sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Riqueza mundial se concentra há seis anos, enquanto o Brasil perde empresas e a classe média se endivida

Edição de Sexta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão


A crise econômica em vigor no atual globalitarismo não tem o menor efeito sobre quem tem muito dinheiro. A riqueza pessoal em todo o planeta, que hoje soma US$ 109,5 bilhões, cresceu 5%. A riqueza também está cada vez mais concentrada entre os mais ricos. Cerca de 1% dos lares detinham 35% da riqueza mundial no ano passado. Os cerca de 0,001% mais abastados - famílias que possuem pelo menos US$ 5 milhões em ativos - acumularam US$ 21 bilhões, ou um quinto da riqueza mundial. O informe sobre riqueza mundial, divulgado ontem pela Boston Consulting Group revela que o mundo continua criando novos milionários rapidamente.

O dinheiro concentrado e sobrando facilita mega-negócios. Não foi à toa que as fusões e aquisições de empresas no Brasil movimentaram US$ 62,3 bilhões até agosto deste ano. A economia brasileira, desde a privataria de FHC, se torna cada vez mais transnacional e dependente. A má gestão Lula colabora para o agravamento da colonização brasileira com a política econômica que mantém o real artificialmente valorizado. O esquema prejudica setores que lucram com a exportação, e barateia o valor patrimonial das empresas que acabam assimiladas pelo grande capital motel. Enquanto isso, a classe média brasileira, iludida pela dita-dura do crédito mole, se endivida cada vez mais.

A tendência mundial é de cada vez mais concentração de renda. Em 2007 se registrou o sexto ano consecutivo de expansão da riqueza. O número total de lares milionários cresceu 11%, totalizando US$ 10,7 milhões no ano passado. O maior salto em 2007 ocorreu em países emergentes da Ásia e América Latina. O crescimento mais rápido ocorreu nos lares das regiões em desenvolvimento, como China e os países do Golfo Pérsico, e entre famílias que já eram ricas.

A riqueza cresceu com maior força nos lares da Ásia e América Latina, com aumento de 14%. O crescimento foi impulsionado pela produção na Ásia e as matérias-primas na América Latina e Oriente Médio, assim como maior estabilidade política e do tipo de câmbio. O estudo mostra ainda que os bancos, corretores e administradores não têm outra opção a não ser expandir sua presença em regiões de rápido crescimento. Dubai e Cingapura estão se transformando em centro financeiro oferecendo, com toda competência, refúgios tradicionais, como a Suíça.

Mais entreguiismo

O Palácio do Planalto e o ministro da Defesa, Nelson Jobim, confirmaram ontem a decisão da União de passar a administração do Aeroporto Tom Jobim, atualmente feita pela Infraero, para uma empresa privada.

Embora os estudos sobre o assunto ainda estejam no início, o ministro antecipou que o governo exigirá dos futuros concessionários a realização de obras de recuperação dos dois aeroportos.

Há cerca de um mês, a Agência Nacional de Aviação Civil e o BNDES iniciaram um estudo para definir um modelo de concessão para aeroportos de todo o país, que agora poderá ter um direcionamento específico.

Quem pilota, na calada da noite, a privatização na Infraero é o ex-ministro e cada vez mais influente deputado federal Antônio Palocci Filho.

Os ingleses querem

Em missão oficial em Londres para atrair novos investimentos e empregos para o Rio de Janeiro, o governador Sérgio Cabral Filho comemorou a notícia.

A idéia de Cabral é que o aeroporto passe, primeiro, para a gestão estadual e, depois, seja privatizado.

Tudo indica que o bom negócio já foi bem finalizado com os investidores ingleses, ávidos por controlar tudo no Brasil.

Crise presente

A Bovespa, assim como a maioria das bolsas de valores do mundo, refletiu ontem a preocupação internacional com a crise, e já acumula quase 20% em perdas este ano.

Investidores e especuladores ficaram com a pulga atrás da orelha depois que o presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, advertiu ontem que a economia da zona do Euro está perdendo força, ao mesmo tempo em que a inflação segue elevada e com risco de subir ainda mais.

O Banco Central Europeu (BCE) e o Banco da Inglaterra (o banco central privado dos ingleses), decidiram manter suas taxas de juros inalteradas, argumentando que o controle da alta do custo de vida é mais importante agora.

Mais problemas

O clima negativo nas bolsas internacionais cresceu com a divulgação de indicadores do mercado de trabalho nos Estados Unidos.

Os números apontam aumento preocupante dos níveis de desemprego.

As declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, o BC americano) de Dallas, Richard Fisher, de que a expansão da economia será pífia, agravaram o nervosismo.

Milícia Judiciária

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, criticou ontem a existência de uma “milícia” formada grupos de juízes, procuradores e policiais federais que atuariam como uma espécie de "milícia", distorcendo o correto processo investigativo e legal no País.

