quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Verdade, Honra, Vergonha

Edição de Artigos de Quinta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Maria Lucia Barbosa

Nosso relativismo moral vem de longe. É obra cumulativa de séculos. A acachapante aprovação nacional de Lula da Silva, sem contar com sua eleição e reeleição, demonstra que já chegamos aos píncaros das conseqüências históricas com requintes de caos. E diante do que se passa na atualidade, lembremos de Gregório de Matos e Guerra (1636-1696) advogado e poeta, alcunhado Boca do Inferno ou Boca de Brasa. Em Epílogos, ele retrata a paisagem moral de Salvador, Bahia, nossa capital na época colonial. Mudando a palavra cidade para país, teremos a paisagem moral atual em alguns dos versos do poeta:

“Que falta neste pais? Verdade.
Que mais por sua desonra? Honra.
Falta mais que se lhe ponha? Vergonha”.

“O demo a viver se exponha,
Por mais que a fama o exalte,
Num país onde falta
Verdade, honra, vergonha”.

Nunca nos faltou tanto verdade, honra, vergonha. Convivemos alegremente com “mensaleiros”, sanguessugas, transportadores de dólares em cuecas e até os reelegemos. Somos antiamericanistas doentes, mas volta e meia vamos aos Estados Unidos para fazer turismo, comprar, estudar, trabalhar, cuidar da saúde, além dos milhões de brasileiros que partem em busca da América, América e lá permanecem clandestinos, mas ganhando o que jamais ganhariam aqui. Odiamos os judeus porque preferimos o Hamas dos Palestinos.

Como bons latino-americanos somos de esquerda e por isso idolatramos Fidel Castro, não importando ser ele um ditador implacável que nunca respeitou os direitos humanos. Se Lula da Silva, o grande pai de seu povo, põe o Brasil de joelhos diante de Hugo Chávez, Evo Morales, Rafael Correa, Fernando Lugo, Cristina Kirchner, nos inclinamos também perante as lideranças populistas que infestam a América Latina sempre imersa em sua mentalidade do atraso, em suas mazelas, em seus fracassos.

A corrupção faz parte de nossa história e aprovamos governos corruptos ao dizer que se estivéssemos lá faríamos as mesmas coisas. Afinal, somos espertos, malandros e nossa satisfação em passar os outros para trás não tem limites. Indiferentes ou ignorando o que ocorre no Congresso Nacional ou no âmbito da Justiça seguimos cantando o samba de Zeca Pagodinho que nosso presidente da República tanto aprecia: “Deixa a vida me levar”.

Futebol, carnaval e Big Brother são nosso alimento espiritual. Acreditamos que o MST é um movimento social pacífico que não esbulha proprietários rurais destruindo maquinário, roubando gado, pilhando, queimando sedes de fazendas. Do mesmo modo admiramos as sanguinárias Farcs, idealizadas como heróicas e defensoras do povo colombiano.

No momento dois fatos empolgam os noticiários. O primeiro diz respeito ao caso do terrorista Cesare Battisti, que a Itália quer de volta, mas que já foi perdoado por nosso ministro da Justiça com o acordo de Lula da Silva. Não devolveremos Battisti de jeito nenhum, o criminoso é nosso. Também estamos de braços abertos para receber os terroristas de Guantánamo.

Aplausos para a Justiça brasileira, pois aqui o crime compensa. Do jeito que a coisa vai, pode ser que Lula da Silva crie o Ministério do Terrorismo e convide Osama Bin Laden para ministro. Seria mais uma vez delirantemente aplaudido pelo povo e seu prestígio subiria como atestado em pesquisa.

