sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

The Economist critica Lula por indulgência com MST, líder de ONGs invasoras que embolsam milhões do governo

Edição de Sexta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

O chefão Lula volta hoje a levar outro puxão de orelhas da revista britânica The Economist – uma das principais porta-vozes da Oligarquia Financeira Transnacional que controla o globalitarismo. Reportagem publicada hoje critica que o governo do presidente Lula tem "uma atitude indulgente com violações de direitos de propriedade por parte do movimento sem-terra em outros pontos do país, o que o torna um guardião improvável desses direitos agora".

Desde 2002, o desgoverno federal repassou R$ 49,4 milhões para movimentos sociais que invadem terras. O envio de dinheiro ignorou solenemente a legislação que proíbe, desde 2001, o repasse de verbas públicas a entidades que comandam ocupações de propriedades. Os recursos beneficiaram, principalmente, entidades ligadas ao Movimento dos Sem Terra (MST) e ao Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST).

Os repasses supostamente ilegais começaram em 2002, ainda no governo Fernando Henrique, quando duas entidades ligadas ao MST receberam R$ 2,1 milhões. Em 2003, já no governo Lula, o repasse para essas associações subiu para R$ 7,5 milhões. No ano seguinte, chegou a R$ 14 milhões, a maior cifra até 2008. Os números são denunciados pela ONG Contas Abertas. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, ligadíssimo ao MST, não dá qualquer explicação sobre os repasses ilegais.

De 2002 a novembro de 2008, foram registradas 1.667 invasões de terra no Brasil, e o MST foi o que mais invadiu. Desde setembro de 2004, quando a Ouvidoria Agrária Nacional passou a identificar as entidades responsáveis pelas invasões, foram registradas 711 ocupações do MST. O movimento social terrorista respondeu por 66% de todas as ocupações no período.

O Globo de hoje informa que o MST aparece com destaque entre os mais de 70 movimentos que invadem fazendas no país, e está sempre no topo da lista das invasões. Em 2007, a participação do movimento nessas ações atingiu, proporcionalmente, seu ápice: o MST foi o responsável por 217 (72,8%) das 298 invasões registradas no País naquele ano. Em 2008, o MST foi o responsável por 132 (57,3%) das 230 ocupações entre janeiro a novembro. Em 2006, o índice foi de 66,5% (171 ações).

Pau dos ingleses

A revista britânica The Economist prevê em sua edição saída hoje que a medida provisória que regulariza a posse de terras na Amazônia Legal, assinada pelo chefão Lula no início deste mês, deve sofrer dificuldades para ser implementada.

Citando os resultados "escassos" dos planos anteriores do governo brasileiro para interromper a destruição da Floresta Amazônica, a revista podera que a MP 458 tem alguns pontos positivos e, "em princípio", funcionamento simples, apesar do ceticismo "justificado" em relação a ela.

"Desta vez, o governo federal parece ter reconhecido a importância de trabalhar com, e não contra, os governos estaduais. (...) Espera-se que (a MP) estimule os posseiros a ficarem e desenvolverem as terras, no lugar de abandoná-las para procurar outro pedaço de floresta virgem".

Novo fracasso?

The Economist adverte que existe um risco de que a facilitação no acesso a títulos de propriedade possa "de alguma forma, estimular a demanda (por terras) na floresta virgem, no lugar de extingui-la".

A reportagem destaca que iniciativas parecidas fracassaram no passado.
Entre os motivos para os insucessos anteriores estariam as desavenças entre o governo federal, o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e os Estados, além da "confusa" legislação sobre as terras da região.

A revista lembra que a nova legislação, publicada no último dia 11 de fevereiro no Diário Oficial da União, desburocratiza a regularização fundiária na região e facilita o acesso a títulos de propriedade de terra permanentes a posseiros.

O governo prevê que, no prazo de três anos, 80% dos terrenos estejam regularizados.

Reportagem precursora

A matéria da The Economist é apenas um recadinho ao Brasil, antes da viagem “ecológica” do Príncipe Charles a América Latina, neste mês de março.

O herdeiro do trono britânico, e a mulher dele, Camilla Parker Bowles, estarão no Brasil nos próximos dias 11 a 15 de março para falar sobre mudanças climáticas.

