terça-feira, 27 de maio de 2008

Desgoverno Lula investe em projetos que cerceiam liberdade de expressão para calar oposição via internet

Edição de Terça-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Internautas, uni-vos! O espectro do totalitarismo ronda a Internet no Brasil. O senador petista Delcídio Amaral (MS) é o autor de um projeto de lei (PLS 279/03) que pretende criar o cadastro obrigatório, de todos os usuários de internet, e um arquivo, para em tese ser usado pela Justiça, contendo todo o conteúdo de todos os e-mails enviados nos últimos 10 anos. O projeto se arrasta pelo Senado e pode ser aprovado de repente.

Também no Senado, por orientação do desgoverno Lula, tramita o “bem intencionado” projeto do PLS 398/07, “idealizado” pelo senador Expedito Júnior (PR-RO). Seu “objetivo” é reprimir “sites criados por pseudo-jornalistas com o objetivo de caluniar, difamar ou injuriar autoridades públicas e personalidades e assim destruir a reputação dessas pessoas. O projeto é um atentado à liberdade de expressão.

O projeto propõe alterações no Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40). Com a mudança, o crime praticado por meio de sites ou de mensagens eletrônicas difundidas pela internet terá pena aumentada em um terço (em relação às demais penalidades determinadas no capítulo que trata dos crimes contra a honra). Com a ajuda do cadastro de e-mails, a repressão ao livre pensamento na Internet fica mais fácil.

Na visão “socialista” do petismo, o Estado tem o “direito” de saber o conteúdo das mensagens eletrônicas enviadas por cada brasileiro. Em tese, a proposta tem como objetivo estabelecer algum tipo de controle sobre o que é veiculado na internet e facilitar a apuração de crimes cometidos na rede mundial de computadores. Na prática, os bolcheviques petistas querem instituir a invasão da privacidade eletrônica pela via legalizada. Se aprovado o projeto, o Big Brother vai virar realidade no mundo virtual brasileiro.

O monstrengo autoritário, vomitado pelos petistas ainda no começo do primeiro mandato de Lula, já recebeu parecer favorável de seu relator, o senador tucano Eduardo Azeredo (PSDB-MG). O tucano e Delcídio concordam que a proposta precisa de ajustes técnicos que serão feitos com o apoio do próprio Comitê Gestor da Internet, cujo presidente, Marcelo de Carvalho Lopes, apóia a criação do cadastro. O presidente da Abranet (Associação Brasileira de Provedores de Acesso de Serviços e Informações da Rede de Internet), Antônio Alberto Tavares, também concorda com a idéia dos petistas.

Recordar é ficar p...

Releia os artigos deste Alerta Total nos dias 6 e 26 de janeiro deste ano:

Risco de Repressão ao Jornalismo na Internet

Defenda já sua Liberdade de Expressão!

Internet mais barata

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado deu parecer favorável, na quarta-feira, ao projeto de lei (PLS 317/05) do senador Romero Jucá (PMDB-RR), que prevê tarifas mais baratas de acesso à internet discada em pequenas cidades.

De acordo com o projeto, as chamadas telefônicas de longa distância que permitem o acesso dos internautas à grande rede serão cobradas no mesmo valor das chamadas locais, nos municípios em que não houver provedor de acesso discado à internet.

O projeto segue para a Comissão de Serviços de Infra-Estrutura (CI), para votação em decisão terminativa.

Será o Lero

O chefão Lula da Silva confirmou ontem em seu programa semanal de rádio “Café com o Presidente” aquilo que o Alerta Total antecipou no sábado passado, com a criação da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) – na verdade, União das Repúblicas Socialistas da América Latina (URSAL):

"Nós agora estamos criando o Banco da América do Sul. Nós vamos caminhar para, no futuro, termos um banco central único, para ter moeda única. Nós vamos caminhar para isso. Agora, isso é um processo e não é uma coisa rápida".

Eis o projeto da Oligarquia Financeira Transnacional para o continente que Lula ajuda a implementar com a máxima velocidade possível.

Releia: Unasul vai homologar empréstimos externos para financiar mega-obras que interessam à oligarquia global

Em tempo: Já tem gaiato batizando a nova moeda dos socialistas latino-americanos de “LERO” – para que o nome fica parecido com o “EURO”.

