segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Defesa escala especialistas na missão Haiti para um estudo de situação sobre eventual ação militar em Honduras

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alertawww.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão

Exclusivo - O Ministério da Defesa recebeu “ordens superiores”, na última quinta-feira, para elaborar um “Estudo de Situação” para o emprego de forças brasileiras em Honduras, se o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas avaliar, em algum momento, que tal medida de “imposição da paz” é necessária. Os escalados para esta missão de planejamento estratégico foram os profissionais que tiveram o know how de atuar na missão da ONU no Haiti.

Por ironia da História, quando se tratam de operações voltadas para paz, o jargão das Forças Armadas define tal trabalho de “estudo de situação” como um PT (Plano de Trabalho). Nos bastidores militares, ninguém garante que a ordem para tal plano tenha partido do chefão-em-comando Luiz Inácio Lula da Silva. Até porque faz parte da rotina de um Estado Maior ou de um Alto Comando escalar equipes de especialistas para elaborar tais estudos – independentemente de “ordens superiores”.

Como a questão é diplomaticamente delicada, o Ministério da Defesa brasileiro resolveu apenas se antecipar a um eventual pedido de auxílio de tropas brasileiras pela ONU. Mas, nos bastidores, já está claro que o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, vai liderar uma pressão internacional para que o impasse de Honduras seja resolvido com a ajuda de uma força de paz – nos moldes da bem sucedida operação da Minustah (Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti), militarmente comandada pelo Brasil, através de um contingente de 1200 homens do Exército e Marinha.

A Doutrina é clara

Doutrinariamente, as Forças Armadas contam com especialistas em Estado Maior que trabalham com cenários e elaboram planos gerais sobre várias hipóteses de emprego militar.

O Brasil, por exemplo, trabalha com a Hipótese de Emprego Regional, desenvolvendo uma “Doutrina Alfa-Gama” para emprego regional, em situação pouco provável de ocorrer.

Também trabalha com a Hipótese de Emprego Amazônia, que desenvolve a “Doutrina Gama-R” – de “Resistência”.

Ambas são hipóteses de emprego para Operação de Guerra.

Já os Planos de Trabalho (PT) são elaborados para missões de paz – que são definidas pela ONU e fogem à esfera de decisão do governo Brasileiro.

PT Inútil

O Plano de Trabalho em fase de elaboração tem tudo para ter utilidade nenhuma.

Na sexta-feira, o Conselho de Segurança da ONU deu sinais evidentes de que não embarcaria facilmente na tese brasileira (e da turma bolavariana do Foro de São Paulo, a favor de uma “intervenção” em Honduras pró-Zé-Laya).

Tanto que o Conselho, presidido por Barack Obama, não ameaçou sanções contra Honduras – como desejava o chanceler brasileiro Celso Amorim, que chegou a bater boca com a embaixadora norte-americana na ONU, Susan Rice.

Nervosinho

Stalinácio reagiu, irado, ao anúncio do governo de Micheletti que ameaça retirar a imunidade diplomática da embaixada brasileira em Honduras, se continuar a fanfarronice com Zé-Laya:

O governo brasileiro não acata ultimato de um golpista e nem reconhece como governo interino. O governo brasileiro não negocia com ele. Quem tem que negociar é a OEA (Organização dos Estados Americanos) e o Conselho de Segurança da ONU”.

Lula afirmou não acreditar na possibilidade de a embaixada brasileira em Tecucigalpa ser invadida por forças e militantes golpistas.

Quem é golpista?

Do leitor Pedro Paulo Rocha, de Curitiba, um recado esclarecedor sobre a confusão Hondurenha:

“Grande parte da imprensa, equivocadamente, afirma que houve golpe em Honduras. Vejamos os fatos de forma concreta. Escaldados até as orelhas por ditadores, os hondurenhos congelaram o prazo dos mandatos presidenciais e proibiram reeleições, através de cláusulas pétreas, estabelecidas por zelo democrático. Bastaria um presidente desrespeitar estes preceitos contitucionais para incorrer em “crime de traição” e “ser afastado de imediato do desempenho de seu cargo” (arts. 4, 42 inc. 5, 239 e 374 da Constituição de Honduras)”.

