quinta-feira, 13 de março de 2008

Contra FARC, Foro de São paulo, Via Campesina e afins

Edição de pronunciamentos do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Gerson Camata

Há um movimento nacional de organismos – e vou usar a palavra subversivos, bandidos – para desestabilizar a economia do Brasil. Eles são comandados pelo foro de São Paulo e pelas Farc. Estou dizendo aqui há cinco anos que as Farc estão atuando no Brasil. A Abin sabe que as Farc estão atuando no Brasil; a Abin sabe que as Farc estão matando mais no Brasil do que na Colômbia.

Os jovens brasileiros estão morrendo em conseqüência do tráfico de cocaína que as Farc enfiam pelas fronteiras do Brasil. As armas que estão matando os jovens brasileiros são infiltradas pela fronteira, pelas Farc, e não se vê uma providência a ser tomada pelo Brasil.O Brasil, o contribuinte brasileiro, você, brasileiro, paga a Marinha mais cara da América Latina; paga o Exército mais caro e melhor aparelhado da América Latina; paga a Aeronáutica melhor aparelhada da América Latina e não recebe nada de volta.

A fronteira do Brasil é um queijo cheio de buracos – entram armas, drogas, maconha. E o nosso Exército? Cheio de unidades no Rio e em São Paulo, aqueles quartéis precisam estar na divisa. Por que a Marinha não patrulha as nossas águas, onde são lançadas as armas para serem recolhidas pelos bandidos? Por que não vigiamos as nossas fronteiras? Por que temos as Forças Armadas mais poderosas da América Latina e ninguém nos respeita? Os paraguaios roubam as nossas armas, enchem o Brasil de maconha, metem contrabando para dentro do Brasil; a Bolívia faz a mesma coisa, a Colômbia faz isso também. E quem respeita o País?

Temos de começar a pensar, pois as Farc atuam na divisa do Espírito Santo com Minas. Paralisaram os trens da Companhia Vale do Rio Doce. Trezentas mil toneladas, comprometendo o prestígio do Brasil no mercado internacional, de minério de ferro deixaram de ser embarcadas. Navios parados ao longo do litoral do Espírito Santo, congestionando os portos, aguardando serem abastecidos, Sr. Presidente. E mais, 2.500 passageiros da única ferrovia do Brasil que tem dois trens por dia, que liga Vitória a Belo Horizonte, que é uma ferrovia para a Companhia Vale do Rio Doce, deficitária, mas que serve ao fluxo de passageiros, 2.500 a 3.000 passageiros por dia, entre Belo Horizonte e todas aquelas cidades vizinhas ao longo do Rio Doce, que estão dentre Vitória e Belo Horizonte.

E víamos na televisão, na estação ferroviária de Vitória e na estação ferroviária de Belo Horizonte – e é preciso dizer que são as pessoas mais humildes, porque a passagem de trem custa um terço da passagem de ônibus. Essas pessoas usam esses trens, gente humilde, que estavam indo ao médico, parados, passando fome, porque acabou o dinheiro deles. Foi preciso que a assistência social da Prefeitura de Cariacica se deslocasse ate à estação com lanche para aquelas pessoas paralisadas ali. O que essa gente ganha fazendo o pobre sofrer?

Essa Via Campesina, esse MST, essas organizações marxistas, que desapareceram na Europa e nos países civilizados, nem na África existem mais, mas prosperam na América Latina. Quem é que mantém essa associação que um dia invade no Pará, noutro dia invade no Rio Grande do Sul? De onde vem esse volume de dinheiro para manter esses malandros fazendo baderna pelo País afora, desonrando o Brasil, fazendo que o País passe vergonha em âmbito nacional? Quem paga os aviões fretados dos índios de Aracruz – falsos índios – que vão para Europa, para porta dos concorrentes desfilar de tanga?

Quem aluga esses aviões? Quem é que leva esses caras para Portugal, para a Suécia, para a Itália, para fazer dança na chuva na porta dos escritórios Aracruz Celulose, que é brasileira? Precisamos saber disso. Precisamos fazer uma CPI porque eles chegam aqui e rebentam, quebram os vidros do Congresso Nacional. Sabe o que aconteceu? Nada, Sr. Presidente. Param as estações de pedágio, quebram os computadores todos. Sabe o que acontece? Nada. Vão para a sede do Incra, arrebentam os computadores, quebram os vidros, destroem os escritórios. Sabe o que acontece? Nada. Que diabo de País é este em que não acontece nada com essa gente? Quem patrocina essa gente? Quem os abriga? Quem os defende? É na Justiça que está o problema ou na estrutura do País que está apodrecendo ideologicamente a favor dessas ideologias ultrapassadas, que não existem no mundo e que só o atraso do Brasil permite que existam aqui? Eu acho que isso é que merece uma CPI; isso precisa de uma CPI.