Gilmar se referiu especificamente às Varas Judiciais que tratam de crimes de lavagem de dinheiro, onde a proximidade entre esses profissionais atrapalha o processo.

A reclamação de Gilmar aconteceu no encontro de ontem com integrantes da CPI do Grampo na Câmara dos Deputados.

Motivo da queixa

Num tom duro, o ministro reclamou que essa força-tarefa de juízes, integrantes do Ministério Público e policiais federais mistura as fases de instrução judicial, coleta e produção de provas, levando à autorização excessiva de escutas telefônicas.

Para ele, os juízes ficariam tão próximos da produção de provas que não teriam o distanciamento necessário do caso.

Na conversa, Gilmar Mendes reclamou também que esses grupos fazem pressão em juízes para eventuais decisões, criando um clima de terror.

Onde foi grampeado?

Gilmar revelou que o grampo em seu telefone ocorreu enquanto ele usava um celular dentro do carro, indo para o Palácio do Planalto.

O presidente do STF criticou a gestão de Paulo Lacerda à frente da Polícia Federal, cargo que ocupou antes de assumir a direção da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), de onde foi agora afastado.

Gilmar reclamou ter dito várias vezes a Lacerda que suspeitava estar sendo grampeado, mas "nenhuma providência foi tomada".

Velho grampeado...

Gilmar se indignou que estava sendo monitorado desde a Operação Navalha.

Tanto revelou que uma conversa sua com o procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, tornou-se pública minutos depois de acontecer.

Gilmar Mendes manifestou aos parlamentares desejo de ir ao Congresso falar sobre o grampo telefônico que flagrou uma conversa entre ele e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO).

Gilmar só lembrou que teria que consultar outros ministros do Supremo sobre a conveniência de fazer isso.

Jobim se queimando

O chefão Lula da Silva reclamou de sua contrariedade com o debate público entre o ministro da Defesa, o Genérico de quatro estrelas Nelson Jobim, e o chefe do Gabinete de Segurança Institucional, General Jorge Félix, sobre a polêmica aquisição, pela Abin, de equipamentos supostamente capazes de fazer escutas.

Lula já avisou que esse debate é negativo para o governo, porque explicita um racha num momento delicado.

Lula comentou que é preciso pôr fim ao debate público, para que a crise institucional não se agrave ainda mais.

Balançando também

No Planalto, a atuação de Jobim no episódio começou a ser questionada.

Lula avaliou que Jobim acertou ao pressionar por uma solução imediata diante da denúncia de que Gilmar Mendes foi grampeado.

Lula reconheceu isso no primeiro momento, mas agora sua avaliação é de que Jobim está esticando a corda e deveria assumir postura mais discreta.

Punindo o grampo

O governo quer punir com todo o rigor os servidores públicos que fizerem grampos ilegais.

Se condenado, o servidor ficará sujeito às penas de expulsão do serviço público, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa e proibição de fechar contratos com a administração pública.

O desgoverno quer penas de até quatro anos de prisão para quem interceptar conversas telefônicas sem autorização judicial.

A medida faz parte de um anteprojeto de lei para endurecer as regras contra escutas clandestinas enviado ontem ao chefão Lula pelo ministro da Justiça, Tarso Genro.

As mudanças ainda serão analisadas pela Casa Civil e precisam ser aprovadas no Congresso para entrar em vigor.

Fugindo da polêmica

Tarso advertiu ainda que o anteprojeto não prevê penas a jornalistas que divulgarem o conteúdo dos grampos.

Para ele, isso ameaçaria o direito constitucional da imprensa de proteger suas fontes:

A imprensa tem abrigo constitucional, o segredo de fonte. Nós temos que tratar daquele que comete a ilegalidade para obter informações. Aquele sim é responsável. A imprensa tem o direito de ter o segredo de sua fonte. E isso não pode ser tocado por lei e nem deve”.

Doutor Lula

O chefão Lula da Silva travestiu-se ontem de médico ao lançar o programa Saúde na Escola em um colégio estadual da capital pernambucana.

Lula deu conceitos sobre pressão arterial, dor de ouvido, problemas de visão, próstata e até mesmo câncer de mama.

Falando para cerca de 500 pessoas moradoras de um bairro da periferia chamado Imbiribeira, Lula começou dizendo que era preciso cuidar da pressão arterial e que o melhor remédio para isso era fazer exercícios.

Dirigindo-se ao ministro da Saúde, José Gomes Temporão, foi indelicado e irônico como de costume:

Minha pressão é menor que a sua, 11 por 7, e você não anda, não corre, não faz ginástica e fica dando conselho pra gente. Levanta o bumbum do sofá e faça algum exercício. Nunca tomei um remédio para pressão”.

