segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Presidência silencia sobre grampos telefônicos contra o STF, e cabeça do diretor da Abin ainda está a prêmio

Terceira Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

O porta-voz da Presidência, Marcelo Baumbach, garantiu que o chefão Luiz Inácio Lula da Silva manifestou sua "preocupação e indignação" sobre o grampo telefônico que flagrou conversas do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO). A afirmação de Lula teria ocorrido, segundo Baumbach, durante reunião, pela manhã, com o próprio Gilmar, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Ayres Britto, e o ministro do STF Cezar Peluso, além dos ministros da Justiça, Tarso Genro, da Defesa, Nelson Jobim, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Jorge Félix, e da Comunicação Social, Franklin Martins.

Não foi divulgado que medida o governo tomará nem se haverá alguma punição. Gilmar Mendes cobrou do presidente Lula uma solução definitiva para o caso. Também exigiu a punição dos responsáveis. Os alvos seriam o diretor-geral da agência, Paulo Lacerda, e o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa. Os dois eEstiveram no Palácio nesta segunda, mas não participaram da reunião com Lula e Gilmar.

Na verdade, reinou silêncio absoluto sobre o teor ou sobre eventuais “trocas de gentilezas impublicáveis” que certamente marcaram a reunião de emergência de mais de duas horas, na manhã de hoje, no Palácio do Planalto. Oficialmente, o chefão Lula e o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, cuidaram das escutas telefônicas ilegais praticadas pela Agência Brasileira de Inteligência no telefone de Mendes. O conteúdo verdadeiro e completo do papo não foi divulgado, conforme o Alerta Total antecipou.

Os ministros do Supremo fazem agora à tarde uma reunião interna para discutir o assunto. O presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), pediu nesta manhã uma audiência com o presidente Lula para discutir o problema. Ele afirmou que aguarda uma resposta do Planalto e que queria se encontrar com o presidente ainda hoje. Garibaldi não descarta pedir a demissão do delegado Paulo Lacerda da direção-geral da Abin. Mas o senador avisou que quer conversar antes com Gilmar Mendes.

O procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, deve sugerir outra instância do Ministério Público para investigar os grampos instalados nos telefones de Gilmar Mendes. Antonio Fernando ponderou que não acredita que a ordem de instalação de escutas clandestinas tenha partido de órgãos oficiais. O procurador não descartou a possibilidade de que particulares tenham realizado o serviço.

Extra-oficialmente, a conversa de Gilmar com Lula certamente cuidou da aprovação de assuntos polêmicos no STF que interessam ao desgoverno. Além dos grampos, os temas delicados são o caso da Reserva Indígena Raposa do Sol e o preocupante destino de Antônio Palocci Filho. Nos bastidores do STF, comenta-se que Palocci já estaria salvo, por acordos políticos muito bem costurados. Mas certeza disto só Deus e os semi-deuses do STF têm.

O ex-ministro da Fazenda teme uma condenação no caso da quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa. Palocci também corre risco de condenação no escândalo do lixo em Ribeirão Preto, quando foi prefeito de lá, antes de assumir a coordenação da campanha de Lula (no lugar do falecido Celso Daniel, prefeito de Santo André, cadáver insepulto que assombra os petistas). Os petistas sabem que se Palocci for atingido, Lula corre perigo.

Também participam da reunião com o chefão Lula, além de Gilmar, o vice-presidente do Supremo, Cézar Peluso, e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Carlos Ayres Britto. A bronca é generalizada porque Mendes sabe que não foi só a Abin quem grampeou seus telefones. Lula também sabe que é vítima de grampos ilegais. Todos os grampos são praticados por grandes empresas transnacionais de inteligência.

Na verdade, Lula e a oligarquia do Judiciário morrem de medo de tais escutas ilegais que fogem ao controle do desgoverno. São tais gravações de conversas indiscretas (até em sofisticados telefones via satélite) – e não a eventual arapongagem de alguém da Abin – que alimentam, secretamente, as investigações de agentes (não-governistas) da Polícia Federal. O eventual vazamento de tais diálogos é que enlouquece os poderosos da Ilha da Fantasia tupiniquim.

Risco de Impeachment?

O presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ) cobra uma atitude rápida e enérgica do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a suspeita de grampo ilegal nos telefones do presidente do Supremo Tribunal Federal e de integrantes do Legislativo e do próprio Executivo.

