sábado, 29 de março de 2008

Intrigas: Dilma promete investigar quem vazou dossiê contra FHC porque suspeita de “fogo amigo petista”

Edição de Sábado do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Ontem era apenas dia 28 de março. Primeiro de Abril é só na terça-feira que vem. Mas a futura presidenta da República, embora negue ser candidata, Dilma Roussef, jurou ontem que o desgoverno não montou um dossiê contra o ex-presidente FHC e Ruth Cardoso. A mãe do PAC(o) alegou apenas que se produziu um “banco de dados” com informações sigilosas sobre as despesas com cartões corporativos e contas tipo B para atender a possíveis pedidos legais. Dilma prometeu que a Casa Civil investigará o vazamento das informações. Temos tudo para acreditar na Dilma, até porque Pai Noel adota, oficialmente, as cores do PT. E o mundo inteiro acredita nele.

E daí que a Folha de São Paulo (FSP – que usa a mesma sigla do Foro de São Paulo) divulgou que a mentora do dossiê (que o Planalto jura não existir) foi a Secretária-executiva da Casa Civil? E daí que a poderosa Erenice Alves Guerra seja a braço-direito (perdão, a mão esquerda) da companheira Dilma (a eterna guerrilheira Stella)? Os gênios palacianos trabalham com duas especulações sobre o vazamento do “banco de dados”. Ou foi uma jogada deliberada de caciques do PSDB, que teriam informantes no Palácio do Planalto e tentaram fabricar um factóide para incriminar o governo. Ou o vazamento partiu do “fogo amigo” petista para enfraquecer a candidatura vitoriosa de Dilma.

A hipótese sobre a briga interna petista é muito forte. Esta semana também “vazou” outra notícia que só foi dada pela Rede Bandeirantes. A mídia amestrada fez silêncio criminoso e não repercutiu a notícia do Jornal da Band de que a falida Bancoop (Cooperativa dos Bancários de São Paulo), comandada por sindicalistas petistas, promoveu uma armação com empreiteiras de obras habitacionais não realizadas para desviar dinheiro para financiar campanhas eleitorais do PT. Os alvos da denúncia eram os ex-dirigentes da cooperativa: Ricardo Berzoini, Luiz Gurshiken e João Vaccari Neto (Releia na edição de quarta-feira: Band promete hoje novas provas de que cooperativa falida dos bancários desviou grana para campanhas do PT).

O fato de a denúncia ter sido veiculada em apenas uma emissora de tevê, cuja linha editorial é sempre companheira do Palácio do Planalto, é um fortíssimo indício de que foi uma “matéria plantada” por um segmento petista que deseja reduzir o poder de influência do segmento sindicalista bancário na cúpula decisória do partido. Se tal teoria (factível) for verdadeira, também é verossímil que os prejudicados tenham dado o troco interno em quem os atacou mandando bala nas cercanias da Dilma Rousseff.

Pau na oposição

O popular chefão Lula da Silva voltou a fazer ontem duras críticas à oposição.
Lula ponderou que as denúncias dos adversários não devem ser aceitas como verdades absolutas e usou um exemplo fantástico para justificar sua tese.

Em Alagoas, dirigindo-se a aliados e particularmente ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que renunciou à presidência do Senado em dezembro, quando tinha o mandato ameaçado por quebra de decoro parlamentar, Lula afirmou que não pode permitir que pessoas que "não têm moral" critiquem um amigo que o apoiou tanto como o senador Renan Calheiros.

Segundo Lula, seus adversários estão incomodadoscom a pesquisa CNI Ibope que lhe dá 73% de popularidade pessoal e 58% de índice ótimo/bom para o (des)governo.

FHC quer sangue

A ministra Dilma deveria demitir sua assessora que (segundo a FSP) ordenou o levantamento de dados e divulgou os gastos pessoais da presidência na gestão passada.

A sugestão foi dada pelo ex-presidente FHC, em entrevista concedida à Maria Lydia na TV Gazeta de São Paulo.

