quinta-feira, 14 de maio de 2009

Cúpula da PM de SP promete usar garantia da lei e da ordem para impedir revanchismo de protetores do terror

Edição de Quinta-feira do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão


Além dos oficiais das Forças Armadas, agora os Policiais Militares de São Paulo viram alvo da guerra assimétrica promovida pelos defensores dos direitos humanos (sempre em favor dos bandidos). Promotores e defensores pressionam o governador José Serra para que impeça a polícia de registrar como “resistência seguida de morte” os casos em que PMs matam suspeitos de crimes

A cúpula da corporação promete reagir, dentro da garantia da lei e da ordem, contra a intenção de promotores e defensores que desejam punição rigorosa em 102 casos em que policiais foram suspeitos de matar 170 pessoas, entre os dias 12 e 21 de maio de 2006, quando ações terroristas atribuídas à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) paralisaram São Paulo. Oficiais da PM de SP advertem que quem tem ligações ocultas com o crime deve se cuidar.

Na mesma onda para coibir a ação das forças armadas, intimidando-as, o desgoverno Lula lançou ontem um pacote para tornar públicos documentos oficiais da época da dita-dura militar. O projeto enviado ao Congresso pelo Executivo derruba o sigilo de documentos sobre violações de direitos humanos. O chefão Lula advertiu que não há revanchismo na medida. Alguns papéis – certamente aqueles que comprometem aqueles que hoje estão no poder e no passado violaram a lei e a ordem - vão permanecer sob sigilo eterno, por serem ultrasecretos.

Terroristas em ação

Ontem à noite, em São Paulo, uma manifestação atribuída ao PCC parou a marginal Tietê, por 50 minutos.

Bandidos promoveram uma ação típica de terror, colocando fogo em ônibus e jogando diesel na pista.

Foi em protesto contra a prisão de um jovem com drogas na Zona Leste paulistana – como a PM chegou a especular?

Ou foi mais uma ação calculada pelo PCC – exatamente para lembrar o bem sucedido terror de maio de 2006?

Boa lembrança

Para lembrar que 58 policiais fluminenses morreram durante o trabalho nos últimos dois anos, a Ong Rio de Paz faz ontem uma manifestação na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Setenta uniformes da PM manchados de tinta vermelha foram colocados na Praia de Ipanema, próximo à Rua Farme de Amoedo.

Um cartaz diante do varal dizia: "Eles tombaram em defesa do povo do Rio".

Operários barrados na festa de Lula

Em homenagem ao chefão Lula da Silva, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo promove, sábado que vem, na Estância Alto da Serra, uma mega-festa para marcar os 50 anos da entidade.

O evento será para 3.500 pessoas, com direito a boi no rolete e bebida à vontade.

O problema é que os trabalhadores, que pagarão pela festinha nababesca, não foram convidados.

A peãozada barrada no baile está na maior bronca com Lula que vai aproveitar a ocasião para se divertir com a elite do ABC, fazendo campanha para sua candidata-linfoma, com ajuda da grana do sindicato que um dia presidiu.

O Bem Premiado

A Oligarquia Financeira Transnacional, que promove o globalitarismo e defende o multilateralismo, cada vez mais infla a bola do “cara” Lula.

Agora, Luiz Inácio Lula da Silva foi escolhido vencedor do “Prêmio Pela Paz 2008”, da Unesco, que será entregue em julho.

O júri escolheu Lula "por suas ações em busca da paz, do diálogo, da democracia, da justiça social e da igualdade de direitos, assim como por sua valiosa contribuição para a erradicação da pobreza e a proteção dos direitos das minorias".

A caminho do Nobel da Paz?

O prêmio é concedido anualmente a pessoas e organizações que trabalham pela manutenção da paz.

É dado, desde 1989, pela Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura).

Outras personalidades que receberam a homenagem como, Nelson Mandela, Yitzhak Rabin, Shimon Peres, Yasser Arafat e Jimmy Carter, acabaram, posteriormente, agraciados com o Prêmio Nobel da Paz.

Rei Lula

Circula na Internet um e-mail denunciando que o chefão Lula da Silva esbanjou dinheiro no encontro do G-20, em Londres, mês passado.