Ou o presidente toma uma atitude contundente em relação ao responsável pelo ocorrido, no diretor da Abin (Paulo Lacerda) ou a responsabilidade será dele. Se a responsabilidade é dele, Lula se enquadra na lei de crime de responsabilidade, que gera o impedimento, o impeachment. Um órgão da presidência grampear o presidente do Supremo, do Legislativo é muito grave”.

O presidente do DEM acrescenta que fica sujeito à abertura de processo de impeachment presidente, governador ou prefeito que se opuser "ao livre exercício dos Poderes Legislativo e Judiciário".

A regra é clara

Rodrigo Maia se refere a Lei 1.079/50, que serviu de base para o impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello, em dezembro de 1992.

O presidente do DEM cita o artigo 7º da Lei do Impeachment, que estabelece que é crime de responsabilidade contra o livre exercício dos direitos políticos individuais e sociais: "servir-se das autoridades sob sua subordinação imediata para praticar abuso do poder, ou tolerar que essas autoridades o pratiquem sem repressão sua".

Também define como crime "violar patentemente qualquer direito ou garantia individual".

Pelo telefone?

No sábado, após a revelação dos grampos pela revista "Veja", o presidente do STF conversou com Lula (ironicamente) por telefone sobre o assunto e, depois, desabafou com os jornalistas:

Nesse caso acho que o próprio presidente da República é chamado à sala. Acho que ele precisa realmente tomar previdências. E encerrar definitivamente isto que parece ser a instauração de um estado policial no Brasil”.

Lula avisou a Gilmar que, por causa da crise, desistiu da viagem oficial que faria à Coréia do Sul.

Arapongas de Piranha

Lula determinou ao diretor-geral da Abin, Paulo Lacerda, que demita os responsáveis pela escuta ilegal.

O Planalto suspeita que a escuta tenha sido obra de agentes egressos do antigo Serviço Nacional de Informações (SNI).

Na gíria interna da agência, eles são conhecidos como R2, por serem reservistas.

A demissão dos arapongas de piranha deve ser a grande medida de impacto anunciada após a reunião de Lula com Gilmar Mendes.

Investigando?

A Abin (Agência Brasileira de Inteligência) abriu investigação interna para apurar se houve envolvimento de agentes secretos em escutas clandestinas em telefones do presidente do STF, Gilmar Mendes.

Além da abertura da sindicância, a Abin anunciou, em nota, que pedirá ao ministro-chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), Jorge Félix, que acione a Procuradoria Geral da República e o Ministério da Justiça para a abertura de investigações.

A abertura de sindicância foi motivada por reportagem publicada pela revista "Veja" desta semana, que reproduz uma conversa telefônica de Mendes com o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), no dia 15 de julho.

Prestigiadíssimo

O diretor da Abin, Paulo Lacerda, já foi ao Congresso e negou a possibilidade de seus arapongas estarem envolvidos em atividades clandestinas.

Será que continua valendo o que foi dito?

Ou será que a cabeça dele pode ser posta a prêmio, como boi de piranha para encerrar com a crise dos grampos?

E se foi legal?

O ministro da Justiça, Tarso Genro, prometeu que "tomará as providências solicitadas pela Abin e pelo Ministério Público", que podem pedir à Polícia Federal a abertura de inquérito policial.

A PF nega ter feito escuta sem autorização judicial.

Mas a PF admite que poderá abrir inquérito caso seja comprovado que a conversa reproduzida pela revista é fruto de grampo ilegal.

Malfeitores da inteligência?

O senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que teve grampeada uma conversa com Gilmar Mendes, exigiu que o presidente Lula se antecipe a tudo.

Desmóstenes cobra que o presidente anuncie medidas que restabeleçam a credibilidade do governo:

"O presidente tem de provar que controla a situação, que não é refém de um grupo de bandoleiros, renegados, bandidos e malfeitores hoje instalados no serviço de inteligência. Alguém tem de explicar qual é a razão de terem grampeado o presidente do Supremo e um senador, e mais senadores e ministros, e altas autoridades do governo. Querem investigar o quê?".

Coincidência não existe

O suposto grampo ilegal do ministro aconteceu uma semana depois de deflagrada a Operação Satiagraha, que prendeu duas vezes o banqueiro Daniel Dantas, dono do Opportunity.

Nas duas ocasiões, o presidente do STF concedeu habeas corpus ao banqueiro, livrando-o da prisão.

As decisões foram muito contestadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, mas defendidas por colegas de Mendes no Supremo.

