segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Rapidinhas Políticas

Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

Batalha Maçônica

As Lojas Maçônicas da Itália prometem enviar ao governo brasileiro cartas registradas protestando contra o asilo ao terrorista Césare Battisti.

A missiva italiana vai desagradar, completamente, ao advogado do famoso membro do grupo Proletários Armados pelo Comunismo (o PAC).

Afinal, Luiz Eduardo Greenhalgh também é membro da Maçonaria no Brasil, e ficará injuriado com a justa e perfeita manifestação dos seus “irmãos” italianos.

Manifesto ao Supremo

Um grupo de 507 cidadãos, devidamente identificados, tomaram a iniciativa de escrever um texto endereçado aos Ministros do STF expondo a opinião contrária ao refúgio político concedido a Cesare Battisti.

O documento será enviado hoje de manhã aos 11 ministros da corte suprema.

Leia ao final desta edição a íntegra do Manifesto ao Supremo Tribunal Federal

Previsão fácil

O Supremo Tribunal Federal pode confirmar hoje ou adiar para mais uns dias que a concessão de refúgio político pelo Poder Executivo impede qualquer pedido de extradição em tramitação no Judiciário.

A votação pode atrasar porque o STF deu cinco dias para a Itália fornecer informações sobre o caso.

De toda forma, conforme o Alerta Total já avisou no sábado, o terrorista italiano Césare Battisti não só terá direito a asilo no Brasil, como será brindado com a libertação da Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

O ministro Marco Aurélio de Mello, do STF, já antecipou ao site Consultor Jurídico que, antes da atual legislação, a Lei 6.815/80 até permitia ao Supremo apreciar a natureza do crime nos casos de extradição envolvendo refugiados.

No entanto, pelo artigo 33 Lei do Refúgio (9.474/97), o Judiciário ficou impedido de revogar os atos do ministro da Justiça.

E a Constituição?

“Ujurista”, atento leitor do Alerta Total, adverte que o ministro Marco Aurélio de Mello deveria ler a Constituição Federal, art 102 - I - g):"Cabe ao STF processar e julgar a extradição solicitada por estado estrangeiro."

O art 21 diz que é competência da união a extradição e expulsão de estrangeiro, mas o artigo 102 é claro, neste caso”.

Quer dizer que, para o STF, uma lei comum pode revogar a Constituição pela qual os ministros do supremo são muito bem pagos para zelar?

Viva o terrorismo

No julgamento do caso Battisti, os 11 ministros do STF devem apenas sacramentar o que já decidiram no caso de outro terrorista, o colombiano Olivério Medina.

Um dos elementos de ligação (inclusive financeira) entre as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia e os petistas no poder, via Foro de São Paulo, Medina ganhou status de refugiado graças à interpretação do STF.

Agora, Césare Battisti também deve ser beneficiado pelo artigo 33 da Lei do Refúgio.

Que decisão justa?

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, comentou neste fim de semana que o caso de Battisti terá uma decisão justa do STF.

Gilmar só não quis dizer se, em sua opinião, o ex-ativista será extraditado para a Itália ou se será libertado da Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália por quatro homicídios e está preso no Brasil desde 2007.

Marketing do terror

Três helicópteros brasileiros ajudaram a libertar ontem três policiais e um soldado colombianos sequestrados pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Foi a colaboração brasileira com a “missão humanitária”...

Assim se colabora com a estratégia das Farc – que querem obter espaço político e melhorar sua imagem internacional depois dos duros golpes sofridos no ano passado, como a morte de diversos comandantes, a deserção de milhares de combatentes e o resgate da refém Ingrid Betancourt.

Que rolo...

O jornalista Jorge Henrique Botero, integrante da ONG Colombianos pela Paz, denunciou à rede de televisão colombiana Telesur que militares colombianos seguiram o helicóptero onde estava com a missão humanitária que recebeu da guerrilha as coordenadas de onde seriam libertados os reféns.

O alto comissário para a paz do governo colombiano, Luis Carlos Restrepo, garantiu que as informações são "falsas".

A Telesur sustenta que um guerrilheiro confirmou a informação de Botero, acrescentando que um integrante das Farc foi morto durante a operação.

O ativista afirmou à emissora que a operação quase foi cancelada por causa da ação do Exército.

Terror miliciano

Três juízes, sete promotores, cinco delegados de Polícia Civil, um deputado estadual e um servidor público sofrem sucessivas ameaças de morte promovidas por grupos de milicianos, só na maravilhosa Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.

O novo superintendente da Polícia Federal no RJ, Ângelo Fernandes Goila, promete uma ação efetiva para combater os grupos paramilitares que tomam o lugar de traficantes no esquema de terror psicossocial.

