sexta-feira, 21 de março de 2008

Vitória do Foro de São Paulo: Justiça “cumpre a lei” e manda Fernandinho Beira-Mar de volta ao Rio de Janeiro

Edição de Sexta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

O poder do narcovarejo obtém mais uma importante vitória na “Justiça”. Sua excelência Luiz Fernando da Costa, mais conhecido como Fernandinho Beira-Mar, que seria o presidente do não-registrado Partido do Crime, será transferido do seguro presídio federal de Campo Grande (MS) para a Penitenciária Bangu I, no complexo de Gericinó, no Rio de Janeiro. Beira-Mar é um dos parceiros históricos das FARC - que integram o lado revolucionário-criminoso do Foro de São Paulo (balaio de gato que junta partidos de esquerda com narcoguerrilhas na América do Sul e Caribe).

Nem adiantou o procurador-geral de Justiça do Rio, Marfan Vieira, argumentar que “entre o direito individual do preso de cumprir pena perto de sua família e o coletivo, deveria prevalecer o segundo”. A juíza Cristina de Araújo Góes, da Vara de Execuções Penais (VEP), decidiu “fazer a lei ser cumprida” e determinou a transferência de Beira-Mar para Bangu I. A juíza alegou que a custódia de um detento em prisão federal deve ser feita somente em caráter excepcional e, no máximo, por um ano. “Cumprindo-se a lei”, Beira-Mar agora poderá voltar para seu “paraíso operacional”.

Em Bangu I, o presidente Beira-Mar terá mais facilidades para despachar. As galerias de lá não são individuais. Os presos têm facilidade de comunicação. Podem conversar tranqüilamente. É tudo que Beira-Mar precisa para continuar comandando seus negócios de droga a partir da cadeia, sob a proteção do Estado e financiado pelo contribuinte. A promotora da Central de Inquéritos de Bangu, Valéria Videira, já reclamou que a arquitetura de Bangu I não é adequada para receber um preso que exige uma atenção maior, como Beira-Mar. Mas não foi ouvida. O crime vence e compensa. E com toda proteção legal. Viva o governo do Foro de São Paulo!

Criança alugada pelo tráfico

Um menino de apenas quatro anos de idade era alugado pelo pai, por R$ 50 reais, a um traficante, para servir de “mula” no transporte de drogas.

Morador do morro da Mangueira, o pai-bandido, de 47 anos, foi preso ontem por policiais do Batalhão de Polícia Ferroviária (BPFer).

O traficante usava o garoto alugado para evitar a abordagem de policiais.

Será este legado do negócio de Fernandinho Beira-Mar e outros narcovarejistas menos votados que a Justiça do Rio de Janeiro, “cumprindo a lei” quer deixar para a sociedade?

Sonho da Ellen Gracie

Embora não tenha a menor chance, Ellen Gracie Northfleet deseja assumir um mandato de nove anos como juíza na Corte Internacional de Haia, na Holanda..

Assim que deixar a presidência do Supremo Tribunal Federal, no próximo dia 23 de abril, Ellen Gracie pensa em se aposentar em Brasília para trabalhar no Palácio da Paz, em Haia.

Ellen Gracie terá de enfrentar outros dois candidatos favoritos à vaga: o brasileiro Antonio Augusto Cançado Trindade e o colombiano Rafael Nieto-Navia.

Empresa de fachada

O Tribunal de Contas da União investiga por que a Presidência da República, em três anos, pagou R$ 7,4 milhões à Victory Rent a Car.

O TCU quer saber por que, no endereço onde deveria ser sede da locadora, funciona uma clínica de estética.

Também quer saber porque as duas proprietárias da empresa de locação (um negócio altamente lucrativo) vivem na miséria.

Pernetice verbal

O popular chefão Lula da Silva voltou a usar o futebol como metáfora para enviar seus recados políticos.

Ontem, em Foz do Iguaçu (PR), durante discurso na entrega de contratos para o uso de águas públicas para a aquicultura, Lula comentou que o Brasil sempre foi considerado um jogador perneta e ninguém dava bola para o País, "porque ninguém dá botinada em perneta":

Mas agora que o país cresceu e ganhou importância no cenário internacional, o Brasil virou craque e todos vêm dando botinada na gente. Como o Brasil não é mais perna de pau, temos que tomar cuidado com o que falamos, porque nossos discursos são ouvidos no exterior”.

O recado de Lula, certamente, foi dirigido para seu próprio subconsciente e para sua língua solta.

Cretinice verbal

Lula da Silva voltou a negar que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) seja eleitoreiro e mais uma vez usou futebol para batraquear:

Isso (as críticas) é uma cretinice verbal Se as obras fossem eleitoreiras, não estaria assinando convênios com o governo de São Paulo no valor de R$ 8 bilhões e de outros R$ 1,1 bilhão com a prefeitura de São Paulo. Eles são nossos adversários, mas isso não importa. O que importa é o futuro do Brasil”.