Medo do telefone

Em 10 de julho, seguranças do tribunal admitiram que encontraram uma "provável escuta" na sala do assessor-chefe do presidente.

O fato alterou a rotina do tribunal, que ordenou a realização de varreduras anti-grampo periódicas nos gabinetes de todos os ministros e no plenário.

Pelo sim, pelo não, todos tomam cuidado nas conversas telefônicas.

Lendas da Grampolândia

Um servidor da Abin passou as informações à revista Veja, sob a condição de se manter no anonimato.

Segundo seu relato, a escuta clandestina feita contra o ministro não é um ato isolado e sim uma rotina.

O funcionário relatou que, neste ano, somente no seu setor, já passaram interceptações telefônicas de conversas do chefe de gabinete do presidente Lula, Gilberto Carvalho, e de mais dois ministros que despacham no Palácio do Planalto: Dilma Rousseff, da Casa Civil, e José Múcio, das Relações Institucionais.

Chantagem?

Há também telefones grampeados no Congresso, como do presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB), e dos senadores Arthur Virgílio, Alvaro Dias e Tasso Jereissati, todos doPSDB, e também de Tião Viana (PT).

Segundo a reportagem da Veja, o petista Viana foi alvo recentemente e a interceptação teria o objetivo "de acompanhar como ele está articulando sua candidatura à presidência do Senado".

Tião Viana suspeita da existência de uma "organização criminosa paralela ao Estado" que teria obtido a "tecnologia da escuta telefônica em função pública" e agora a usa de forma ilegal em busca de informações para um esquema de chantagem.

Relatórios para o chefão...

Segundo a revista, as gravações são base para relatórios que tem como destino final o presidente Lula.

No entanto, isso não significa que ele tenha conhecimento de que seus principais assessores estejam grampeados ou que dá aval para operação.

A revista informa que há três semanas publicou reportagem informando que o presidente do STF era espionado pela agência.

Fato gravíssimo

Deputados e senadores participam hoje de uma reunião de emergência da Comissão de Controle das Atividades de Inteligência do Congresso.

Para o senador Heráclito Fortes (DEM-PI), o escândalo dos grampos foi um dos fatos mais graves ocorridos nos dois mandatos do presidente Lula, mas alivia a barra do chefão:

"Estamos diante de um fato gravíssimo, que põe em risco a harmonia entre os poderes. Mas seria descabido responsabilizar o Lula..."

O senador, que preside a comissão, cobra o afastamento dos dirigentes da (Abin).

Conchavo revelado

O Estadão de ontem revelou que durante todo o primeiro mandato e parte do segundo, o Lula teve uma linha direta de consultas com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

A relação politicamente íntima era mantida por meio de conversas secretas dos então ministros Antonio Palocci, da Fazenda, e Márcio Thomaz Bastos, da Justiça.

A linha direta funcionou com mais vigor no auge do escândalo do mensalão, quando os ministros pediram a Fernando Henrique para agir e evitar que a oposição descambasse para pedir o impeachment de Lula.

Tá explicado...

O conchavo explica e justifica as frases de FHC:

Eu não fiquei contra o impeachment porque eles me pediram, mas porque sou muito cauteloso nessas questões. Na época, não havia condições políticas para sustentar um pedido de impeachment de Lula. Criaria uma cisão no Brasil”.

Adversários políticos não devem ser tratados como inimigos”.

Liberou geral...

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar suspendendo a prisão de oito acusados pelo Ministério Público do Rio de desviar R$ 70 milhões do estado.

Entre eles estão os ex-secretários do governo Rosinha Garotinho Gilson Cantarino (Saúde) e Marco Antônio Lucidi (Trabalho e Renda), e a ex-subsecretária de Assistência à Saúde e prima do ex-governador Anthony Garotinho, Alcione Athayde.

Eles ficaram 47 dias presos e foram beneficiados pelo habeas corpus concedido ao ex-subsecretário de Infra-estrutura da secretaria de Saúde Itamar Guerreiro.

Pede pra sair...

O chapolim Colorado da Venezuela, Hugo Chávez, advertiu ao embaixador americano em Caracas que "meça suas palavras" ou deixe o país.

O recado a Patrick Duddy foi dado no programa dominical “Alô, Presidente”, transmitido pela TV e a rádio estatais.

