quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Forças Armadas têm competência legal para combater narcoguerrilha urbana, sem pedir a Lula ou Cabral

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão

"As Forças Armadas têm um repertório de capacidades muito grande, que pode ser utilizado contra grupos armados, sejam eles do interior da selva amazônica, da área fronteiriça ou de uma área urbana ocupada por alguma facção criminosa". A tese – com base constitucional e operacional - é de um membro das Forças Especiais do Exército Brasileiro.

O Major Alessandro Visacro é autor do livro "Guerra Irregular - Terrorismo, Guerrilha e Movimentos de Resistência ao Longo da História" (Editora Contexto, 2009). Já que os problemas de segurança pública no Rio de Janeiro têm componentes de terrorismo, guerrilha e conflitos assimétricos, as Forças Armadas teriam obrigação de agir – independemente da vontade política do Presidente da República ou do Governador do Estado. Releia, neste Alerta Total, o artigo: Os artigos 142 contra os “171”

Como o Alerta Total já denunciou ontem, os narcoguerrilheiros urbanos do Rio de Janeiro fazem novas ameaças de terror. Em conversas captadas por serviços de inteligência das Forças Armadas e da Secretaria de Segurança do RJ, os marginais já especulam que podem usar armamento terra-ar para atingir aviões em decolagem nos aeroportos Santos Dummont e Internacional Tom Jobim.

Competência do EB

Durante o Seminário de Controle de Armas e Munições, realizado em Brasília, no mês de junho deste ano, o Coronel Engenheiro Militar QEMA Clóvis Eduardo Godoy Ilha apresentou “a contribuição para a Segurança Interna do País” como uma das atividades da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército (DFPC).

A regra é clara: "A competência da União para autorizar e fiscalizar a produção e o comércio de material bélico, prevista no inciso VI do art. 21 da Constituição Federal, é exercida pelo Exército Brasileiro".

O Art . 24 da Lei 10.826/03 também deixa claro: " (...) compete ao Comando do Exército autorizar e fiscalizar a produção, exportação, importação, desembaraço alfandegário e o comércio de armas de fogo e demais produtos controlados (...)".

Conheça mais detalhes em: http://www.dfpc.eb.mil.br/

Armamento pesado

O helicóptero da PM no Rio foi abatido, sábado passado, por um disparo de AT-4, um lança míssil sueco de última geração.

A denúncia é do tenente PM Melquisedec Nascimento.

Mas os bandidos cariocas podem ficar tranqüilos porque o governo Lula já prometeu um novo helicóptero blindado para eles continuarem brincando de tiro ao alvo.

Já o combate efetivo à criminalidade, cortando o mal pela raiz, dificilmente vai acontecer, se depender da vontade política de Stalinácio e seus aliados do Foro de São Paulo – que têm parcerias com a narcoguerrilha carioca publicamente conhecidas, já denunciadas pelo jornalista e filósofo Olavo de Carvalho, em diversos artigos.

Pistola elétrica

A turma dos Direitos Humanos (dos bandidos) já tem motivos eletrizantes para mais uma reclamação infundada.

A Polícia Militar de São Paulo usará, em Ribeirão Preto, a pistola elétrica.

Em todo o estado, a PM possui 350 pistolas deste tipo - uma arma não letal que imobiliza o suspeito por meio de choques.

Funcionamento

A arma, com alcance de cinco metros, é capaz de imobilizar um homem na hora.

Dela saem dois fios com arpões, que penetram em torno de 1,5 centímetro no corpo do suspeito e descarregam uma energia de 50 mil volts.

O choque provoca uma dor intensa que faz com que a pessoa atingida caia no chão, imobilizada.

Que novidade!

As autoridades de Honduras apreenderam um avião venezuelano com drogas, num aeroporto local, confirmando os constantes pousos em direção aos EUA.

Mas há o temor de que além das drogas, sejam transportados militantes chavistas e armas para a guerrilha contra o povo de Honduras, anunciada por Chávez na Bolívia.

Agora, o governo de Honduras declara educadamente, que entre os assessores do Zé-Laya, abrigados pelo Estado brasileiro em sua embaixada, estão oficiais venezuelanos.

