quarta-feira, 5 de março de 2008

Relatório da ONU sobre drogas irrita Lula, mesmo sem falar na relação das FARC com o tráfico e a política no Brasil

Edição de Quarta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

O chefão Lula ficou irritado com a divulgação de um relatório da ONU que indica um aumento do tráfico de drogas no Brasil, junto com o crescente consumo de ecstasy e cocaína. Também não gostou de saber que representantes das Nações Unidas criticaram a corrupção em setores das polícias e do Judiciário que prejudica a punição de narcotraficantes em território brasileiro. A insatisfação de Lula seria maior se a ONU relacionasse tudo isso com o Foro de São Paulo e a parceria operacional de sucesso entre as FARC e os narcovarejistas brasileiros para o fornecimento das drogas.

O estudo da ONU nem chegou perto dessa verdade sempre omitida pela mídia. O documento da Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes (Jife), órgão ligado à ONU, foi lido ontem pelo representante do Escritório da ONU contra Drogas e Crime para Brasil e Cone Sul, Giovanni Quaglia, no auditório da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad). O secretário nacional Antidrogas, general Paulo Roberto Uchôa, e o diretor de Combate ao Crime Organizado da PF, Roberto Troncon, contestaram as declarações de Quaglia e a solenidade terminou em clima de constrangimento. E o dirigente da Jife nem tocou nas FARC – o assunto do momento.

O relatório da ONU ataca a nova lei sobre drogas por estabelecer tratamento diferenciado entre usuário e traficante. Pela lei, o usuário pode ser condenado à prisão, mas punição é sempre convertida em pena alternativa, como prestação de serviços. O texto pega pesado em seu parágrafo 483: "A nova lei pode até prejudicar a investigação e o julgamento das atividades ilícitas relacionadas a drogas, e pode dar a entender à opinião pública que o governo está tratando o narcotráfico com mais indulgência". Segundo Quaglia, a condescendência com o usuário enfraquece a capacidade de investigação das polícias sobre o narcotráfico. Sem punição severa, o usuário nunca colabora com a polícia.

Inconstitucional

Desde segunda-feira, os bens de quem tem processos julgados pelo não-pagamento de cheques, notas promissórias, cartões de crédito, empréstimo pessoal e duplicata podem ser penhorados no mesmo dia em que for definido o valor da dívida.

O juiz responsável terá acesso aos dados financeiros do devedor, como os últimos depósitos e saques, e poderá bloquear e transferir o montante para uma conta judicial.

O problema é que a possibilidade de o juiz acessar os dados da conta do consumidor inadimplente é o mesmo que uma quebra de sigilo bancário sem pedido ou ordem judicial, o que seria ilegal e inconstitucional.

Na mira da penhora

O Banco Central não liga para este problema e alega que a penhora on-line representa um ganho de agilidade na execução dos processos de cobrança.

Entre os bens que podem ser penhorados estão automóveis, contas correntes, imóveis e qualquer patrimônio que não seja essencialmente vital para a vida do devedor.

Estão excluídos da penhora o salário, a casa própria (se for o único imóvel que ele possui) e os ganhos vindos de aposentadoria ou pensão.

Julgamento polêmico

O Supremo Tribunal Federal deveria iniciar hoje o julgamento da ação de inconstitucionalidade tida como das mais polêmicas de sua história, pois confrontam religião e ciência.

Os ministros vão decidir quando começa a vida humana e até que fase após a fecundação será permitido o uso de células-tronco embrionários em pesquisas científicas.

Um pedido de vista do ministro Carlos Alberto Direito deve interromper hoje um julgamento histórico.

Julgamento no STF poderá ser interrompido por pedido de vista.

Lula a favor

O chefão Lula da Silva comentou ontem ser "particularmente favorável" à aprovação da continuidade das pesquisas.

"Eu, particularmente, sou favorável à aprovação da [pesquisa com] célula-tronco. Acho que o mundo não pode prescindir de um conhecimento científico que pode salvar a humanidade de muitas coisas".

Foi a declaração mais explícita de Lula sobre o assunto desde que a Lei de Biossegurança começou a ser debatida, em 2003, aproveitando a inauguração do Centro de Nanociência e Nanotecnologia Cesar Lattes, em Campinas.

