domingo, 13 de setembro de 2009

Para quê um julgamento?

Artigos no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Roseane Pinheiro de Castro

Para quê um julgamento se entre os semi-deuses da toga já decidiram que meu processo não pode e jamais poderá vir a público por revelar toda a sujeira “embaixo do tapete” dos corredores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo?

Para quê os Senhores Desembargadores vão encenar uma farsa quando já se sabe que nem se cogitará meu nome para que não venha à tona que naqueles autos se abrirá a possibilidade gravíssima de, no mínimo três dos Nobres Magistrados irem parar no banco dos réus, por declarar insana uma juíza vitalícia que ousou desafiar o Poder, condenando Coronéis e defendendo soldados que eram aliciados, torturados, em todos os sentidos, por oficiais da Polícia Militar.

E, quando essa mesma juíza foi assediada, sexualmente, pelo Insigne Corregedor Geral, usou de sua coragem ao denunciá-lo, e o Nobre Presidente, à época teve a desfaçatez de esconder a referida representação. Então, todos juntos, decidirem que o melhor seria declarar-me louca sem direito, sequer a perícia médica, exames ou, pelo menos, um advogado ou perito, ao menos, para fingir que estaria havendo um processo justo?

Será, meus “colegas” da toga que isso não lhes lembra nada nos atuais momentos em que estamos vivendo no Senado, em que, cinicamente, posam de donos da verdade e, ainda têm o desplante de se dizerem chocados, quando o que fizeram e, ainda continuam fazendo é igual ou muito pior que aquele outro Poder ao negar a chance de provar que sou muito mais sã, mentalmente, falando do que qualquer um de vocês?

E, se sou insana é porque tive e tenho a coragem de ser independente, citar nomes, denunciar graves crimes perpetrados por muitos membros da magistratura paulista, jamais me curvar aos mandos e desmandos que outros, para angariar promoções, assessorias e outras vantagens pessoais se sujeitam, esquecendo-se que, num amanhã isso lhes será cobrado não pela sociedade, mas pelos seus próprios filhos e netos.

Protagonizaram um circo nesse meu julgamento porque jamais pensariam que um dia apareceria lá em Brasília um Conselho Nacional de Justiça que os olharia não com os olhos de que não vê, mas sim, enxergariam o que os senhores teimam em esconder - quem não lhes serve como convém à necessidade de se auto-preservarem às custas de mentiras e egos inflamados, jogam fora como um papel rascunhado não como um ser humano, igual ou melhor que vocês, porque eu sim tive e tenho a coragem de enfrentá-los como fiz nesses anos todos de convivência e mesmo já sendo “maculada em minha honra” com o título de insana para que nada do que eu dissesse ou revelasse fosse levado a sério pela imprensa ou pelo próprio Conselhão como os senhores o chamam.

“Mais uma agora dessa juíza louca?”

Temos que apressar logo esse julgamento porque há pretensões políticas em jogo como ocupar cargos em Brasília, no Superior Tribunal de Justiça, onde já se começa uma guerra de foices entre os senhores para mostrar ao povo e à mídia desavisada a imagem de verdadeiros cumpridores das leis, quando não passa de uma cena dantesca de cinismo e mentiras “jogadas ao povo” que, coitados, são obrigados a acreditar. Quem ousará desmenti-los? Só loucos não é?

E, para surpresa eu sou uma delas que os senhores mesmos criaram, sou o fruto da criação do Poder Judiciário, uma insana que não pode ter “voz” por ter sido “extirpada” de sua carreira para não atrapalhar seus planos pessoais e arbitrariedades que dia a dia acontecem sem que ninguém ouse contar ou desmentir.

Continuem, porque eu, enquanto viver (não foi por falta de tentar antecipar minha existência), mas porque DEUS, quer os senhores queiram ou não, é JUSTO, ONIPOTENTE, ONISCIENTE E A TUDO VÊ, mesmo que num futuro distante, porém, a verdade prevalecerá nem que demore cem anos, mas virá à tona.

