compra da Embratel pela Telmex teria que passar pelo crivo do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

O governo usou a aprovação da venda no Brasil como moeda de troca para a obtenção da "golden share", um negócio que não foi fechado até agora.

Pressa do Bill

A guerra pelos sites de procura na Internet ganha lances de peso esta semana.

O crescimento do Google levou a Microsoft a acelerar as negociações para a compra do Yahoo.

Na primeira investida, Bill Gates encontrou resistência ao negócio que deve girar em torno de US$ 50 bilhões.

Sílvio, Renova!

Os fãs das zoniadas coberturas da dupla Ceará (Wellington Muniz) e Vesgo (Rodrigo Scarpa) correm o risco de ficar órfãos no Pânico na TV.

Na próxima quinta-feira, venceria o prazo da autorização que o apresentador Silvio Santos concedeu a Ceará para imitá-lo.

Por isso, Ceará resolveu que lidera a campanha “Silvio Santos renova”.

O único temor de Sílvio é que o pessoal do Pânico saia da Rede TV! e vá para a Record.

Acredite quem quiser

"Não os trairei, não mentirei, não os decepcionarei".

Foram as promessas do líder do partido conservador União por um Movimento Popular (UMP), Nicolas Sarkozy, a 30 mil pessoas que festejaram sua vitória à Presidência da França, na Place de la Concorde, em Paris.

Nicolas Sarkozy foi eleito ontem, no segundo turno, com 18.983.408 votos, 53,06% dos votos válidos, ante 16.790.611 (46,94%) de Ségolène Royal, do Partido Socialista.

Ex-ministro do Interior, que assume no dia 16 Presidência da França, impôs à esquerda francesa a terceira derrota consecutiva.

Mosquitos contra o Papa?

Faltam apenas quatro casos confirmados de dengue para Aparecida (cidade localizada a 167 quilômetros de São Paulo) viver uma epidemia.

O Ministério da Saúde classifica como epidemia quando ocorrem acima de 300 casos de uma doença para cada 100 mil habitantes.

Como Aparecida tem 36 mil moradores, chegaria a um índice epidêmico com 108 infectados.

A cidade, que receberá o papa Bento 16 e espera mais de 500 mil visitantes nesta semana, já tem 104 confirmações da doença neste ano.

Meu Nome é para sempre Enéas

O deputado federal mais votado da historia do País, com 1,5 milhão de votos, Enéas Carneiro (PR-SP), 68 anos, terá hoje seu corpo cremado no Rio de Janeiro.

Enéas, que era um patriota, morreu na tarde deste domingo vítima de leucemia, após ter sido desenganado há uma semana pelos médicos e ter optado por passar seus últimos dias em casa.

Ele pelo bordão "Meu nome é Enéas", cunhado no início da sua carreira política em 1989, quando criou o Partido de Reedificação da Ordem Nacional (Prona), que recentemente se fundiu ao PL, criando o PR (Partido Republicano).

Obrigado, Mengão

O Flamengo conquistou seu 29º título estadual e agora está na cola do Fluminense, que tem 30 títulos.

O Flamengo venceu em 1914, 1915, 1920, 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979 (especial), 1979, 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004 e 2007.

O Botafogo, que perdeu o título de 2007, tem nove canecos.

O Vasco já venceu o Estadual 22 vezes. O América tem sete títulos, Bangu (dois), Paysandu (1) e São Cristovão (1).

Técnico e Goleiro fazem a diferença

O Ney Franco, avaliou que o principal personagem da suada vitória sobre o Botafogo, nos pênaltis, foi o jovem goleiro Bruno.

Com apenas 22 anos, Bruno defendeu duas cobranças alvinegras.

Agora, o Flamengo tem a missão quase impossível de detonar o Defensor do Uruguai, por uma diferença de quatro gols, na disputa por uma vaga às quartas-de-final da Copa Libertadores.

Hino do Mais Querido com Tim Maia

Ouça no podcast Alerta Total um hino quase desconhecido do Flamengo, na voz do inesquecível Tim Maia.

http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

O Ministério da Saúde adverte: essa música faz mal a botafoguenses, vascaínos, tricolores...

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

2 comentários:

Bagli&Blog disse...

Prezado Jorge Serrão,

Boa tarde.

Li tudo, mas vamos falar de coisa séria, ok?

Em 28 de setembro de 1977, não deixaram eu sair do colégio, mas eu pulei o portão e fui assistir a final do Estadual entre o Flamengo x Vasco, da qual o time da Cruz de Malta saiu vitorioso na cobrança de pênaltis pelo placar de 5x4. Trinta anos depois, o mengão se defrontou com outra decisão por pênaltis e, afinal, saiu vitorioso por 4x2, com o Botafogo jogando muito mais bola. Flamengo é isso: garra! Jogaram juntos, hoje, o manto sagrado e o 12º jogador, a nação rubro negra. Os petistas precisam do marxismo, eu, graças a Deus, tenho o Flamengo. Mengão campeão Estadual de 2007. Saudações Rubro Negras.

Pedro Ramos Filho - Ex Cabo da FAB. disse...

“CONSTIUIÇÃO DE 1988 BURLADA POR ESTE GOVERNO”


Os idosos Ex Cabos da Força Aérea Brasileira pede encarecidamente ajuda de todos Srs. Jornalista através dos canais da Imprensa, que se possível publique as nossas matérias enviadas para as redações, uma vez que não estar havendo interesse do nosso governante cumprir a Lei de Anistia política 10.559/2002, para todos que foram vítimas dos danos matérias e morais causados pela Ditadura Militar, principalmente para os Soldados, Cabos, Sargentos e Taifeiros, da FAB, que foram impiedosamente torturados, espancados, presos, expulsos e excluídos injustamente como subversivos naquele Regime pela Portaria 1.104/Gm3/1964, onde os comandantes militares fortalecidos pelo o (AI-5) Ato Institucional nº. 5, atropelaram a Lei do Serviço Militar e seu Estatuto, e o atual Governo de Lula junto com o Alto Comando da Aeronáutica, estão dando um cansaço em pessoas de idades avançadas, frágeis, doentes, e com pouco tempo de vida para lutar pelos seus direitos, anistiando quem bem entende e aquém interessa, onde os verdadeiros prejudicados pela Ditadura estão sendo mais uma vez penalizados pelo o descaso deste governante, que descumpriu a referida Lei no transcurso do seu 1º mandato, e como isto ainda não bastasse ainda continua contrariando a Constituição de 1988, que assegura os direitos de todos os brasileiros prejudicados pela Ditadura Militar nos anos de 1964 á 1988.