Ataque direto

A bancada do PT na Câmara encampou a irritação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o Judiciário e decidiu representar contra o ministro Marco Aurélio Mello no próprio Supremo Tribunal Federal (STF) e no Conselho da Magistratura.

Os deputados petistas argumentam que o ministro desrespeitou a Lei da Magistratura ao dar declarações sobre o programa Territórios da Cidadania, lançado por Lula na semana passada.

A representação contra Marco Aurélio se baseia no inciso 3 do artigo 36 da lei que veda ao magistrado manifestar por meio de comunicação opinião sobre processo pendente de julgamento.

Nova cobrança

Cinco dias depois de reclamar em praça pública da Justiça, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a cobrar, o respeito aos poderes da República.

"Se por um lado a ampla discussão constrói a Democracia, por outro, a eventual ingerência de um poder sobre o outro compromete a gestão e o atendimento do poder público".

O recado do chefão foi dado no plenário do Superior Tribunal de Justiça (STJ), no discurso na abertura do 14º Cúpula Judicial Ibero-Americana.

Mesma tecla

O presidente voltou a falar em independência dos poderes e defendeu de forma indireta os programas sociais do governo que tinham sido considerados eleitoreiros pelo ministro do STF, e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Marco Aurélio Mello.

"A independência e a imparcialidade são essenciais para o controle, o aperfeiçoamento e a impessoalidade das políticas públicas".

Sobre a crise com o Judiciário, Lula ironizou:

"Nunca teve em guerra. Vocês lembram que na campanha meu lema era paz e amor".

Banco faz a festa

O Unibanco contribuiu com R$ 30 mil para a festa de fim de ano de funcionários da Receita Federal em São Paulo.

O evento patrocinado aconteceu em dezembro de 2007 no Esporte Clube Sírio

Foi a primeira vez que um banco privado patrocina festa de funcionários da Receita Federal em São Paulo.

O apoio causou polêmica entre auditores fiscais, que questionam o fato de uma instituição, que é fiscalizada pela Receita Federal, ajudar financeiramente um evento desses servidores.

Outras ajudas

O Banco do Brasil e ao menos duas entidades sindicais que representam a categoria -Unafisco São Paulo e Apafisp (Associação Paulista dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil) - também deram dinheiro ao evento.

Os valores foram respectivamente de R$ 8.000, R$ 6.000 e cerca de R$ 12 mil.

O custo total da festa foi de cerca de R$ 70 mil.

Fantasmagórica

O Ministério Público estadual no Rio de Janeiro descobriu que Dilson Pereira de Andrade foi usado como "laranja" em uma operação ilegal que envolve políticos.

Morador de uma favela na Zona Norte do Rio, Dílson emprestou seu nome (certamente sem saber) para avalizar empréstimos no valor de R$ 3 milhões para políticos, assessores e empresários justificarem os patrimônio em declarações de renda.

Um dos beneficiados no esquema foi Ivan Moreira, conselheiro do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro.

Bala do trem

O desgoverno Lula vai torrar US$ 1,8 milhão no estudo de viabilidade do trem-bala, ligando o Rio a São Paulo.

O Banco Interamericano de Desenvolvimento e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social emprestarão a grana.

Em ano eleitoral, as empreiteiras vão adorar mais esse estudo de caso.

Festinha para Lula

As “comunidades” da Rocinha, do Alemão e de Manguinhos prometem uma mega festa para receber o poderoso Lula da Silva na sexta-feira, no Rio de Janeiro.

Dez mil panfletos convocando moradores para o evento serão distribuídos a partir de hoje na região do Morro do Alemão.

Um carro de som também já ajuda desde ontem na divulgação da grande festa para receber o presidente.

O chefão estará lá na sexta, a partir das 9h, lançando as obras do PAC.

Propaganda armada

Às 11h40, Lula deverá chegar a Manguinhos. Lá, 16 líderes comunitários cumprimentarão o presidente no palco montado na Rua Leopoldo Bulhões, altura do número 952.

Depois vai para a Rocinha, onde será montado o palco para a cerimônia, na Curva do S, a partir das 14h20.

Nas três comunidades, pelo menos um líder da favela deverá discursar para agradecer a Lula pelas obras do PAC.