É uma pena que os senhores não podem mais usar a fogueira para ser queimada em praça pública, não por ter sido banida a Inquisição como muitos pensam, mas por terem que continuar demonstrando ao povo que esse tempo já acabou quando está mais vivo, só que a tecnologia aí está à mercê dos senhores que a aprimoraram. Democracia? Quem viver verá que nunca a tivemos, pura ilusão!!!

Eu posso dizer a meus filhos quem sou, posso andar de cabeça erguida aonde quer que vá, posso dormir em paz todas as noites. E os senhores de toga, como terminarão seus dias, quando a aposentadoria ou a velhice os chamar? O tempo é implacável, a autoridade que lhes foi conferida é efêmera. Não se iludam, por favor que levarão consigo títulos e cargos, sequer a toga para vesti-los na Última Morada, se é que terão alguém para fazer isso...levá-los até lá...!

Enfim, senhores deuses da toga paulista, não percam tempo em me julgar, protagonizar uma comédia da Globo. Acabem logo com isso, encerrem, indefiram tudo e engavetem meu processo no mesmo lugar que continua escondido por quase 4 anos que nada acontecerá. Nesse País só vencem os mentirosos, corruptos e criminosos.

Saibam que mesmo sabendo que perderei, pois tudo já está delineado para perder no dia desse julgamento, lá estarei e, da mesma forma que entrarei para receber o veredicto da minha derrota, dali sairei de cabeça erguida e a consciência do dever cumprido perante a mim mesma e a meus filhos, honrando o nome que meus falecidos pai me deram.

E os senhores, dormirão tranquilos nas noites seguidas ou fingirão como até hoje o fizeram, até o dia em que um alguém de suas famílias passem pela mesma injustiça, o mesmo martírio, sofrimento, escárnio, um nome manchado e estigmatizado como o que fizeram comigo?
Sã, em plenas condições físicas e mentais. Louca, sim, por dizer a verdade, ter a coragem de enfrentá-los sem jamais vir a temer o Juízo Final.

Roseane Pinheiro de Castro (Zane) é Juíza de Direito aposentada, compulsoriamente. Texto escrito em São Paulo, 18 de agosto de 2009.

11 comentários:

JOSÉ GERALDO P. DA SILVA - JUIZ APOSENTADO DE SANTA CATARINA disse...

TENHO ACOMPANHADO O CASO DA COLEGA ROSEANE E ACHO "UMA VERGONHA", COMO DIRIA O BORIS CASOY, A ATITUDE COVARDE DE ALGUNS MEMBROS DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. O PROCESSO DELA ANDA A PASSOS DE TARTARUGA. ACHO QUE NÃO QUEREM ENFRENTAR UMA VERDADE E TEREM REVELADAS AS FALCATRUAS QUE DERAM ORIGEM A APOSENTADORIA COMPULSÓRIA DE UMA MULHER COMBATENTE E CORAJOSA. FOI UMA DAS POUCAS, SE NÃO A ÚNICA, JUÍZA A SE VOLTAR CONTRA AS ARBITRARIEDADES QUE ERAM COMETIDAS. ESTA MULHER MERECE MUITO RESPEITO.

Anônimo disse...

Excelente, Zane querida!
Alguém tem que ter coragem prá denunciar essa sujeira toda!
Parabéns!
Meu apoio total a você.
Sou tua fã!
Perla (Crystal)

Unknown disse...

Zane, tenho acompanhado toda a trajetória. Nosso país tem se revelado injusto, com certeza. Sob muitos ângulos. Vc não pode denunciar a verdade, se ela doer aos que MANDAM. Se ficasse quieta, não estaria aposentada, com certeza.
Você é uma heroína !!!
O Brasil precisa de muitas Zanes!!
Parabéns e sempre torcendo por você!
Fátima

Anônimo disse...

