terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Rapidinhas Políticas e Econômicas

Edição de Terça-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão


Trabalhem, meninas...

As “modelinhos” que atendem à grande máfia da prostituição de luxo em Brasília vão ter muito trabalho esta semana.

Tudo graças ao chefão Lula, que recebe hoje 3.500 prefeitos para um mega-encontro politiqueiro lá na Ilha da Fantasia do Planalto Central.

Lula e a chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, serão as estrelas de uma megarreunião suprapartidária, com apresentação de um pacote de bondades para os municípios, hoje e amanhã.

A maioria dos alcaides viajou sem a mulher a tiracolo – o que os torna alvos fáceis das sedutoras garotas de programa e seus poderosos cafetões.

Liberou geral

Lula anuncia hoje o parcelamento em até 20 anos das dívidas de aproximadamente R$ 15 bilhões das prefeituras com o INSS.

A medida, adotada duas vezes nos últimos dez anos, beneficia inclusive prefeituras que já repactuaram a dívida, mas não pagam as parcelas.

Com a renegociação, municípios devedores podem participar de programas federais e obter empréstimos - algo impossível para os que não têm certidão negativa de débitos.

Ainda no pacote de bondades, Lula autorizará Caixa a dar crédito consignado, com juros mais baixos, a servidores estaduais e municipais para compra da casa própria.

Mais grana

O BNDES aumentará de R$ 500 milhões para R$ 980 milhões uma linha de crédito para prefeituras.

Os alcaides poderão gastar com a compra de máquinas, caminhões e tratores.

Também haverá liberação de grana para construção de 500 creches e aquisição de mil ônibus escolares.

O perseguido

O deputado Edmar Moreira (DEM-MG), que renunciou à Corregedoria da Câmara, entrou no TSE com ação pedindo o desligamento do partido, que hoje deverá expulsá-lo.

Alegando perseguição, Moreira quer evitar a perda do mandato por infidelidade.

O objetivo dele é se filiar ao PTB, e fugir, depressa, de algum julgamento no Conselho de Ética (aquele mesmo em que ele diz que deputados não gostam de punir os colegas).

O DEM estuda recorrer à Justiça Eleitoral para ter de volta o mandato de Moreira.

Manda embora

O governo da Itália entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal contra a decisão do ministro da Justiça, Tarso Genro, de conceder refúgio a Battisti.

Por isso, o STF poderá julgar amanhã o processo de extradição do italiano Cesare Battisti.

Na última semana, cresceu o número de ministros dispostos a analisar o pedido feito pelo governo da Itália.

Insistência

O subsecretário da Justiça da Itália, Giacomo Caliendo, informou que seu governo deve "continuar insistindo" com o Brasil para "induzi-lo" a aceitar o pedido de extradição de Battisti.

No STF, apenas o presidente da Corte, Gilmar Mendes, defendia a tese de que a concessão de refúgio não interrompia o julgamento de caso de extradição na Corte.

Mas outros dois ministros já deram sinais de que podem rever a jurisprudência do Supremo: o relator do processo no STF, Cezar Peluso, e o ministro Carlos Alberto Direito.

Na dureza

O presidente Barack Obama lançou ontem uma ofensiva para pressionar o Congresso dos EUA a aprovar hoje o pacote de cerca de US$ 800 Bilhões para estimular a economia do pais.

Obama usou a maior parte da entrevista coletiva dada ontem para enfatizar a necessidade de o governo fazer grandes gastos contra a crise.

Obama acredita que convenceu a maior parte dos republicanos, mas a votação de logo mais ainda é uma loteria.

Má gestão premiada

O Tesouro americano vai anunciar hoje um esperado plano de resgate do sistema financeiro com a criação do "banco ruim".

A ideia é que essa instituição ajude bancos com problemas comprando seus ativos podres.

Para atrair investidores privados, o governo dos EUA vai oferecer garantias para tais ativos que hoje nada valem.

Leia o artigo de Adriano Baneyon: Sair da depressão

Farra do dólar

O presidente Henrique Meirelles comemorou ontem que as intervenções do Banco Central na tentativa de frear a alta do câmbio já somaram US$ 61 bilhões desde setembro de 2008.

Desse total, US$ 14,3 bilhões foram aplicados em vendas de dólares no mercado à vista, enquanto os US$ 46,7 bilhões restantes referem-se a operações que não trazem impactos sobre as reservas internacionais, entre elas os swaps cambiais.

Apesar das intervenções diretas no mercado de câmbio, as reservas fecharam janeiro no patamar de US$ 200,8 bilhões.
Em agosto, antes do início da crise, elas eram de aproximadamente US$ 205 bilhões.

Madoff escrito ao contrário...

O advogado norte-americano David Rosemberg já recebeu pedidos de consultas de 20 brasileiros que teriam perdido dinheiro no esquema fraudulento do megainvestidor Bernard Madoff.

Os clientes lesados reclamam da intermediação feita pelos bancos Santander, Safra e UBS Pactual, além do fundo norte-americano Fairfield Greenwich.

Madoff trabalhava com aplicações mínimas de US$ 4 milhões – o que indica o peso-pesado dos investidores lesados.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Solicitamos uma notificação sobre a publicação para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Fevereiro de 2009.

2 comentários:

Esperança disse...

Eu pensei que a história fosse do Brasil, mas é do México

http://www.youtube.com/watch?v=gKHqFzeh_s8

Roberto Fraga Jr (Uncle Bob) disse...

Brasília é pior do que Sodoma e Gomorra juntas!!! : )