Especialista em generalidades

Em seguida, doutor Lula comentou que a população mais pobre, quando tem dor de dente, recorre a paliativos. Recitou entre eles o uso de perfume, alho, álcool e cachaça.

Quem coloca cachaça no dente, sempre coloca um pouquinho a mais para tomar a sobra”.

Já na função de otorrinolaringologista, o presidente comentou que é comum quando se tem dor de ouvido recorrer a óleo quente, pano quente e até leite materno, numa prática que chamou de curandeirismo.

Usa-se inclusive leite de peito. Se a mãe não tiver mais, não deixe o marido ir pegar emprestado”.

Toque sobre o olho...

Como oftalmologista, Lula analisou que às vezes a criança que não enxerga bem é taxada de burra por professores e colegas.

Segundo Lula, agora que o programa foi lançado, o governo pretende distribuir óculos para os alunos.

Como já fez em outras situações, o presidente voltou a exortar os homens a fazerem o exame de próstata:

Se tem um bicho covarde é um homem. Seria bom um homem engravidar para saber quantos toques ele ia tomar”.

Megafusão

A Lojas Renner anunciou a aprovação da compra da Leader Participações S.A, que detém 100% do capital social da União de Lojas Leader S.A. e, indiretamente, 50% do capital social da Leader S.A. Administradora de Cartões de Crédito.

A operação, de R$ 670 milhões, resulta em um conglomerado com 154 lojas em todo o País, já com expansões previstas para 2008.

A base de cartões próprios reúne, no total, 17 milhões de clientes.

Nestlé detonada

A Nestlé Brasil Ltda. terá de pagar multa no valor de R$ 591.163,00 por maquiagem de produto.

O valor, fixado pela Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Justiça, foi confirmado pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, que negou o pedido de suspensão da cobrança.

A penalidade foi aplicada pela SDE em março deste ano, porque a Nestlé fez alterações quantitativas da Farinha Láctea, mas não comunicou as mudanças aos consumidores de maneira clara e objetiva.

Segundo a Secretaria, na informação sobre alteração quantitativa deve constar se houve mudanças, quais foram e a quantidade anterior do produto na embalagem.

Goleiro contra o Lula

Incomodado com algumas críticas do presidente Lula, o goleiro Júlio César desabafou hoje, antes do treino da seleção brasileira na Granja Comary, em Teresópolis:

"Fiquei chateado quando ele disse que o Messi perde a bola e corre para recuperá-la, enquanto a gente fica parado. Então vai morar na Argentina! Vira cidadão argentino, renuncia e vai morar lá. Talvez o Brasil melhore em alguma coisa. É muito fácil torcer quando o momento está bom. Antes de falar alguma coisa, a gente tem que pensar duas vezes. Ele não pensou e foi muito infeliz. Fiquei chateado por não termos apoio do presidente".

Em entrevista a jornalistas brasileiros e estrangeiros, Lula disse que o Brasil vive um momento de entressafra no futebol e reclamou ao afirmar que Messi corre para recuperar uma bola perdida, enquanto os jogadores da seleção perdem a bola e cruzam os braços.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

10 comentários:

Anônimo disse...

O líder do governo na Câmara, gaucho petista Henrique Fontana informou que nos próximos dias o Planalto vai publicar mais um Decreto (padrão Foro de São Paulo) determinando a presença de um agente da Abin em cada ministério. O Deputado disse que: "É para unificar informações estratégicas para o País".
Acredite se for ingênuo! Vão apenas economizar os grampos. Cada ministro com sua sombra prá não sair da linha.
A oposição já começou a fingir contrariedade, gritando que o governo está criando um "estado policialesco".
Quem está com os olhos abertos, sabe que o estado policialesco do crime organizado já domina tudo!

Anônimo disse...

Se os ingleses estão ávidos para controlar tudo, acho muito bom.

O Galeão é um antro de criminosos e as instalações de aeroporto são uma vergonha para uma cidade que deveria primar pelo turismo.

Se vc já visitou algum aeroporto privatizado na europa deveria saber - funciona muito bem, com limpeza, segurança e eficiência.

Tem mais é que privatizar tudo, com um tipo como Lula no governo, só a privatização nos salva da incompetência.

Anônimo disse...

O Brasil definitivamente NÃO merece o médico-charlatão-presidente que tem.

Quanto à privatização dos aeroportos que sejam benvindas.

Mas, quando é mesmo que o PT vai fazer panelaço de protesto contra a privatização, hein ?????

Anônimo disse...