O segundo fato é relativo ao Fórum Social Mundial, que ocorre em Belém do Pará. O governo investiu milhões na festividade, inclusive, em camisinhas. Tudo pago com o dinheiro do contribuinte, ou seja, estamos financiando a esbórnia que atrai pessoas de todo o Brasil e do exterior. Presentes ao festival estarão Lula da Silva, ministros, assessores, figuras como João Pedro Stédile, além dos caudilhos Hugo Chávez, Evo Morales, Rafael Correa. Fernando Lugo, que fazem Lula sonhar com outro mandato possível. Lula não irá ao Fórum Econômico Mundial em Davos. Ficará em Belém dançando o Carimbó.

Aliás, não faltarão ao carnavalesco evento, além das camisinhas, muita cachaça e folia. Naturalmente, os participantes se posicionarão contra o capitalismo que os sustenta, contra a liberdade que permite a festividade, contra a riqueza que almejam para si. Dizem que no globalizado Fórum será dada oportunidade aos participantes, se os eflúvios etílicos permitirem, de perceberem que os problemas que assolam o mundo derivam da competição pelo poder e do acúmulo de bens materiais.

Ou seja, tudo que eles mesmos fazem ou almejam. Em suas utopias delirantes as esquerdas clamarão pela volta do socialismo, nem que seja o do século XXI. E enquanto a crise avança sobre o planeta, em Belém do Pará se dançará o Carimbó, pois o tal outro mundo possível nunca foi definido nesses fóruns onde acontece de tudo, menos idéias.

Sem dúvida, esse "Fórum Socialista" faz recordar as proféticas palavras de Ortega y Gasset em A Rebelião das Massas: “A vida toda se contrairá. A atual abundância de possibilidades se converterá em efetiva míngua, escassez, em impotência angustiante, em verdadeira decadência. Porque a rebelião das massas é a mesma coisa que Rathenau chamava de ‘a invasão vertical dos bárbaros”.

No Brasil essa invasão começou faz tempo, mas diante dela nos quedamos indiferentes porque nos falta verdade, honra e vergonha ou, talvez, porque sejamos nós os bárbaros.

Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga.

12 comentários:

Anônimo disse...

Maria Lucia

Impecável seu texto! Traduz meus sentimentos diante desse caos que vivemos no Brasil. Inversão dos valores éticos e morais, tudo se tornando um esgoto, sem volta.
Imprensa escrita e falada dando apoio sem contestação ao lixo demagógico desse governo asqueroso.
Minha indignação é latente.
Até quando?
Fico imaginando quanto tempo precisaremos para colocar esse país em ordem depois desse governo, se é que nos livraremos dele.
Até quando?

Maria Cristina SP

Anônimo disse...

Maria Lucia,

Muito obrigado. Seu texto esta uma beleza. É isso mesmo. O povo que apoia a ideia do "comunismo", parece que nunca ouviu falar que na engenharia politica destes defensores da ideia, a historia mostra que implantação do regime necessita que sejam eliminados cerca de 10% da população. Atualmente isto é feito em forma de DESEMPREGO.

Anônimo disse...

A religião atrasa tudo: Atrasa a ciência, atrasa a evolução natural para que se tenha um desenvolvimento geral do ser humano como um todo, principalmente o desenvolvimento mental. Em um país dominado por religiões e por grupos políticos oligárquicos, onde o poder compra dos diretores de sindicatos a mais alta corte de justiça, não podemos esperar muita coisa, a não ser isso mesmo, a fomentação da miséria e da divisão de classes sociais e raciais para mais fácil dominar. Quem sabe se o parlamentarismo não resolveria.

Anônimo disse...

Belo texto D. Maria Lucia. Me reporta ao tempo em que a cultura, o saber, eram apreciados como alimento espiritual. Uma cultura bem diferente desta coisa ideologizada que invadiu lares, igrejas, escolas invibializando a honra, a vergonha... os comportamentos civilizados.

Anônimo disse...

Maria Lucia,

Parabéns por mais esse texto maravilhoso e contundente. Estamos com tudo isso atravessado na garganta e nos sufocando o coração. E, além de tudo, estamos numa enrascada, presos nessa armadilha infame que nos avilta. Até quando ? Será que entramos num caminho sem volta ? Será que teremos que nos conformar ? A quem recorrer a não ser a nós mesmos !!