Essas leis precisam ser mudadas, para que o brasileiro não fique cada vez mais passando vergonha aos olhos do mundo por ações antiquadas, ultrapassadas, orquestradas, bem pagas e, com a conivência de altas autoridades brasileiras, envergonhando o Brasil, fazendo mal aos brasileiros, diminuindo as oportunidades de investimentos, as oportunidades de trabalho para milhões de brasileiros. Eram essas as colocações que queria fazer, apresentando a solidariedade à Vale do Rio Doce, que está sendo perseguida por criar tantos empregos no Brasil.Como católico, eu tenho medo que alguns setores da Igreja Católica estejam metido nisso.

Eu falei, aqui, há algum tempo, que estava assistindo a uma missa, em São Paulo, quando veio o padre e parou tudo para distribuir um folheto, no qual se pedia a reestatização da Vale. E, dentro da igreja, estava ali a Via Campesina. Eu me retirei de lá, pois se vai num domingo à igreja para rezar, fazer uma reconciliação com Deus e é agredido com uma coisa dessas! Será que a Igreja Católica está atrás dessas coisas? Um amigo meu disse outro dia: “Gerson, quando eu vou à missa, eu não dou mais contribuição, porque eu não sei, se esse dinheiro é para financiar o culto, se é para melhorar a minha igreja, ou se vai parar lá na mão de uma organização clandestina, comunista para fazer baderna, no Brasil, por trás de alguns sacerdotes da Igreja Católica”.

Os bispos, a CNBB... Eu, que sou católico, tenho o direito de cobrar uma certa posição diante de certos extremismos, porque, no final, a gente vê que, lá por trás, há alguma ação de alguns padres que, desviados da doutrina de Jesus Cristo, partem para a doutrina marxista para agredir, atacar, semear a cizânia e o ódio entre os brasileiros. Isso não é função de quem é cristão.

Gérson Camata é senador. Pronunciamento ontem na tribuna do Senado.

7 comentários:

Anônimo disse...

OS MUROS E AS PAREDES DAS IGREJAS DEVEM SER PICHADAS COM MENSAGENS DE PROTESTOS.

MÊS PASSADO UMA MENINA FOI DEFENDIDA POR POPULARES AO FUGIR DA GARAGEM DA CASA DE UM PADRE, E O BISPO VEIO COM AQUELE TOM DE "EMAKONHARDO SHUPICY" AO DIZER QUE ESTÁVAMOS NA QUARESMA E QUE ERA TEMPO DE PERDÃO E RECONCILIAÇÃO.

ELE TAMBÉM DISSE QUE O PADRE PASSARIA POR UM AUXÍLIO PSICOLÓGICO ...

AGORA EU PERGUNTO, E A CRIANÇA, NENHUM AUXÍLIO?

DEPOIS DIZEM QUE O OLAVO DE CARVALHO É LOUCO, LOUCO É QUEM IGNORA AS VERDADES ESTAMPADAS DESSA IGREJA FALSÓLICA.

ENQUANTO PERMITIRMOS SATANISTAS DENTRO DA IGREJA, ELA NÃO SERÁ A VERDADEIRA IGREJA DE CRISTO.

A LÍNGUA!

Anônimo disse...

Foi o mais lúcido diagnóstico da atual realidade brasileira,mais só não concordo quanto o estado atual das FFAA,pois todos sabemos que estão "estratégicamente" sucateada,com certeza para atender os objetivos do famigerado foro de São Paulo que aos poucos começamos a ver desnudado o que eles realmente querem,trazer um modelo fratecida de política de tristes lembranças por onde passou a sociedade cada vez mais precisa está atenta e lutar pela revitalização das suas FFAA,como contra ponto desta aberração antes que seja tarde,julio augusto de oliveira soares tcelref.EB

lobão disse...

