sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Procura-se com Urgência a Saída

Edição de Artigos de Sexta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Márcio Accioly

No Rio de Janeiro, dois integrantes do Corpo de Bombeiros, vestindo coletes da Polícia Federal, roubaram o empresário Marcelo Alves dos Santos, carregando seu carro e 30 mil reais em dinheiro.

O empresário teve sorte porque, na ocasião, uma equipe de reportagem do jornal “O Estado de São Paulo” passava nas proximidades e fotografou o acontecimento. Os assaltantes foram reconhecidos por colegas da corporação e denunciados.

Se ele tivesse sido levado, como parecia ser a intenção dos falsos policiais, poderia estar morto agora. Queima de arquivo. O Corpo de Bombeiros, de forma geral, é instituição que goza do carinho e admiração da população.

Em São Paulo, a arquiteta Jamile de Castro Nascimento, 24 anos, foi enterrada nesta quinta-feira (16). Seu corpo foi encontrado na caixa de esgoto de um prédio, ali colocado pelo porteiro que a matou friamente.

No Paraná, na quarta-feira (15), duas pessoas foram mortas “durante um assalto a um ônibus de excursão na BR-476”. O motorista do veículo, baleado, continua internado no Hospital Evangélico, em Curitiba. O assalto foi cometido por quatro homens armados e encapuzados. A polícia não tem pista.

Em Pernambuco, continua a média de 11 mortes por dia, com especial destaque especial para o final de semana, quando, normalmente, são cometidos 40 ou 50 assassinatos.

Os hospitais e prontos-socorros vivem cheios de pessoas feridas, sem profissionais (médicos e enfermeiros) em número suficiente para o atendimento, nem remédios ou medicamentos. Falta tudo, é um horror!

Nos 26 estados da Federação, mais o Distrito Federal, o país se desmonta a olho nu, pagando a mais alta carga tributária do planeta, mas sem prestar o correspondente retorno às cidadãs e cidadãos entregues à própria sorte.

Em Brasília, vejam só, anuncia-se acordo para salvar Renan Calheiros (PMDB-AL) da cassação. Os detalhes saíram em nota publicada na Folha de S. Paulo, quinta-feira (16), sob o título “Tudo Combinado”. A estratégia montada é muito “criativa”.

Diz o jornal que tudo foi “concebido” pelo senador José Sarney (PMDB-AP). Renan seria absolvido pelo plenário da Casa, em votação secreta, pois se dá como certo que o Conselho de Ética irá recomendar sua degola.

Depois de absolvido, Renan renunciaria à Presidência do Senado num gesto de “magnanimidade”. “E ficaria com passe livre para a eleição de 2010”. Informou-se ainda que tudo foi combinado com a presença de seu advogado, Eduardo Ferrão.

Já houve tempo em que a melhor saída para o Brasil era o aeroporto. Hoje, nem isso. Com os acidentes e a insegurança reinante, os aviões têm decolado quase vazios. Mas nossas autoridades continuam brincando de cabra-cega.

Não existe mais qualquer preocupação com o despautério ou a pouca vergonha (que é nenhuma). No reino da galhofa, consolidamos a posição de passivos figurantes. Não se tem a quem apelar. A situação é gravíssima.

As pessoas que detêm o poder no país, com raríssimas e honrosas exceções, perderam completamente a noção e a dimensão da desordem social que se avizinha. Como não existe mais referência, navegamos à deriva, na base do deus-nos-acuda.

Os que se desesperam na consciência dos desvios e desmandos, formam minoria sem poder decisório. Diante disso, cresce a angústia motivada pela sensação de impotência diante dos fatos. A sorte parece estar lançada. É mera questão de tempo.

Márcio Accioly é Jornalista.

2 comentários:

Anônimo disse...

Estamos sendo governado por algumas pessoas loucas isto significa almas grotescas dentro do corpo humano divino são pessoas sem sentidos (elas não sentem e não tem percepção) das coisas ao seu redor e passam por ridículas fazem coisas sem ser quer raciocinar o que estão a fazer e o que fazer então se os homens e mulheres assim o colocaram lá.

ricardo antonio filgueiras

Anônimo disse...

O alerta total está de parabéns com os artigos de Accioly. São precisos e bem de acordo com a realidade. Deve ser por isso que aconteceu aquele problema com o senador Romero Jucá que conseguiu a condenação do profissional na Justiça de Roraima. Os homens que mandam no país só vão sossegar quando a população resolver fazer justiça com as próprias mãos. Será?