sábado, 22 de setembro de 2007

Quem pode cair junto com Renan?

Edição de Artigos de Sábado do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Jorge Serrão

Demorou um pouquinho, mas a revista Veja deste final de semana confirmou o que o Alerta Total vem informando há pelo menos duas semanas. Renan Calheiros costurou um acordo com o governo Lula para não ser cassado, comprometendo-se a se afastar da presidência do Congresso até a conclusão dos outros três processos que tramitam contra ele no Conselho de Ética.

O problema é que Renan descumpriu o combinado, e, como o Alerta revelou com ontem com exclusividade, foi chamado de “cafajeste” pelo presidente Lula, no último encontro que tiveram. O ministro da Defesa (de Renan), Nelson Jobim, foi escalado pelo presidente para obrigar Renan a cumprir o prometido. Dificilmente, irá conseguir. O presidente do Senado tem bala na agulha.

Agora, Renan nega, publicamente, qualquer acordo. E parte para chantagens e ameaças contra os petistas e demais senadores que pedem sua cabeça. Renan joga baixo. Deixa vazar para a imprensa amestrada alguns segredos que podem arranhar (ainda mais) a já nada boa imagem dos petistas e demais colegas de Senado. Renan Calheiros montou seu dossiê com informações comprometedoras contra os senadores usando a estrutura funcional do Senado. E ninguém teve a coragem de propor um processo administrativo contra ele. O falecido ACM caiu porque violou o painel do Senado.

Renan parece imortal, porque se transformou em um arquivo muito vivo. Logo após a revelação de que ele tinha as despesas pessoais pagas por um lobista de empreiteira, o senador começou a preparar sua artilharia de defesa. Convocou a seu gabinete o diretor-geral do Senado, Agaciel Maia, a secretária da Mesa, Cláudia Lyra, e o primeiro-secretário, senador Efraim Morais. Renan teria dado tarefas investigativas a cada um deles. O material produzido levaria um terço dos 81 senadores ao Conselho de Ética.

Agaciel foi encarregado de listar todas as contratações feitas pelos senadores. Efraim recebeu a missão de escarafunchar a prestação de contas da verba indenizatória que os parlamentares recebem a cada mês e elaborar uma relação de todas as viagens oficiais feitas por cada um dos senadores. Cláudia Lyra fez um mapeamento de projetos de interesse dos senadores junto ao governo. Renan ainda pediu a assessores do gabinete que reunissem detalhes dos processos criminais que tramitam na Justiça contra cada um dos senadores.

Em um computador, Renan acrescentou aos arquivos dados de sua própria memória das relações com o governo, em que não faltam histórias de favores, nem sempre lícitos, prestados a alguns colegas. Foi usando tal arsenal que, na sessão nada secreta de 12 de setembro, Renan Calheiros proclamou, em seu discurso: “Aqui não tem ninguém melhor ou pior do que eu. Todo mundo é igual”. Renan irritou vários senadores, por abusar da retórica cínica na sua indefensável argumentação.

Os petistas são seus primeiros alvos. Foram assessores de Renan que divulgaram que o senador Tião Viana (vice-presidente do Senado) mantinha uma funcionária-fantasma em seu gabinete. Silvania Gomes Timóteo, segundo o departamento pessoal do Senado, recebia mais de R$ 6 mil reais de salário, mas nunca apareceu para trabalhar. A moça batia ponto na sede nacional do PT, em Brasília, onde assessora o tesoureiro do partido. Constrangido, Tião foi obrigado a dar explicações sobre o caso. Tião foi obrigado a demitir Silvania. Tadinha da fantasminha. Buuuuuuuuuuuuuu.

A Veja revela que a líder do partido, Ideli Salvatti, uma canina defensora de Calheiros, é o alvo mais precioso das ameaças do senador. Renan já mandou dizer à senadora que instalará a CPI das ONGs assim que Ideli ou o PT derem sinal de que mudaram de lado. Ideli tem ligações umbilicais com petistas de ONGs envolvidas em desvios e financiamentos irregulares de campanhas em Santa Catarina, seu berço político. O ataque a Salvati atingiria diretamente a filha (Lurian) e o genro (Marcelo Satto) do presidente Lula.

Na semana passada, em reunião da bancada do PT, oito dos doze senadores do partido defenderam uma manifestação formal pelo afastamento de Renan. Mas Ideli, ainda exercendo o papel de diligente defensora de Renan Calheiros, convenceu os colegas a desistir da proposta em nome da "paz no Senado".

Jorge Serrão, jornalista radialista e publicitário, é Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. http://alertatotal.blogspot.com/ e http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

5 comentários:

Anônimo disse...

Serrão,


Temos na direção do país, uma corja de cafagestes sem moral ou honra.

Urge uma reação

caminhamos céleres ao abismo

Anônimo disse...

nosso irrestríto apoio ao comentarista do Reinaldo Azevedo



UNAM-SE SUB-CIDADÃOS BRASILEIROS DE 2ª CLASSE


O momento é extremamente grave.

Para Lula e para o PT não podemos protestar porque somos “zelite”.

Para Ciro Gomes o protesto contra a CPMF é “coisa de branco que não quer pagar imposto para tirar a bolsa-família do povo”.

Para Jô Soares os que protestam são alvo de deboche.