Olá Serrão. Fiquei bem satisfeito de ter um Presidente enciclopédia ambulante (ele já se definiu como metamorfose também)...
Como você diz sempre, Avant!!!
Eu fico pensativo: mas, avançar para onde???
O mundo está virando uma grande massaroca, um amontoado de coisas sem pé nem cabeça.
- Sei que o goleiro Júlio César está melindrado em seus brios. Mas que brios são esses???
Eu acordo cedo, enfrento engarrafamento, disputo com alguém o meu dia inteiro, e no final quero ver alguém lutando para vencer na nossa seleção, feito como eu luto pela vida...
Em vez do Júlio César pedir para o presidente mudar, eu sugiro algo que considero bem melhor e mais simples: que só joguem na Seleção Brasileira o que se prestarem a defender a camisa canarinho de graça...
Daí, com esta questão em voga, veremos realmente quem é ou não jogador de valor, porque jogar o que eles jogam na seleção, receberem a baba que recebem, e ainda não quererem ser criticado, é de ficar revoltado e pedir para que me retirem todos os tubos...risos.
Eu te perdôo Júlio César, pois ter ombridade hoje em dia, é coisa cada vez mais rara!!!
Abraços Serrão.

Esperança disse...

Lula manda vender os aeroportos do Galeão e Viracopos

O presidente Lula decidiu deflagrar a privatização da área sob gestão da estatal Infraero.

A ordem é começar o processo pela venda dos aeroportos internacionais do Galeão, no Rio de Janeiro, e de Viracopos, em São Paulo. A presidente da Agência Nacional de Aviação Civil, Solange Vieira, até já conta com a assistência de uma consultoria privada paga pelo BNDES para formatar o modelo e elaborar o edital. A privatização do aeroporto do Galeão atende a um pedido do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o de Campinas atende a empresários do setor logístico. A Infraero investe no momento R$ 216,6 milhões na reforma e modernização do Galeão e R$ 40 milhões em Viracopos. Esse dinheiro será presenteado aos compradores dos aeroportos.
Videversus 03/09/08

Anônimo disse...

Sobre a concentração de renda. Por esses dias passou uma reportagem na mídia sobre a possilibidade do homem viver mais algumas dezenas de anos. Aí eu pergunto por que disso? Imaginem os avarentos, bilionários, concentradores de renda, serem agraciados com mais 30 anos de vida, com a grande chance de acumularem ainda mais o seus patrimônios. Todo mundo sabe que a ganância humanóide não tem limites. Penso que está faltando um resgate aos valores simples da vida, às coisas básicas da vida e talvez conseguiremos alcançar isso com uma grande guerra(nuclear), envolvendo a maioria dos países e resultando em bilhões de mortes.

Alerta Total de Jorge Serrão disse...

Pode ter certeza. Se a hecatombe interessar à Oligarquia Financeira Transnacional, ela acontece.

Anônimo disse...

Concordo em gênero, número e grau, com o goleiro Júlio Cesar, quando manda o Lulão morar na Argentina e virar cidadão Argentino, só assim o Brasil melhore em alguma coisa só se esqueceu o Julio Cesar de perguntar se os argentinos querem essa droga por lá.
Agora Júlio Cesar o problema da seleção é o mesmo do país, precisamos trocar os comandantes, só isso, e aproveita e pergunta aos argentinos se eles não querem também o primeiro escalão do governo e do PT. Faz esse favor pra gente.

Késia disse...

Realmente, cada dia que passa fico pensando se ainda chegará o dia em que não haverá mais corrupção nos três poderes. Acho que quando esse dia chegar o mundo acaba. Por quê? Porque a corrupção está intrínseca no homem. Quer conhecer de fato uma pessoa? Dê poder a ela.

Os problemas dos parlamentares no Brasil são muitos:

* Regalias legais que fazem o poder subir à cabeça.
* O auxílio financeiro dado pelo governo aumenta a sede por mais dinheiro.
* O mundo do "eu" fala mais alto quando passam de pessoas simples a "estrelas" fazendo com que se esqueçam dos reais propósitos a que se elegeram.
* As brechas legais impedem que maus políticos sejam presos e cassados.

Ou seja, o cíclo continua. Os atuais se reelegem, ficam no poder por 4 anos, saem para entrar outro no seu lugar com as mesmas boas intenções e que no final, acaba disvirtuando.

No fim de tudo isso, para ser mais ampla e não pôr a culpa toda na conta dos congressistas, já que muitos deles vieram de onde estamos agora, o que falta mesmo tanto no Brasil quanto no mundo são os valores morais, as virtudes, a vergonha na cara, a hombridade de assumir o que deu errado... São coisas raras hoje em dia.

Portanto, em um best-seller está escrito "Guardas o que tens para que não seja roubada a tua coroa". Guarde a todo custo sua honestidade, sinceridade, seus valores.

Anônimo disse...

Me parece que ficarmos esperando pelo (Des)Governo para que o Brasil vá para frente, está cada vez mais difícil. Os cidadãos de bem precisam fazer a sua parte para o crescimentento da Nação, trabalho voluntário já seria um bom começo... um povo bem esclarecido, voto consciente!