quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Lula treme porque foi vítima de grampos, Jobim conspira contra o General Félix e crise já sai do controle oficial

Edição de Quinta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

O chefão Lula da Silva teme que suas conversas telefônicas tenham sido monitoradas. O presidente tem certeza de que foram grampeadas. Embora negado publicamente, o mesmo medinho é partilhado pelo chefe de gabinete presidencial, Gilberto Carvalho, e pelos ministros Dilma Rousseff (Casa Civil) e José Múcio Monteiro (Relações Institucionais). O pavor aumentou quando ficou confirmado que o presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, estava no Palácio do Planalto quando sua conversa com o senador Desmóstenes Torres foi gravada. A ligação interceptada criminosamente foi transferida para o celular de Gilmar por sua secretária, que estava no STF.

A corte dos poderes em Brasília sempre foi palco de grampos realizados – e sempre negados – pela inteligência oficial e pela empresarial ou política. A atual onda de grampos tem alguns motivos políticos e econômicos muito fortes. O primeiro é a complicada negociação para se definir como ficará o caso da fusão entre a Oi e a Brasil Telecom. O mega negócio interessa ao banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, à cúpula do Palácio do Planalto e a uma grande empresa de telefonia controlada por banqueiros transnacionais.

O segundo caso complicado é o destino do ex-ministro Antonio Palocci Filho, em dois julgamentos no Supremo Tribunal Federal: o caso da quebra ilegal do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa, e o escândalo do lixo em Ribeirão Preto. Os grampos, de todos os lados e para todos os gostos, querem monitorar tudo sobre estes três temas explosivos. Mas o caso Palocci é o que mais assusta ao Planalto. Se Palocci (o sucessor do falecido Celso Daniel) for punido, muita gente pode ser detonada em efeito cascata.

A negada crise institucional dos grampos, que se agrava por causa de disputas internas de poder no desgoverno Lula, demonstra que a burrice tomou contra a área de inteligência. O ministro da Defesa, Nelson Jobim, faz pressões de bastidor para que fique enfraquecido, mas não caia ainda, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General Jorge Armando Félix. Nelson Jobim foi decisivo no episódio que culminou no afastamento do delegado Paulo Lacerda do comando da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Jobim convenceu o chefão Lula de que a existência de uma maleta de espionagem, comprada pela agência, demonstrava a fragilidade de Lacerda. Agora, o alvo direto de Jobim é Félix, que já colocou o cargo à disposição. Lula só não quer detoná-lo agora para não parecer que agiu movido por pressão da oposição.

O General ficou de filme queimado desde as revelações da Operação Satyagraha. O chefão Lula não gostou de saber do desvio de função de agentes da Abin (que ajudaram a PF), sem uma intervenção de Félix. Os puxa-sacos do Planalto detestaram o recente depoimento do General na CPI dos Grampos. Félix teria passado a impressão a impressão de que não tinha, de fato, controle sobre a estrutura de inteligência. E não tem mesmo. Quem manda é a cúpula da Casa Civil. O desgoverno só não pode admitir isto publicamente. Agora, o jogo de intrigas se amplia quando integrantes da Abin afirmam que o Exército também tem equipamentos capazes de fazer escuta telefônica. Os equipamentos da Abin e do Exército seriam idênticos.

A CPI dos Grampos da Câmara aprovou ontem pedido de quebra de sigilo da Operação Satiagraha, em que foi preso o banqueiro Daniel Dantas, e da Chacal, que investigou suposta espionagem realizada pela empresa de investigação Kroll. Também foi aprovada a convocação do Ministro da Defesa, Nelson Jobim, do diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, e do diretor afastado da Abin, Paulo Lacerda. Hoje será convidado o presidente do STF, Gilmar Mendes. Jobim deverá explicar a informação de que a Abin comprou maletas para fazer grampos. Ontem José Milton Campana, diretor da Abin afastado com Lacerda, confirmou à CPI a aquisição, em 2006, de maleta capaz de fazer escutas ambientais num raio de até 100 m.