Loucura ou ignorância?

Em seu ex-blog de hoje, o imperador do Rio, Cesar Maia, adverte:

"Para unificar moedas com banco central único -tipo euro- seria necessário que fossem definidos os tetos de déficit fiscal nominal, unificadas as políticas monetárias, unificados os sistemas de tributação, unificados os sistemas alfandegários, unificadas as legislações de direito de propriedade, transferida à entidade supranacional os litígios internacionais, etc... Imagine tratar disso com a anarquia de todas estas políticas pela América do Sul afora. Blindado pela popularidade, Lula diz quaisquer besteiras. Mas isso vai acumulando e quando aquela cair, estas funcionam remissivamente como um tsunami".

Com Lula tendo Mantega de assessor econômico, o que se pode esperar de seus discursos...


Projeto estratégico

Recado de Lula, ontem, aos brasileiros que pensam que ele e seu grupo não têm um projeto estratégico de poder:

"O que é importante para mim é uma frase que eu disse quando eu tomei posse em 2003: nós vamos começar fazendo o necessário, depois a gente vai fazer o possível e quando menos imaginar nós estaremos fazendo o impossível. A próxima etapa será o incrível, porem... verdadeiro!".

Com tanta subserviência ao projeto socialista Fabiano transnacional, Lula bem que merecia o título nobiliárquico de “Lorde”.

Entrevista amestrada

A super poderosa ministra mãe do PACo, Dilma Rousseff, concedeu ontem à noite uma amestrada entrevista ao apresentador (e admirador petista) Jô Soares.

Dilma até lembrou dos tempos de guerrilheira, quando era conhecida pelo codinome de Stella.

Dilma negou que que tenha “pegado em armas” ou feito qualquer tipo de curso para atirar:

Tem muita lenda, né? Eu sempre fui mais da política, até porque tinha 9 a 10 graus de miopia”.

Papo indigesto

Jô Soares fez questão de recordar que a ministra passou três anos presa e foi torturada.

Jô também lembrou a Dilma que, na prisão, ela chegou a ter uma hemorragia e foi internada:

No hospital, se você não lembra, alguém de te disse: ´dê uns pulinhos de vez em quando para a hemorragia não passar e você não voltar para lá´”.

Dilma confirmou que a história era verdadeira e foi no embalo romântico:

Em qualquer situação, sempre encontramos uma pessoa sensível”.

Dilma mente: ela, Carlos Minc e Franklin Martins (organizadores do seqüestro ao embaixador Elbrick) não autuaram no “combate à dita-dura”, mas participaram da luta armada para instituir o comunismo ou o socialismo no Brasil.

Leia o artigo de Pedro Porfírio: Para os que não sacaram que a fila andou

Boa mãe

Na entrevista amestrada ao Jô, pela primeira vez, a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, admitiu ser a mãe do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Dilma vem sendo apresentada como mãe do PAC pelo próprio chefão Lula, durante anúncio das obras pelo País afora.

Dilma afirmou que quando o PAC nasceu o objetivo era que o Brasil crescesse e solucionasse os gargalos de infra-estrutura.

Querer um pouco mais é...

Sobre sua trajetória dentro do PDT, ao qual era filiada, Dilma demonstrou muita admiração pela figura de Leonel Brizola, ao qual classificou como "grande líder democrata".

Dilma ressaltou o envolvimento de Brizola em projetos de alfabetização e, no Rio Grande do Sul, na construção de estatais de infra-estrutura, como a de telefonia e de energia.

Dilma explicou por que trocou o PDT brizolista pelo PT:

Não é que eu discordava ou era contra. Passei a querer um pouco mais”.

Em tempo: a entrevista com Dilma teve direito à chamada no intervalo da novela "Duas Caras".

A arte de arrecadar

Mais uma vez o coronel-redator do Coturno Noturno dá uma no fígado do desgoverno petista.
Informa que parte das 20 empresas que mais doaram dinheiro ao PT em 2007 recebeu no segundo mandato do presidente Lula da Silva pagamentos do governo federal que totalizam ao menos 54 vezes o valor repassado ao partido.

A contabilidade do PT entregue no último dia 30 ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registra R$ 8,7 milhões em doações feitas por 20 empresas em 2007, metade desse valor oriundo de empreiteiras ou empresas de construção civil.