Lula foi o único chefe de Estado que ficou hospedado no sofisticadíssimo Hotel Dorchester.

O gaiato e-mail ironiza que Lula deve ter usufruído do luxo da famosa banheira de mármore do hotel, onde até poderia ter pego uma marolinha, tal a profundidade da peça no cinematográfico banheiro.

O e-mail lembra que o presidente dos EUA, Barack Obama, que não é branco nem tem olhos azuis, se hospedou na embaixada de seu País, dando o necessário exemplo de austeridade em tempos de crise.

Ostentou, perdeu, Batman...

Por causa da ostentação em um lugar pobre, o que chamou a atenção da Polícia, o ex-policial Ricardo da Cruz Teixeira, o Batman, acusado de ser um dos chefes da milícia conhecida como Liga da Justiça, acabou preso ontem à noite, em Paciência, na Zona Oeste do Rio.

Batman foi pego em uma casa na Rua Jana Moroni Barroso, onde havia uma TV de LCD e um pálio na garagem – o que despertou a atenção da vizinhança que o dedurou à Polícia.

O miliciano, que tinha dois fuzis, duas pistolas e quatro granadas, não resistiu à prisão – a primeira feita, de forma cinematográfica, com a ajuda do novo helicóptero blindado da Polícia Civil do RJ.

A fama

Batman ficou famoso porque teve filmada sua espetacular fuga pela porta da frente do presídio de segurança máxima Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8), em outubro de 2008.

A PM revelou que Batman teria pago R$ 2 milhões para deixar o presídio acompanhado por dois homens que vestiam uniformes semelhantes aos da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

A milícia da qual Batman é acusado de fazer parte, a Liga da Justiça, controla grande parte das comunidades da Zona Oeste, sendo chefiada pelo ex-deputado estadual Natalino Guimarães (DEM) junto com o irmão, o vereador Jerominho (PMDB), ambos presos.

Batman foi condenado a nove anos e oito meses de prisão, em 19 de março deste ano, pelos crimes de formação de quadrilha ou bando armado.

Terrorista Graças a Deus

Do grande leitor Mário, sugestões para que usemos denominações corretas:

GUERRILHEIROS são, em geral, militares que praticam a guerra não convencional, sem respeitar regras, por exemplo, as da Convenção de Genebra.

TERRORISTAS são, em geral, civis que praticam, como o nome diz, o TERROR, atacando, de preferência, alvos civis, como bancos, supermercados, igrejas, aeroportos, onde, em geral, não há guarnições militares para defender. Não que guerrilheiros não sejam covardes, porém, a COVARDIA é característica dos terroristas.

Daí, a "coitadinha do linfoma" não é uma guerrilheira e, sim, TERRORISTA.

E agora, Jobim?

Quem sabe, agora, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, passa a admitir, publicamente, o que é Council on Foreign Relations, o CFR, ou Diálogo Interamericano, Interamerican Dialogue.

Na palestra que deu semana passada, no Clube Militar, Jobim ficou furioso e fugiu de responder, objetivamente, a uma pergunta sobre a ação deletéria do Diálogo Interamericano sobre as Forças Armadas brasileiras.

Agora que o chileno Arturo Valenzuela, que é amigo do seu ex-chefe Fernando Henrique Cardoso, foi escolhido para número 1 do Departamento de Estado para a América Latina, com o apoio do DI e do CFR, talvez Jobim fique mais à vontade para falar sobre os clubes de poder – sempre tabus entre os que fazem o jogo da dissimulação transnacional contra a soberania do Brasil.

Quem sabe o Peter Hakim, presidente do Interamerican Dialogue, lhe dá até um prêmio de reconhecimento?

Debate inútil

As autoridades, os produtores e os sem terra estarão perdendo tempo no Fórum de Conflitos Fundiários promovido pelo Conselho Nacional de Justiça, que é presidido por Gilmar Mendes.

A opinião é do advogado Antônio Ribas Paiva, presidente da União Nacionalista Democrática (UND).

