quarta-feira, 8 de julho de 2009

Franqueados processam a Oi reclamando de prejuízo milionário e acusando a empresa de quebrar contrato

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão

Depois de conseguir um nada fácil parecer da Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, aprovando a compra da Brasil Telecom, a Oi enfrenta sérios problemas para sua expansão, principalmente no maior mercado do País. Doze dos 19 franqueados do Estado de São Paulo acusam a Oi de quebra de contrato e reclamam prejuízo milionário. O caso é estrategicamente abafado no noticiário da mídia amestrada e dependente do grande patrocínio da Oi.

Os franqueados acusam a Oi de alterar de forma unilateral e autoritária as “regras do jogo”, retirando parte das comissões contratadas (única forma de remuneração das franquias), além da ameaça de acabar com a exclusividade territorial. O juiz da 29ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de São Paulo já reconheceu, liminarmente, a abusiva “quebra” do território dos 10 franqueados. Outras duas franqueadas também conseguiram na Justiça a proteção da exclusividade territorial, além do restabelecimento das políticas de bonificações que haviam sido retiradas pela Oi.

O investimento para iniciar o negócio com a Oi foi elevado: aproximadamente R$ 1,3 milhão por cada franquia. Os franqueados se sentiram prejudicados porque os usuários Oi começaram a reclamar das questões tecnológicas e comerciais e a cancelar os contratos, gerando um prejuízo médio mensal de R$ 60 mil por mês para cada franqueado.

Ao iniciar as operações no último trimestre de 2008, os franqueados tinham a expectativa de uma entrada agressiva no mercado. Eles constataram que isto não ocorreu em função de problemas de cobertura de sinal em algumas regiões, falta de modelos de aparelhos celulares procurados pelos clientes e por planos de vendas incoerentes com a realidade do mercado paulista, onde grandes concorrentes já marcam presença.

As ações contra as empresas Telemar Norte Leste S/A e TNL PCS S/A, detentoras da Oi, são movidas pelos escritórios Leite de Barros Zanin Advocacia, que representa 10 franqueadas, e Menezes de Abreu Advogados, que atua para outras duas franquias. Os advogados advertem que as liminares representam apenas a ponta do iceberg, de uma verdadeira guerra travada contra a Oi. Os defensores dos franqueados alegam que a empresa pratica outras irregularidades, que certamente motivarão novas medidas judiciais e extrajudiciais.

Poderosos conselheiros

Jorge Herzog, atual diretor-executivo do Pão de Açúcar, é o novo presidente do Ponto Frio.

Manoel Amorim foi convidado a permanecer na presidência do Ponto Frio, mas recusou a oferta, alegando que queria experimentar outros desafios.

A assembleia geral extraordinária da rede varejista de eletroeletrônicos, realizada ontem, manteve Pedro Malan e Francisco Gros, ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do BC, respectivamente, no Conselho de Administração do Ponto Frio.

O conselho será presidido pela cada dia mais poderosa Maria Silvia Bastos Marques.

Banqueiros ingleses sabem tudo...

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) vai promover um intercâmbio internacional sobre iniciativas na área de autorregulação.

O Seminário de Marketing e Relacionamento com Clientes (Semarc), marcado para os dias 20 e 21 de agosto, em São Paulo, terá um painel específico sobre o tema (Autorregulação bancária: o modelo britânico).

O evento, no Hotel Transamérica, terá a participação de dois representantes ingleses.

The names

Um, do governo, é Walter Merricks, chefe do FOS – Financial Ombudsman Service, organismo oficial de solução de disputas entre consumidores e instituições financeiras.

O outro, do setor privado, é Robert Skinner, Chief Executive & Director do BCSB, Banking Code Standards Board.

Criada em 1999, a entidade responsável pelo monitoramento e aplicação dos códigos de autorregulação bancária reúne todos os bancos comerciais da Inglaterra.

Quem apóia

A Febraban informa que, primeira vez, o Semarc contará com uma parceria internacional: a Associación de Marketing Bancário Argentino (Amba).

O seminário será patrocinado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT), a Bull (empresa de tecnologia internacional), além da TV Globo e Globosat (organizações de comunicação e entretenimento).

O Semarc é um evento da Febraban que vai tratar também de marketing bancário, sustentabilidade e todos os aspectos do relacionamento das instituições com os clientes e suas atividades.