O programa “Em Questão”, que semana passada entrevistou Lula, vai ao ar no domingo, às 23h 30min, com a entrevista de FHC.

Nada de investigação

A oposição – tão criticada por Lula – insiste em convocar Dilma para depor na CPI dos Cartões Corporativos.

Também exige uma investigação do Ministério Público Federal e da Polícia Federal.

Acontece que o ministro Tarso Genro (Justiça) e o diretor-geral da PF, Luiz Fernando Corrêa, já avisaram que a instituição não vai investigar o caso – que é político.

Candidato a Deus da Raça

A cada dia se superando na retórica político-demagógica, o ministro Tarso Genro praticou a ousadia de afirmar ontem, em uma palestra, que “Lula deflagrou “uma espécie de revolução democrática burguesa tardia no País”.

Segundo Tarso, isso deixou o País pronto para aprofundar a “agenda pós-neoliberal”, ampliando a “participação popular”.

Tarso resssaltou que, graças a Lula e seu governo, o brasileiro pobre é um novo sujeito social e elemento decisivo para a renovação da utopia transformadora.

Segura, Machadão!

Tarso comentou que Lula “deu início à outra independência” referida por Machado de Assis em “Instinto de Nacionalidade”.

As Instituições Republicanas atingiram elevado patamar de maturidade e autonomia, permitindo, pela primeira vez, um frontal combate à corrupção".

Com essa, o Velho e Imortal Machadão vai rolar no túmulo

De tanto rir, é claro, porque a piada foi a melhor dos últimos tempos...

Do coração

Pode ser que o PT tenha um candidato no Rio, mas o candidato do coração do presidente Lula é Crivella. Eu sinto isso”.

As palavras foram do vice-presidente José Alencar, presidente nacional do PRB, antes de chegar para um encontro regional do partido, ontem, no Hotel Glória, no Rio de Janeiro.

Alencar acredita na vitória do candidato do PRB ainda no primeiro turno, e com o apoio da Zona Sul.

O recado dele foi dado três dias depois de anunciada a pré-candidatura do deputado estadual Alessandro Molon (PT) para a prefeitura do Rio pela chapa PT-PMDB, numa aliança costurada pessoalmente entre o governador Sérgio Cabral e o próprio chefão Lula.

Globo comemora

A Record perderá uma de suas armas “com cara global” na disputa pela audiência.

O ator Marcio Garcia não vai renovar o contrato com a emissora, que vence em junho.

Será substituído no “Melhor do Brasil” pelo cantor e apresentador Rodrigo Faro, a partir de 12 de abril.

Márcio Garcia retornará para a Globo, porque a Record não aceitou aumentar seus R$ 120 mil de salário.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos

3 comentários:

Anônimo disse...

Ô SERRÃO! FICA AGORANDO TANTO QUE ESSA MULHER É CANDIDATA... E ETC. E TAL... TEM PENA MEU!
O FATO É QUE DE PIADA EM PIADA, ME DISSERAM QUE O IBOPE FOI ADQUIRIDO POR UM CONSORCIO PETISTA.
QUE HOJE TEMOS MAIS POBRES E DEPENDENTES DE BOLSA FAMILIA QUE REMEDIADOS E EMANCIPADOS, É VERDADE. E PARA A "REVOLUÇÃO BURGUESA" A COISA ANDA NA MEDIDA QUE O DIABO QUER.

Anônimo disse...

Serrão, na verdade, o caso do Tarso é de DELÍRIO avançado e não “retórica político-demagógica” quando manifesta que “Lula deflagrou “uma espécie de revolução democrática burguesa tardia no País”, pois é uma associação vazia de clichês sem qualquer mérito intelectual — uma sandice.

Anônimo disse...

Jorge,

Esse psicopata pampeano é mais uma maravilha política produzida aqui no RS. Além disso reproduziu, deixando sua filha, que é uma doida varrida e é candidata a prefeitura de POA. Esse estado está a passos largos rumo ao Piauí.