A quem aproveita a violência da guerrilha rural? Em primeiro lugar, aos concorrentes internacionais do Brasil e aos manipuladores das cotações dos produtos agrícolas. Provocam violência e falsa expectativa no campo para inibir investimentos na produção agrícola e manipular cotações”.

Leia o artigo: A lei contra os inimigos do Brasil

Problemas na Igreja

Os gastos da Arquidiocese do Rio nos últimos 16 meses passarão por uma auditoria, para rastrear como foram usados cerca de R$ 15 milhões da conta da Mitra na gestão do padre Edvino Steckel como ecônomo (responsável pelas finanças da igreja).

A decisão de investigar o destino do dinheiro foi tomada depois da descoberta da compra - por R$ 2,2 milhões - de um apartamento de 500 metros quadrados na Avenida Rui Barbosa, no Flamengo.

O imóvel serviria de residência no Rio para o ex-arcebispo dom Eusébio Oscar Scheid, que deixou o posto em abril.

Ostentação é pecado

A Mitra vai investigar ainda a Associação de Solidariedade Justiça e Paz (ASPJ), fundada por dom Eusébio e padre Edvino, em junho de 2006, para realização de ações sociais.

Em dezembro daquele ano, a associação teria firmado, à revelia da Mitra, um convênio com o Bradesco para a criação do cartão de crédito Solidariedade Católica, cuja renda é destinada, em parte, à entidade.

O dinheiro da Arquidiocese teria sido usado ainda em reformas desnecessárias no Edifício João Paulo II, sede da Mitra na Glória, e na compra de móveis de design arrojado, numa loja de Ipanema.

Afastado

Na semana passada, o padre Edvino foi afastado de suas funções na Arquidiocese e da direção da Rádio Catedral pelo arcebispo dom Orani Tempesta, que sucedeu a dom Eusébio.
Monsenhor Abílio Ferreira da Nova retomou o antigo posto, do qual fora desligado em janeiro de 2008 por dom Eusébio.

Monsenhor Abílio afirma que encontrou o caixa da Mitra praticamente zerado, com recursos apenas para as despesas básicas com água, luz, telefone e folha de pagamento dos cerca de 200 funcionários.

A folha mensal da Cúria Metropolitana do Rio de Janeiro é de R$ 400 mil

Consulta popular

Mario Ernesto Humberg, consultor de comunicação estratégica e ética empresarial, propõe que a polêmica sobre a reforma política seja submetida a um plebiscito.

Mario avalia que não corresponde ao que a população em geral deseja o projeto de Reforma Política em pauta atualmente no Congresso, propondo o voto em lista fechada de cada partido, além de contemplar o financiamento público das campanhas, a fidelidade partidária e o fim da re-eleição.

Leia, abaixo, o artigo dele: Reforma Política só com plebiscito

A Grande família que se lixa

Dez dias após dizer que se lixa para a opinião pública e deixar claro que não puniria o colega do castelo, Edmar Moreira, o deputado Sergio Moraes (PTB-RS) perdeu ontem o cargo de relator no Conselho de Ética da Câmara.

Moraes pediu desculpas pela frase, mas disse que não a retiraria.

Agora, será substituído por Nazareno Fonteles (PT/PI), que foi acusado de envolvimento no mercado negro de passagens operado por agências de viagens e servidores, mas nega participação nas irregularidades.

Exemplo caseiro

A mulher de Moraes, prefeita de Santa Cruz do Sul (RS), Neiva Terezinha Marques, conhecida como Kelly Moraes, quer trocar o carro oficial "antigo", de 2006.

Lançou edital para compra de novo veículo exigindo características luxuosas para os padrões da cidade de pouco mais de 100 mil habitantes: bancos de couro ajustáveis, sensor de estacionamento, piloto automático, CD player para seis discos, computador de bordo, transmissão automática de velocidade, retrovisores elétricos, rodas de liga leve, porta-malas com comando interno, além de ar-condicionado e vidros elétricos.

O carrão de luxo vai custar R$ 81 mil aos cofres públicos.

Terras da Amazônia

O Plenário da Câmara aprovou ontem e agora o Senado vai apreciar a Medida Provisória 458/09 que permite que a União transfira, sem licitação, terrenos de sua propriedade na Amazônia Legal, com até 1,5 mil hectares, a quem detinha sua posse antes de 1º de dezembro de 2004.