Para Datena os que protestam são alvo de ira.

O autor teatral Gerald Thomas, que conhece bem o esquerdismo, adverte: “o início dos fuzilamentos é só uma questão de tempo”.

Atenção Brasileiros.

Criou-se uma sub-classe de Brasileiros em território nacional – os brancos de classe média. Atenção – consideram-se “brancos de classe média” todos que pensam diferente do governo de Lula, incluindo aí os pretos.

Para Lula e o PT, por exemplo, Jô Soares e Ciro Gomes são “pretos pobres”.

Portanto, se você se inclui entre aqueles que não pensam como Lula manda, saiba que você é uma “branco de classe média”. Nesta condição você tem menos direito que os demais Brasileiros. Você não pode abrir a boca. Você não pode protestar. Você não pode perguntar o que fazem com o dinheiro dos seus impostos. Você tem que trabalhar, pagar e ficar quieto.

Vamos iniciar imediatamente um movimento de solicitação de ajuda internacional.

Os “brancos de classe média” estão sendo objeto de discriminação e preconceito, movido pelo governo Brasileiro.

Ainda hoje prepararemos correspondência em inglês a ser encaminhada aos seguintes organismos internacionais:

- ONU;
- OEA;
- Anistia Internacional.

Como Gerald Thomas alerta que o início dos fuzilamentos é iminente, vislumbramos o risco de um genocídio no Brasil – o genocídio dois “brancos de classe média”. Como a OTAN interviu no genocídio do Kosovo, vamos enviar correspondência à OTAN alertando sobre este risco no Brasil.

Vamos também enviar correspondência aos governos dos países europeus, que exportaram população branca para o Brasil.

Pedimos apoio à população Brasileira. Pedimos que enviem também suas correspondências a estes organismos, em qualquer idioma.

Pedimos apoio ao Greenpeace e ao WWF – a população “branca de classe média” do Brasil corre risco de extinção.

Movimento Curitiba Vaia Lula.

a disse...

Prezado Jorge Serrão,

Boa tarde. Tô sumido porque estou tendo que focar minha vida em outras coisas, mas tô sempre por perto, viu? Até parei de "iscrivê"...rs...Mas o Alemão vai voltar.

Serrão, quando os "senhores" julgarem o "momento oportuno", o bicho vai pegar bonito. Eu não tenho resquício de dúvida algum a este respeito.

Não sei se você notou, mas a maré já virou.

A OCFPB - Organização Criminosa-Fundamentalista do Presidente do Brasil - já atingou o máximo no seu depravado ciclo político-delituoso.

O que você solta hoje, claro que não é novidade para quem acompanha as "coerências" e a "lógica das contradições" em curso no Brasil, mas são providenciais e muito bem vindas.

Serrão, o que virá de agora em diante, será a lenta ruina.

Evidente que esta retomada de rumo, a "reorientação", vai nos custar muito caro; todos sentirão.

A hora deles se aproxima.

Parabéns pela postagem!

Abração,

P.S.: Quando o Alemão volta, eu te aviso de antemão.

Anônimo disse...

Serrão
Parabens pelo excelente e bobastico POST,estamos as vesperas de GRAVES acontecimentos no Brasil por conta da guerra das gangs de renan contra a gang de lula/pt onde tudo pode acontecer de ruim e sobrar para a sociedade. É rigorosamente CERTO que renan VAI SIM denunciar TODOS os podres do senado e de Lula especificamente , renan é um EGOCENTRICO extremamente vaidoso e arrogante que JAMAIS aceitará a cassação e amorte politica e virar RÉU do STF em seguida... Renan irá cair mas levar´´a consigo Lula, o senado e asd corjas todas que segundo ele, o trairam...
Por outro lado , Lula sabe que isto vai acontecer inevitavelmente pois já percebeu o tamanho do peigo que é renan e sua irracionalidade psicotica,Lula esta vendo agora o TAMANHO da cobra que ele criou e que agora ameaça a sí e a todos de forma letal.Só resta a Lula tentar um GOLPE fechaar o Congresso,impor a censura total da mídia, impor estado de sítio, prender opositores e massacrar tyoda e qualquer resistencia e vira ditador eterno igual a seu lider Fidel Castro porem lula sabe que esta tentativa de GOLPE desencadeara uma REAÇÃO violenta,eclodirá uma guerra civil e ofim é imprevisivel Eis o que acontece quando um país se deixa desgoverna por um sindicato de gangs criminosas que ao se desentederem levam o país a uma guerra civil, é a herança maldita que lulanos deixará com a omissão e leniencia dos nossos covardes e omissos comandantes militares que estão deixando literalmente o Brasil se acbar nas mãos dos marginais .

Anônimo disse...

Jorge Serrão,

Faltam 8 dias para mais um movimento contra essa pouca vergonha nacional!
Seria muito interessante se todos os brasileiros incomodados, cansados, envergonhados, indignados, revoltados e com "muito ódio", como no meu caso, se dispusessem a participar de fato!
Precisamos fortalecer (de corpo presente) todos esses movimentos que visam enfraquecer a quadrilha governamental!
Devemos sair do mundo virtual
já que a ameaça é "real"!!

VAMOS LÁ! DIA 29/09
RIO DE JANEIRO - FORTE DO LEME - 15h.