Consulta ao Portal da Transparência do governo federal (http://www.transparencia.gov.br/) mostra que 8 das 20 doadoras receberam do governo, diretamente ou por meio de empresas do mesmo grupo, um total de pelo menos R$ 473 milhões em 2007 e 2008.

É dando que se recebe

No ano da graça eleitoral de 2006, o PT arrecadou R$ 43 milhões em doações.

Vieram das empreiteiras (R$ 12,5 milhões) e dos bancos (R$ 8,8 milhões).

O topo do ranking tinha Andrade Gutierrez (R$ 6,4 milhões) e Santander Banespa (R$ 3,2 milhões).

A doadora-mor

A empreiteira Andrade Gutierrez foi a maior doadora do PT em 2007, com R$ 1,5 milhão.
Do Portal da Transparência, a generosa empreiteira consta como beneficiária de R$ 45 milhões desde 2007.

O valor obtido no portal é subestimado, já que não abrange possíveis subsidiárias não detectadas pela reportagem e pagamentos feitos pelas estatais, que não são abrangidas pelo portal do governo.

Amazônia tem dono?

Um relatório reservado da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) informa que o empresário sueco Johan Eliasch, consultor do primeiro-ministro inglês Gordon Brown, avaliou que poderia comprar toda a Floresta Amazônica por US$ 50 bilhões.

A Polícia Federal e a Abin investigam o suposto envolvimento de Eliasch com a compra de 160 mil hectares de terra no Amazonas e em Mato Grosso.

Eliasch fez a declaração para estimular empresários ingleses a comprar ou fazer doações para a aquisição de terras na Amazônia.

Pegando o ouro

Conselheiro de Gordon Brown para questões de desmatamento e energia limpa, Eliasch é um dos fundadores da organização não-governamental Cool Earth, entidade que está na lista de ONGs suspeitas de irregularidades na Amazônia

As terras adquiridas a partir da movimentação da ONG estariam em nome da Floream e da Empresa Florestal da Amazônia, empresas sob o controle do Brazil Forestry Fund Investiment.

O fundo foi registrado em Delaware, nos Estados Unidos, onde a legislação proíbe a divulgação de informações sobre os sócios das empresas.

Apenas por coincidência, algumas dessas fazendas compradas pela Floream e pela Empresa Florestal da Amazônia são vizinhas de propriedades onde já existem pedidos para exploração de ouro, segundo o Departamento Nacional de Produção Mineral.

Nossa soberania

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, garantiu ontem que o Brasil tem competência para determinar os próprios rumos e exercer a soberania sobre a Amazônia, em meio ao debate sobre a internacionalização da região promovido por ambientalistas e pela mídia de fora do País.

Mendes reclamou que "tem havido um certo exagero retórico nesse debate":

"É preciso desemocionalizar a discussão, trazê-la para o plano técnico. É preciso levarmos isso em conta. Não acho que essa questão da soberania da Amazônia esteja em discussão".

Chefão jura que tem dono...

O chefão Lula fez ontem no BNDES uma defesa veemente da Amazônia brasileira, em resposta aos que questionam a soberania do País sobre a região:

Eu queria aproveitar para dizer aqui que o mundo precisa entender que a Amazônia brasileira tem dono, e que o dono da Amazônia é o povo brasileiro. São os índios, são os seringueiros , são os pescadores e também somos nós, que somos brasileiros, e que temos consciência de que é preciso diminuir o desmatamento, é preciso diminuir as queimadas, mas também temos consciência de que precisamos desenvolver a Amazônia”.

Lula respondeu ao jornal "New York Times", que no dia 18 de maio publicou artigo com o título: “De quem é estafloresta Amazônica, afinal?”, e também usou uma frase muito pronunciada pelos militares sobre a Amazônia: "Esta terra tem dono".

Pague

No mesmo discurso, Lula defendeu a imagem dos funcionários do BNDES, em uma referência ao esquema de desvio de verbas envolvendo empréstimos do banco:

Em primeiro lugar, queria prestar solidariedade ao corpo de funcionários do BNDES. É bem possível que numa instituição do tamanho do BNDES você possa ter uma ou outra pessoa que cometa desvios e, portanto, tem que pagar um preço pelo desvio cometido. Mas é bem verdade também que poucos países do mundo conseguiram criar uma instituição de financiamento tão sólida como é o nosso querido BNDES”.