"A Justiça é o interesse dos privilegiados". Os que hoje estão no poder corromperam a alma desta nação. Poucos, como esta Juiza, são suficiente fortes para manter a lucidez e a razão.
Prossiga Juiza, sua luta é a mesma luta dos nacionais que preservam valores éticos e dignidade.

Nadir Cabral disse...

Prezada Dra.
Me solidarizo com tua angústia.
Estão querendo se apoderar de algo sagrado, que é a Justiça! A justiça não é humana, provém de Deus, todavia, os semi-deuses que ora ocupam altos cargos no Judiciário, para acobertarem infâmias, a estigmatizam de INSANA.
Lamento que pessoas como a senhora, que luta para que a verdade apareça, sofra tanto por algo que é um direito. Meu respeito e gratidão por enfrentá-los de cabeça erguida.

Gesni disse...

Parabéns Drª.

Onde prosperam os enganadores e a enganação, é muito difícil ter vez e voz sem pertencer ao time principal.

Luz e sorte.

Caxias do Sul

Anônimo disse...

GIGANTE ROSEANE!!!
Continue, Roseane, a dar publicidade a tudo, não esmoreça mesmo, você , grande mulher, siga que fará seguidores, tua luta é justa, e isso agrada aos SEUS olhos. Temos DEUS,e sabemos disso, nós que sempre estamos na contra-mão da não rua, mas servidão dos poderosos desse poder irresistível aos acenos indecorosos de qualquer tipo de vantagem que lhes alimente a vaidade, no mínimo...
leitoracativa conhecedora de outras, porém sempre injustiças, cumprimentando e desejando-lhe sempre coragem, muita coragem.

Meu cantinho disse...

Zane tenho acompanhado a sua trajetória, luta interminável, contra os poderes dos PODEROSOS,infelizmente vivemos em um País onde impera a impunidade, a máfia dos poderes dos poderosos, injustiças é o que assistimos todos os dias, vencem os hipócritas os que fazem parte dos esquemas, vc minha querida nunca barganhou, fez conchavos, pagou um preço caro, paga um preço caro.
Eu particularmente não acredito na justiça brasileira.
Torço por vc sempre estarei ao lado da verdade.
Muita Luz
Cristina

Anônimo disse...

Olá boa tarde sou portuguesa e, apesar de conhecer pouco a vossa "política" (pelo menos o que gostaria), atendendo a que sou Sociológoa e me interesso pelo que se passa noutros Países, gostaria de "dizer" o seguinte :conheço a Zane o suficiente para afimar que é uma vergonha enorme não terem resolvido o problema dela. A Meretíssima Juíza Roseane é uma Pessoa Maravilhosa, Digna e de uma Humanidade sem limites. Qd se soube em Portugal, através de 1 revista brasileira, o caso da Juíza Roseane todo o mundo ficou atónito com semelhante barbaridade que lhe fizeram e ainda estão fazendo. Zane querida, Mulher absolutamente impoluta vá em frente! Um dia toda a gente admitirá o qto foram injustos para com vc.
Aproveito para parabenizar o Alerta Total por ter colocado este artigo referente à Juíza Roseane. Só por isso acho que vou ficar leitora assídua deste blog. Parabéns!
Um beijinho
Ana, sempre!!!/Lisboa/Portugal

GUERRA disse...

Drª ZANE, para nós, do estado do Espírito Santo, o que V. Excia. Está denunciando não é novidade. Na nossa justiça foram encontradas quadrilhas. Tivemos até um juiz (jovem) assassinado porque ousou denunciá-los. Agora, a outra quadrilha ou parte da primeira, ainda nada aconteceu aos seus membros. Vai acabar em pizza. Um dos acusados como mandante da morte do jovem juiz, está aposentado e tranqüilão. Entretanto, como a drª mesmo diz, o Ser Supremo está só observando!

Este Brasil é sério ? disse...

Quando será que vamos realmente ter algo verdadeiro neste país!

Quantos ministros o seu Lula viajando da Silva vai indicar ?

E quando é que a nossa justiça vai vingar!

Bya Franco