O diretor do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento para a Segurança das Comunicações da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Otávio Carlos Cunha da Silva, negou nesta quarta-feira, em depoimento à CPI do Grampo, que o aparelho usado pela agência para fazer rastreamentos (o Oscor 5000) seja a mesma maleta que a Polícia Federal utiliza para grampear conversas por meio de celulares. Cunha da Silva garantiu que o aparelho da Abin só pode ser usado para captar conversas transmitidas por microfones ou outros equipamentos de escuta ambiental. Pela lei, a Abin é proibida de fazer escutas.

Certeza do crime

O ministro Gilmar Mendes tem convicção de que foi grampeado por militares, seguindo ordem de gente muito ligada ao presidente Lula.

José Milton Campana garantiu que a Abin não fez qualquer escuta nos últimos anos.

Então, se não foi a Abin, quem grampeou o telefone do Gilmar e de outros ministros do STF?

Risco total

Em um depoimento cheio de cautela, Campana advertiu que é "quase impossível" descobrir a autoria de grampos ilegais.

Na avaliação de Campana, a Abin e outros órgãos do governo não teriam condições de detectar a autoria de escutas clandestinas:

É quase impossível”.

Foi o que admitiu Campana, lembrando que o único caso conhecido de grampo na Abin ocorreu no governo Fernando Henrique Cardoso, durante a privatização da antiga Telebrás:

Jamais, em qualquer situação, por mais crítica que fosse, a Abin usou instrumentos espúrios ou ilegais. A Abin institucionalmente não realizou, patrocionou ou mesmo colaborou com ações espúrias, as quais também repudia veementemente, e que jamais foram utilizadas no acompanhamento dos seus trabalhos”.

7 ouvidores de grampo

Os presidentes do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, e do Senado, Garibaldi Alves, decidiram criar uma ouvidoria para monitorar as atividades da Abin.

Um grupo de sete integrantes - quatro técnicos indicados pelo Congresso (dois de cada Casa), um do Judiciário, um do Ministério Público e um do Executivo - serão responsáveis por produzir relatórios sobre a agência.

A medida, acertada em reunião realizada no Supremo, tem como principal objetivo criar uma maneira de fiscalizar a Abin, acusada de ter grampeado os telefones do ministro Gilmar Mendes e de outras autoridades.

Investigação sigilosa

A utilização de maletas de escuta telefônica na administração pública já está sendo investigada pelo Ministério Público Federal do Distrito Federal, que instaurou investigação criminal no âmbito do Grupo de Controle Externo da Atividade Policial.

Ontem, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que teve grampeada conversa telefônica com Gilmar Mendes, prestou depoimento na sede da Procuradoria da República do Distrito Federal.

As investigações para apurar o uso de maletas de escuta telefônica na administração pública estão sendo conduzidas sigilosamente pela procuradores Lívia Nascimento Tinôco, Gustavo Pessanha Velloso e Vinícius Fernando Alves Fermino.

Mea culpa

O novo presidente do Superior Tribunal de Justiça, Cesar Asfor Rocha, advertiu que o país vive "estado de absoluta insegurança", numa alusão à intercepção ilegal de um telefonema entre Mendes e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO).

Cesar Asfor Rocha assumiu ontem o cargo fazendo mea culpa sobre a responsabilidade do Judiciário no excesso de escutas telefônicas.

Devemos fazer mea culpa. Em regra, a quebra do sigilo telefônico é determinada pelo juiz

Filósofo Tarso

Tarso Genro negou nesta ontem a existência de um Estado criminoso em meio a um Estado policialesco no País.

Tarso lembrou que o Brasil vive uma realidade, com recursos tecnológicos disponíveis, para que indivíduos fora do Estado invadam a privacidade das pessoas.

Eles têm acesso a um tipo de tecnologia que trazem de fora ou que vem por contrabando, que está nas mãos de pessoas que não são necessariamente responsáveis, como agências privadas de detetives. A vida privada das pessoas é devastada e isso é uma característica da sociedade atual. Nossa preocupação é que o Estado não use esses meios e não se torne um grande irmão”.

