segunda-feira, 21 de julho de 2008

Brasil leva mais chumbo na OMC porque Celso Amorim chamou de nazista a ação de ricos sobre emergentes

Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos.

Por Jorge Serrão


A falta de diplomacia do chanceler Celso Amorim, que falou uma verdade fora de hora sobre a ação dos países ricos sobre os emergentes, vai prejudicar ainda mais o Brasil no encontro que reúne, a partir de hoje, em Genebra, 35 ministros que tentam salvar do fiasco a Rodada Doha. A negociação na Organização Mundial de Comércio (OMC), que se arrasta há sete anos sem solução, deve se complicar ainda mais, Por causa das palavras de Amorim, os EUA já anteciparam que adotarão uma estratégia para desqualificar a posição do Brasil sobre o comércio global.

No sábado, Amorim acusou os países ricos de orquestrarem uma campanha de desinformação nas negociações da OMC, ao acusarem os emergentes, e o G-20 em particular, de estarem dificultando um acordo para concluir a Rodada de Doha. Amorim atacou o discurso mentiroso dos países ricos, acusando-os de empregar a mesma tática do chefe de propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels, que dizia que uma mentira contada muitas vezes acaba sendo aceita como verdade.

Ontem, o chanceler brasileiro insistiu que os países ricos estão contando mentiras sobre as negociações da OMC: “O que mantenho é o seguinte: repetir uma distorção faz as pessoas acreditarem que a distorção é uma verdade”. Amorim tentou minimizar o episódio, que causou um mal-estar diplomático: “Eu sinto muito. Quem cobriu política no Brasil sabe que isso é dito milhões de vezes sem ofensa a ninguém. Comecei meus comentários desqualificando o autor. Talvez se eu tivesse dito o mesmo, sem mencionar o autor, o que seria uma espécie de plágio, não haveria reação”.

Em nota, o ministério das Relações Exteriores tenta contornar o incidente: "O ministro Amorim foi suficientemente cuidadoso para desqualificar o autor da frase. Sua única intenção era destacar que, algumas vezes, falsas versões repetidas com frequência podem sobrepor-se aos fatos, e a propaganda pode suplantar a verdade". Oficialmente, o Brasil contesta os argumentos dos Estados Unidos e da União Européia, que afirmam ter feito ofertas generosas no comércio de produtos agrícolas, enquanto os países em desenvolvimento fizeram muito pouco para abrir seus mercados para produtos manufaturados.

O G-20, grupo liderado pelo Brasil, pela primeira vez rejeitou publicamente a tentativa da União Européia, Japão, Suíça e outros países de criar novas cotas para produtos agrícolas. Na OMC, os EUA vão se confrontar com esta posição. O diretor geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, convocou 30 minutos para uma nova rodada de reuniões em Genebra, Suíça, para tentar alcançar um esboço de um acordo ainda este ano.

Se correr o bicho pega...

A Europa oferece a mínima abertura de seu mercado aos produtos agrícolas brasileiros e exige total acesso ao mercado nacional para seus bens industriais.

Enquanto isso, o governo americano impõe condições para apresentar sua proposta de corte de subsídios agrícolas e quer livre acesso para seus veículos, máquinas e têxteis.

Já o Brasil deixou claro que o "preço da Rodada mudou" e que não vai mais pagar o mesmo que estava disposto há um ano.

Leia o artigo de Arlindo Montenegro: “Apicultor...? Faz sentido...”

Dá para acreditar...

O site "Inacreditável" nos fornece alguns números assustadores sobre a péssima gestão pública do chefão Lula da Silva e seus monetaristas colonizados do Ministério da Fazenda e do Banco Central:

" O serviço (juros e amortizações, sem contar a rolagem) das dívidas interna e externa da União ultrapassou R$ 250 bilhões em 2007, e os investimentos federais não passaram de RS$ 10 bilhões."

"As remessas oficiais de lucros e dividendos para o exterior somaram US$ 12,4 bilhões, de janeiro a abril de 2008, mais que o dobro dos US$ 5,2 bilhões em igual período de 2007".

"Essas remessas são fração diminuta das transferências, cuja parte do leão provém da fixação dos preços de export/importações e das despesas por serviços superfaturados e até fictícios pagas às matrizes das transnacionais".

Jura que não?