O Embaixador do Reino Unido no Brasil, Alan Charlton, já destacou que o assunto é uma alta prioridade para o governo britânico e de interesse pessoal do príncipe "há várias décadas”.

Encontros marcados

O casal passará por Brasília, Rio, Manaus e Santarém durante a estada no Brasil.

Vai se encontrar com líderes empresariais brasileiros e britânicos "para aproveitar a experiência da comunidade de negócios no combate à mudança climática".

Dá para prever que grandes negócios serão mesmo alinhavados...

Filme queimado

Para cruzar o Atlântico, o casal real e sua comitiva de apenas 14 pessoas voarão a bordo de um Airbus A319 (onde cabem 134 passageiros em um vôo comercial normal).

A aeronave tem suítes e salas VIPs, poltronas de couro e mordomias para nenhum bilionário botar defeito.

Uma organização britânica criada para ajudar empresas a diminuir a destruição ecológica, a Carbon Manager denuncia que o saldo final da viagem de Charles e sua turma será de 26 mil quilômetros percorridos, ao custo de 300 mil libras e 327 toneladas de CO2.

Charles, que vende a imagem de defensor do meio ambiente, sai com o filme queimado depois dessa viagem...

Quilombo espacial

O ministro da Igualdade Racial, Edson Santos, viaja nos próximos dias para Alcântara, no Maranhão.

Promete tranquilizar os quilombolas da região, preocupados com a reação do Ministério da Defesa contra a demarcação das terras que reivindicam.

Santos vai dizer que não precisam temer, porque o governo federal demarcará a terra da forma como eles querem.

O desejo...

Os 'ingênuos" quilombolas reivindicam a área onde está localizada a Base Espacial de Alcântara.

Nem mais pra cá, nem mais pra lá: eles querem o exato local onde estão as construções onde os militares investiram um caminhão de grana.

A confusão com os quilombolas atrapalha o projeto de uso da base em um acordo firmado com a Ucrânia para lançamentos de foguetes – negócio que teve o apoio do advogado, consultor de empresas e blogueiro José Dirceu de Oliveira e Silva.

Crise de guerra

Os Estados Unidos só vão gastar US$ 140 bilhões no Iraque e no Afeganistão.

O orçamento econômico, que foi duramente cortado pela conjuntura de crise, será divulgado pelo pacifista Barack Obama hoje ou amanhã.

Arlindo Montenegro, nosso fiel escudeiro para analisar assuntos aleatórios fundamentais, avalia que, com este orçamente curto, os soldados de Tio Sam vão passar a pão e água.

Daqui a pouco, os norte-americanos serão obrigados a fazer treinamento com as Forças Armadas brasileiras, que já sobrevivem abaixo do nível de pão e água há muito tempo, graças ao descaso de desgovernos revanchistas, em nada preocupados com a defesa do Brasil.

O silêncio dos inocentes

O ministro Arnaldo Versiani, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), notificou ontem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, para apresentarem, em até 48 horas, as defesas na representação ajuizada contra eles no tribunal.

Como a assessoria do TSE adverte que tal defesa é opcional, tudo indica que Lula e Mãe do PACo deixarão o assunto morrer.

Até porque ambos já negaram o uso eleitoreiro do evento que reuniu 4 mil prefeitos, em Brasília, nos dias 10 e 11 de fevereiro.

DEM e PSDB entraram com uma representação no TSE pedindo a a aplicação de multa de R$ 53.200 ao presidente Lula, como "artífice da conduta", e à ministra Dilma Rousseff, como beneficiária.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Fevereiro de 2009.

14 comentários:

Anônimo disse...

Ô minha gente! O emessitê integra o Foro de São Paulo. O emessitê se relaciona com as farc da colômbia. O emessitê ensina criancinhas, com verbas do Ministério da Educação e curriculo escolar proprio, diferenciado, voltado exclusivamente para formar adoradores de Guevara.
O emessitê recebe doações pecuniárias de ongs estrangeiras.
O emessitê é o braço armado do PT.
O emessitê não quer reforma agrária, quer revolução armada.
O emessitê lidera todas as outras agremiações de sem terra. Fingem ser concorrentes para obter mais grana dos cofres públicos e estrangeiros.
É ingênuo quem reverencia os liderados deste mal encarado (prá não dizer descarado) Stédile.
É ingênuo pensar que isto é um movimento de pobres. É sim um movimento de exploração política dos pobres, exploração da angustia e do sofrimento. Exploração da ignorância e do desespero.
Lugar comum de toda ação organizacional do comunismo no mundo inteiro.
LuLu sabe disso.