Tarso elogiou a iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em disciplinar o uso de escutas telefônicas e reforçou que "tudo que coloca sob maior controle as escutas telefônicas é positivo para a democracia e para a redução de abusos".

Jura que manda?

Enquanto fumava uma cigarrilha, indagado sobre projeto Federal que proibe o fumo em lugar fechados, o chefão Lula defendeu "o uso do fumo em qualquer lugar".

Questionado sobre decreto que proíbe o fumo no Planalto, o presidente respondeu:

"Na minha (sala), sou eu que mando”.

Lula da Silva desautorizou toda a política do seu governo na questão do fumo:

Eu defendo, na verdade, o uso do fumo em qualquer lugar. Só fuma quem é viciado”.

Eu não sou cachorro não...

Morreu na madrugada de hoje, aos 75 anos, o cantor e compositor Waldick Soriano, de 75 anos.

Ele estava internado em estado grave no Hospital do Câncer, em Vila Isabel, na zona Norte do Rio desde domingo.

Waldick tratava há dois anos de um câncer na próstata, estava em coma e respirava com a ajuda de aparelhos.

Belo histórico

Nascido em Caetité, no sertão da Bahia, Waldick em mais de 40 anos de carreira e colecionou sucessos do gênero brega, como "Eu não sou cachorro, não" e "Tortura de amor".

Antes de se tornar cantor, ele chegou a ser peão, motorista de caminhão e garimpeiro.

No ano passado, o cantor voltou a ficar em evidência depois do lançamento do CD e DVD embalado no documentário dirigido pela atriz Patrícia Pillar, "Waldick, Sempre no Meu Coração", que conta a trajetória do cantor.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

23 comentários:

Anônimo disse...

Sabedoria demais atrapalha a felicidade. Ditado popular demais conhecido aqui no Estado "quase fatal" de Roraima

Anônimo disse...

Tem a mulher melância, mulher melão e mulher etc.. e temos também o País ABACAXI, bem que poderiamos mandar tudo pro falido fome zero.

Anônimo disse...

Me engana! Os noticiários de tv estão mostrando a maleta. Vc. pode vê-la à venda, no site abaixo com o aviso de restrição.
“O conjunto compõe-se de uma unidade de recepção e um computador decodificador. Permite gravar as conversas diretamente no disco rígido. Este produto é vendido apenas para os órgãos oficiais! Nenhuma venda ou informação para particulares”. http://www.itecdiffusion.com/audio/escuta_telefonica.html
A espionagem é ferramenta de trabalho dos poderosos. Agora é a ferramenta de trabalho dos petralhas e seus auxiliares, para identificar quem pode significar risco a suas pretensões e passar a rasteira, de modo "ético" como indica Gramsci.
O modelo apresentado e que está à venda é fichinha. A tecnologia mantém em segredo suas armas mais poderosas, disponíveis para quem pode pagar. E dinheiro é o que não falta para os petralhas no comando.
Os camaradas chineses e russos são seus melhores assessores.

Anônimo disse...

Bem feito, quem manda não saber de nada. ah.. ah.. ah..

Anônimo disse...

Tá muito solto, relaxaram, pensam que já ganharam o jogo antes do fim do segundo "mandato" tempo. E agora oposição? vão reagir ou estão no mesmo barco furado?!

Anônimo disse...

Não são voces que patrocinam as invasões, patrocinam as invasões e saquem com o dinheiro de quem trabalha e produz, é bom que sintam também o gostinho de ter algo seu INVADIDO, eu acho é pouco, nosso País esta descontrolado, que nem um carro em alta velocidade e na contra mão, "dirigido" por um bêbado.

Anônimo disse...

Serrão, parabéns pela lembrança da morte do “imortal' Waldick Soriano. Gosto musical a parte, o impagável “cachorrão” foi autêntico até o seu final. Viveu uma vida vivida, e foi mais um brasileiro a fazer sucesso por conta própria.
Sua estrela, que brilhou intensamente em programas de auditórios, tipo o do “velho guerreiro Chacrinha”, fazem falta no nossos finais de semana, dias em que o povão relaxa e recarrega as baterias para a dura realidade do dia-a-dia.
Vá com Deus Waldick, saibas que tu deixou saudades.