Anônimo disse...

Sem dúvida o texto está um primor.
Vejo que a solução aparente é dar um basta ao governo que desde janeiro/2002 não tem feito outra coisa senão nutrir, com generosas somas de dinheiro público, o banditismo, a violência urbana, o terrorismo, a anarquia, a corrupção generalizada pelos quatro canto do País, enfim, ou então fazer-se de cegos e mergulhar na total desintegração do País.

Anônimo disse...

Sempre é bom relembrar: o grande Lima Barreto, nos anos 20, século passado, lacrou a caixa de nossa iniquidade ao proclamar que "o Brasil não tem Povo; tem público".
Até quando seremos isto?

Anônimo disse...

Um texto de lavar a alma! Obrigada!

Anônimo disse...

"A religião atrasa tudo: Atrasa a ciência, atrasa a evolução natural para que se tenha um desenvolvimento geral do ser humano como um todo, principalmente o desenvolvimento mental. Em um país dominado por religiões e por grupos políticos oligárquicos, onde o poder compra dos diretores de sindicatos a mais alta corte de justiça, não podemos esperar muita coisa, a não ser isso mesmo, a fomentação da miséria e da divisão de classes sociais e raciais para mais fácil dominar. Quem sabe se o parlamentarismo não resolveria."

Você não pode culpar as religiões, por causa de alguns que fazem o mal usando ela de fachada. Isso é coisa da Teologia da Libertação, CNBB e outras que estão infiltradas com o intuito de fazer o mal.

Anônimo disse...

ASSINE AQUI - APOIO à ITÁLIA NO CASO BATTISTI

Por favor,

Assinem a carta de apoio à Itália, repudiando a decisão de Tarso Genro.
O texto foi concebido na comunidade Fora Lula. Vamos nos mobilizar para mostrar ao mundo que este governo não nos representa.

http://www.petitiononline.com/FL0001FL/petition.html

Divulguem.

Anônimo disse...

ASSINE AQUI - APOIO à ITÁLIA NO CASO BATTISTI

Por favor,

Assinem a carta de apoio à Itália, repudiando a decisão de Tarso Genro.
O texto foi concebido na comunidade Fora Lula. Vamos nos mobilizar para mostrar ao mundo que este governo não nos representa.

http://www.petitiononline.com/FL0001FL/petition.html

Divulguem.

Anônimo disse...

Serrão,

Pouco tempo atrás enviei os links para aquele filminho(The Soviet Story), lá no "Foicetube" deletaram praticamente todos os que estavam com legendas em português, vi gente dizendo que foi o governo russo que deletou, outros dizendo que foi a produtora do filme... mas não acredito que seja nada disso, pois só deletaram os legendados em português no "Foicetube". Acredito que aquele link(Google Vide) que você colocou, ainda deve estar no ar.
Aproveito a oportunidade, para te enviar um site que não tem perigo de censurarem... que é o site do "Movimento Endireitar".

http://www.endireitar.org/site/artigos/56-the-soviet-story/252-the-soviet-story-a-historia-sovietica-pt-br

E aproveito também, para te enviar essa excelente palestra do Yuri Bezmenov(Tomas Schuman).

Palestra Tomas Schuman(Yuri Bezmenov) L.A 1983 PT-BR

http://endireitar.org/site/component/docman/doc_download/23-palestra-tomas-schumanyuri-bezmenov-la-1983-pt-br

Yuri Bezmenov, ou Tomas Schuman, desertor soviético da KGB, detalha seu esquema para o processo da KGB de subversão e dominação de sociedades-alvo em uma palestra em Los Angeles, 1983.

Ao ver essa palestra, entendo porque o Brasil está essa zona.


ARAGORN