Lula fará seus deslocamentos pelo Rio de Helicóptero, por medida de segurança.

Troco no Chávez

O presidente Álvaro Uribe anunciou ontem que denunciará o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ao Tribunal Penal Internacional, sob acusação de patrocinar e financiar as Farc, grupo terrorista que luta para derrubar o governo da Colômbia.

Localizada na cidade holandesa de Haia, a corte penal foi criada para julgar acusados de cometer crimes contra a humanidade.

Segundo Uribe, a prova de que Chávez teria dado US$ 300 milhões às Farc estaria em computador confiscado de guerrilheiros mortos no sábado por tropas colombianas em território do Equador.

Notícias do front

O Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) adiou, depois de mais de seis horas de negociações, a elaboração de uma resolução sobre o conflito entre Equador e Colômbia, diante da falta de um consenso sobre o texto final.

O presidente do Conselho Permanente, Cornelius Smith, convocou os países membros da OEA para uma reunião na tarde desta quarta-feira.

A Colômbia justificou ontem sua ação militar do fim de semana contra um acampamento da guerrilha Farc em território equatoriano, alegando que se tratou de uma operação contra o terrorismo, e pediu que se investigue a suposta ligação dos rebeldes com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

Já o Equador pediu ao conselho que condene a incursão colombiana e solicitou que convoque uma reunião de emergência entre os ministros de Relações Exteriores do hemisfério.

Negociações perigosas

O governo francês afirmou ontem que o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, sabia que o guerrilheiro Raúl Reyes estava negociando a libertação de 41 reféns políticos das Farc, entre eles a franco-colombiana Ingrid Betancourt.

Morto pelo exército colombiano, Reyes seria intermediário de eventual encontro do presidente da França, Nicolas Sarkozy, com dirigentes das Farc.

O ministro da Justiça do Equador, Gustavo Jalkh, confirmou que participava das negociações.

Recadinho

O presidente do Equador, Rafael Correa, ouvirá do presidente Lula, hoje, que a crise não pode ser solucionada com ataques verbais ou medidas unilaterais.

O presidente do Equador, Rafael Correa, chegou a Brasília às 21h30. rejeitou o pedido de desculpas da Colômbia e considerou um "massacre de guerrilheiros" o ataque às Farc.

"Minha pátria foi agredida por um governo canalha. Vocês (o Brasil) já estariam em guerra."

Protesto no RJ

Em quase todos os países do mundo, ocorrem amanhã manifestações contra o presidente Álvaro Uribe.

No Rio de Janeiro, o ato é convocado pelo Fórum de Solidariedade à América Latina em Luta Contra o Imperialismo – RJ.

O evento será nesta quinta-feira, Sintrasef (Av. 13 de Maio, 13 – 10 andar), às 18h 30min.

Além do ato público, haverá a exibição do filme "REFUGIADOS EN SU PROPRIO SUELLO", que retrata a crueldade do paramilitarismo e do exército do governo Uribe em Antioquia, na Colômbia.

Os organizadores chamam Uribe de fascista e “querem combater os crimes que vêm sendo cometidos pelo governo colombiano e sua tentativa de criar uma guerra na América do Sul”.

Os argumentos

O Fórum de Solidariedade à América Latina em Luta Contra o Imperialismo segue três teses:

“O covarde assassinato do comandante Raul Reys, em território equatoriano, foi mais uma provocação do fascista Uribe contra o intercâmbio humanitário e contra qualquer possibilidade de paz na região. Num mesmo ataque, agrediu o Equador, a Venezuela e as FARC. Em verdade, agrediu toda a América Latina”.

“A serviço do império, o governo colombiano aumenta a tensão, possivelmente num plano para forçar uma guerra regional, em que os Estados Unidos apoiariam a Colômbia militarmente, com suas tropas e sua máquina de guerra, com o falso pretexto de combater os "narco-traficantes" ou os "narco-terroristas", cinicamente usado pelos próprios traficantes e terroristas (liderados por Uribe)”.

“Isto não passa de um pano de fundo para escamotear os verdadeiros objetivos do império: derrubar o governo Chávez e/ou assassiná-lo - para fragilizar o processo de mudanças em toda a América Latina - e se apoderar dos ricos recursos naturais de que dispõem o Equador e a Venezuela, não por acaso os dois únicos países latino-americanos membros da OPEP”.

