sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Lula garante que faz sucessor e usará petróleo do pré-sal como trunfo para a campanha eleitoral de 2010

Edição de Sexta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

O chefão Luiz Inácio Lula da Silva avisou ontem à noite que está confiante com a possibilidade de conseguir eleger seu sucessor, em 2010. "Estamos convencidos de que podemos fazer a nossa sucessão". Foi o que discursou o presidente a uma platéia de sindicalistas, durante a cerimônia do 20º aniversário da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM). O grande líder da República Sindicalista inspira seu modelo de marketing político em Getúlio Vargas, o "Pai dos Pobres" que também usou o petróleo no discurso político.

Entre os integrantes do Executivo, a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, é a mais cotada para ser a candidata do governo na eleição à Presidência da República. A ministra é a responsável pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Lula mandou a ministra Dilma Rousseff evitar comícios e programas eleitorais no primeiro turno. O chefão busca preservá-la de ataques e prepara o terreno para 2010. Mas Lula já sabe que seu ministro da Defesa, Nelson Jobim, corre por fora na sucessão.

Lula tomou a iniciativa de politizar a discussão do pré-sal de olho em sua sucessão. A dois anos da eleição presidencial, o petróleo será o principal mote da campanha de seu candidato favorito à sucessão - a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. A expectativa é de que, assim como seus adversários não defenderam as privatizações em 2006, também ficará a salvo de contestação sua proposta de deixar a riqueza do pré-sal com o Estado para destiná-la a áreas como a educação.

Lula de classes

Lula também voltou a dizer que os trabalhadores devem aproveitar o bom momento econômico do País para reivindicar aos patrões melhorias salariais e de qualidade de trabalho.

"A hora de brigar é essa. A economia está crescendo, as empresas estão crescendo".

É o Lula, sempre sindicalista, alimentando a velha luta de classes...

Aliado do Paulinho

Ao participar ontem à noite das comemorações dos 20 anos da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos, o chefão Lula da Silva fez questão de se referir à situação do presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP).

O que está acontecendo com o Paulinho, já aconteceu com outros. Quando a dificuldade entrar pela nossa parte, não joguemos a dignidade pela janela”.

Paulinho é investigado pela Polícia Federal devido a denúncias de seu envolvimento em esquema para liberação de empréstimos pelo BNDES.

O Conselho de Ética da Câmara apura as denúncias contra o deputado.

Amigão

Na mesma solenidade, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, deu uma declaração explícita de apoio ao presidente da Força Sindical.

Em seu discurso, Lupi chamou Paulinho de "amigo".

Quero dizer, ao meu amigo Paulinho, que estou contigo em todas as lutas, em todos os momentos que você precisar

Me rouba que eu gosto

A CUT e outras centrais sindicais querem que o Congresso aprove contribuição sindical que equivalerá a quatro dias de salário do trabalhador.

A proposta conta com apoio do chefão Lula.

Quem trabalha de verdade será obrigado a “contribuir” ainda mais com a elite sindical que parasita o poder no Brasil.

Modelinho

As fatias da União na partilha do petróleo do pré-sal devem variar segundo o risco de exploração de cada poço.

Quanto maior a chance de achar petróleo, maior será o ganho do governo.

A fórmula tem apoio no grupo de ministros criado por Lula para tratar da exploração.

Campanha do Petróleo

Já está circulando, via internet, o abaixo-assinado que será entregue ao presidente Lula e ao Congresso Nacional.

Participe da campanha "O Petróleo tem que ser nosso, subscrevendo o abaixo-assinado" e indicando mais 10 amigos para assinarem também.

Entre no site www.apn.org.br/abaixo-assinado/petroleo

O abaixo-assinado que será entregue ao chefão Lula e ao Congresso Nacional.

A ação é promovida pelo Fórum Nacional contra a Privatização do Petróleo e Gás, que no próximo dia 26 realiza uma reunião aberta, às 18h, na sede do Sindipetro-RJ (Avenida Passos, 34, no Centro do Rio).

Pressa demais

Os governadores Sérgio Cabral (Rio de Janeiro), Marcelo Déda (Sergipe) e Paulo Hartung (Espírito Santo) criticaram a proposta de mudar a distribuição dos royalties do petróleo.

Déda se queixou também da pressa do desgoverno em discutir o Pré-Sal.

Mas a turma de Lula sabe muito bem porque está correndo tanto...

Arábia tupiniquim

O setor petrolífero tem a informação privilegiada de que tem qualidade semelhante ao da Arábia Saudita o petróleo explorável na chamada camada pré-sal.

É “parafinado” o nosso oculto ouro negro, que o vício colonial do Brasil pode entregar de mãos beijadas ao grande capital transnacional.

Técnicos da Petrobrás revelam, nos bastidores, que têm condições de buscar o óleo e o gás em profundidades de até 7 mil metros.

O “Sobrinho” Tarso

O ministro Tarso Genro está muito bem na fita com a Maçonaria.

O Grão-Mestre Geral do Grande Oriente do Brasil, Marcos José da Silva, colocou o GOB e todas as Lojas Maçônicas do País à disposição do Ministério da Justiça, do Ministro Tarso Genro e de sua equipe, para contribuir na I Conferência Nacional de Segurança Pública, na Campanha de Registro e Entregas Voluntárias de Armas e no Programa de Rejeição às Drogas.

Na audiência realizada no Dia do Maçom (20 de agosto), o Ministro da Justiça Tarso Genro selou a parceria entre o Grande Oriente do Brasil e o Ministério.