A Delegacia de Controle de Segurança Privada vai ter muito trabalho, já que muitos milicianos têm ligações com políticos de peso que forçarão um “refresco” na prometida repressão...

Vai combater mesmo?

A PF inaugura, daqui a 20 dias, no Rio de Janeiro, seu Centro Integrado e Compartilhado de Combate ao Crime Organizado.

O Cicor funcionará em 54 salas reformadas e super-equipadas do terceiro andar do velho prédio da Superintendência da PF, na Praça Mauá.

O projeto, onde vão trabalhar 540 agentes, já consumiu, só nas obras, R$ 4 milhões...

Filme que promete

O cineastra sul-africano e naturalizado britânico Jon Blair procura um distribuidor no Brasil para seu polêmico documentário “Dançando com o Diabo na Cidade de Deus”.

Rodado em favelas do Rio de Janeiro, segundo o documentarista, o filme será “um encontro de “Cidade de Deus” e “Tropa de Elite”, só que na vida real.

Usando coletes e capacetes, a equipe de Blair filmou depoimentos de traficantes e policiais em conflito nas favelas cariocas, em setembro e outubro do ano passado.

Obrigado, Sílvio Santos

O Bolcheviquepropagandaminister do Palácio do Planalto agradece, embevecido, a Sílvio Santos.

O SBT publicou ontem, na contracapa inteira do caderno “Dinheiro”, da Folha de São Paulo, um anúncio do mais puro governismo.

O ápice do puxa-saquismo é uma foto reticulada, em tom verde, amarelo, azul o branco do chefão Lula da Silva – que, ao que se sabe, não é artista do cast de SS.

Reclamem menos...

Entitulado, “Acreditar no Brasil. Tem que começar com o presidente, mas continuar com você”, o anúncio (em papel branco de melhor qualidade e gramatura que o tradicional jornal) pregava:

O pior efeito de qualquer crise é o pessimismo. Ele barra novos investimentos, impede contratações, traz incertezas, tudo que só faz a situação ficar ainda pior. E ser otimista, em um momento assim, não significa ser irresponsável. Significa conhecer a própria força e competência para superar as dificuldades, além de colocar tudo isso em prática. O governo toma medidas que ajudam a fortalecer a economia e mostram a força do país em momentos conturbados. E nós, do SBT, também estamos fazendo a nossa parte. Acreditando que a crise fica menos quando a gente trabalha mais e reclama menos”.

Ou seja, o negócio é não criticar o chefão Lula que tudo faz para evitar os efeitos da crise.

Só falta agora Sílvio Santos relançar, com Lula, seus programetes “A Semana do Presidente” - que faziam muito sucesso no governo de João Figueiredo – último dos generais-presidentes pós-64.

Explicação

Da jornalista Eliane Catanhede, na Folha de S. Paulo de ontem, questionando por que Lula tem boa fama no mundo:

“(...) as notícias sobre Lula e seu governo têm imenso espaço e repercussão, soterrando as críticas. Tudo que ele diz, faz, promete e anuncia tem destaque. O resto fica confinado aos espaços de análise e de opinião. Está explicada, portanto, a azia de Lula com a imprensa: ele chora de barriga cheia, muito cheia”.

Poderoso do Forte Apache

Do oitavo andar do prédio do Comando do Exército, em Brasília, partem grandes ofensivas que geram algumas crises no governo petista.

Mas não são os militares quem criam as confusões que acabam intermediadas pelo chefão Lula.

O criador delas – inclusive para os militares – é o ministro da “Sealopra” (Secretaria de Assuntos Estratégicos), Roberto Mangabeira Unger, cujo amplo gabinete funciona no QG do EB.

Mangabeira tem ordem direta do chefão para pedir informações e dar conselhos (inclusive públicos, na mídia) aos demais integrantes do governo...

Na berlinda

De janeiro a agosto do ano passado, chegaram à corregedoria do Conselho Nacional de Justiça 1.696 denúncias contra magistrados.

Foi uma média de 212 novos processos disciplinares por mês.

De setembro a dezembro, foram 990 novas denúncias, o que aumentou a média mensal para 330.

Principais reclamações

Entre os novos casos, a maioria (441) reclamava de demora no julgamento de ações.

Foram contabilizados ainda 267 pedidos de investigação contra juízes que teriam cometido atos de corrupção ou agido de forma incompatível com o cargo.

O CNJ informa que todas as denúncias são rigorosamente investigadas.

Piada na sentença

O site Consultor Jurídico revela que o juiz Claudio Ferreira Rodrigues, da Vara Cível de Campos dos Goytacazes (RJ), demonstrou muito bom humor no julgamento de uma ação em que o consumidor reclamou da TV com defeito comprada nas Casas Bahia.