Contraponto necessário

Os argumentos do Fórum de Solidariedade à América Latina em Luta Contra o Imperialismo omitem a postura armamentista de Hugo Chávez e da Venezuela, cujo Exército, sistematicamente, invade o território brasileiro, conforme denúncia dos índios Yanomami, em Roraima.

Releia a edição de ontem do Alerta Total: Itamaraty e Forças Armadas são omissas sobre denúncias de invasão de áreas do Brasil pela Venezuela

E os artigos: Hugo Chávez nunca será Simon Bolivar e Num barril de pólvora

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

8 comentários:

Esperança disse...

Ex-Blog do Cesar Maia 03/03/2008

CHEGA LULA! FIQUE POR AÍ!

1. O discurso de Lula mandando o poder judiciário colocar o nariz para dentro é um fato extremamente grave e um risco enorme para a democracia. Nada vai ocorrer em curto prazo, já se sabe. Mas os seus desdobramentos no futuro são perigosos pelos precedentes latino-americanos. Essas também foram as primeiras declarações contra o judiciário -especialmente a Corte Suprema, feitas em outros países e que culminaram numa demonização desta Corte, sua desconstituição e em regimes autoritários e/ou desastres políticos.

2. Assim foi no Peru com Fujimori. Das ironias contra a Corte Suprema -CS- de lá, o tom subiu e passou a ser um entrave ao "progresso" até sua destituição. Assim foi na Argentina com Menem. A CS era um entrave às reformas econômicas e vieram as aposentadorias compulsórias e as substituições. Os desdobramentos se conhecem -queda da moeda, de presidentes, piqueteiros... e hoje a Argentina é um regime de executivo desproporcional, digamos.

3. Assim foi com Chávez, na Venezuela, que das críticas sobre uma corte ligada aos interesses das elites, terminou com sua destituição. Assim foi no Equador -com Gutierrez- que terminou com a supressão da CS. Depois da queda do coronel Gutierrez, nosso STF foi chamado para ajudar a re-criar um STF lá. Valeu pouco, pois o atual presidente Rafael Correa com o mesmo discurso inicial a desconstituiu de fato.

4. Da mesma forma na Bolívia de Morales, onde a CS, como "entrave" se mantém formalmente, mas Morales ignora suas decisões. E não é demais lembrar a Nicarágua, onde uma aliança espúria entre Daniel Ortega e o ex-presidente Aleman (com prisão domiciliar por corrupção), transformou a CS num joguete desta aliança.

5. Tudo começou num discurso, suado, como esse de Lula. E foi crescendo com declarações, impulsões... Até que uma crise conjuntural encontrou a CS como bode expiatório e "entrave" para as mudanças -sem lei- arbitradas pelo executivo. Não estamos tão longe disso. Com menos ruído vemos a liquidação do orçamento como lei de meios e fins, o uso extravagante das MPs, e a delicada coincidência de Lula, em seu tempo, designar metade ou mais do STF. Não que os magistrados escolhidos não mereçam a confiança jurídica, mas porque de qualquer forma é uma coincidência que cria constrangimentos e fragiliza a autonomia da CS.

6. O Congresso que fique atento e que não deixe isso passar como arroubos de depois do almoço. Que o Congresso exaura em debates esse grave fato, e que mostre ao presidente -não só as conseqüências jurídicas de suas declarações, como as conseqüências políticas. E que esse tipo de escalada, aqui não passará. Isso deve ser lembrado com os exemplos anteriores e dito continua e abertamente. Chega! Fique por aí, presidente!
Clique abaixo e relembre a agressão de Lula ao STF.

http://br.youtube.com/watch?v=mzoreLGr8cQ


Ex-blog Cesar Maia05/03/08


PROSSEGUE A TENTATIVA DO PT-LULA DE DESESTABILIZAR A SUPREMA CORTE!

Este Ex-Blog comentou essa semana que foi assim que os regimes autoritários de Fujimori, Chávez, Correa, etc... começaram!