"Meça melhor suas palavras, senhor excelentíssimo embaixador. Recomendo ao embaixador dos Estados Unidos em Caracas que guarde suas palavras. Não vamos aceitar interferências, embaixador, nos assuntos internos. Se o senhor violar as convenções internacionais terá de deixar este país. Não aceitaremos desrespeito. O senhor teria de fazer as malas e ir embora da Venezuela".

Só faltou Chávez dar uma de "Capitão Nascimento" e chamar o cara de "fanfarrão"...

Motivo do ataque

Chávez reagiu duramente a uma declaração do diplomata indicando que o tráfico de drogas entre os dois países aumentou nos últimos anos

No sábado, o embaixador Duddy havia lamentado que "traficantes de droga estão aproveitando a brecha que existe os dois governos" para incrementar suas atividades ilícitas.

"Fazem piada de nós enquanto estamos envolvidos em outras discussões".

Provocação em inglês

Em seu programa, Chávez também criticou o diretor do Escritório Nacional de Políticas para Controle de Drogas dos Estados Unidos, John P. Walters.

Chávez reclamou que Walters fixou unilateralmente uma data de visita à Venezuela, e detonou o desafeto norte-americano na língua pátria dele:

"Go home (vá para casa). That's not the way, mister (não é assim que se faz, senhor). Are you donkey (o senhor é burro)?".

Horas antes, o Ministério das Relações Exteriores venezuelano indicou que tal encontro não seria de utilidade, que já considera que o país tem feito progressos significativos na luta contra a droga nos últimos anos - particularmente desde a suspensão das relações com as autoridades anti-drogas americanas.

Aparelhando o Estado

Nos últimos dois anos, o desgoverno Lula criou 10.191 novos cargos comissionados.

Atingiu o número recorde de 31.278 postos de livre provimento, contra 19.943 do governo anterior.

Desse total, o PT ocupa nada menos do que 40% dos cargos comissionados DAS- 6, que incluem os secretários-executivos de ministérios, dirigentes de autarquias e fundações e o comando de órgãos ligados à Presidência da República.

Também toma conta de 14% dos DAS-5 e 22% dos chamados cargos de Natureza Especial (NES), que formam a elite do funcionalismo.

Os números estão na recente edição da revista Istoé.

Chega de apanhar

O chefão Lula revelou ontem que está feliz porque depois de ter "apanhado" nos últimos cinco anos, viu na imprensa a manchete sobre o sucesso e a credibilidade do governo junto a opinião pública.

Pesquisas DataFolha e Ibope, publicadas neste domingo pelos jornais "Folha de São Paulo" e "O Estado de S.Paulo", indicam que o presidente Lula é o político que mais influencia o voto dos paulistanos.

Eu antes das eleições e depois das eleições, não sou de comentar pesquisa, nem boa, nem ruim. Mas hoje eu estou prazerosamente feliz. Depois de apanhar cinco anos, eu vejo na própria imprensa que me bate, uma manchete do sucesso, da credibilidade do governo. E digo isso com muita humildade de quem tem o que fazer”.

Os números favoráveis

A pesquisa Ibope mostra que o apoio de Lula levaria 31% dos eleitores a votarem em determinado candidato.

Já o DataFolha mostra um recorde de aprovação a Lula em São Paulo: 49% de opiniões positivas.
Para quem pensa em voltar ao poder em 2014, os números são maravilhosos...

A crucificação

Lula fez o comentário de “felicidade” durante comício em Santo André.

O chefão recordou os problemas que o Partido dos Trabalhadores enfrentou em 2005, após denúncias do esquema do Mensalão:

Vocês sabem o que nós passamos; as infâmias; as leviandades; quantos companheiros nossos foram crucificados. Naquele momento eu dizia a única coisa que a gente pode fazer em época de crise é ter paciência”.

A água era nossa...

Brasileiros desenvolveram a H2Ocean (água mineral, feita com água do mar, com aplicação de nanotecnologia) que será vendida em lojas de conveniência de Miami, na Flórida, nos EUA.

Os cientistas da empresa Aquamare procuraram a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 2006 para realizar o pedido de registro do engarrafamento do produto.

Como receberam a “burrocrática resposta de que “não há legislação específica para que esse tipo de água seja vendido no Brasil por conta da sua fonte: o mar”, os cientistas recorreram ao mercado norte-americano, onde o capitalismo ainda funciona e prestigia a livre iniciativa dos empreendedores.

Petróleo de ninguém?

