quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Polêmica sobre revogação da Anistia pode derrubar Tarso e atrapalhar reengenharia das Forças Armadas

Edição de Quinta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Se Tarso Genro insistir publicamente na tese revanchista da punição aos militares acusados de “torturadores”, o chefão Lula será obrigado a substituí-lo no Ministério da Justiça. O recado já foi passado a Tarso, com a “recomendação” de encerrar a polêmica. A previsão de sua queda já circula com intensidade no Forte Apache (Quartel General do Exército em Brasília). Hoje à tarde, um seminário no Clube Militar, no Rio de Janeiro, bota mais combustível na questão da Lei de Anistia – considerada “imexível” e inegociável pelos militares. Oficiais da reserva serão os porta-vozes do descontentamento das Legiões.

A reação produzida pelos revanchistas no meio militar já corre o risco de atrapalhar a divulgação do novo Plano de Defesa Nacional, no próximo 7 de setembro Tanto que corre o risco de ser adiado o anúncio da prometida e também polêmica reengenharia das Forças Armadas. A mudança não tem o completo aval dos Estados Maiores militares que se recusaram a propor a reestruturação mais radical pedida pela equipe de Lula, três anos atrás. O Palácio do Planalto teme que o assunto alimente uma crise militar em gestação.

A reforma geral do Exército, Marinha e Aeronáutica – com o enxugamento de cargos de oficiais generais e a redução de postos de comando, dando mais poder aos coronéis – seria divulgada no “Dia da Independência” pelos ministros Mangabeira Unger (Assuntos Estratégicos) e Nelson Jobim (Defesa). Mas o impacto da polêmica alimentada pelo tenente R/2 de Artilharia EB Tarso Genro pode levar o desgoverno Lula a um “recuo estratégico” na questão. Só seria divulgado o novo plano de ocupação das fronteiras. As mudanças mais radicais ficariam para depois.

A temperatura dessa crise deve subir hoje à tarde. Em contra-ofensiva à mesa redonda promovida por Tarso, semana passada, questionando a lei de anistia, será realizado hoje, no Clube Militar, no Rio de Janeiro, das 14h30 às 17h30, o encontro intitulado "A lei da anistia, alcance e conseqüências". O evento terá palestras do ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça e Grão Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Rio de Janeiro, Waldemar Zveiter, do General Sérgio de Avellar Coutinho (autor do livro "A Revolução Gramcista no Ocidente") e do advogado Antônio José Ribas Paiva.

O advogado vai defender publicamente a tese de que o Ministério Público Federal tem que pedir punição aos integrantes do desgoverno Lula com fortes indícios de ligações ou associações com os narcoguerrilheiros ou terroristas das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia. Antônio Ribas também acha que merecem punição os dirigentes políticos, simpatizantes ideológicos ou entidades que aparecem como financiadores das FARC nos e-mails do falecido comandante Raúl Reyes.

Ligações perigosíssimas

O jornal La Republica Romana, informa que o partido italiano Refundação Comunista estava em contato com as FARC, em particular, com o falecido comandante Raúl Reyes.

O jornal italiano só não esclareceu que o movimento comunista é internacional e continua ativo.

Também não lembrou que os brasileiros têm a prova das ligações ideológicas com as FARC diante do nariz, mas estão cegos, surdos e mudos.

Candidato apenas a ser cidadão

Renasce na imprensa o boato de que José Anselmo dos Santos, o “Cabo” Anselmo, ex-marinheiro acusado de trair a esquerda na época da dita-dura militar, quer ser candidato à sucessão do presidente Lula em 2010.

Segundo o boato, seu slogan seria: "Salvei o Brasil do comunismo em 64 e quero salvá-lo de novo”.

O “Cabo” enviou um e-mail ao Alerta Total desmentindo tal pretensão de sentar na cadeira de Lula.

O desejo verdadeiro

O ”Cabo” garante ao Alerta Total que tal loucura presidencial não passa por sua cabeça.

O que ele deseja é apenas que a Marinha emita seu documento de identidade, devolvendo-lhe a vida civil, e que a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça pare de enrolar e julgue, imediatamente, seu pedido de anistia.

O “cabo”, na verdade um marinheiro de primeira classe, foi o centésimo cassado pelo Ato Institucional número 1, mas até hoje continua clandestino, vivendo sem identidade e como o único exilado da dita-dura.

Protegido

O PT impediu ontem a aprovação de convite para o ex-padre Olivério Medina, representante das FARC no Brasil, preste depoimento na Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

Isto porque o companheiro perderia a condição de "refugiado político" se comparecesse para explicar o que ele realmente faz no Brasil.