Negócios da China

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli de Azevedo, recebeu segunda-feira, na sede da Companhia, no Rio de Janeiro, o ministro-chefe do Departamento de Comunicação e membro do Secretariado do Comitê Central do Partido Comunista da China (CCPCC), Liu Yunshan, acompanhado de delegação de autoridades da China.

Gabrielli apresentou aos camaradas chineses as oportunidades de negócios e parcerias em áreas como contratação de sondas e de plataformas, fornecimento de equipamentos e investimentos em dutos e terminais.

Ao falar sobre as recentes parcerias com empresas chinesas, o presidente da Petrobras citou o contrato assinado com o China Development Bank para financiamento de US$ 10 bilhões por 10 anos, o acordo de longo prazo de exportação entre a Petrobras e a Sinopec - que prevê volumes de venda de 150.000 barris de petróleo por dia (bpd) para o primeiro ano e de 200.000 barris bpd nos nove anos subseqüentes -, além do memorando de entendimento entre as duas empresas para cooperação em diversos segmentos.

Quem veio?

O ministro Liu Yunshan destacou a importância da cooperação econômica e comercial para a relação entre os países e se disse otimista quanto às parcerias futuras.

Também participaram da visita o vice-ministro do Departamento Internacional do CCPCC, Chen Fengxiang; o vice-ministro do Departamento de Comunicação do CCPCC, Zhai Weihua; o cônsul geral da República Popular da China no Rio de Janeiro, Li Baojun;

O diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, também estava presente.

Efeito Honduras?

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara considerou inconstitucional a proposta de emenda constitucional (PEC) que prevê a possibilidade de o presidente da República e governadores disputarem um terceiro mandato.

A votação por unanimidade do meu parecer mostra que conseguimos enterrar esse assunto”.

Foi o comentário do deputado José Genoíno, autor do parecer detonando a ideia das reeleições.

Tá com medinho?

O chefão Lula da Silva condenou ontem o golpe que depôs o presidente de Honduras, Manuel Zelaya.

Em entrevista à emissora de rádio France 24, em Paris, Lula defendeu uma resposta dura e estrita contra seus autores.

"É preciso ser muito duros, muito estritos, não podemos admitir sob nenhum conceito que alguém se ache no direito de poder derrubar um governo legitimamente eleito pelo povo", disse o presidente em Paris”.

Lula reclamou que a América Latina já sofreu "demais" com os golpes de Estado nos anos 60 e agora "não vamos permitir que isso ocorra de novo".

Lula recebeu ontem, na sede da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), o prêmio Félix Houphouët-Boigny, pela sua ação na promoção da paz e igualdade de direitos.

Trairagem merece perdão?

O porta-voz da Suprema Corte de Justiça hondurenha, Danilo Izaguirre, admitiu ontem que Zelaya poderia ser anistiado, o que evitaria sua detenção, caso voltasse ao país:

"E o único que tem o poder da anistia é o Congresso”.

Zelaya foi acusado de 18 delitos pela Procuradoria hondurenha, entre eles de traição à pátria – crime que foi duramente punido em Honduras.

Ainda bem que aqui é o Brasil, onde se pode trair a Pátria à vontade, e os entreguistas ainda ganham prêmios e destaque internacionais.

Golpe curricular

Pré-candidata à sucessão presidencial, a ministra Dilma Vana Rousseff admitiu ontem que não concluiu os cursos de mestrado e doutorado em Ciências Econômicas na Universidade de Campinas (Unicamp), apesar de a informação constar em seu currículo no site do ministério.

Dilma prometeu apurar de quem foi a responsabilidade pelas informações publicadas, já corrigidas.

Dilma arranjou uma desculpa para tentar explicar o golpe curricular:

Eu lutei bastante para concluir (o doutorado). Na primeira vez, eu mudei para Campinas. (...) Eu morei na rua Maria Ambelina Couto, a minha filha tinha dois anos, fiz um baita esforço, fiquei lá dois anos e meio e aí dizem que eu não... Cumpri todos os créditos. Por que eu não concluí a tese? Pelo mesmo motivo que não concluí o doutorado. Eu fui ser secretária da Fazenda. Eu não estava gazeteando nada, estava trabalhando. Eu não fiz porque estava trabalhando. Não acredito que você suponha que uma pessoa secretária da Fazenda possa fazer uma tese. Nem uma ministra Chefe da Casa Civil tampouco”.

