terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Caso Battisti pode gerar conflito entre Lula e o STF, na véspera do julgamento que vai salvar Antonio Palocci

Edição de Terça-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão


O Supremo Tribunal federal tem tudo para rever a decisão do desgoverno petista que concedeu asilo político a Cesare Battisti – um terrorista e criminoso comum italiano (acusado de quatro homicídios que objetivamente cometeu) que se veste a pele de escritor para iludir radicalóides ideológicos desinformados ou mal intencionados. Três ministros do STF, com fama de formadores de opinião, já comentam abertamente, nos bastidores, que vão votar pela manutenção da prisão de Battisti e por sua autorização de deportação para a Itália, assim que o caso for apreciado na corte suprema, em fevereiro.

Se o STF restabelecer a verdade dos fatos e impuser Justiça objetiva ao terrorista italiano do PAC (Proletários Armados pelo Comunismo), o chefão Lula da Silva ficará na maior saia justa. Por lógica, deveria respeitar a eventual decisão do STF e rever o asilo concedido pelo ministro da Justiça Tarso Genro. Acontece que Lula, alegando novamente seu “poder soberano de estadista”, pode, sim, ratificar o estatuto do refugiado a Battisti. Assim, de graça, o chefão cria um desgaste político com o STF. Na véspera do julgamento de salvação de Antônio Palocci – tão desejado pelo desgoverno -, tal briga pode não ser boa para Lula.

Os ministros do STF devem se sensibilizar pelas informações do procurador da República de Milão, Armando Spataro. Atual coordenador do Departamento contra o Terrorismo, o promotor italiano não consegue entender como um assassino puro como Battisti pode ter recebido o refúgio no Brasil. Spataro contesta a versão romântica de que Battisti seja um extremista de esquerda perseguido por seus ideais políticos.

O procurador italiano assegura que Battisti é um criminoso comum que praticava roubos com o fim de lucro pessoal. Armando Spataro historia, baseado em fatos reais e versões objetivas, que Battisti se politizou na própria prisão, logo se filiando a uma organização terrorista que praticou lesões corporais e homicídios. Battisti foi preso em 1979, portando revólveres, fuzis e documentos falsos. Mas fugiu da prisão em 1981, graças a sua parceria com o crime organizado e o terror.

O procurador Armando Spataro assegura que Cesare Battisti não foi condenado à prisão perpétua gratuitamente. Ele cometeu pelo menos quatro homicídios. Em dois casos foi ele mesmo o próprio atirador-algoz das vítimas: o Marechal Santoro, morto em Udine, em 6 de junho de 1978, e o policial Campagna, em Milão, em 19 de abril de 1979. Battisti também deu cobertura aos assassinos do açougueiro L Sabbatin, morto em Mestre, em 16 de fevereiro de 1979. E colaborou na organização do assassinato do joalheiro P. Torregiani, em Milão, também em 16 de fevereiro de 1979.

Foi o marginal com essa folha corrida (um currículo de terror e banditismo) que Lula e seu ministro da Justiça decidiram deixar no Brasil, e que pode ganhar liberdade, caso o STF vote, novamente, alinhado com o governo e não com os fatos históricos e criminais objetivos expostos pelas autoridades italianas. Mas tudo indica que o STF deve barrar a decisão presidencial de asilar um criminoso. Resta saber se Lula terá o bom senso de reconhecer que errou.

Jura?

Pela primeira vez em sua história, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) não convidou o governo Lula para participar de suas celebrações.

O 13º Encontro Nacional do MST é no Rio Grande do Sul.
João Paulo Rodrigues, da liderança nacional do MST, meteu o pau no chefão, para justificar o desconvite:

O presidente Lula diz por aí que ele é um aliado dos sem-terra. E também que é aliado dos latifundiários e do agronegócio. Então ele não é amigo de ninguém, ele é amigo dele mesmo. Ele não é nosso inimigo, mas também não é nosso amigo. Nós não convidamos o governo Lula para nossa festa porque vamos evitar constrangimentos”.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Janeiro de 2009.

8 comentários:

Anônimo disse...

Quem diria !!! Até tu, MST ?? E *lula nem poderá dizer que é intriga da oposição..

Domaneschi disse...

Serrão,
a marolinha vem por todos os lados,
está começando a ficar interessante,
aguardemos os próximos lances,

e afinal , o apedeuta não foi convidado para a posse?

Anônimo disse...

O Apedeuta traiu a direita e a esquerda. Usa de sua falta de leitura para impor um certo modo intuitivo de se destacar nacional e internacionalmente, mas o tamanho da sua pança denota que aliança ele só tem com seu umbigo. Na verdade, ninguém consegue desmascarar seu discurso rastejante, mas consegue desprezá-lo do fundo da alma. Com a sua dcisão no caso do italiano assassino, além de sermos ridicularizados, amargaremos por muitos anos ser a perifieria do mundo civilizado.
Como não temos Oposição, nossa voz fica sem canal.
Parabéns, Jorge Serrão, vi a indicação do seu blog para a comenda do Blog Destemido. Acho que vocês são o canal de que falei acima.

Anônimo disse...

Pois é. É como dizia Salomão. Tudo tem o seu devido tempo. Agora é tempo de ser contra. Agora a Oligarquia diz aquela velha frase (...) NON DUCO DUCOR. Não sou muito bom nisso, mas seria mais ou menos assim. A Oligarquia diria NÃO SOU CONDUZIDA EU CONDUZO.
A idéia é ser afinar a politica do Estado pelo diapasão dos dominadores.

Anônimo disse...

Pois é. É como dizia Salomão. Tudo tem o seu devido tempo. Agora é tempo de ser contra. Agora a Oligarquia diz aquela velha frase (...) NON DUCO DUCOR. Não sou muito bom nisso, mas seria mais ou menos assim. A Oligarquia diria NÃO SOU CONDUZIDA EU CONDUZO.
A idéia é ser afinar a politica do Estado pelo diapasão dos dominadores.

Anônimo disse...

LULLA NÃO TRAIU O MST!!

QUE NADA...ESSA "ESTORINHA" DE QUE O LULLA E O MST ESTÃO BRIGADOS É TUDO TEATRINHO....LULLA APOIA O MST DESDE QUE ASSUMIU. O "GOVERNO" JÁ MANDOU MAIS DE 50 MILHÕES AO MST DESDE QUE ASSUMIU. AGORA...SE OS DIRIGENTES DESVIARAM ESSA GRANA PARA FARRAS E ORGIAS, O LULLA NÃO TEM CULPA NENHUMA....

Adonias Mangueira Fernandes
São Paulo

Anônimo disse...

Em jogo de ratos, quem roe o rabo de quem?

Anônimo disse...

Pois sim! O MST não convida o LuLu para não queimá-lo mais. E a força armada e as crianças educadas em escolas de guerrilha? Não é só MST, tem também MSLT, Via Campesina e outras várias denominações espalhadas em todo o território nacional. Atuam como atuavam os terroristas no século passado. Objetivam o mesmo que está inscrito nos estatutos do PT e do Foro São Paulo.
O barrigudo LuLu é apenas um boneco nas mãos dos grandes controladores internacionais e com o poder que o cargo lhe confere, continua distribuindo empregos, verbas e esmolas para todos os companheiros.