Sábado passado, na capital colombiana, os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Álvaro Uribe
foram perguntados sobre o achavam de um terceiro mandato presidencial, uma vez que os dois foram reeleitos.

O presidente da Colômbia desconversou, afirmando que o mais importante é a segurança democrática.

O chefão Lula foi mais direto que o colega colombiano.

No Brasil não há hipótese de terceiro mandato”.

Já pensou se tivesse hipótese?

O chefão Lula escancarou o cofre para os aliados, neste ano de eleição municipal.

Das 50 cidades que mais receberam dinheiro federal, a base aliada administra 43.

Os prefeitos do PT, que administram 7% dos municípios, abocanharam 23% da verba.

Deve ser apenas uma mera coincidência orçamentária, já que Lula administra como um grande estadista e sairá do poder como o maior presidente de nossa história...

Fogo amigo ou ilusionismo?

A Executiva Nacional do PT vai discutir o envolvimento de cinco nomes do partido nas investigações dos supostos negócios criminosos do banqueiro Daniel Dantas.

Entre os citados estão Gilberto Carvalho, assessor direto e chefe de gabinete do chefão Lula da Silva, e o advogado e dirigente petista Luiz Eduardo Greenhalgh.

A grande questão é saber se a tal “discussão” petista é fogo amigo ou conversa para deixar o Boi Sapo dormindo ininputável, em seu estábulo de teflon político.

Amigo fica sempre soltinho da Silva

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal deve confirmar o polêmico habeas corpus dado pelo ministro Gilmar Mendes que, duas semanas atrás, livrou o banqueiro Daniel Dantas da prisão, por duas vezes.

Em circunstâncias parecidas, a mesma turma considerou ilegal, em 2006, a prisão de outro banqueiro, Edmar Cid Ferreira, um dos maiores amigos do super-aliado petista José Sarney.

O juiz que mandou prender Dantas e Cid Ferreira foi o mesmo: Fausto de Sanctis.

Quem procura não acha?

Uma força-tarefa de cerca de 50 pessoas começa hoje a analisar o material recolhido nas 58 ações de busca e apreensão da Operação Satyagraha, que tem como alvo principal Daniel Dantas – aquele que a jornalista Miriam Leitão garante não nem ter participação alguma no Opportunity, conforme dados do Banco Central.

A Polícia Federal e Ministério Público avaliam que deverá consumir quatro meses de trabalho a análise dos documentos apreendidos em casas e escritórios dos envolvidos.

Mas já há quem jure que já foram devidamente analisados e sumidos os documentos, CDs e DVDs que comprometam autoridades ou amigos do “rei”.

Aliás, o assunto já está esfriando, devargazinho, no noticiário amestrado e abestado da mídia brasileira de memória curtíssima.

Muito documento

A polícia irá periciar o que estima ser uma tonelada de papéis e equipamentos apreendidos na operação.

O cronograma de análise será definido hoje pelo procurador Rodrigo de Grandis e pelo delegado Ricardo Saadi, da PF.

Saadi assume o lugar de Protógenes Queiroz, que afirma, nos bastidores, ter sido afastado do caso pela cúpula da polícia que sempre lhe negou condições de trabalho e estrutura para as investigações.

Bisbilhotagem negada

Uma auditoria dos novos controladores da Brasil Telecom, revela que Daniel Dantas tinha uma “sala de escuta” na empresa.

O objetivo da salinha era gravar conversas importantes.

O banco Opportunity contesta a auditoria, e nega a existência da bisbilhotagem.

Ilustríssimo

A justiça uruguaia vai pedir ao Brasil a extradição do narcotraficante colombiano Alexander Pareja García.

O dito cujo é responsável por "lavagem" de uns US$ 50 milhões no sistema financeiro uruguaio.

Será que o Brasil vai atender o pedido uruguaio?

Você sabia que este bom moço está no Brasil? E em liberdade?

Lentidão proposital

A economista Elizabeth Farina, que deixa nesta semana a presidência do Cade, se diz frustrada com o que considera falta de empenho do Planalto em reestruturar o sistema de defesa da concorrência.

Farina afirma ter sofrido pressões ao julgar, mas não do governo.

Segundo ela, o Planalto é lento nas nomeações para o órgão ao qual cabe o julgamento das fusões de empresas.