Sander disse...

Como se não bastasse mais nada, agora vem o novo chefe da Abin que já foi funcionário do Daniel Dantas em 2003... O governo bem que poderia ser mais sutil...

Anônimo disse...

O sr. da Silva treme e teme porque deve. Se não devesse estaria tranquilo. Ele tem que se cuidar pq anda falando muito, principalmente quando está "animado" por idéias 51.

Anônimo disse...

http://www.alibaba.com/sellinglead-free/100973083/GSM_Cell_Phone_Interception_Systems.html

Ai mais um modelo da tal maleta, custa em torno de 70 a $100 mil dólares (e não os $500 mil divulgados pela mídia), pode escutar até 16 canais GSM simultâneos fazendo gravações em tempo real direto para o HD, com varias maletas pode se fazer triangulação do sinal e descobrir a origem exata do mesmo. Essa tecnologia existe faz tempo, a criptografia do GSM (A5) foi quebrada em 1998 mas ainda é usada até hoje! A tal maleta é usada por diversas agências e investigadores privados mundo a fora, quem tiver grana pra comprar pode usa-lá do jeito que bem entender, estando na mesma estação radio-base qualquer conversa pode ser ouvida, de chefes de supremos tribunais federais a presidentes da república, ninguém escapa da maleta!

Esperança disse...

Doutrinação no site da CÂMARA DOS DEPUTADOS

É VER PRA CRER...

http://www.plenarinho.gov.br/

http://www.plenarinho.gov.br/noticias/reportagem-especial/comunismo-pelo-mundo

""Já pensou em viver num país onde todos tenham tudo de forma igual? Esse é o objetivo do comunismo, um sistema de organização política e econômica que surgiu como oposição ao capitalismo.""
(...)
No comunismo, o objetivo não é o lucro, e sim o bem-estar geral.
(...)
O comunismo acredita que nenhum homem deve servir a outro homem. Por isso, eles pregam o fim do estado. A sociedade funcionaria baseada na solidariedade e na igualdade, sem divisão entre ricos ou pobres. As pessoas seriam mais conscientes e não precisariam de alguém para dizer o que fazer.

Para chegar a essa condição, o comunismo deve passar primeiro por um estágio chamado socialismo, em que existe uma ditadura que irá organizar a distribuição dos bens, deixando todos nas mesmas condições. Depois, a ditadura deve se desfazer e, como vimos, a sociedade funcionaria sozinha.

(...)

A adaptação nem sempre é simples. Em alguns casos, como o de Cuba e da Coréia do Norte, há um embargo dos Estados Unidos, (...) Isso dificulta o acesso da população às novas tecnologias e a alguns bens.

(...)

Existem por aqui cinco partidos que se baseiam nas idéias comunistas: o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Comunista do Brasil (PcdoB), o Partido Popular Socialista (PPS), o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Esperança disse...

DOUTRINAÇÃO NO SITE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

É VER PRA CRER...

http://www.plenarinho.gov.br/
..
http://www.plenarinho.gov.br/noticias/reportagem-especial/comunismo-pelo-mundo
..
http://www.plenarinho.gov.br/noticias/reportagem-especial/capitalismo-um-sistema-racional
..
http://www.plenarinho.gov.br/noticias/reportagem-especial/china-o-maior-parlamento-do-mundo
..

""Já pensou em viver num país onde todos tenham tudo de forma igual? Esse é o objetivo do comunismo, um sistema de organização política e econômica que surgiu como oposição ao capitalismo.""

(...)
No comunismo, o objetivo não é o lucro, e sim o bem-estar geral.

(...)
O comunismo acredita que nenhum homem deve servir a outro homem. Por isso, eles pregam o fim do estado. A sociedade funcionaria baseada na solidariedade e na igualdade, sem divisão entre ricos ou pobres. As pessoas seriam mais conscientes e não precisariam de alguém para dizer o que fazer.