O esquema envolveria empréstimos do banco a prefeituras e foi descoberto há um mês pela Polícia Federal de São Paulo que investiga um velho adversário sindical do petismo, o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, Presidente da Força Sindical.

Definição de Brasil

Vangloriando-se do PACo, que na verdade só faz a alegria das empreiteiras generosas em financiar campanhas eleitorais, o chefão soltou uma definição precisa, na visão dele, do que é o nosso País:

Tenho consciência de que o PAC é a grande revolução na área de urbanização de favelas, e para tentar consertar... não chamo de fazer o novo, mas falo de reparação. O que estamos fazendo, atacando as favelas do Brasil, é uma reparação da irresponsabilidade administrativa que tomou conta deste país nos últimos 50 anos”.

Acho fantástico cada vez que chego nesses países desenvolvidos, parece a casa de um recém-casado que voltou de lua-de-mel: está tudo no lugar. O Brasil é uma casa de um casal que já tem dez filhos, que brigam entre si, que se chutam e em que está tudo fora do lugar. O que estamos tentando é dar um rumo e despertar na cabeça de cada criança, de cada adolescente deste país... Não é uma tarefa fácil e, por favor, não debitem isso nas minhas costas, porque esse é um problema secular e tenho apenas seis anos de governo, o Sérgio tem apenas três anos. Debitemos nas costas de todos nós, que vai ficar muito mais fácil encontrarmos uma solução definitiva para este País”.

Armação abortista

Especialistas lançam, na Internet, novas luzes para que os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal votem contra a constitucionalidade de pesquisas com embriões no País, para impedir a legalização do aborto no Brasil.

Será julgada nesta quarta-feira, no STF, a Ação Direta de Inconstitucionalidade número 3510, ajuizada pelo Ministério Público Federal contra o artigo 5ª da Lei de Biossegurança, que permite a destruição de embriões humanos para fins de pesquisa ou terapia.

O relator da Adin, Carlos Ayres Brito, já emitiu seu voto “favorável”, e os demais ministros podem segui-lo.

Leia o artigo de Renata Braga Klevenhusen: O estatuto jurídico do embrião humano

Reconversão recorde?

O papa Bento 16 comemora com todo entusiasmo de um alemão.

Uma reviravolta histórica sem precedentes tem lugar: mais de 400.000 anglicanos, em cinco continentes, pedem à Santa Sé que os receba em plena comunhão com a Igreja Católica.

É o primeiro indício de conversão em massa desde a Revolução Luterana.

Bispo nega projeto de rede mundial

A direção da Igreja Universal do Reino de Deus, através de sua assessoria de imprensa, desmente a informação de que o bispo e empresário Edir Macedo tenha dado início a um projeto para criar uma emissora internacional como a CNN em português.

Conforme revelou Mônica Bergamo, na coluna de sábado da Folha de S. Paulo, o novo canal seria captado por antena parabólica de qualquer lugar do mundo e seu orçamento seria de US$ 40 milhões.

Tudo indica que a revelação da notícia vai atrasar a criação da emissora que passaria a funcionar no início de 2010.

Macedo já tem a Record Internacional, e bastaria adaptá-la a ao projeto de um canal de informações internacional.

Foro de São Paulo

Em três dias de reunião, com a participação de 844 delegados de 35 países da América Latina e Caribe — ademais de convidados de outras partes do mundo —, o XIV Encontro do Foro de São Paulo, realizado de quinta a domingo passado em Montevidéu,f oi concluído com a aprovação de uma firme e contundente Declaração Final.

O documento confirmou que a entidade que reúne as esquerdas na América Latina e Caribe tem mesmo o compromisso com o socialismo Fabiano patrocinado pela Oligarquia Financeira Transnacional.

A declaração destaca a convergência dos diversos processos de integração (Mercosul, Comunidade Andina, Caricom, Alba-TCP) e saúda a assinatura do Tratado Constitutivo da União Sul-americana de Nações (Unasul) na ultima sexta-feira, em Brasília.