Empresas poderão participar de licitação para obterem a regularização de áreas por elas ocupadas, se não possuírem outro imóvel rural e explorarem a terra.

Já o pretendente pessoa física que quiser terra deverá ser brasileiro nato ou naturalizado, praticar cultura efetiva na terra e não ter sido beneficiado por programa de reforma agrária ou de regularização fundiária de área rural.

Quando tudo estiver certinho, anos depois, o dono da terra arranjará um jeito de se livrar dela legalmente...

Feira sustentável

A SP Arte (Feira Internacional de Arte de São Paulo), que começa hoje a vai até domingo, terá suas 80 galerias iluminadas com a energia gerada por seis mil litros de biodiesel doados pela empresa Brasbiodiesel.

Elaborado a partir de óleos vegetais e sebo bovino, o biocombustível reduz em até 80% a emissão de poluentes, não contém enxofre e é biodegradável, não agredindo o meio ambiente.

A SP Arte acontece no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

Grande obra

Claudia Bonfiglioli e Patrícia Thompson inauguraram terça-feira à noite nova sede da Casa HOPE.

O prédio de 6.000 m² abriga 188 leitos para atendimento à demanda de pacientes vindos de todo o Brasil.

A Casa Hope fica na Alameda dos Guainumbis, 1027, no Planalto Paulista, em São Paulo.

Fusão Sadia

O Valor Econômico informa que os advogados de Perdigão e Sadia trabalhariam na madrugada de hoje para redigir os contratos da união das duas empresas.

Ontem à noite, a previsão era de que a fusão seria anunciada hoje ou, no máximo, amanhã.

Para permitir de vez o acordo que criará a maior empresa de alimentos industrializados do país, a Perdigão fez concessões e ofereceu um percentual superior a 30% da companhia resultante aos atuais acionistas da Sadia.

A participação não chegará a 35%, mas foi suficiente para deixar as famílias Fontana e Furlan satisfeitas com o negócio.

Sensor oficial

Logo mais, às 11h, na sede do Ipea, em Brasília, o desgoverno mostra mais um indicador de que tudo vai bem no melhor dos mundos possíveis.

O Sensor Econômico, indicador de expectativas do setor produtivo aferido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada indica que continua melhorando a cada pesquisa a expectativa das entidades do setor produtivo em relação ao desempenho das empresas.

No Sensor de maio diminui o medo em relação à queda da demanda, margem de lucro e situação financeira das empresas.

Lá fora, a visão é outra...

Dois terços dos consumidores de todo o mundo acreditam que a atual crise econômica afetou seu risco pessoal de roubo de identidade ou fraudes.

É o que indica uma pesquisa conduzida em fevereiro e março pela Unisys Corporation cujos resultados foram divulgados ontem.

O Índice de Segurança Unisys é um estudo mundial bienal de opinião dos consumidores sobre quatro áreas da segurança: financeira, nacional, pessoal e Internet, cujos resultados são enquadrados em uma escala de 0 a 300, onde 300 representa o nível mais elevado de preocupação observado.

A pontuação global média do atual Índice de Segurança Unisys é 133, indicando um temor geral moderado em relação à segurança.

Mudar é preciso...

O Movimento “Nossa São Paulo: outra cidade” lança nesta sexta-feira, às 9h da manhã, o IRBEM (Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município).

A população poderá avaliar seu grau de bem-estar na cidade respondendo a um questionário entre os dias de 15 de junho a 30 de setembro.

O lançamento do projeto será no Sesc Consolação, das 9h30 às 13h.

Presenças da senadora Marina Silva, do filósofo e professor da PUC-SP Mário Sérgio Cortella, do professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP José Eli da Veiga, do economista e professor da PUC-SP Ladislaw Dawbor e da coordenadora do FIB (Felicidade Interna Bruta) no Brasil, Susan Andrews.

De morte

O crime compensa mesmo no Brasil da impunidade.

O Superior Tribunal de Justiça permitiu a Suzane Von Richthofen mudar a fórmula pela qual se conta seu tempo de prisão.