O petróleo encontrado no País "não é de nenhum estado", já que as reservas do pré-sal estão a 300 quilômetros da costa.

A tese foi apresentada ontem pelo chefão Lula, durante um comício em Santo André, no ABC Paulista.

Em vez dos royalties pretendidos pelos governadores, Lula avisou que quer criar um fundo com apenas duas destinações: o combate à pobreza e a melhoria da educação, desde as creches até as universidades.

Deus no Brasil?

Lula comemorou, teologicamente, o fato de o Brasil ter atingido a auto-suficiência em petróleo 53 anos após a criação da Petrobras.

Deus cuida de todos países, mas parece que revolveu morar no Brasil”.

O chefão participa hoje, em Vitória (ES), da cerimônia de extração do primeiro óleo da camada do pré-sal e visita a plataforma P-34, no campo de Jubarte, na Bacia de Campos.

Humor nigérrimo

"Quero dizer para vocês que, como Presidente da República, sou Presidente de todos os Brasileiros".

Diante dessa frase do chefão Lula publicada no jornal O Globo deste domingo, o comandante José Paulo Resende, um dos lesados pela Varig que o desgoverno ajudou a falir, detonou:

"Grande Piada de LULA. Não sabia que o nosso Presidente Lula, além de ser Presidente da República, era um bom contador de piadas. Chico Anísio e Tom Cavalcanti que se cuidem..."

Quase expulso

A direção da Executiva do PT no RJ vai analisar hoje a situação do deputado estadual Jorge Babu.

O defensor de São Jorge pode eventualmente ser expulso da legenda.

Jorge Luiz Hauat é acusado de formação de quadrilha armada e extorsão pelo Ministério Público Estadual.

As acusações

O Ministério Público do Estado (MPE) denunciou à Justiça Babu e outras dez pessoas, incluindo o tenente-coronel da Polícia Militar Carlos Jorge Cunha, sob as acusações de formação de quadrilha ou bando armado e extorsão.

Por terem sido identificados como os "chefes da quadrilha", segundo o MPE, Babu e o tenente-coronel poderão ter suas penas agravadas, caso sejam condenados.

No pedido, o Ministério Público requereu a prisão preventiva de todos os acusados, com exceção do deputado que, por possuir imunidade, só pode ser detido em flagrante por crime inafiançável.

Prova de burrice ou sacanagem?

A redação de ontem do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem 2008, confirmou o quanto o processo educacional colabora para a ignorância e o preconceito dos brasileiros sobre a Amazônia.
Os estudantes tiveram de escolher uma entre três ações propostas para a “preservação” da floresta, e redigir um texto dissertativo:

A) Suspensão completa e imediata do desmatamento na Amazônia até a identificação de áreas exploráveis de maneira sustentável.

B) O pagamento a proprietários de terras para que deixem de desmatar a floresta, utilizando-se recursos financeiros internacionais.

C) O aumento da fiscalização e a aplicação de pesadas multas àqueles que promoverem desmatamentos não-autorizados.

Em tempo: A Amazônia brasileira precisa ser “conservada” (utilizada racionalmente em favor do Brasile dos brasileiros) – e não “preservada” (mantida intocada, conforme o discurso econéscio)

Condomínios absurdos

Os cerca de 4,6 milhões de habitantes da Cidade de São Paulo pagam anualmente R$ 10,5 bilhões em taxas de condomínio.

O valor ultrapassa os - R$ 8,9 bilhões recolhidos em impostos municipais em 2007.

A Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios (AABIC-SP) informou que o valor médio da taxa paga pelos moradores em junho deste ano foi de R$ 665.

O condomínio sofre uma variação entre R$ 243 para apartamentos com um dormitório até R$ 1.401 para quatro quartos.

Menina de ouro

A atriz Priscila Fantin teve a felicidade de deitar sobre R$ 40 milhões em barras de ouro.

A bela posou para uma foto para promover a quarta edição do concurso de design da mineradora sul-africana Anglogold Ashanti, da qual é embaixadora.

A edição brasileira do concurso mundial acontece dia 12 de novembro, em Belo Horizonte.

Justiçamento infantil

Cansada de ver a mãe Rosimeire de Oliveira Pereira, de 38 anos, apanhar do padrasto Carlos Alberto Arruda Rodrigues, de 47, a filha da vítima, uma menina com apenas 11 anos de idade, matou o agressor com uma única facada de cozinha no coração.