Anônimo disse...

Se as pessoas são boas só por temerem o castigo e almejarem uma recompensa, então realmente somos um grupo muito desprezível.

Toda a nossa ciência, comparada com a realidade, é primitiva e infantil – e, no entanto, é a coisa mais preciosa que temos.

Albert Einstein

Anônimo disse...

Não consigo acreditar que o mesmo deus que nos deu inteligência, razão e bom senso nos proíba de usá-los.

É certamente prejudicial para as almas tornar uma heresia acreditar no que é provado.



Galileu Galilei

Anônimo disse...

crença em Deus subsiste devido ao desejo de um pai protetor e a imortalidade, ou como um ópio contra a miséria e sofrimento da existência humana.
Não, nossa ciência não é uma ilusão. Ilusão seria imaginar que aquilo que a ciência não nos pode dar pode conseguir em outro lugar.

Sigmund Freud

Anônimo disse...

O médico vê o homem em toda a sua fraqueza. O jurista o vê em toda a sua maldade. O teólogo, em toda a sua imbecilidade.

Arthur Schopenhauer

Anônimo disse...

Principe Charles, o abosorvente íntimo feminino, mais feio que já tive noticia (segundo ele disse a Camila), é um dos comandantes das ONGs que defenestram o Brasil.
Ide retro satanás

Anônimo disse...

Eles vieram com uma Bíblia e sua religião – roubaram nossa terra, esmagaram nosso espírito… e agora nos dizem que devemos ser agradecidos ao “Senhor” por sermos salvos.

Chefe Pontiac

Anônimo disse...

Autoridades tentam rever nova medida



Se não houver mudanças, a partir do dia 1º carros só vão passar de Santa Elena se estiverem no nome do condutor ANDREZZA TRAJANO folhabv

A medida recente imposta pelo governo venezuelano para que condutores de veículos estrangeiros que desejam adentrar o país vizinho sejam apenas os legítimos proprietários já entra em vigor no próximo domingo, 1º. Entretanto, autoridades dos dois países ainda buscam mecanismos para suspendê-la.

No final do ano passado, a Venezuela lançou um pacote de medidas para quem pretende visitar o País. Pelas exigências, qualquer turista deve adquirir uma apólice de seguro e o condutor do veículo ser o proprietário.

A primeira exigência foi implementada ainda no ano passado. A apólice de seguro pode ser adquirida em agências seguradoras em Boa Vista ou no Serviço Nacional de Administração Aduaneira e Tributária da Venezuela (Seniat), na fronteira.

A segunda medida recebeu prazo para ser implementada e encerra amanhã. Quem tiver uma procuração repassada pelo proprietário do veículo só poderá entrar na Venezuela até este sábado, 28. Depois dessa data, só será permitido o ingresso de veículos com os condutores sendo os legítimos proprietários.

As exigências deixaram de fora a primeira cidade venezuelana, Santa Elena do Uairén, na fronteira com o Brasil. As mudanças só valem posterior a alcabala Sant Ignácio, na saída da Cidade.

As medidas provocaram reações no Brasil. As praias da Ilha de Margarita, na Venezuela, são destinos de milhares de roraimenses e amazonenses em feriados e períodos de férias.

Brasileiros protestaram contra as mudanças. O Governo do Estado enviou ofícios às autoridades venezuelanas pedindo que fossem revistas as exigências. Vale ressaltar que a segunda medida foi vista como a mais agravante pelos brasileiros.

“No nosso entender, ela [condução de veículos apenas pelos proprietários] é altamente prejudicial ao processo de integração do desenvolvimento do setor turístico entre o Brasil e a Venezuela. Cerca de 50% das autorizações expedidas pelo Detran, para que veículos possam entrar na Venezuela, são de propriedade de terceiros, onde o condutor não é o legítimo proprietário”, enfatizou o secretário extraordinário de Assuntos Internacionais, Sérgio Pillon.