Será que a Dilma não sabia disto?

O site da Plataforma Lattes, do CNPQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), adverte que fornecer informações falsas é crime passível de punição pelo Código Penal, como falsidade ideológica, com prisão de um a cinco anos.

O Lattes, conceituado banco de dados acadêmicos do país, é atualizado pelo próprio cadastrado, que se responsabiliza pelas informações.

Cada um só pode fazer inclusão ou atualização se aceitar o termo de Adesão e Compromisso, que cita os artigos 297 e 299 do Código Penal.

O usuário tem uma senha, e digita também o número do seu CPF.

Pequena falha

Dilma reclamou que havia um erro nas informações divulgadas pelo Sistema de Currículo Lattes, que mostrava que ela cursou Ciências Sociais.

Aquela ficha do Lattes era de 2000. Eu era secretária de Minas, Energia e Telecomunicações (do Rio Grande do Sul). Eu não tinha mais nenhuma vida acadêmica. Eu era doutoranda porque eu não tinha sido jubilada, era doutoranda. Ao que me parece, eu fui jubilada (da Unicamp) em 2004 mas não fui comunicada”.

Dilma informou que tem interesse em concluir o doutorado.

Para uma guerrilheira aposentada que não sabe administrar o currículo, talvez isto seja melhor que tentar administrar o Brasil quando estourar a bolha econômica pós-Lula.

CPI que não sai

A disputa pela instalação da CPI da Petrobras deve mesmo parar no judiciário.

O PSDB ameaça recorrer ao Supremo Tribunal Federal se a CPI não for implantada.

A base aliada, com maioria da comissão, nunca dá quórum à sessão que formalizaria o início do inquérito parlamentar.

Desvia o foco...

Ontem, por ironia do destino, o prestigiado presidente do Senado prometeu agir para que saia a CPI (que não interessa ao aliado Lula).

José Sarney avisou "que usará da autoridade de seu cargo" para ajudar a solucionar o impasse entre a oposição e os governistas que vem impedindo o funcionamento da CPI da Petrobras.

Sarney descobriu que a CPI é perfeita para desviar o foco dos escândalos que pesam contra ele e o Senado.

MP no Senado

O Ministério Público Federal pediu ontem que a Polícia Federal abra inquérito para investigar supostas fraudes na produção de atos secretos no Senado.

Relatório de uma comissão de sindicância interna entregue ao presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP) na sexta-feira aponta o ex-diretor-geral Agaciel Maia e o ex-diretor da Secretaria de Recursos Humanos João Carlos Zogbhi como os principais responsáveis pelos atos mantidos em sigilo.

Para o Ministério Público, existem indícios de que os suspeitos cometeram diversos tipos de crime, entre eles peculato, corrupção passiva privilegiada e prevaricação.

Festinha do Araguaia

A onda revanchista pós-64, sob o pretexto de “fazer justiça histórica” teve mais um espetáculo ontem à tarde.

A Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) deu uma coletiva para anunciar que foi identificada a ossada do guerrilheiro Bergson Gurjão Farias, morto no Araguaia em 1972, às vésperas de completar 25 anos.

As ossadas estavam em Brasília e foram recolhidas no cemitério Xambioá (TO) em 1996.

A partir de agora, a secretaria vai pedir a análise de outras 10 ossadas que ainda não foram identificadas.

Petralhice punida

A Polícia Federal de Mato Grosso do Sul prendeu ontem 41 dos 42 alvos da Operação Owari (que em japonês significa ponto final).

A PF desarticulou uma quadrilha que há anos vinha obtendo lucro através de execução de serviços públicos de forma fraudulenta ou mediante corrupção.

Entre os presos estão João Paulo Esteves, ex-vereador de Nova Andradina e ex-secretário de Estado de Saúde na gestão de José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, e André Tetila, filho do ex-prefeito de Dourados, Laerte Tetila (PT).

O delegado Bráulio Galoni, que comandou a operação, disse que o esquema deu prejuízo superior a R$ 20 milhões nos últimos anos, principalmente para as prefeituras de Dourados (a segunda maior do estado) e Ponta Porã.

Dança na PM fluminense

O novo comandante da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Mário Sérgio de Brito Duarte, vai dividir o Estado Maior da PM entre setores operacional e administrativo.