“Ora, Manoel Zelaya, inspirado em seu ídolo Chavez, pretendeu ignorar o que estabelecia a constituição hondurenha e propôs a mudança daquela cláusula legal e democrática. Proibido pelo Judiciário, insistiu no seu propósito, convocando plebiscito a ser realizado com material fornecido pelo governo da Venezuela, que estimulava e apoiava o seu golpe. O Tribunal Supremo Eleitoral mandou recolher a mercadoria. Zelaya destituiu o comandante do Exército, enviou seus agentes para retomar tudo de volta. Diante disto, foi destituído pela Suprema Corte do país e preso, tendo sido substituído pelo presidente da Assembléia Nacional, o próximo na linha sucessória, que assumiu o governo apenas até as eleições de novembro”.

“De quem foi o golpe? Lamentável foi a atitude do governo brasileiro, que participou do trama para provocar convulsões populares em Honduras, conforme confessou publicamente o tiranete Chavez, acolhendo e permitindo que o verdadeiro golpista fizesse comícios de dentro de nossa embaixada. Mas Lula, como sempre, não sabe de nada!”

Criado (nada) mudo

Exclusivo - Tramita em segredo de Justiça, em Brasília, uma causa trabalhista que vai dar o que falar em 2010.

Um copeiro resolveu denunciar uma importante autoridade acusando-a de ser autoritária, de lhe xingar e de lhe jogar em cima, num momento rotineiro de fúria, um bule de café quente.

O caso vem sendo abafado politicamente, porque ainda tem gente que acredita que pode “chegar a um acordo” com a vítima, para que o escândalo não vá adiante e complique, ainda mais, a já polêmica biografia da personagem agressora.

Por enquanto, sentindo-se discriminado, o servidor público de carreira que foi agredido não pretende aliviar a barra da eventual ocupante de poderoso cargo que o destratou – da mesma forma como faz com várias outras pessoas, com poder abaixo, igual ou até acima dela.

Os subalternos que servem à poderosa figura não gostam de ser chamados por ela de “criados” – e alguns, mais revoltados com o tratamento, podem deixar de ficar mudos e contas estórias nada abonadores sobre a personagem.

Preferida do Chavez

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, propagandeou ontem quem é sua candidata para as eleições brasileiras de 2010:

"Dilma será a próxima presidente do Brasil. Sei que vão me acusar de ingerência, meu coraçãozinho é quem está falando. Minha candidata é a Dilma".

Foi a conversinha do Chapolim Colorado durante discurso na abertura da 2ª Cúpula América do Sul-África, realizada em Isla Margarita, ontem, na Venezuela.

O chefão Lula apenas sorriu ao ouvir o papo do companheiro do Foro de São Paulo.

Stalinácio forever?

Análise de um publicitário e atento observador da vida nacional:

Na minha profissão e com a experiência de décadas de trabalho duro aprendi a dar valor a pequenos sinais aparentemente não conectados, mas que formam um todo muito preocupante. E o quadro político atual sugere que em breve teremos uma drástica mudança de curso. Rumamos celeremente para uma ditadura lulista que deverá ocorrer em breve”.

O analista adverte: “Nós próximos meses, no máximo até o final do ano, acontecerá algum movimento no Congresso para permitir a recondução de Lula ao poder”.

Pessimismo não: História...

O especialista em comunicação enxerga vários sinais para a tentativa de perpetuação de Lula e seus esquemas no poder:

- Alta popularidade de Lula, mas que é intransferível.

- Mais de 100.000 sindicalistas no poder.

- Corrupção em escala nunca vista neste pais. Só a negociata de armamentos franceses deve gerar uma comissão de 4 bilhões de euros.- Acentuado viés nacionalista e estatista. Vide PetroSal e PetroBras.