Na oportunidade, segundo informa em nota oficial o site da Maçonaria, o Ministro citou que é filho de Maçom, e lembrou que “o seu genitor, hoje no oriente eterno (falecido), fora Venerável Mestre e grau 33 na Ordem Maçônica, um exemplo de homem íntegro e ético, que deixou um legado maçônico luminoso para os seus familiares”.

Ou seja, Tarso pode ser tratado pelos maçons pela honrosa designação de “sobrinho”.

Para militar ouvir na cama

Em seu programa de rádio via Internet do último dia 18, o jornalista e filósofo Olavo de Carvalho reforça a tese de que não existe “revanchismo” por parte do time do desgoverno.

E Olavo também defende a teoria de que não existem elementos para que os militares sejam processados por terrorismo – conforme ocorre e deseja a equipe do chefão-em-comando Lula da Silva:

"Não existe nenhuma prova legal, nenhum laudo comprobatório da tortura no DOPS. Como então ele vai admitir o que não se prova material e documentalmente. Como admitir o que vai incriminar o Estado?"

A gravação entra automaticamente ao se acessar o endereço abaixo.
http://www.blogtalkradio.com/olavo

Primo pode

O Supremo Tribunal Federal aprovou ontem uma súmula vinculante interpretando que uma autoridade não pode escolher cônjuge, companheiro ou parente até o terceiro grau - como tios, cunhados e sobrinhos - para exercer cargo em comissão, de confiança ou função gratificada.

Só que os primos, que são parentes de quarto grau, não são atingidos pela medida que vale para o Executivo, Legislativo e Judiciário nos governos federal, estaduais e municipais.

Acabam de criar o Neprimismo, no suposto combate ao nepotismo.

Brecha aberta

O texto aprovado ontem no STF veta o nepotismo em cargos da administração pública direta ou indireta, incluindo autarquias e estatais.

Os ministros não incluíram na súmula qualquer proibição a nomeações de parentes para cargos políticos - como, por exemplo, ministros e secretários de Estado.

Ou seja, mesmo com a súmula, fica aberta uma janelinha para o nepotismo...

O que não pode

Servidores que ocupam cargos de direção, chefia ou assessoramento também estão impedidos de nomear familiares.

A súmula ainda veta o nepotismo cruzado.

Isso acontece quando um ministro nomeia o parente de outro ministro para trabalhar em seu gabinete em troca do mesmo favor.

Demissão imediata

Funcionários que estejam em situação irregular devem ser demitidos imediatamente.

Se essa providência não for tomada, uma ação pode ser proposta à Justiça pedindo a exoneração do funcionário.

Resta saber se a súmula vinculante – que deve ser obedecida por toda a administração pública e por tribunais de todo o País – será mesmo cumprida.

Viva o Capimunismo?

A China capimunista sai vencedora dos jogos de Pequim.

Superam os Estados Unidos da América – suposto grande rival capitalista -, realizando um feito que a falecida União das Repúblicas Socialistas Soviéticas nunca obteve.

Foi mais um uso do esporte como meio de propaganda ideológica, para demonstrar, subliminarmente, as vantagens de um “povo vitorioso” que pratica o socialismo...

A estratégia

A China praticou o marxismo puro e o leninismo - conservando ilhas de produção capitalista.

Depois de Mao, com a disciplina e o medo, com todo o controle das massas, a estratégia marxista original deu o passo de "abertura".

Mas o controle das massas e da informação continua firme.

E a infiltração no ocidente, com aplauso dos empresários socialistas fabianos cntinua a todo vapor.

Que merda...

O papel higiênico é o item de consumo popular que mais apresenta irregularidades entre os produtos pré-medidos (aqueles que trazem na embalagem as informações sobre peso ou volume) avaliados pelo Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem).

Fiscalização do Ipem constatou que o rolo geralmente está em tamanho menor do que o informado na embalagem.

Dos 77 testes realizados entre janeiro e maio deste ano, o índice de reprovação do papel foi de 32,5%.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

4 comentários:

Anônimo disse...

Relator da ONU só ouve grupo que pede reserva contínua
21-Aug-2008
12:04:51-KÁTIA BRASIL

Agência Folha, em Pacaraima (RR)

O relator especial da ONU para os direitos dos povos indígenas, o índio apache James Anaya, visitou ontem o epicentro do conflito entre índios e fazendeiros na terra Raposa/Serra do Sol (RR) e disse que só vai ouvir um dos lados na disputa devido a "limitações de tempo".

Quando me diziam que o Brasil era terra de muro baixo, me zangava e queria brigar.. Quanta ilusão, pois hoje vejo que: além de não ter porteita, nem muro baixo tem... Quanta vergonha; vergonha na política, vergonha no esporte, vergonha na educação e bote mais falta falta de vergonha nisso.

Anônimo disse...

Se avexe não, Kátia Brasil! Isto é só o começo do que se cogitou com esmerado planejamento estratégico! Do que está refletido nas atas do Foro São Paulo. É mesmo a volta por cima do controle total da população, do controle total da economia, do controle total do modo de produção capitalista, em nome da Nova Ordem Mundial. Os democratas não se organizaram, dormiram no ponto. A Democracia está na UTI.

Anônimo disse...

Serrão

Está na hora de correr um abaixo assinado na internet para pedir a revogação do famigerado Imposto Sindical.
Se esse abaixo assinado obtiver menos de 20 mil assinaturas seria descartado.
Eu particurlamente creio em qualquer coisa acima de hum milhão...

Anônimo disse...

Está na hora do povo brasileiro se unir contra o comunismo na América Latina, A Revolução está em curso.