O Foro também dá apoio ao Banco do Sul e a proposta de criação do Conselho Sul-americano de Defesa.

Rumo ao socialismo

O documento assinala: a integração "sem ser cópia de modelos geocêntricos, reflete a realidade da região e é uma alternativa à globalização neoliberal".

O texto aponta para o chamado de que “seguiremos reafirmando nossa inquebrantável vontade de luta para conquistar a definitiva libertação de nossos povos e pelo socialismo”.

Os movimentos e organizações sociais "ganham cada vez mais espaço através de suas lutas contra as políticas neoliberais".

Os 13 no poder

O documento comemora a chegada ao poder de 13 partidos “de esquerda e progressistas”:

"Não vivemos uma época de mudanças, mas uma mudança de época" e o momento político da América Latina e do Caribe "se caracteriza pelo contínuo avanço das forças de esquerda e forças sociais progressistas".

A lista dos treze países — nas quais partidos membros do Foro participam em distintos níveis — contém Uruguai, Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Cuba, Equador, Guatemala, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Republica Dominicana e Venezuela.

Os participantes advertiram, no entanto, sobre as campanhas realizadas pelos Estados Unidos e por partidos de direita contra esses Governos.

Discurso de Ortega

O discurso de encerramento coube ao presidente nicaragüense Daniel Ortega, que pronunciou um vigoroso e contundente discurso antiimperialista.

Nele, o presidente nicaragüense prestou suas condolências às Farc pela morte de seu líder Manuel Marulanda, o Tirofijo, recordando de suas reuniões com o líder insurgente na zona de San Vicente de Caguan, no governo de Pastrana.

Ortega denunciou as falsas qualificações de “terrorismo” por parte dos Estados Unidos e da União Européia e lembrou que os povos da América Latina bem sabem o que é terrorismo, tendo em vista a política de agressões pelo imperialismo norte-americano.

Mais luta ainda

Ortega afirmou que a nova realidade política regional "é uma grande satisfação", acrescentando, no entanto, que isso não indica que já se para descansar, mas sim que é preciso "redobrar a capacidade de luta".

Ortega foi além e disse que os Governos "do norte, como os EUA e a Europa, praticam um terrorismo não só quando fazem uso da força militar contra os povos da região, mas (que) praticaram um terrorismo sistemático com suas políticas econômicas e com o afã de enriquecimento e exploração".

No documento final do Foro de São Paulo está escrito que: "o avanço dos projetos progressistas na América Latina e no Caribe está sendo enfrentado pelos EUA e pelas direitas nacionais, pelas empresas transnacionais e de forma muito significativa pelas grandes empresas midiáticas que sistematicamente realizam campanhas de desinformação".

Mentirinha desmantelada

O Secretário Executivo do Foro, o brasileiro petista Valter Pomar, armou uma coletiva de imprensa para assegurar que as FARC não pertenciam ao Foro de São Paulo.

O pesquisador venezuelano Alejandro Peña Esclusa enviou às Forças democráticas e à mídia uruguaios as provas que demonstram o contrário.

Segundo ele, as FARC não só continuam pertencendo ao FSP, como formam parte da direção.

Representação brasileira

No Foro de São Paulo, o PCdoB esteve representado por José Reinaldo Carvalho, secretário de Relações Internacionais, e por Ronaldo Carmona, da Comissão de Relações Internacionais do partido.

Também a União da Juventude Socisliata esteve presente na reunião de juventude do Foro, através de Ticiana Álvares, responsável por solidariedade internacional da organização juvenil.

A belíssima deputada federal comunista Manuela D’Ávila participou na sexta-feira de uma reunião dos parlamentares dos Partidos membros do Foro.

Já José Reinaldo participou no sábado, em nome do partido, da mesa de abertura do Encontro, que debateu a situação política internacional.

Baleia no Planalto

Ativistas do Greenpeace realizaram ontem um protesto pacífico para cobrar do governo brasileiro maior apoio à criação do Santuário de Baleias do Atlântico Sul.

Uma baleia inflável de 15 metros de comprimento foi colocada em frente ao Palácio do Planalto para pedir ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao novo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, que "desencalhem a proposta de criação do Santuário".

Os seguranças agiram rapidamente para puxar a baleia de plástico para a Praça dos Três Poderes, em frente ao Palácio.