O que não deixa de ser uma forma indireta de pressionar: atrapalhando o bom funcionamento do Cadê.

Sobe quanto?

O mercado está mais uma vez dividido sobre a dose de combate à inflação que será aplicada pelo Comitê de Política Monetária (Copom) em sua reunião que começa amanhã e termina na quarta-feira.

A maioria aponta para aumento na taxa básica de juros (Selic) de 0,5 ponto percentual, para 12,75% ao ano, enquanto alguns acreditam em alta de 0,75 ponto percentual

Os analistas que defendem manutenção do ritmo de alta em 0,5 ponto percentual afirmam que o cumprimento da meta de inflação deste ano, de 4,5%, está praticamente perdido.

Desta forma, o corte seria orientado para convergir a inflação do próximo ano ao centro da meta, quando a desaceleração da economia mundial tende a aliviar a pressão sobre os preços das commodities.

Tchau, Dercy

A partir das 10 horas, a Confraria do Garoto vai estender um tapete vermelho e emitirá toques de clarins assim que o corpo da nossa amada Dercy Gonçalves deixar a Assembléia Legislativa para uma viagem de limousine funerária em direção ao Município de Santa Maria Madalena, na Região Serrana, terra natal de Dercy, onde terá continuidade o velório da atriz que partiu desta para outra melhor no sábado, aos 101 anos de idade.

Aliás, sobre o velório na Alerj, o xerife da Confraria e grande amigo de Dercy, Nelson Couto, muito bem protestou:

Ela não gostava de político. Deviam tê-la levado para o Teatro João Caetano, que é o palco dos verdadeiros artistas”.

O corpo de Dercy Gonçalves deve chegar a Santa Maria Madalena às 15 horas, e velório acontecerá no Clube Montanhês, no centro da cidade.

Samba na Pirâmide de Cristal

Amanhã, às 6 horas, haverá toque de alvorada, e logo em seguida o Coral da Cidade cantará o Hino Nacional.

Ao meio-dia o corpo será levado para a Igreja da Matriz, também no Centro, onde será celebrada missa.

Logo depois, amigos e parentes carregarão o caixão por 500 metros, aproximadamente, até o cemitério, na entrada da cidade.

No momento do sepultamento, no mausoléu em formato de pirâmide de cristal, será tocado o samba da Unidos de Viradouro que homenageou Dercy no desfile da escolas de samba em 1991, com o enredo:

"Bravo, bravíssimo - Dercy, o retrato de um povo".

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

3 comentários:

Anônimo disse...

E ainda reclamam da discriminação contra brasileiros no exterior!!

queriam o quê?

povinho de merda com representantes de merda!


com essa corja de analfabetos descerebrados vomitanto mundo afora

tá faltando kilos d aquilo roxo no país

Anônimo disse...

A frase está fora do contexto. Concordo em gênro, número e grau com o Chanceler Celson Amorim. "Uma mentira repetida várias vezes ....". Os EUA repetiram tanto q existia ARMAS DE DESTRUIÇÃO EM MASSA NO IRAQUE,com apoio da mídia, q os americanos apoiaram a invasão. Deu no q deu. Não tinhas ARMA nenhuma e quem tá pagando com vidas são os iraquianos. Foram invadidos, estuprados, violentados, assassinados e roubados.
O q os países ricos repetem sistematicamente, é q o pobres devem abrir sua fronteiras p os ricos e q os pobres devem diminuir suas taxas, no entanto eles não praticam o mesmo. Outra coisa, repetem tanto q o etanol de álccol vaia acabar aumentando a fome no mundo, qdo se sabe q o q está aumentando a fome no mundo são os subsídios desse países ricos e o álcool feito através do milho.
Então, por favor, falar fora do contexto chega a ser rídiculo.
Celso está coberto de razão.
Fique evidente neste texto, como se dá apoio aos estrangeiros em vez de se apoiar o q busca o Brasil. Respeito e soperania, coisa q os desenvolvidos nos negam.
Faça-me o favor!.
zanuja

Alerta Total disse...

Foi exatamente o que eu escrevi na primeira linha. Releia, por favor. O Amorim falou uma verdade fora de hora. O poder globalitário não perdoa. Detona... Se o leitor fizer uma análise atenta deste blog verá que ele defende o Brasil...