A vítima era um policial militar, expulso da corporação, que fazia bicos para sobreviver e despejava suas mágoas econômicas batendo na companheira.

O crime aconteceu no início da tarde de ontem, no bairro Lajeado, periferia de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

12 comentários:

Anônimo disse...

Parece que tudo esta perdido mesmo, até gente alta da oposição (como sempre), livram a cara do ALI-LULA, acham que ele esta fora dessa também, assim fica fácil demais, e pra variar vamos ouvir de novo a já conhecida frase, "eu não sei de nada, eu não vi nada" , é mole?! Tem muita coisa estranha nisso tudo, parece que nossa oposição é MADE IN PARAGUAY

Anônimo disse...

Como autêntico bolivariano e que conspira contra nosso Estado, o Lula da Silva atenta sistematicamente contra quase todos os artigos da Lei 1.079/50.

Quem der uma mínima atenção verá que há não é uma coincidência, mas um método sistematicamente observado pelo conspirador.

Como disse Olavo de Carvalho, o lugar dele é na cadeia...

Anônimo disse...

Nosso presidente parece que bebe para esquecer, então senhores da imprensa, não o intrevistem quando Sua Exa. estiver de ressaca, porque ele não sabe de nada e nem lembra de nada, e como voces já sabem que, depois de tomar umas pra equilibrar, reage e diz: vou mandar apurar, doa a quem doer e outras balelas já conhecidas... E o povão adora, ou adora mesmo é esmolas federal?!

Anônimo disse...

O gramo esta tão vulgar em nosso Brasil, que não iremos estranhar se as operadoras te telefonia começarem cobrarem pelo serviço de conferência em nossas contas telefônicas.

Anônimo disse...

corrigindo.. grampo

Anônimo disse...

O grampo telefônico esta tão vulgar em nosso Brasil, que não iremos estranhar se as operadoras de telefonia começarem a cobrar pelo serviço de conferência, e aparecer a cobrança em nossas contas telefônicas.


corrigindo, desculpem.

Anônimo disse...

Judiciário submisso. Legislativo submisso. Resta algum que não esteja comprado, controlado ou grampeado? E o povo? Ainda existe povo ou massa de manobra abúlica e emburrecida pela mídia, também estupidificada e bem paga? A luta apela sobrevivência, contas a pagar e medo do desemprego deixa sobrar tempo para pensar? A avalanche de informações violentas deixa espaço para pensar? Existe alguma organização inteligente e livre, com credibilidade e vontade política?
Na grampolândia vai ficar o dito pelo não dito, algum contínuo vai perder o emprego e ser atirado na rua da amargura sem defesa. Os magnatas vão continuar incólumes e agindo acima das Leis e da Constituição?

Anônimo disse...

A 'irracionalidade presidencial-governamental' e, também, populacional brasileiras, diga-se de passagem, propositais, estão na rota de colisão total e irreversível da destruição do pouco de liberdade que ainda temos.
Ai deles!
Ai de nós!

Mario disse...

Uma coisa é certa. Tanto na ABIN como na PF há os que são contra e os pró governante de plantão. Isso é natural em todos os governos no mundo e cabe ao governante manter o equilíbrio e consequente controle.

No caso atual todos sabem que o vagabundo cachaceiro é uma farsa e um bandido. Evidentemente, já isso impede o equilíbrio. Portanto, mesmo que o dito-cujo não tenha envolvimento direto, nas lambanças dos agentes da ABIN e dos PF, a reponsabilidade é dele.

Para ser claro: a simples ocupação dos cargos de governo por elementos nada confiáveis gera descontrole. Vale dizer: DEVEM PEDIR PRÁ SAIR ou DEVEM SER ”SAÍDOS”!!!

Anônimo disse...

QUERIAM DEMOCRACIA PARA ISSO??

Essa gente, que não casa de dizer que "lutou" pela volta de Democracia, queria a Democracia de volta para isso???Para grampearem Deus e todo mundo, para implantarem e CorruPTção Eleitoral via Bolsa-Família??

Marcos Paulo - SP

Anônimo disse...

Os partidos de oposição não têm de ficar de frescura, têm de sair atrás do prejuízo, botar essa corja no olho da rua.
IMPEACHMENT já!

Zé do Coco

celularespiaobrasil disse...

O Celular Espião é um telefone celular comum, especialmente modificado para poder ser monitorado à distância, permitindo assim escutar as conversas telefônicas e ambientais de quem o utiliza.
www.celularespiaobrasil.com