quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Itaú Unibanco cria novo clube de notáveis, presidido por Pedro Malan, em parceria com o poder real globalitário

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alertawww.fiquealerta.net (atualizado nesta Quarta)

Por Jorge Serrão

Ainda o principal centro de decisões financeiras do mundo globalitário, Londres vai ser a base das reuniões do Conselho Consultivo Internacional – recém criado pelo Itaú Unibanco. Sob a desculpa de que o “International Advisory Board” servirá para auxiliar o banco na estratégia de expansão além-Brasil, surge mais um clube de poder para consolidar a hegemonia e reforçar as ideias da Oligarquia Financeira Transnacional.

O economista e ex-ministro da Fazenda de FHC, que fazia parte do Conselho de Administração do Unibanco antes da assimilação pelo Itaú, Pedro Sampaio Malan, presidirá o “board”. O grupo de 10 notáveis da globalização já tem encontro marcado para os dias 6 e 7 de outubro, em Istambul (capital da Turquia). Todo ano, o conselho terá pelo menos duas reuniões regulares. A primeira, no Brasil, em abril ou maio. A outra será por volta de setembro, perto das reuniões anuais do FMI e do Banco Mundial.

Basta ver a composição do “board” para constatar sua identificação com os esquemas globais do Diálogo Interamericano, do Council on Foreign Relations e do Clube Bilderberg. Além de Malan, quem comanda o “board” é a cúpula do Itaú Unibanco: Pedro Moreira Salles (até 2015 presidente do Conselho de Administração do Itaú Unibanco) e Roberto Egydio Setúbal (presidente executivo do Itaú Unibanco).

Outros notáveis são: André Lara Resende (um dos formuladores do Plano Real e que vive em Londres), Carlos Ghosn (brasileiro, presidente da Renault-Nissan), Jacob A. Frankel (economista israelense), Marcel Teles (brasileiro, sócio da Ambev-InBev), Pedro Aspe (mexicano, co-presidente do banco norte-americano Evercore Partners), Raghuram Rajam (que foi economista chefe do FMI e professor de finanças da Universidade de Chicago) e Woods Staton (presidente da Arcos Dourados na América Latina e ex-comandante do Mc Donald´s na região).

Lula premiado

Dia 21 de setembro, em jantar para poucos poderosos e milionários em Nova York, o chefão Stalinácio da Silva recebe o prêmio Woodrow Wilson de Serviço Público.

Quem vai presidir a reunião no humilde hotel Waldorf Astoria será o CEO da Exxon Mobil, Rex W. Tillerson.

Junto com ele, outro anfitrião será o brasileiro Eike Batista, do grupo EBX.

Não demora, o filho de Eliezer Batista será guindado como candidato a Presidente da República do Brasil...

Agendinha cinematográfica

Os amantes do cinema chapa-branca não podem perder.

Dia 14 de novembro, em Caetés, interior de Pernambuco, estreia a propaganda subliminar sobre a vida do grande líder Stalinácio.

O diretor de “Lula, o Filho do Brasil”, Fábio Barreto, escolheu que a avant premiére do filme seria na terra natal do ilustre homenageado.

Filme queimado com a Oligarquia

O presidenciável tucano José Serra está com o filme completamente queimado com a Oligarquia Financeira Transnacional – que prefere e confia mais em Aécio Neves como candidato.

A British Gás e a Shell – principais acionistas da Congas – espalham, a boca pequena, que Serra os desagradou profundamente.

O governador paulista, de forma unilateral, promoveu mudanças no modelo político para distribuição domiciliar de gás.

Comenta-se no mercado que Serra teria agido influenciado pelo Ultra Poderoso lobby do gás de bujão.

Em se plantando...

Não existe mesmo coincidência no mundo dos mega-negócios.

Um importante dirigente da Febraban e comandante de um grande banco é irmão do presidente no Brasil de uma poderosa indústria transnacional de fertilizantes.

Quem procurar a informação “araxá” também que o presidente mundial da empresa é membro do ilustre do CFR.

Anselmo se manifesta

José Anselmo dos Santos envia Carta aberta ao Alerta Total:

Tenho direito a anistia, sim!

Segue o link para a entrevista de José Anselmo dos Santos ao programa Canal Livre, da Band, no final da noite de domingo.

http://www.averdadesufocada.com/index.php?option=com_content&task=view&id=2267&Itemid=34

O advogado de 5 milhões

Circulava ontem no restrito mercado da advocacia criminal que o ilustre jurista e fã de Carmem Miranda, Márcio Thomaz Bastos, cobrou a bagatela de R$ 5 milhões para colaborar na complicada defesa do médico urologista Roger Abdelmassih.

Junto com o famoso advogado José Luís Oliveira, Bastos também assina o pedido de reconsideração da prisão do especialista em reprodução humana acusado de ter cometido estupro contra 60 pacientes.

O pedido foi recebido pela juíza titular da 16º Vara Criminal de São Paulo, Kenarik Boujikian Felippe, que o encaminhou para a análise do Ministério Público.

Antes do caríssimo Thomaz Bastos entrar em campo, três pedidos de habeas corpus anteriores feitos à Justiça de São Paulo, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF) foram negados.

Sem perigo...

Abdelmassih foi indiciado em junho pela Polícia Civil, sob suspeita de estupro e atentado violento ao pudor, e é investigado também por suposta manipulação genética.

O Cremesp abriu 51 processos éticos contra o médico - que está detido desde 17 de agosto numa cadeia de Tremembé, no interior de São Paulo.

A argumentação da defesa é que, com a suspensão do registro profissional do médico pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp), no dia 18 de agosto, Roger Abdelmassih está impedido de exercer a profissão por tempo indeterminado.