Punição para infiéis

O Ministério Público Eleitoral (MPE) opinou pela decretação da perda do cargo do deputado federal Geraldo Resende (MS), com base em desfiliação partidária sem justa causa.

O parlamentar deixou o oposicionista PPS e ingressou no PMDB, que faz parte da base aliada, depois do dia 27 de março de 2007.

De acordo com uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a mudança configura infidelidade partidária.

Lobby dos delegados

O Presidente da Câmara do Deputados marcou para os dias 03 e 04 de junho de 2008, a data da votação da PEC nº. 549/2006, que considera jurídica a carreira do Delegado de Polícia e concede isonomia de vencimento com os integrantes do Ministério Público.

Os Delegados de Polícia de todo o País prometem estar presentes ao Congresso, no dia da votação, para ajudar no trabalho de convencimento dos Deputados Federais.

Tomara que muito parlamentar não pense que se trata de uma operação policial para prender alguns que merecem...

Nova greve da Receita

O Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Unafisco) adverte que a categoria pode voltar a cruzar os braços na próxima segunda-feira, dia 2 de junho, caso o governo não apresente propostas concretas.

Os auditores-fiscais suspenderam o movimento de paralisação no último dia 12.

Termina no domingo a trégua de 21 dias dada pelos auditores-fiscais da Receita Federal para que o governo dê uma resposta às reivindicações apresentadas em agosto do ano passado.

Eles alegam que as solicitações não foram ainda avaliadas "em seu todo" pela administração federal.

Quem avisa amigo é...

Os Estados Unidos ainda têm mais chances de viverem uma recessão do que escaparem ilesos da atual crise de crédito, apesar da relativa estabilização da economia nas últimas semanas.

"Eu ainda acredito que existe uma probabilidade maior de 50 por cento de recessão".

Quem adverte é o ex-chairman do Federal Reserve Alan Greenspan, em entrevista ao Financial Times.

Fábrica de gênios

O Rio de Janeiro vai ganhar hoje, a partir das 9h 30min, no bairro da Tijuca, o Nave - Núcleo Avançado em Educação.

Resultado de uma parceria entre o Oi Futuro e a Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro, a nova escola para 600 alunos promete capacitar jovens estudantes do ensino médio para as novas tecnologias do mundo contemporâneo.

A meta é prepará-los para que, no futuro, possam ter facilidade para exercer profissões como, por exemplo, roteirista, programador, designer e gestor, para atuar em TV digital, internet, celular e jogos eletrônicos.

Se a Oi liberar uns financiamentos, com a ajuda do BNDES, para cada um dos alunos, quem sabe não se fabricam uns 600 Lulinhas...

Do lixo para o luxo

O travesti Andréia Albertini, pivô do escândalo com o jogador Ronaldo Fenômeno, brilhou na Parada do Orgulho Gay, em São Paulo e soltou a franga:

Minha vida mudou do lixo para o luxo. Agora, virei acompanhante e só faço programas com executivos. Agora só freqüento flat, cobrando três vezes mais. Já fiz filme pornô e tenho planos para posar nua em alguma revista”.

Andréia é mais uma prova viva de que travecagens e outras sacanagens, no Brasil, compensam e muito...

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Por esta eu não esperava!

Serra no comício da Central em 64

http://br.youtube.com/watch?v=Mh_3g4OfP6M&feature=related

Rodrigo Veleda disse...

Caro Jorge Serrão,

Sou um fã do teu blog e não saio de casa sem antes lê-lo. Blogo sobre privacidade no Não Sou Um Número, o primeiro blog no Brasil sobre privacidade.

Concordo integralmente com o título do post e já fiz algumas pesquisas sobre o assunto, como, por exemplo, o Vai pra Cuba, Senador Azeredo, que demole toda e qualquer argumentação do senador Azeredo em prol da censura na Internet. Também cataloguei projetos de lei semelhantes na Câmara dos Deputados. E no meu blog, tem várias informações com os tags PLS 279/2003 e Eduardo Azeredo.

Acredito que o material que tenho no meu blog esteja de acordo com a linha editorial do teu blog e eu ficaria feliz em ver links para meus estudos, uma vez que só o conhecimento dos fatos nos livrará de ataques como os de Azeredo e Amaral.