- Evidentes tentativas de reestatizar a Vale e recriar outras estatais.

- Controle dos fundos de pensão que cotnrolam grandes empresas de comunicação.

- Privilegiar a Marinha e Aeronáutica e deixar o Exercito - que tradicionalmente foi a Força que promoveu mudanças políticas - à mingua.

- Anestesiamento das elites: Eike Batista afirmar que Lula é “o presidente dos deuses” é um sintoma grave que só tem paralelo na cooptação dos grandes industriais alemães pro Hitler..

- Política externa esquerdista e bolivariana. Notórias ligações com Chavez, Evo, Lugo, Zelaya, Correa.

- Previsível ausência de qualquer reação americana.

- Política agrícola que pune o produtor com indices absurdos de produtividade por manifesta pressão do MST que conflagra o campo.

- Atendimento a todas as pressões de ONGs e segmentos religiosos para favorecer sem terra, índios e quilombolas.

- Ausência de oposição ante a alegada popularidade presidencial.

- Colocar Dilma como candidata para perder.

- Congresso até agora cooptado, mas em vias de desagregação da base aliada ante a realista possibilidade de Dilma perder a eleição.- O sindicalismo não pode perder o poder: Lembrem-se que, não muito antigamente, quando percebiam que iriam perder uma eleição sindical, o pau quebrava, a luz se apagava e a urna era roubada.

Malvadeza recordada

Em 29 de agosto de 2006, o então senador Antônio Carlos Magalhães (do ainda PFL-BA) subiu à tribuna do Senado e chamou o Presidente da República de “indigno”, “mentiroso” e “ladrão”, pregando que o lugar dele era “na cadeia”.

Em 5 de junho de 2006, ACM tinha chamado Lula de “grande malandro do cinismo total”, por usar o programa Bolsa Família para conquistar votos na região Nordeste do País.

O discurso do falecido ACM parece mais atual que nunca, advertindo sobre os perigos de o Brasil cair em uma ditadura sindical.

Reveja o vídeo com o discurso de ACM voltou a circular feito doido na Internet neste final de semana, no link: Fantasma de ACM volta a assustar Lula?

Dane-se o avião

O Brasil vai mesmo comprar os caças franceses Rafale, da Dassaut, e PT saudações.

O negócio foi sacramentado, em Pittsburg (EUA), onde aconteceu a cúpula do G-20.

O chefão-em-comando Stalinácio da Silva teve uma reunião privada com o colega francês Nicolas Sarkozy e decidiu que o Brasil ficará com os caças franceses para reequipar a FAB.

A decisão deve ser anunciada esta semana – se não houver algum acidente político grave.

Releia o artigo: Fuck le avion

Censura à vista

Advogados de José Sarney já estudam como barrar, judicialmente, a venda do livro-bomba “Honoráveis Bandidos”, escrito pelo jornalista Palmério Dória, e publicado pela Geração Editorial, de Luiz Fernando Emediato.

A obra foi lançada quinta-feira passada na Saraviva MegaStore do Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo.

No site da editora, Palmério descreve o personagem – que aparece na capa, em fotomontagem, com óculos de mafioso:

Sarney é um sobrevivente de uma geração, mas ele não é para sempre. Certamente seus seguidores continuaram a adotar a cartilha do mestre. Ele é um novelo de mentiras, vai envolvendo todo mundo. Neste livro o leitor vai saber como o poderoso consegue manipular tanta gente. Ele é o cara que as pessoas dão como morto, mas depois aparece como aquelas almas mal-assombradas num cemitério. Ele é o mais arguto, o mais habilidoso dos animais políticos em cena no país. Quem não enxerga isso será sempre enrolado pelo Sarney. Agora ele tem que estar vivo e atuante para eleger o Fernando Sarney – o cérebro financeiro da família – e dar-lhe imunidade parlamentar A verdade é que os filhos dependem dele”.

Bye, bye, PDT

O jornalista Pedro Porfírio – brizolista histórico – pediu desfiliação ao PDT.