Estado de SP
Bancada do PT decide representar contra Marco Aurélio no Supremo
A bancada do PT na Câmara encampou a irritação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o Judiciário e decidiu representar contra o ministro Marco Aurélio Mello no próprio Supremo Tribunal Federal (STF) e no Conselho da Magistratura. Os deputados petistas argumentam que o ministro desrespeitou a Lei da Magistratura ao dar declarações sobre o programa Territórios da Cidadania, lançado por Lula na semana passada. A representação se baseia no inciso 3 do artigo 36 da lei que veda ao magistrado manifestar por meio de comunicação opinião sobre processo pendente de julgamento.

Anônimo disse...

SOBRE O CARREGAMENTO DE ARMAS:

http://brasilacimadetudo.lpchat.com/index.php?option=com_content&task=view&id=4113&Itemid=221

Anônimo disse...

Garanto que aquele traficante colombiano que foi preso há pouco tempo aqui no Brasil está hoje em uma "cadeia de proteção máxima", tal qual o Fernandinho Beira- Mar e ninguém mais fala do pedido de extradição dos EUA's.

Conclusão: ser traficante está virando de novo um bom negócio no Brasil, bem melhor do que sonegar impostos e atuar como "rent seeking".

Anônimo disse...

Caro Jorge.

Semana passada, alguns jornais noticiaram a apreensão de urânio no Amapá(veja notícia abaixo). A grande imprensa não falou quase nada a respeito. Agora se soube que as FARCs estavam traficando material radiativo. Será que essa notícia tem ligação com as FARCs??Porque ninguém diz nada a respeito?Porque será, hein??

Abraço

Markus


"A Polícia Federal brasileira anunciou esta sexta-feira a apreensão de 600 quilogramas de torite, um mineral radioactivo que pode ser usado na indústria nuclear e que é extraído ilegalmente de uma jazida no Norte do país.

Segundo explicou a Polícia, o carregamento foi apreendido durante uma incursão dos agentes no Rio Araguarí, no Estado de Amapá, que tem fronteira com a Guiana francesa.

"Um teste feito com um contador Geiger verificou o alto nível de radiação, o que leva a crer que se trata de torite", disse a Polícia Federal num comunicado de imprensa. O minério estava em 20 sacos de 30 quilogramas cada um.

Esta sexta-feira, foram cumpridos os mandados de captura emitidos por um juiz federal de Amapá e entre os detidos está um homem que guardava mais minério radioactivo e admitiu estar disposto a vendê-lo ao preço de 200 a 300 dólares o quilograma, acrescenta o comunicado.

A torite, como o urânio, é um mineral altamente radioactivo cuja exploração no Brasil é monopólio do Estado. Em Junho de 2004, numa operação semelhante, foram apreendidos 18 sacos de minério de tório, também em Amapá.

Em 2006, foram também confiscados 600 quilogramas do minério nas cidades de Pedra Branca e de Porto Grande. A torite contém 75 por cento de tório, 7,5 por cento de urânio e 10 por cento de óxido de chumbo.

O tório é usado para elaborar produtos de cerâmica e ligações de metais utilizados na indústria aeroespacial. Mas também se pode converter em combustível nuclear

Anônimo disse...

ENTREVISTANDO UM "GUERRILHEIRO" DAS FARCs:


Qual tua profissão?
R. Guerrilheiro das FARCs

Há quanto tempo vc é guerrilheiro?
R. Há 40 anos!!

40 anos é muito tempo...já pensou em se aposentar?
R. Vc. está louco? Me aposentar prá que? Aqui na selva a gente tem toda a
mordomia do mundo. E, depois de 40 anos a gente não sabe mais fazer outra
coisa.

Porque vcs. estão 40 anos na guerrilha??
R. Sabe que eu não sei mais...no início nos falaram que era prá libertar
o país das zelites, do Imperialismo Ianque, etc...mas isso era muito antigamente...Hoje
em dia nem sei mais o porque. O importante é que é um negócio muito rentável.

Se um dia vcs. tomarem o poder, o que farão?
R. A primeira coisa será exigir do Estado polpudas indenizações e aposentadorias
milionárias pelo fato da gente ter se sacrificado pelo país.Daí vamos querer
empregos em estatais, bancos, etc. E cartões corporativos sem limite para todos nós, guerrilheiros. Vamos
querer as mesmas mordomias que nossos "cumpanheirus" lá do Brasil estão tendo.
Não é justo? Afinal, sacrificamos uma vida inteira em prol da pátria, dos
pobres, dos oprimidos...