Para chegar a essa condição, o comunismo deve passar primeiro por um estágio chamado socialismo, em que existe uma ditadura que irá organizar a distribuição dos bens, deixando todos nas mesmas condições. Depois, a ditadura deve se desfazer e, como vimos, a sociedade funcionaria sozinha.

(...)
A adaptação nem sempre é simples. Em alguns casos, como o de Cuba e da Coréia do Norte, há um embargo dos Estados Unidos, (...) Isso dificulta o acesso da população às novas tecnologias e a alguns bens.

(...)
Existem por aqui cinco partidos que se baseiam nas idéias comunistas: o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Comunista do Brasil (PcdoB), o Partido Popular Socialista (PPS), o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB).
(...)

Anônimo disse...

Esse pessoal não tem vergonha na cara, querem desmoralizar os militares de todo jeito. Primeiro com tentativa de revisão de Lei de Anistia, agora com esse papo da ABIN e o Exército... é bom a Marinha e Aeronáutica ficarem espertas também, pois do jeito que as coisas andam no Brasil, poderão ser as próximas.

Anônimo disse...

É.. um dia a casa cai, poder demais na mão de um despreparado semi-analfabeto, nunca poderia imaginar que existe um serviço de contra-espionagem também, ou ele pensa que todo mundo é burro e ele o maioral, só porque chegou a presidência num país de tolos, será que não percebeu ainda que não passa de um inocente inútil, tá rico, mais continua sendo inútil.

Anônimo disse...

Últimas Notícias | :. .wwwfolhabv.com.br
04-09-2008 - 14h01

Funasa paga Secoya e diz que atendimento a índios não está paralisado

Da Redação




A Fundação Nacional de Saúde informou por meio de sua assessoria de imprensa, que ontem depositou quase R$ 4 milhões de reais na conta da ONG Secoya para pagamento dos funcionários terceirizados.

A Fundação informou que o atendimento de atendimento aos indígenas está funcionando normalmente.

Anônimo disse...

http://contasabertas.uol.com.br/noticias/detalhes_noticias.asp?auto=2371
Quem quiser pode conferir, os gastos da abin que subiram 44%. Confira os valores nesse endereço acima.. e o homem não sabe de nada....

Mario disse...

Perguntinha besta:

Se a ABIN não espiona, para quê existe?

Todos os governos do mundo tem sua agência de espionagem até porque é imprescindível. Daí...

"O único crime de um espião é ser descoberto." -- não lembro quem disse isso

A crise atual é a PROVA mais cristalina da inépcia do vagabundo cachaceiro.

Anônimo disse...

Acho estranho que estes aparelhos tenham sido usados até nas comunicações dos petralhas. Acredito que seja uma jogada deles, petralhas, para tentar desviar dos verdadeiros espionados e se fazerem de vitima. Essa corja são implacáveis em mentiras e tentar persuadir a "mundiça", povo, a acreditar na inocência deles e tentar procurar culpados abstratos para fugir dos verdadeiros culpados que são eles.

Anônimo disse...

Sinceramente, essas notícias de grampo... ninguém agüenta mais. Faço um apelo para que fiquem de olho na Reserva Raposa Serra do Sol e não deixem de falar sobre o caso, pois tenho a impressão que, as notícias e atenções estão sendo desviadas para fatos de menor importância.

Anônimo disse...

Foi-se o tempo que grampo era coisa de cabeça de mulher, hoje é tido como amedontrador de político corrupto, quem sabe se no meio dessa grampalhada toda não tenha muita sujeira sobre a raposa/serra do sol?! será que terão coragem de mostrar? Nos Estados Unidos caiu um presidente (Nixon) por causa de grampo, a igreja católiga esta pra falir de tanto pagar indenizações por causa de pedófilia, aqui no Brasil, é tudo ao contrário, os políticos e autoridades judiciais se unem contra o grampo e um adolecente que foi molestado por um padre até sua fase adulta, terminou na cadeia e o padre virou herói. Será nosso país, um país sério?!