Porfírio informou que “toma a iniciativa por considerar que a direção do Partido vem se afastando de seu compromissos programáticos, ao aceitar filiação, prometer legenda e apoio a políticos em notório confronto com o ideário partidário e que, em passado recente, investiram deslealmente contra o seu líder maior, LEONEL BRIZOLA, razão de ser da suas bandeiras”.

Pedro Porfírio comentou que a gota d´água foi a notícia de que o presidente da República chamou o seu ministro do Trabalho, Carlos Lupi (presidente licenciado do PDT), para encomendar-lhe uma tarefa: impedir que o senador Cristóvam Buarque tenha legenda para disputar a reeleição.

Em tempo: Porfírio escreve um livrinho que vai deixar Stalinácio PT da vida: “O Verdadeiro Lula”.

Assine logo

O Fórum do Voto Eletrônico criou a Petição online: "Pela Auditoria Independente do Software nas urnas eletrônicas"

http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=UE2009BR

Esta petição solicita ao Presidente Lula para SANCIONAR SEM VETOS o Artigo 5º da Minirreforma Eleitoral que cria a Auditoria Independente do Software das urnas eletrônicas por meio da recontagem do Voto Impresso Conferido pelo Eleitor em 2% das urnas sorteadas ao final da eleição.

Vale conhecer o site formado por especialistas em inteligência artificial – http://www.votoseguro.org/

Meio Ambiente em debate

A Câmara Britânica de Comércio e Indústria no Brasil (Britcham) promoverá, nesta terça-feira, um café da manhã com o objetivo de discutir as novas diretrizes na gestão de áreas contaminadas no Estado de São Paulo.

Será no escritório da Tozzini Freire Advogados, na Rua Borges Lagoa, 1328, São Paulo.

O evento será ministrado por Rodrigo Cunha, gerente do Departamento de Desenvolvimento Institucional Estratégico da CETESB e Coordenador do Grupo Gestor de Áreas Contaminadas Críticas do Estado de São Paulo.

Pré-sal em debate

As propostas do Governo Federal para uma nova legislação do petróleo, tendo em vista a descoberta do pré-sal pela Petrobrás, serão debatidas, logo mais, a partir das 9 horas.

Será em Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Centro do Rio de Janeiro.

O presidente da Aepet (Associação dos Engenheiros da Petrobras), Fernando Leite Siqueira, será um dos palestrantes.

Concurso para Pastor

Mais uma inovação da Igreja Universal do Reino de Deus, do Bispo Edir Macedo.

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB) abrirá o primeiro concurso para pastor da IURD.

A justificativa do pastor Ricardo Ibrahim, responsável interno da IURD pela organização do concurso que promete um salário inicial de R$ 8.234,82 para o cargo de pastor é:

Precisamos de profissionais não apenas ungidos pelo Espírito Santo e preparados no fogo do Pai das Luzes para cumprir nossa missão evangelizadora, mas também de pastores com conhecimento técnicos para darem continuidade a essa obra tremenda”.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo analítico, independente e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 28 de Setembro de 2009.

10 comentários:

Anônimo disse...

Só faltava essa, ou seja, nosso Exército se lançar numa luta em Honduras para garantir a jazida de gás do Mar do Caribe para os bolivarianos.

Anônimo disse...

Que legal! Vou minscrevê no curso de "pastor técnico". Pelo quintendi, nem pricisa ser chamuscado pelo fôgo do espírito...mas acho que pricisa ser isperto. Não o sou! Estou fadado a pastar e jamais ser pastor.

Esperança disse...

O diplomata brasileiro Lineu Pupo de Paula, que desde ontem (dia 26) é o representante brasileiro na embaixada em Tegucigalpa (Honduras), contou ao UOL Notícias que a situação de higiene no local está melhor do que ele imaginava, mas que já estão ocorrendo furtos entre as muitas pessoas que ocupam o edifício nesse momento.