A definição desta última exigência deve sair hoje, em uma reunião bilateral que será realizada na Venezuela. A cônsul da Venezuela no Brasil, Lésbia Rodrigues, informou, por meio de sua assessoria, que tentará rever a medida. Ela prometeu conceder uma entrevista amanhã informando os principais pontos discutidos na reunião.

Pillon disse que aproveitará a oportunidade para cobrar resposta do Governo da Venezuela quanto à documentação enviada. “Vamos pedir explicações formais, saber qual a decisão em função de todos os documentos encaminhados àquele país sobre o pedido de suspensão da medida, para que possamos informar a população”, afirmou.

As informações vão subsidiar os turistas. Pillon disse que diariamente recebe ligações de amazonenses e roraimenses interessados em viajar à Venezuela com dúvidas sobre os procedimentos imigratórios. A Secretaria Extraordinária chegou a imprimir 10 mil folders e distribuiu em Roraima e no Amazonas para esclarecer os turistas sobre as alterações.

“Espero sinceramente que prevaleça o bom senso. Logicamente não podemos interferir na decisão de outro país, mas se o Detran alega que o veículo em nome de terceiros está regular no Brasil, que não há débitos com tributos estaduais nem federais, nem que é proveniente de furto, não vejo porque ele ter a entrada restrita. Além do mais, é preciso ressaltar que o ingresso desses turistas beneficia a economia da Venezuela”, destacou o secretário.

Sérgio Pillon ainda acrescentou que o turismo terrestre cria relações amistosas, já que os turistas param nas cidades por onde passam, realizam compras, conversam com habitantes das regiões, distinto do turismo aéreo. “Não temos integração aérea com a Venezuela. A única opção do roraimense que pretende viajar de avião é se deslocar até Manaus para pegar a aeronave e descer na capital Caracas. Infelizmente essa relação está comprometida”, lamentou.

Anônimo disse...

Milagre: um acontecimento descrito por aqueles que souberam dele por gente que não o viu.

Elbert Hubbard

Esperança disse...

Que surpresa nos espera????


Sarney e Temer Anunciam Comissão Mista para Reforma Política
Eduardo Bresciani Do G1, em Brasília / 26.02.09
http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1019620-5601,00-SARNEY+E+TEMER+ANUNCIAM+COMISSAO+MISTA+PARA+REFORMA+POLITICA.html

Presidentes do Senado e da Câmara se reuniram nesta quinta-feira.
Intenção é acelerar e organizar as discussões sobre as reformas.

Anônimo disse...

Ô Serrão


O MST, é tão somente o braço armado do PT de lula!

Esperança disse...

Finalmente encontrei na NET um elogio ao Presimente.

Carta de Solidariedade ao Presidente da República

Prezado Senhor Presidente,

Hoje eu li uma declaração do senhor – eu leio tudo que o senhor fala porque o senhor é o meu guru. Afinal o senhor e eu falamos muito parecido. Nós dois estudamos português com o grande filólogo Ibrahim Sued – eu gostava do Turco, era gente boa, parecido com nós, ele também não era muito chegado a usar o tal do “S” no final das frases – afinal eu acho uma grande estupidez esse (agora é pronome) negócio do objeto concordar com o sujeito. São duas coisas completamente diferentes.

Objeto é coisa, tipo mala, cueca, dólar, dinheiro, mesada, sei lá, tem muita coisa que é objeto; já sujeito é gente, como o seu filho, gente mais do que legal o seu filhinho, bom de negócio, tem futuro o menino, valeu mesmo apostarem nele.

Gente é o José Genoíno, fantástico orador, como é bem articulado o seu companheiro, ma l comparando, até faz lembrar o falecido Carlos Lacerda. Cara mais do que maneiro o Genoíno, um pouco ingênuo, fica assinando uns papéis sem ler antes, mas isso acontece com muita gente, o Senhor não precisa se preocupar.

Gente é o carequinha Marcos Valério, tremendo criador de bois, vacas, cavalos e outro bichos. Por falar em bicho, e o Waldomiro? Por onde anda? Ele era assessor do seu amigo José Dirceu, esse também é gente, logo sujeito, sujeito de duas caras, é verdade, mas o Senhor sabe como é fazer plástica, parece que muda muito o sujeito.