Ou começamos a falar grosso com essa bandidagem institucional e instituida ou em breves episódios de nossa novela diária estaremos no meio do livro Gulag, vendo os farrapos de nosso país definitavemente entregues ao Foro do Terror, capitaneado pelo chefão Chavez. Ruptura é o que necessitamos com urgência.

Anônimo disse...

Não disse nada que não já soubessemos. Com relação às FFAA, mostrou-se bante desinformado. ou quem sabe para quem está jogando. Leitores do alerta total sabemos que o foro de são paulo foi criado em l990. Causa estranheza que o senador pertencente a base aliada do partido que o criou, somente agora tenha descoberto sua finalidade. Será efeito pós conflito ou a visita da secretaria de estado dos EUA?

Anônimo disse...

Não concordo com relação às Forças Armadas. Todos sabemos que estão sucateadas. O foro de são paulo e foi fundado em 1990. Causa estranheza que só agora seja "descoberto" pelo senador, cujo partido pertence a base aliada do partido que o fundou.

Esperança disse...

Comentário postado no Coturno Noturno

O mínimo que se espera de um senador é ter conhecimentos sobre assuntos que leva à tribuna, e não confundir o povo.

O senador Camata deveria dizer aos brasileiros que:

- nossos políticos, muito bem pagos, têm como única exigência para exercer o cargo, saber desenhar o nome;
- as FFAA, conforme o Art. 142 a nossa Constituição destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e da lei e da ordem;
- a Engenharia Militar efetua também, desde o século XIX, um trabalho de bastidores, contínuo em favor da segurança nacional e da integração do País, construindo rede de telégrafos, estradas de ferro e rodagem, casas e levando o desenvolvimento às regiões mais carentes;
- a Marinha além de sua funções especificas, cuida das populações ribeirinhas da Amazônia, a única garantia da saúde dessas pessoas ;
- a média mundial dos gastos das forças armadas, em relação ao PIB, é de 3,5%. No Brasil, infelizmente, é de apenas 1,7%, com nítido sucateamento de suas estruturas, equipamentos e tecnologia;
- os militares das FFAA recebem os salários mais baixos do serviço público federal;
- os seus hospitais são ”tão bem equipados” que os militares estão indo para planos de saúde privados, reduzindo mais seus vencimentos e revelando a incapacidade de atender os militares e os civis em caráter humanitário, sem falar num conflito armado;
- o Brasil é o único país do mundo que paga régias indenizações a terroristas anistiados, que queriam implantar aqui o comunismo, um dos regimes mais cruéis da humanidade, onde somente a cúpula do poder é altamente beneficiada.
- o Chile tem o maior poder militar da América Latina , o poder aéreo do Peru é melhor que o do Brasil, e a Venezuela está se armando cada vez mais;
- o desmantelamento total das nossas FFAA, é de responsabilidade do Governo Federal agravado pela omissão do Senado e do Congresso.

Se o as nossas FFAA, segundo o senhor, não são respeitadas, deveria cobrar do Governo, porque o exemplo começa em casa. Eis um excelente motivo para uma convocação do Senado em regime de urgência urgentíssima, para que essa situação das FFAA se reverta, mostrando assim ao presidente que esta casa trabalha e tem seu valor. Não esquecendo a idéia do fechamento do Senado, foi defendida oficialmente pelo PT em seu último Congresso.

Quanto aos movimentos terroristas do MST, todos sabem, são financiados pelo governo, assim como as ONGS, mensalões , TV Púbica , o perdão das dívidas de outros países e indenizações dos anistiados. Pelo seu discurso, poderia concluir, que o nobre senador esteve ausente do nosso País por um longo período. Seria justo devolver o pagamento de seus salários.

Abraços
J.Angel

Anônimo disse...

Os culpados não são igrejas,farc, ou isso ou aquilo.O nosso erro é ter medo de dizer que são pessoas, seres humanos; se é que existe o humano.Pensar que não podemos com essas pessoas seria dizer uma grande mentira,a questão é que os brasileiros não sabem ainda o poder que tem em suas mão. Por exemplo: Se vc tem uma empresa e seus empregados recebem os salarios da empresa; o dinheiro é seu e vc é o patrão, o empregado cumpre somente as normas da empresa.O salario do Presidente de onde sai? Quem é o empregado, e quem são os patrões?
Acorda povo Brasileiro,voces já estão dormindo a muito tempo,acorda!!!!!