(PANO RÁPIDO)

Um abraço

Markus

Anônimo disse...

Há uns meses a venezuela metralhou um acampamento de garimpeiros na Guiana e ninguém falou nada.

Matar trabalhador pode, terrorista narcotraficante de esquerda, não?



Guiana acusa Venezuela de invadir zona de garimpo em seu território

Georgetown afirma que soldados explodiram dragas; Caracas diz que ação ocorreu no lado venezuelano da fronteira

Georgetown, Guiana

O ministro das Relações Exteriores da Guiana, Rudy Insanally, convocou o embaixador venezuelano em Georgetown, Dario Morandy, para dar explicações sobre uma suposta invasão territorial seguida de ataque a uma zona de garimpo ocorrida anteontem por tropas venezuelanas na fronteira entre os dois países. Morandy disse que a ação ocorreu do lado venezuelano da fronteira.

De acordo com Insanally, 36 soldados venezuelanos, apoiados por helicópteros, usaram explosivos C-4 para destruir duas dragas de garimpo de ouro num rio perto da fronteira. As embarcações foram destruídas e ninguém ficou ferido. O governo da Guiana enviou ontem soldados para investigar o caso. Não ficou claro se o incidente ocorreu no Rio Cuyuni ou no Rio Wenamu. Os investigadores utilizarão um aparelho de GPS para comprovar a invasão territorial venezuelana.

http://www.estado.com.br/editorias/2007/11/17/int-1.93.9.20071117.1.1.xml

Esperança disse...

GRAVE A SITUAÇÃO POLÍTICA Doc. nº36-2008

SITE:www.fortalweb.com.br/grupoguararapes

Estamos lendo na Internet artigos violentos que envolvem as Forças Armadas, particularmente, quando o assunto se refere ao reajuste de vencimentos das mesmas. Não estamos querendo ensinar Padre a rezar missa nem dizer que os amigos e companheiros não estão cheios de razão. O GRUPO GUARARAPES irá apenas abordar pontos indicando uma direção que nos permite afirmar que estamos marchando para uma tentativa de continuação no Poder do Grupo que dele se apossou.

1. O Poder Executivo lança-se numa propaganda desenfreada para conquistar a maioria da população para o seu lado. Programas populistas são lançados a todo momento e o Chefe do Poder passou a ser um boneco de propaganda. Ele é o PAI dos pobres e da Pátria.

2.O Poder Executivo ataca violentamente os Poderes legislativo e Judiciário, tentando enfraquece-los aos olhos da população. Se o Poder Executivo não faz mais é porque os dois outros só atrapalham.

3. O Poder Executivo trata as suas Forças Armadas a pão e água. Quanto ao reajuste empurra o problema com a barriga, desgastando o Ministro da Defesa, tirando-lhe a possibilidade de concorrer ao cargo de presidente em 2010.

4. A demora no reajustamento dos vencimentos dos militares das Forças Armadas é uma jogada bem calculada. O Poder Executivo imagina que os militares poderão perder a cabeça e realizar uma ação não desejada e com isso a população ficará contra Elas.

5. As Forças Armadas enfraquecidas não poderão defender os outros Poderes caso eles solicitem como é previsto na Constituição no seu artigo 142.

O GRUPO GUARARAPES ao abordar os cinco itens acima conclui que é MUITO GRAVE A NOSSA SITUAÇÃO POLÍTICA.

NÃO SOMOS DONOS DA VERDADE E POR ISSO ESTAMOS PEDINDO QUE NOS RESPONDAM A FAVOR OU CONTRA PARA QUE NOSSAS IDÉIAS POSSAM SER ATUALIZADAS.

MUITO GRAVE A SITUAÇÃO POLÍTICA!



SALVEMOS A DEMOCRACIA!

Esperança disse...

Achei a notícia sobre a apreensão do material radioativo no Amapá em três sites portugueses e não em sites brasileiros.

Site em Portugal
http://rtp1.rtp.pt/index.php?article=329966&visual=5

Outro site de Portugal
http://www.tvnet.pt/noticias/detalhes.php?id=21689

Mais um site português
http://comandomotard.blogspot.com/2008/03/brasil-polcia-apreende-600-quilos-de.html