Lula criticou duramente a oposição para defender as viagens que faz para inaugurar obras do PAC.

Nada de aumento

Lula da Silva negou que o governo esteja pensando em aumentar o preço da gasolina.

O chefão argumentou que o preço do barril do petróleo já esteve mais alto do que está agora e não haveria razão para se aumentar os combustíveis neste momento.

Se nós não aumentamos a gasolina quando o barril do petróleo chegou a US$ 110. Agora que ele caiu, por que nós haveríamos de aumentar? Não há necessidade alguma de se aumentar a gasolina no país - disse, lembrando que o último reajuste do combustível ocorreu em 2005, quando o barril do petróleo estava a US$ 65”.

Carga tributária

No segundo mês após a extinção da CPMF, a arrecadação de impostos federais bate novos recordes.

Em fevereiro, entraram nos cofres públicos R$ 48,144 bilhões, o melhor resultado para o mês.

Descontada a inflação, o crescimento sobre fevereiro de 2007 foi de 10,23%.
No bimestre, a receita somou R$ 111,05 bilhões, com um aumento real de 15,57% em relação ao mesmo período de 2007.

Rancor e o mosquito

Enquanto aumenta o número de pessoas contaminadas pela dengue, o prefeito Cesar Maia trocava farpas com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

O ministro atribuiu o crescimento da doença à baixa implementação do Programa Saúde da Família - projeto é gerido pelo município com recursos da União.

Cesar acusou Temporão de guardar rancor por ter sido demitido da prefeitura há sete anos.

Crivella na cabeça

A três meses das convenções municipais, que oficializarão o páreo para as eleições de outubro, pesquisa do Instituto Brasileiro de Pesquisa Social (IBPS) mostra que o candidato do PRB, senador Marcelo Crivella, ligado à Igreja Universal e que tem o apoio do chefão Lula, lidera a preferência, com 18,5% das intenções de voto.

Em seguida, aparece o secretário de Esportes do Estado do RJ, Eduardo Paes, com 12,7%.

Os deputados federais Jandira Feghali (PCdoB), Fernando Gabeira e Solange Amaral (DEM) teriam 12,2%, 9,5% e 7,6%, respectivamente.

O levantamento do IBPS, que ouviu 1.100 pessoas por telefone, entre os dias 17 e 19 de março, deixa claro ainda a pulverização do chamado voto de opinião.

Aposta no popular

Apresentando-se como Bispo licenciado da Universal, Marcelo Crivella aposta suas fichas no popular:

A disputa interna no PMDB vai ser tão complexa quanto as que costumam ocorrer no PT. Mas o que está claro é que o eleitorado da Zona Sul vai dividir votos entre todos os outros candidatos. Meus votos se concentram nas áreas mais populares”.

O senador sabe o que diz, tanto que tem uma parceria com o Exército para obras nas favelas do Rio de Janeiro.

Pau no Gabeira

Crivella aproveitou ontem para dar o tom do que deverá ser seu embate com o deputado Fernando Gabeira, que lançou sua pré-candidatura por PV-PSDB-PPS no começo do mês:

O Gabeira não consegue coagular as propostas de todo esse bloco de candidatos. Além do mais, ele defende aborto, homem com homem e maconha. Essas coisas são fortes”.

A campanha no Rio de Janeiro promete ser um show de baixaria este ano...

Recessão à vista

O FMI e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgaram ontem projeções que já apontam estagnação na economia americana no segundo trimestre.

"A economia americana está se estagnando, se é que já não está se contraindo".

A OCDE reduziu a previsão de crescimento do PIB dos EUA de 0,3% e 0,4% no 1.º e 2.º trimestres para 0,1% e zero.

Segura o consumo

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, vai se reunir na próxima semana com diretores de instituições financeiras para discutir a necessidade de reduzir prazos do crediário para pessoas físicas.

Preocupado com a explosão de consumo, base do crescimento da economia em 2007,
o desgoverno agora quer aumentar exigências dos bancos para limitar os empréstimos a 36 meses, principalmente na venda de carros.

A equipe de Lula trabalhar com o temor da volta da inflação, o que obrigaria o Banco Central a subir ainda mais os juros para segurar a demanda.

Perda na bolsa

O principal índice do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa, acumula perda 4,84% na semana.

Foi o pior desempenho semanal desde meados de janeiro.

No mês, o resultado é negativo em 7% e, no ano, está em 7,66%.

Só no pregão de quarta-feira, o Ibovespa caiu 5,01%, maior queda desde 21 de janeiro.

E o negócio pode piorar, se houver uma fuga de “investidores”.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Distribuidores atacadistas das FARC têm proteção máxima no Brasil.

Abadia perdeu essa regalia por insistência da Condoleezza.