A mulher de Medina, Ângela Maria Slongo, a “Mona”, desde janeiro de 2007, exerce um cargo em comissão da Secretaria da Pesca da Presidência da República, que agora virou ministério.

Tarso Alvo

O presidente do Clube Militar, General Gilberto Figueiredo, criticou ontem as relações perigosas de integrantes da equipe do presidente Lula com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

O General comentou que há "uma estranha afeição dos companheiros do ministro (Tarso) com o seqüestro e os seqüestradores, um dos crimes mais infames, ao lado da tortura que o ministro tanto abomina".

O General Figueiredo criticou ainda o "extraordinário empenho, de altos membros do partido do ministro, no sentido de liberar os seqüestradores do empresário Abílio Diniz".

E lembrou que é exatamente por meio do seqüestro que as FARC sobrevivem e que, exatamente agora, "surge essa suspeita de ligações estreitas das FARC" com integrantes do governo.

Na veia

O General Figueiredo sugere que, se o ministro Tarso "faz questão de lamber feridas", que ele deixe essas feridas que considera "um passado que começa a ficar distante, já em processo de cicatrização, e volte-se para algumas mais recentes, ainda à espera de esclarecimento", por terem sido "blindadas pelo governo".

O General também recordou do assassinato do marinheiro inglês David Cuthberg em fevereiro de 1972, que teria sido atribuído ao grupo guerrilheiro Ação Libertadora Nacional (ALN), e detonou:

"Segundo tal critério, qual dos crimes praticados pelo outro lado seria político? Talvez o do companheiro de ideologia do ministro que assassinou friamente um marinheiro inglês, recém desembarcado na Praça Mauá, apenas porque era um representante do capitalismo burguês".

Recado militar

O Grupo Guararapes, com sede em Fortaleza (CE), divulga na Internet um duro recado dos militares da reserva cobrando uma reação contra uma eventual revogação da Lei de Anistia.

O ataque pede que o Ministério Público tome uma medida contra o ministro Tarso Genro e o titular dos “Direitos Humanos” Paulo Vanucci.

Confira: O grupo Guararapes denuncia à Nação Brasileira

Lenha na fogueira revanchista

Os procuradores da República de São Paulo Marlon Alberto Weichert e Eugênia Fávero, autores da ação civil pública contra os comandantes do DOI-Codi, insisteem na tese defendida pelos revanchistas do desgoverno:

"A Lei de Anistia não tem o poder de anistiar esses agentes públicos, pois os atos de tortura são crimes contra a humanidade".

Na tese dos procuradores, os agentes públicos envolvidos em atos de tortura e mortes durante o regime militar devem ser responsabilizados cível e criminalmente, pois os crimes cometidos por eles não podem ser considerados políticos ou conexos a atos políticos.

Apoio externo

A defesa da punição aos militares conta com a sustentação de um estudo feito pela cientista política da Universidade de Minnesota, Kathryn Sikkink, que analisou 100 países que passaram pela transição entre governos autoritários e democráticos:

"Nos países onde houve punição para os atos cometidos contra os direitos humanos o grau de violência policial é menor, ao contrário dos países onde isso não ocorreu, talvez pela sensação de impunidade"

Kathryn Sikkink e o analista da ONG americana National Security Archives Peter Kornbluh estiveram reunidos ontem, em São Paulo, com os procuradores para trocar experiências na área dos direitos humanos e na abertura de arquivos secretos militares.

Lula socialista

Veja o vídeo em que o líder político polonês Lech Walesa, membro do ex-poderoso movimento Solidariedade, afirma que Lula quer implantar o socialismo no Brasil.

Aos 5:05m Lech Walesa revela a intenção socialista do chefão.

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM295678-782-DEZESSEIS+ANOS+DEPOIS+LECH+WALESA+AVALIA+SUA+TRAJETORIA

Rachando como?

O delegado Protógenes Queiroz vem declarando, nos bastidores, que o material da “operação solta e agarra”, se divulgado, racharia o Brasil.

Em depoimento à CPI do Grampo, o delegado Protógenes Queiroz defendeu a ampliação dos poderes de monitoramento telefônico da Polícia Federal.

O policial admitiu o uso de agentes da Abin na Operação Satiagraha, e defendeu que a PF deveria poder acessar dados cadastrais de investigados sem a necessidade de autorização judicial.

O grampo funciona...

Agaciel Maia, diretor-geral do Senado, corre o risco de perder o cargo.

Tudo por conta de maracutaias em contratos de terceirização de mão-de-obra na Casa.