Por isso, segundo os advogados, ele não representaria mais um potencial perigo para seus pacientes.

Jogando sal no pré-sal

O DEM, o PSDB e o PPS prometem obstruir todas as votações do plenário e das comissões da Câmara dos Deputados como forma de protesto pelo pedido de urgência constitucional do governo aos quatro projetos de lei que tratam do marco regulatório do pré-sal.

O líder do PSDB, José Anibal (SP), avisou que a primeira medida será pedir ao presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), para conversar com o governo sobre a possibilidade de retirar o pedido de urgência na tramitação dos projetos.

Queremos o tempo necessário para discutir melhor as propostas do marco regulatório do pré-sal. O governo levou quase dois anos discutindo a matéria e quer que o Congresso vote em 90 dias. Isso não é possível. A obstrução vai até o governo abrir negociação sobre a retirada da urgência constitucional”.

Inveja do Uribe

O chefão Stalinácio deve estar morrendo de inveja do seu colega colombiano – mesmo que ele esteja com grupe suína.

A Câmara de Representantes da Colômbia aprovou ontem à noite um texto conciliatório de um projeto de referendo que habilita o presidente Alvaro Uribe para ser candidato nas eleições de 2010 e buscar sua segunda reeleição imediata.

De acordo com pesquisas recentes, o ex-ministro da Defesa Juan Manuel Santos, responsável pelos golpes militares às Farc, tem possibilidades de ganhar a Presidência se Uribe não concorrer, apesar do independente Sergio Fajardo ter ganhado terreno.

Direito a mais uma indicação

Lula poderá fazer logo uma oitava indicação de ministro do Supremo Tribunal Federal, desde que assumiu o governo federal, no início de 2003.

Tudo por causa da repentina morte de Carlos Alberto Menezes Direito, que tinha 66 anos e foi empossado no STF em 5 de setembro de 2007, mas que morreu vítima de câncer no pâncreas.

Dois nomes que já eram muito especulados para ocupar futuras vagas no STF são os do ex-procurador-geral da República Antonio Fernando Souza, de 60 anos, e o do jovem advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, de 41 anos.

Direito a uma nova

Em agosto do ano que vem, está prevista a aposentadoria compulsória do ministro Eros Grau.

Assim, Lula pode emplacar sua nona indicação para o STF.

Dos dez ministros que compõem atualmente a Corte, após a morte de Menezes Direito, apenas quatro não foram indicados por Lula: Celso de Mello, que completou recentemente 20 anos de STF e foi indicado pelo ex-presidente José Sarney, Marco Aurélio Mello, indicado por Fernando Collor, Ellen Gracie e Gilmar Mendes, ambos indicados pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Efeito cascata

O Supremo Tribunal Federal encaminhou à Câmara dos Deputados na noite de segunda-feira um novo projeto para reajustar o vencimento dos ministros da Corte - já que o último reajuste ocorreu em 2005.

Se a proposta for aprovada, o teto do serviço público vai de R$ 24.500 para R$ 27.952 em fevereiro do próximo ano.

Se o aumentinho para os pobres assalariados do STF vai gerar efeito cascata e elevar os gastos públicos ninguém parece realmente tão preocupado...

Punições chilenas

O juiz chileno Victor Montiglio ordenou a prisão de pelo menos 120 ex-militares e oficiais da polícia secreta por acusações de abusos dos humanos durante o governo militar de Augusto Pinochet (1973-1990).

Entre os nomes mencionados na ordem de prisão está o do ex-chefe da temida polícia secreta Direção de Inteligência Nacional (DINA), Manuel Contreras, que já está cumprindo prisão perpétua por envolvimento com outros crimes cometidos durante o governo militar.

O mandado se refere aos casos da chamada "Operação Condor", uma ação de regimes militares de países da América do Sul nos anos 70 e 80 de troca de presos políticos e de informações sobre atividades de opositores.

Em dezembro de 2005, o mesmo juiz Montiglio processou Augusto Pinochet, morto um ano depois, em 2006, sem nunca ter enfrentado um julgamento pelos crimes cometidos durante o seu regime.

Morte ao campo

Se decidir aumentar os índices de produtividade do campo, o governo estará minando o setor agropecuário, responsável por 26,5% do Produto Interno Bruto (PIB), 36,3% das exportações e 37% da força de trabalho do País.

O alerta foi encaminhado hoje pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), em ofício protocolado no anexo ao Palácio do Planalto e dirigido ao Presidente da República.

O texto alerta que mudar as regras, exigindo que o pecuarista e o agricultor brasileiro passem a produzir ainda mais em 80% do total de suas áreas aproveitáveis, é uma situação incompatível com o atual cenário de crise mundial.

O documento é assinado pela presidente da CNA, senadora Kátia Abreu, e pelo presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente (analítico e provocador de novos valores humanos) com análise estratégica, conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 2 de Setembro de 2009.

3 comentários:

Anônimo disse...

Serrão

Quando a escolha para presidente da Republica, quer dizer que Aécio é o escolhido do poderio financeiro? AH! claro ele deixa passar tudo, pois se porta como Machael Jackson!!! Olha não acredito que o Serra vai perder esta chance!!! Ele sabe muito bem o caminho das pedras, não esta fazendo tudo em São Paulo, só para jogar para a platéia.

Thaís Gomes disse...

Olá!

Vim aqui agradecer a divulgação e sua adesão à campanha BRAVA GENTE!!!

Grande braço

Thaís Gomes
http://omundobythais.blogspot.com

Anônimo disse...

Dificil achar a relacao do banqueiro com o presidente de fertilizante!

Vamos lá:

Fabio Colletti Barbosa - Banco Real/Santander
Mario Barbosa - Bunge Fertilizantes SA

http://www.cccrj.com.br/revista/826/17.htm