O coronel Álvaro Garcia, atualmente responsável pelo comando de Unidades Operacionais e Especiais, passará a comandar a parte operacional.

O coronel Carlos Milan comandará a parte administrativa. Até então, Milan era o responsável pela academia da PM.

O coronel Carlos Milagres será o novo chefe de gabinete da PM.

Pediu pra sair...

O comandante do 3 º Comando de Policiamento de Área, Paulo César Lopes, que responde pelos batalhões da Baixada Fluminense, pediu a aposentadoria.

O coronel Luiz Antonio Corso, atual comandante do 15º BPM (Duque de Caxias), assume o lugar dele.

Na semana passada, Lopes ficou em evidência após dar uma bronca em um dos seus comandados.

O praça, que foi repreendido em público durante uma formatura na frente dos colegas de farda, teria agredido um morador de uma favela de Belford Roxo.

Garotinhos da Argentina?

O ministro da Economia argentino, Carlos Fernández, e o chefe de gabinete, Sergio Massa, pediram para sair do desgoverno da presidente Cristina Fernández.

Aliás, já tem maldoso chamando o casal Nestor e Cristina de “o casal Garotinho da Argentina”.

Por que será? Por que será...

Soltinho

O dono da lacrada boate Bahamas, Oscar Maroni, preso no último dia 30, ganha liberdade.

O desembargador Euvaldo Chaib, da 4ª Câmara de Direito Criminal de São Paulo, aceitou habeas corpus em favor do empresário acusado de manter uma casa de prostituição, favorecimento à prostituição, tráfico interno de pessoas e formação de quadrilha ou bando.

Maroni chegou a ficar preso pouco mais de um mês em 2007 sob a acusação de favorecimento e exploração da prostituição, formação de quadrilha e tráfico de pessoas por causa do concurso Miss Garota de Programa, que oferecia prêmio de R$ 20 mil, viagem a Las Vegas (Estados Unidos) e divulgação à vencedora.

Heresia do Fenômeno

Em entrevista na noite de segunda-feira ao programa "Bem, Amigos!", de Galvão Bueno, no Sportv, o atacante Ronaldo, do Corinthians, cometeu a heresia de duvidar do tamanho da Nação Rubro-Negra.

Aprendi uma coisa nesse tempo que estou no Corinthians: que essas pesquisas que colocam o Flamengo como o time de maior torcida são mentirosas, porque os torcedores de outros estados têm o clube como segunda equipe”.

O vice de futebol do Flamengo, Kléber Leite, detonou o Fenômeno:

Acho sensacional porque Ronaldo está mostrando uma nova faceta. Agora ele virou humorista. Ele tem todo o direito de ser engraçado. Mas na verdade é um assunto que já encheu o nosso saco. Ronaldo está bem. Que ele seja feliz, mas estamos muito mais felizes com Adriano”.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente (analítico e provocador de novos valores humanos) com análise estratégica, conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 8 de Julho de 2009.

8 comentários:

Anônimo disse...

Há uma pequena correção no endereço citado pela Ministra Dilma. A rua é Maria Umbelina Couto e não Maria Ambelina.

Anônimo disse...

Porque será que a imprensa quase não fala sobre a operação luxo?

Porque?

Anônimo disse...

Porque você não publica a matéria sobre o processo contra a máfia que montou estrtura para criar vírus híbrido de vários tipos de vírus de gripe e manipulam a mídia para anunciar a mentira como "vírus do porco"?

Tão espírito de porco quanto os que manipulam esse democídio, é esse bando de pseudos-jornalistas melancias que gostam de ver o povo sendo incitado a tomar vacinas contaminadas com o tal vírus híbrido.

Aguardo pela sua retratação a respeito.

Sinceramente,

Cristiano.
você tem o meu contato

Anônimo disse...

Comemorem Flamenguistas!!

O Timão (?) do Presidente(?) foi campeão??? Comemorem flamenguistas!!Comemorem vascaínos, palmeirenses,são-paulinos!!! Comemorem, seus trouxas!!!Afinal, vcs. ajudaram a pagar a conta!!Mesmo sem saber....Soltem rojão! Caiam na folia!!!Timãooooo...eeeooooo......

Delmiro Gouveia
Maceio - AL

Anônimo disse...

RONALDUCHO TEM RAZÃO!