Eu nunca fiz porque sou duro, mas acho que estou precisando dar uma recauchutada. Mas se um dia fizer, quero fazer com o mesmo médico que operou o Zé Dirceu, médico bom tá aí, mudou a cara e o caráter do sujeito de uma só vez. Gostei muito!

E tem muita mais gente, como o Luiz Gushiken, empresário desastrado, foi só deixar a empresa com os cunhados, assumir o ministério e as empresas começaram a dar um lucro do tamanho de um bond e, mas o Senhor também não precisa se preocupar porque como dizia o rei das favelas, o falecido engenheiro – sem diploma – Leonel Brizola, cunhado não é parente...

E tem mais gente, como o tesoureiro Delúbio Soares, dizem que na outra encarnação ele trabalhou com um tal do Alí Babá. O Alí parece que dispensou os outros quarenta! .Pois é, voltando ao que o Senhor falou que o Brasil não merece o que estão fazendo com ele, eu confesso que apesar de ser um profundo admirador do seu raciocínio sempre claro, dessa vez não entendi nada.

Quem está fazendo uma sujeira que não tem mais nome - nome tem, só que não dá para escrever em um Blog de respeito, é exatamente o seu partido e toda essa gente que eu fui citando nessas mais do que mal traçadas linhas. Não vou nem falar no seu outro amigo dos bois e das vacas, das rádios e das fazendas; e que boazuda era aquela menina que deu uma herdeira para ele.

E quando eu tentava com a minha pouca inteligência entender o que o Senhor queria dizer, vi que ao lado havia uma declaração de um senador do PSDB, um certo Arthur Virgílio, dizendo que o Senhor era, na melhor das hipóteses, idiota, e, na pior, corrupto.

Senhor Presidente, confesso que fiquei muito chateado com esse senhor. Lá no Amazonas, terra dele, ele nem chegou a 4,5% dos votos pelos mesmos atributos que deu o Senhor. Isso é falta de respeito com uma pessoa como o Senhor, um cidadão digno, que lutou toda a vida contra preconceitos, uma pessoa correta, um homem preocupado com o povo brasileiro, em acabar com fome, com a miséria, com o desemprego dos petistas, com as desigualdades, preocupado, no seu portentoso avião, em mostrar o mundo inteiro para o Senhor e sua Senhora.

Dizem que ela mandou fazer cem vestidos para todos os presidentes dos países que o Senhor está sempre visitando verem que a esposa do nosso amado Presidente sabe se vestir, um homem que para facilitar a vida política do Brasil criou trinta e cinco secretarias e ministérios, cobrindo, com tão desprendido gesto, todos os setores nacionais.

Um homem que vive preocupado com o boné de plantão, que tem de aturar dos arruaceiros do MST, pensar no vinho francês que vai beber no jantar.

Eta saudade boa dos tempos da caninha da roça, um homem que nunca se afastou das suas raízes populares, tanto que adora uma quadrilha, um homem que nunca perdeu a cabeça, perdeu uma parte do dedinho e conseguiu uma aposentadoria por incapacidade para trabalhar, o que sempre me pareceu muito justo, porque uma falange é fundamental para o exercício de qualquer profissão, até de Presidente da República.

Tem uns loucos, como o tal do Aleijadinho que amarrava um martelo e um cinzel em suas mãos destruídas e criava obras eternas, mas só louco é que faz uma coisa dessas, e o Senhor, de louco não tem nada, nem de idiota, como falou o senador despeitado e invejoso.
Ele tem é inveja do Senhor, do homem brilhante, gente de fé, sujeito, nunca objeto, que com sua inteligência conseguiu que cinqüenta e três milhões de idiotas votassem no Senhor.

Paulo de Faria Pinho
advogado, com pós-graduação na Fundação Getúlio Vargas, poeta e escritor.

Mario disse...

O que ninguém diz (nem o Economist) é uma VERDADE:

OS MSTs SÃO AS MILÍCIAS ARMADAS DO FORO DE SÃO PAULO, E, POR EXTENSÃO, DO PT, NO CAMPO

Uniblab disse...

E está aí o "Rec-Repete" agnóstico de novo...Meu Deus, como essa gentalha é chata.

Quem quer ler citações tem inúmeros sites em que pesquisá-las...