Assim, a estudante condenada a quase 40 anos por matar os pais em 2002, já pode pedir progressão para regime semiaberto.

Cachorrada humana

O Juizado Especial Criminal em Cascavel condenou um casal por ter abandonado um cão vira-latas, que acabou morrendo à míngua.

Atílio Dallagnol e Marlene Dallagnol, responsáveis pelo abandono do cão Urso, foram multados em um salário mínimo (R$ 465) a ser depositado em favor do Conselho da Comunidade.

Também ficam obrigados a ressarcir R$ 500 à Associação Cidadã de Proteção aos Animais (Acipa), que bancou os gastos veterinários na tentativa de recuperar o cachorro abandonado pela família.

Vida que segue...

Ave atque vale!

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente (analítico e provocador de novos valores humanos) com análise estratégica, conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 14 de Maio de 2009.

4 comentários:

Esperança disse...

Até qdo esse apedeuta ficará impune?

Lula concede TVs e rádios a fundação mantida por sindicato
http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI3764963-EI7896,00.html
Redação Terra 14.05;09

O governo federal entregou duas concessões de TV educativa e duas de rádios educativas a uma fundação cujo principal mantenedor é o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, no Estado de São Paulo, onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez sua carreira sindical. É o único sindicato favorecido com concessão de radiodifusão pelo governo. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Sérgio Nobre, presidente do sindicato, afirmou ao jornal que Lula "fez justiça ao movimento sindical", pois universidades e igrejas têm meios de comunicação. A Folha afirmou ainda que a primeira concessão, para uma TV em Mogi das Cruzes, ocorreu em 2005, por decreto presidencial, e a última, para uma TV em São Caetano, ocorreu na quarta-feira, também por decreto presidencial.

O sindicato afirmou ao jornal que pedia uma concessão de rádio e de TV desde que Antônio Carlos Magalhães era ministro das Comunicações durante o governo Sarney (1985-1990). Segundo Nobre, o mundo do trabalho é ignorado pela grande imprensa e, por esse motivo, o sindicato reivindicou ter o próprio meio de comunicação.

De acordo com a Folha, o Ministério das Comunicações defendeu as concessões, mas disse que as outorgas devem passar pelo Congresso. A legislação, contudo, não permite que sejam concedidas outorgas a sindicatos.

As concessões foram entregues oficialmente para a Fundação Sociedade Comunicação, Cultura e Trabalho, cujo presidente não quis se manifestar sobre o caso.

Anônimo disse...

Serrão,
Essa do MST estar a serviço dos concorrentes internacionais do agronegócio brasileiro, com intermediação de ONGs "acima de qualquer suspeita", é uma coisa tão clara e escancarada que eu não perdôo a imprensa (todinha) esconder o fato da população. Que povo mais vendido, não?
J.Rodrigues

Anônimo disse...

DELUBIO
As conversas secretas da ultima reunião do Diretorio Nacional do PT foram mais surpreendentes do que o canhoto no queixo com que o Delubio Soares nocauteou a direção nacional do PT, retirando seu pedido para voltar ao partido, porque já vai para outro, e lembrando a todos :
- “Fui um soldado. Cumpri ordens.Cobrem de quem dava as ordens”.
Com a palavra Lula, José Dirceu, José Genoino, Ricardo Berzoini.
O que mais se discutiu foi o “terceiro mandato”, o golpe dos sonhos do PT e alguns aliados: de como estuprar a Constituição fingindo preservar a democracia. “Tri-eleger” Lula em um plebiscito chavista.

Mais aqui: http://www.sebastiaonery.com.br/visualizar.jsp?id=1495
Ou: http://www.sebastiaonery.com.br/colunas/
14/05/2009

Anônimo disse...

Frase antiga: O que é bom pros EEUU é ruím pro Brasil, e vice versa. Então se o chefe do PCCF ( Primeiro Comando da Capital Federal) é chamado de "O CARA" pelo Obama, é porque ele deve ser bom pra eles e ruím pra nós brasileiros. Não sei qual dos dois é o mais: O CARA... DE PAU.