Ronaldo tem razão quando diz que a torcida do Timão(?) é a maior do Brasil...Senão vejamos...Quando o Timão(?) é campeão, quem paga a conta??Todo mundo: flamenguistas, vascaínos, palmeirenses, são-paulinos, etc...E pagam como?? Via impostos que são desviados às empreiteiras amiguinhas do Lulla, o nosso presidente(?)....Logo, todos devem comemorar o título do Timão(?). Com tanta gente comemorando, a maior torcida só pode ser a do Timão(?), nénão???

Delmiro Gouveia
Maceió - AL

Esperança disse...

China leva nosso petróleo por apenas 13 dólares

A China fez o negócio da China e o Brasil papel de otário, no empréstimo de US$ 10 bilhões à Petrobras em troca de 200 mil barris/dia de petróleo por dez anos. Especialista respeitado, John Forman, ex-diretor da Agência Nacional de Petróleo, fez as contas: a China pagará US$ 2.739.726,02 por 200 mil barris/dia. Cada barril, hoje cotado em US$ 28,37 (valia US$ 138 há um ano), sairá pela merreca de US$ 13,70.
Cláudio Humberto 28.05.09

Nada a declarar
A Petrobras não comentou os cálculos de John Forman, ex-presidente da Nuclebrás e um dos maiores especialistas em energia do País
Cláudio Humberto 28.05.09

Mujahdin Cucaracha disse...

Para quem já mentiu, dizendo ter sido bárbaramente torturada por vários dias, sem ter uma sequela sequer para comprovar o fato; ou que nega ter participado de atos violentos, tendo antes descrito como transportava e guardava armas com uma "cumpanhêra", que valor pode ter o Código Penal? Afinal, o que é uma mentirinha a mais ou a menos para quadrilheiros que não tem o mínimo de vergonha na cara?
A propósito, o nosso chanceler que, por motivos humanistas combate o bloqueio dos EUA contra Cuba mas apregoa um bloqueio econômico de toda a América contra Honduras, também andou cacarejando possuir um doutorado que não concluiu.
Cabe a pergunta lançada pelo jornalista Janer Cristaldo: Dilma e Celso Amorim, como todo mestrando ou doutorando, se beneficiaram de alguma bolsa? Caso positivo, terão devolvido o que receberam da União para cursar mestrado ou doutorado? Se não devolveram, serão cobrados pelo TCU?

Geraldo Oliveira disse...

Pois se em 24/02, 26/02 e 27/02 e em 08/03 e 15/03 me ligaram atendentes referente à Anatel e da Ouvidoria da Oi. Como ontèm entraram em contato comigo nada mais nada menos que 06 (seis) atentendetes, cada um com uma informação mais desconcertada do que o outro. Primeiro ligou a Sra Mariana dizendo que eu não tinha promoção alguma, e que meu desconto era de R$ 35,00 quando na verdade é de R$ 55,00; depois ligou a Sra. Julia Maria que por ventura esqueceu-se de se identificar (uma falha grave), forneceu me o protocolo 201000019267417 que eu iria receber 150 torpedos, promoção que tem no plano Oi 60 e não 100 torpedos.
Depois ligou me a Sra Fernanda Daniele com o protocolo 201000022986011 que confirmou a informação de ser disponível os torpedos de 150 mas para mim não poderia pois eu tenho plano 3G na minha linha. E segundo as atendentes totalmente cegas e desinformadas o meu plano 3G é um plano do Oi 60. QUando eu contratei o plano oi em 03/04/2009 não tinha Oi 3G eu vim adquirir o plano À PARTE que pago todos os meses regularmente pelo uso da Internet portanto não fazendo parte do Oi 3G. Bem como hoje a Oi tem os 150 torpedos e querem me convencer a ficar com 20 mensagens multimidia. Eles são ignorantes pois desconhecem as leis e legislações vigentes pois se 05 atendentes representando a Oi ofertaram e confirmaram que eu tenho os 100 torpedos na minha linha 01180839315. A operadora que não é ladra como a Oi, a Operadora que tem uma acessoria de imprensa e ouvidoria descente com gente inteligente e competente sabe que tem que cumprir o que foi oferecido e confirmado pelos atendentes.
Não ser ignorante como a Sra Rosana a ultima que me ligou e disse que não iriam por os 100 torpedos e iriam encerrar o chamado na ANATEL.
Falou isto gritando ao telefone.