Na sentença do Processo 2008.014.010008-2, o magistrado escreveu:

Na vida moderna, não há como negar que um aparelho televisor, presente na quase totalidade dos lares, é considerado bem essencial. Sem ele, como o autor poderia assistir as gostosas do Big Brother, ou o Jornal Nacional, ou um jogo do Americano x Macaé, ou principalmente jogo do Flamengo, do qual o autor se declarou torcedor? Se o autor fosse torcedor do Fluminense ou do Vasco, não haveria a necessidade de haver televisor, já que para sofrer não se precisa de televisão”.

Este Juizado, com endosso do Conselho, tem entendido que, excedido prazo razoável para a entrega de produto adquirido no mercado de consumo, há lesão de sentimento. Considerando a extensão da lesão, a situação pessoal das partes neste conflito, a pujança econômica do réu, o cuidado de se afastar o enriquecimento sem causa e a decisão judicial que em nada repercute na esfera jurídica da entidade agressora, justo e lícito parece que os danos morais sejam compensados com a quantia de R$ 6.000,00”.

Faltou acerto?

Santos Ramirez, um dos mais estreitos colaboradores do cacique boliviano Evo Morelles, foi detonado da presidência da estatal petrolífera YPFB, sob acusação de corrupção.

Ramirez foi vitimado pelo assassinato de Jorge O´Connor, gerente da empresa Catler Uniservice, que fechou um contrato de US$ 86 milhões com a YPFB.

O executivo foi morto ao chegar na casa de parentes de Santos Ramirez, carregando uma malinha com US$ 450 mil, grana que, suspeitou-se, seria uma propina para Ramirez.

Do estranho caso, fica a pergunta idiota: será que Ramirez caiu porque ficaria com a grana sozinho, sem dividir com os outros da turma?

Sem corrupção

O auditor aposentado da Receita Federal Luiz Otávio da Rosa Borges, criador do site Brasil sem Corrupção (http://www.brasilsemcorrupcao.com.br/) mandou para o Youtube uma entrevista por ele concedida ao programa Cresce Brasil que foi exibido, pela TV Aberta, em 24 de novembro.

Luiz Otávio falou sobre a instalação de Salas do Cidadão, nos órgãos da República, é a mais importante das frentes de ação a ser ativadas no sentido de retirar o País do pântano de corrupção em que está atolado:

http://www.youtube.com/watch?v=SWlJ31cQhYY

http://www.youtube.com/watch?v=eh3PNmj1EgY

http://www.youtube.com/watch?v=2_GLWUWP11U

Salto muito além do virtual

Quem gosta de atividades esportivas radicais pode acompanhar os eventos programados nas regiões da Mata Atlântica e da Serra do Mar pela Associação dos Veteranos da Brigada de Infantaria Pára-quedista.

Confira a atualização do site da AVBIP, presidida pelo Coronel Francimá de Luna Máximo, figura patriótica que, por muitos anos, editou o jornal O Farol:

http://www.avbip.com.br/2008/m_para_sempre_02.html

Vida que segue...

Leia abaixo as Rapidinhas Econômicas

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 02 de Fevereiro de 2009.

2 comentários:

lili, rj disse...

Não confio nessa jornalista Eliane Catanhede, na Folha de S. Paulo. Ela é sempre dúbia em seus artigos. Na parte central do texto parece que ela critica o desgoverno, mas nas entrelinhas (e essas são as mais perigosas, pq tem um efeito subliminar) ela enaltece e justifica o desgoverno Parece agente dupla. Se, entretanto, prevalecesse o talento jornalístico, tudo bem. Mas, pra mim, nem isso ela tem.

Um Homem Qualquer disse...

Serrão: ALERTA!

Pelas investigações que jornalistas independentes estão realizando em arquivos do FBI, CIA, MI6 & Mossad, alertem a liderança da Guarda Força Pública Civil de São Paulo que investiguem seriamente junto a ABIN & PF & GOE que na sua maioria as empresas particulares de segurança sondadas pela prefeitura de SP são de propriedade de pessoas e organismos ligadas a MOSSAD de Israel.

O FBI fez varias prisões de agentes secretos da MOSSAD envolvidos em grampos ilegais no sistema de telefonia norte-americano sendo que os mesmos "segundo o FBI" teriam informações privilegiadas antes dos ataques no World Trade Center.

O + interessante é que encontrei essa informação das prisões dos agentes israelenses da MOSSAD contendo vídeos, fotos e fatos detalhados em um site com o nome de um famoso empresário da mídia no Brasil.

fonte: robertocivita.com