Esperança disse...

Modificaram o site do Plenarinho

ALÉM DE MOLESTADORES DE CRIANÇAS, SÃO TAMBÉM DESAVERGONHADOS
http://veja.abril.uol.com.br/blogs/reinaldo/2008/09/alm-de-molestadores-de-crianas-so-tambm.html
Reinaldo de Azevedo

Sempre que encontro alguma pilantragem esquerdopata em algum site oficial, tomo o cuidado de gravar a página em PDF. E a razão é simples: quando essa gente é flagrada, corre lá o muda o que está escrito, tentando limpar a barra, e não avisa ninguém.

Abaixo, denuncio uma das muitas barbaridades contidas num tal “plenarinho”, a página infantil do site da Câmara dos Deputados.

E o que fizeram os desavergonhados? Mudaram o conteúdo sem qualquer aviso. Se algum deputado quiser, tenho aqui o arquivo em PDF do que estava lá. Vejam que interessante:

continua no link acima

Esperança disse...

Grampo legal
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0509200804.htm
Melchiades Filho

BRASÍLIA - Ainda que o futuro possa lhe reservar algum tipo de constrangimento, o governo só tem a comemorar com a escandalização do uso de escutas telefônicas.

Confira o que de concreto ocorreu desde o começo das denúncias de desrespeito às liberdades individuais e das reações indignadas:

1) Foi escanteado o delegado que pretendeu investigar os negócios de Daniel Dantas, as relações íntimas do empresário com o Planalto e o acordo de indenização que permitiu ao governo levar adiante a idéia de criar a supertele nacional.

2) A Polícia Federal repaginou a Operação Satiagraha. Fechou foco nos indícios de fraude financeira do Banco Opportunity e esqueceu outras ambições do inquérito original, como tráfico de influência e a fusão da Brasil Telecom com a Oi.

3) Dantas e seus principais assessores saíram da prisão. Não têm mais motivos para abrir a boca.

4) Lula conseguiu nomear o quinto conselheiro da Anatel para dar o voto de minerva em favor da BrOi.

5) Foi afastado o diretor que construiu a "PF republicana", aplaudida por não discriminar investigados -o que possibilitou que o irmão do presidente caísse num grampo pedindo "dois pau pra eu".

6) A pretexto de impedir exageros de arapongagem, a PF recebeu ordens para tratorar a corporação e centralizar a inteligência. A apuração do dossiê produzido na Casa Civil contra FHC foi abandonada.

7) Um ex-funcionário de Dantas assumiu o comando da Abin.

Resumo: o Planalto não só preservou a negociação (e os negociadores) da BrOi como diminuiu a possibilidade de voltar a ser incomodado por escutas telefônicas.

Judiciário, Legislativo e sociedade civil exigiram o direito à privacidade. Com a degola de Lacerda e Protógenes, Lula garantiu o dele.

Talvez esteja aí a explicação para a reação enérgica e rápida de um presidente que costuma defender os colegas pilhados em atos ilegais e recomendar paciência nas crises.

Anônimo disse...

Pergunto, por que nós cidadãos honestos não compramos uma maleta em comunidade, grampeamos essa máfia toda e liberamos as gravações na internet? Claro que vai vir alguém dizer que grampo ilegal é crime, mas crime por crime também é crime entregar terras brasileiras para ongs internacionais! É crime desviar milhões em dinheiro público atrávez de fundos que só servem para lavagem de dinheiro e liberar o chefe da quadrilha que fazia a lavagem! Crime é o filho do presidente ser milhonario enquanto o pai se vangloria por ser "humilde"! Crime é desinformar o povo com CPIs armadas para criminalizar os que combatem o crime e vitimar os criminosos! Crime é colocar ex-funcionario do dono da lavanderia para ser chefe da agência brasileira de inteligência! Então pergunto de um ponto de vista moral: É crime combater crime de maneira criminosa, sendo essa a única maneira?