"Minha impressão é que tem muita gente, gente em excesso, mas existe um certo grau de organização aqui, principalmente no primeiro andar, que é onde ficamos eu, a família do Zelaya. No térreo, onde estão os apoiadores do presidente, a situação é mais séria, tem acontecido alguns furtos", contou o ministro conselheiro do Brasil na Organização dos Estados Americanos (OEA).
http://noticias.uol.com.br/ultnot/internacional/2009/09/27/ult1859u1528.jhtm

Esperança disse...

Vídeos esclarecedores s/ situação em Honduras:


Zé da Laya queria dar o golpe: cronologia dos fatos
http://www.youtube.com/watch?v=5eyRCmMc6l0

A grande prova! Zé da Laya em comício para mudar a constituição
http://www.youtube.com/watch?v=ql2r63B-8UA

Atos de vandalismo dos Zelayaistas
http://www.youtube.com/watch?v=DGO1KuYmEvQ

Os que apóiam Zé da Laya não são hondurenhos
http://www.youtube.com/watch?v=aSrZzRP2h0c

Cássio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cássio disse...

Não consigo enxergar qual a inconstitucionalidade em se propor um plebiscito para convocar o povo sobre uma reforma constitucional ou sobre uma nova constituinte. O plebiscito não era sobre reeleição.

Bem assim, não há como admitir que a sanção para o descumprimento da decisão da Suprema Corte, seja um golpe de Estado, com o subsequente cerceamento da liberdade de expressão que está tendo espaço: http://blogln.ning.com/forum/topics/as-clausulas-petreas-e-as

Quanto à conduta brasileira no incidente diplomático, contudo, tenho algumas reservas.

Cássio disse...

Não consigo enxergar qual a inconstitucionalidade em se propor um plebiscito para convocar o povo sobre uma reforma constitucional ou sobre uma nova constituinte. O plebiscito não era sobre reeleição.

Bem assim, não há como admitir que a sanção para o descumprimento da decisão da Suprema Corte, seja um golpe de Estado, com o subsequente cerceamento da liberdade de expressão que está tendo espaço: http://blogln.ning.com/forum/topics/as-clausulas-petreas-e-as

Quanto à conduta brasileira no incidente diplomático, contudo, tenho algumas reservas.

montedo.com disse...

O planejamento estratégico, com o estabelecimento de cenários possíveis, mesmo para hipóteses pouco prováveis, faz parte do trabalho de estado-maior. Não há novidade nisso.

Porém, caso uma medida estapafúrdia como essa chegue a se concretizar, as Forças Armadas brasileiras terão chegado a seu nível mais baixo, pois emprestarão sua respeitabilidade para servir de instrumento à consecução dos objetivos do Foro de São Paulo, cujo guarda chuva ideológico abriga desde as FARC até Fidel, passando pelos Sandinistas, MST e os cocaleros de Evo, sob as bençãos de Hugo Chávez. Quem segura o guarda chuva, claro, é Nosso Guia, auxiliado, pressurosamente, pelo Megalonanico Amorim.

Anônimo disse...

a constituição realmente impossibilita a reforma constitucional em relação ao mandato, mas a ilegalidade do governo golpista se deve ao fato de ter sequestrado o presidente eleito, e expulsado sem um processo legal. Isto invalidou qualquer tentativa de dar uma face legal ao golpe, pois se tratou de ação terrorista e como tal deve ter todo o nosso repudio. E o governo brasileiro foi esperto ao levar para a onu a questão, pois a oea esta contaminada pela influencia americana. Portanto, ao levar a ONU a questão ,o Ministro celso e o presidente Lula deixaram claro ao mundo a posição comprometedora dos Estados Unidos em relação ao golpe, visto a reação dos representantes americanos na OEA e ONU. O que obriga Barak Obana, que para manter a pose de "bom moço" tomar medidas para forçar o governo golpista a retomar negociações, e colocar quem sabe de volta na trilha da democracia

Cássio disse...

O problema é que a ONU, assim como os EUA, também se submete à vontade dos banksters, que são favoráveis ao golpe.