Por intermédio de gravações, onde predominavam diálogos em código, a Polícia Federal descobriu a trama dele com empresas como Conservo, Ipanema e Brasília para excluir concorrentes e vencer licitações.

Viva a bandidagem na política

Os "fichas-sujas" listados pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) estão com a candidatura garantida para a eleição municipal de outubro.

Por 9 votos a 2, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram, ontem à noite, que os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) não podem barrar as candidaturas dos políticos de ficha suja.

Prevalece aquilo que está na Constituição e na atual Lei de Inelegibilidades: ninguém pode ser privado do direito político de se candidatar enquanto o processo a que responde não tiver sido julgado em última instância (transitado e julgado).

Como a sentença do STF tem efeito vinculante, os juízes de primeira instância estão impedidos de tomar decisão divergente.

Quem aprovou?

Votaram contra barrar candidatos processados os ministros Celso de Mello (relator), Gilmar Mendes, Cezar Peluso, Marco Aurélio Mello, Ellen Gracie, Carlos Alberto Direito, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowsky e Eros Grau.

Atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Ayres Britto foi o único favorável ao pedido dos TREs e ao recurso da AMB - que pretendia barrar os candidatos processados em primeira instância que tivessem sido denunciados pelo Ministério Público.

O voto de Joaquim Barbosa foi diferenciado - para ele o político deve ter a candidatura vetada quando, após a primeira condenação, tiver sentença confirmada por um julgamento em segunda instância.

Absurdo total

O Supremo falou, tá falado, e os partidos podem apresentar seus trombadinhas e bandidões como candidatos!

Conclusão: falta gente honesta, limpa entre os filiados ou nem todo eleitor pode ser candidato?

Será que vale para os partidos a máxima "diz com quem andas e direi quem és"?

Ingnoranssa superior

O novo indicador criado pelo MEC, o conceito preliminar, reprovou 508 cursos universitários das áreas agrária, de saúde e de serviço social.

As instituições privadas tiveram 87% das reprovações.

O indicador vai orientar a renovação de licenças de funcionamento de cursos ditos “superiores”, mas com qualidade inferior.

Perdas internacionais

Investidores e empresas com negócios no Brasil enviaram para o exterior US$ 15,1 bilhões em quatro meses, segundo dados do Banco Central.

Neste ano, o montante total de remessas se aproxima de US$ 20 bilhões.

Os números se referem ao saldo das operações de câmbio no segmento financeiro – que inclui investimentos, aplicações financeiras e pagamentos diversos.

Com a crise nos mercados internacionais, dólares saem do País para cobrir prejuízos registrados principalmente nos EUA.

Termo errado

Aliás, para quem não sabe, quase a metade do PIB (Produto Interno Bruto do Brasil) é formado pela grana que é remetida ao exterior pelas transnacionais.

No caso do Brasil, o PIB deveria mudar de sigla para PEB.

Diante das nossas perdas internacionais, o certo seria chamá-lo de “Produto Entregue Bruto”.

Será que acaba mesmo?

Representantes das seis centrais sindicais assinaram protocolo em que aceitam o fim do imposto sindical.

Trata-se do desconto absurdo em nossos salários que equivale a um dia por ano de salário do trabalhador em favor da máquina sindical.

O acordo para o fim do absurdo imposto foi fechado depois de muita conversa com o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, na terça-feira.

Na pista e ladeira abaixo

E o cavalo paraguaio, hein?

Parece que o bicho corria mesmo no Hipódromo da Gávea (pertinho da sede do Flamengo), durante o Campeonato Brasileiro.

Mais uma vez, o lucrativo esquema de venda e compra de jogadores promovidos pelo cartola Kleber Leite, conseguiu detonar e desestabilizar o Mengão, que liderava fácil o Brasileirão e agora segue, ladeira abaixo, só acumulando derrotas...

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

14 comentários:

Anônimo disse...

CABO ANSELMO PRESIDENTE!!

Sensacional!!Nada como um cabo Anselmo substituindo outro, não é verdade??
CABO ANSELMO PRESIDENTE!!JÁ!!

Marcos Paulo
São Paulo - SP

Anônimo disse...

PESQUISA DO IPEA REVELA:

Segundo pesquisa do IPEA, 127% da população brasileira ou é rica ou milionária.
Para o IPEA quem ganha entre R$100,00 a R$20.000,00 por mês é considerado
rico. E quem ganha acima disso é considerado milionário! Segundo o diretor/companheiro
do IPEA, esse crescimento dos ricos "neçepaiz" se deve à implementação das
políticas sociais do Governo Lula.

Marcos Paulo
São Paulo - SP

Anônimo disse...

Quando a gente era pequeno, os nossos pais nos ensinaram muitas coisas.

Uma dela, foi não ser boca grande...

Outra, a de não mentir e nem prevaricar...

Também tinha aquela:

- Menino, não brinque com fogo, senão você vai se queimar...

Ao que nós respondíamos, que nada pai, to cuidando!!!

Mas, dai vinha a advertência que nos deixava mais preocupados...

- Menino, quem brinca com fogo, ou se queima ou faz xixi na cama....

Bem, no caso dele, acho que aconteceram as duas coisas ao mesmo tempo...

Se queimou e molhou o colchão...

A ordem dos feitos não altera o erro praticado...

Nejair

Esperança disse...

NÃO É O IPEA QUE FICOU AVERMELHADO?

Esperança disse...

O fato abaixo indicaria indícios de fraudes nas próximas eleições?

.

PMs apreendem urna eletrônica na zona leste de SP

Policiais militares encontraram uma urna eletrônica dentro de uma caixa na zona leste de São Paulo. Por volta das 6h10, a Polícia Militar (PM) foi chamada para recolher uma caixa de papelão na avenida Condessa Elizabeth Robiano, próximo à avenida Salim Farah Maluf, na zona leste de São Paulo. Dentro da caixa estava a urna apreendida.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a urna foi encontrada por uma pessoa que passava pelo local, que informou os PMs. A peça foi levada para o 81° Distrito Policial, onde o caso foi registrado.
A polícia ainda não tem informações sobre suspeitos.
Redação Terra 07/08/08

http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2008/interna/0,,OI3062542-EI11830,00.html

Anônimo disse...

Tem uma diferença aí: o primeiro "cabo" traiu o comunismo em favor da pátria. O outro está traindo a patria em favor do comunismo. O primeiro deve ficar ofendido com estes comentários.

ALBERTO MENDES disse...

BOA!
para fechar a chapa, de vice o Tuma,

bastilha disse...

Serrão


O link do Walewsca foi retirado da Globo?

são uns cagões covardes,
%¨&*% @#$%& $%¨&*

Esperança disse...

Bastilha

A Globo não retirou o vídeo. Deve ter algum erro no link.

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM295678-7823-DEZESSEIS+ANOS+DEPOIS+LECH+WALESA+AVALIA+SUA+TRAJETORIA,00.html

Anônimo disse...

O PT E SUA CORJA DE POLÍTICOS
SÃO CONTRA AS FORÇAS ARMADAS E PRECISAM DELAS PARA DEBELAR VIOLÊNCIA
NO RJ
NÃO TEMOS MAIS F.A. TEMOS SIM BANDIDOS ARMADOS E POLÍTICOS BANDIDOS
ACORDA POVO BRASILEIRO.........

Anônimo disse...

AMIGOS SE AS FORÇAS ARMADAS CONSEGUE
DOMINAR bandidos(traficantes) armados
por que não consegue sujigar esses
bandidos engravatados (políticos)
vamos lá SELVAAAAAAAAAAAA........

Anônimo disse...

A CORJA DO PT JÁ FEZ POR ONDE AS FORÇAS ARMADAS TENHA MIL E UM MOTIVOS
PARA DAR UM BASTA NISSO. QUESTIONAR A LEI DE ANISTIA É UM ATENTADO CONTRA A PAZ NACIONAL É PROMOVER A VIOLÊNCIA NUM PAIS JÁ BANHADO EM SANGUE PELA VIOLÊNCIA DA MISÉRIA SOCIAL
BASTA BASTA BASTA... AFINAL TEMOS OU NÃO TEMOS FORÇAS ARMADAS

Anônimo disse...

AS FORÇAS ARMADAS NÃO PODE SER SUBMISSA A UM GOVERNO DE BANDIDOS TERRORISTA, REVANCHISTAS,PERSEGUIDORES E LADRÕES
DOS RECURSOS DO TESOURO NACIONAL
VAMOS DAR UM FORA NELES ANTES QUE ELES ACABEM COM A NOSSA PÁTRIA
BRASILLLL ACIMA DE TUDO SELVAAAA....

Anônimo disse...

AS FORÇAS ARMADAS NÃO PODE SER SUBMISSA A UM GOVERNO DE BANDIDOS TERRORISTA, REVANCHISTAS,PERSEGUIDORES E LADRÕES
DOS RECURSOS DO TESOURO NACIONAL
VAMOS DAR UM FORA NELES ANTES QUE ELES ACABEM COM A NOSSA PÁTRIA
BRASILLLL ACIMA DE TUDO SELVAAAA....