Coisa russa

A Duma, parlamento dos russos, aprovou uma lei que autoriza o chefe de estado a enviar contingentes das forças armadas “em mobilizações externas” para prevenir ataques contra o território russo ou “prevenir uma agressão contra outro Estado que tenha pedido ajuda à Rússia”.

Lembrete: a Russia está armando a Venezuela, o Equador e a Bolivia.

Logo, ninguém se surpreende se a ajuda militar russa, de uma hora para outra, não aparecer para socorrer tais parceiros.

Jogo imundo

A base governista deu mais uma prova ontem de que joga muito sujo no Senado.

Aproveitando a ausência do presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), os governistas sepultaram uma acareação entre a presidenciável da Casa Civil, Dilma Rousseff, e a ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira.

Lina e Dilma falariam na comissão sobre o suposto encontro em que a ministra teria pedido para agilizar investigações sobre a família Sarney.

A manobra

Sob o comando do senador Wellington Salgado (PMDB-MG), a base colocou em votação três requerimentos do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR):

Um convite e uma convocação para a ministra Dilma, e outro convite para a Lina Vieira.

Aproveitando-se da maioria, a base rejeitou os três requerimentos, por nove a quatro, sob os protestos da oposição – que deu mole e não pode repetir os pedidos.

Reserva do crime

Índios da reserva de Alto Turiaçu, no município de Centro do Guilherme, às margens do rio Gurupi, na fronteira do Maranhão com o Pará, eram coniventes com a extração ilegal de madeira na região, onde a polícia maranhense encontrou, também, 20 mil pés de maconha plantados em 10 Km2, e um garimpo ilegal.

Os indígenas muquiranas recebiam dinheiro e até cachaça para permitir o desmatamento.

Na reserva, de cerca de 5.300 quilômetros quadrados (quase o tamanho de Brasília), vivem índios de três etnias: Auwá, Ka'por e Guajá.

Fique onde está...

Suzane Von Richthofen não terá direito ao mole de um regime penal semiaberto, trabalhando durante o dia e voltando para a prisão para dormir.

A juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª vara Criminal de Taubaté, no interior de São Paulo, considerou que Suzane é uma pessoa presumivelmente perigosa pelo crime que cometeu.
Suzane foi condenada pela morte dos pais, Marísia e Manfred, em 2002, a golpes de barra de ferro.

Ela planejou o crime com o namorado Daniel Cravinhos e o irmão dele, Cristian Cravinhos.

Encontro marcado

Logo mais é preciso seguir o exemplo do Poderoso Chefão e tomar todas...

A turma 284 comemora 25 anos de chegada ao Velho Casarão cor-de-rosa do IACS -Instituto de Artes e Comunicação Social da UFF (Universidade Federal Fluminense).

A cerimônia de bebemoração começa a partir das 18h 30min, no Botequim Informal da Lapa, na rua do Lavradio, 192.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 22 de Outubro de 2009.

7 comentários:

Raphael Nascimento disse...

A guerra das drogas aumentou o poder de criminosos ao mesmo tempo em que criminalizou cidadãos que cumpriam todas as outras leis, e desperdiçou bilhões que poderiam ter sido melhor empregados em educação e reabilitação.

Estupidez pura insistir nessa política falida.

Anônimo disse...

Ô Raphael! "política falida"? É a política descrita nas atas do Foro de São Paulo. É a política do Chavez anunciada em Cochabamba para criar um dois tres ou mais vietnãs nas Américas. É a escolha dos terroristas aliados às farc que estão presentes em Brasilia.

Anônimo disse...

Neste país, o Serrão é um dos poucos jornalistas sérios que ainda citam a fonte da informação, como a do Olavo de Carvalho por exemplo.

Anônimo disse...

O Evangelho segundo São Lulla

Lulla se comparou – de novo – a Jesus Cristo.....Pensando bem, Lulla tá mais prá Chacrinha do que para Jesus, naum? Ou Judas, sei lá.....Ou Barrabás, ou aqueles dois que morreram crucificados ao seu lado....

Fitzcarraldo Silva

Esperança disse...

Chavez decreta o fim da propriedade privada

http://notalatina.blogspot.com/2009/10/chavez-decreta-o-fim-da-propriedade.html

Anônimo disse...

Prefiro postar anônimo amigo Serrão.

Como carioca você sabe o que é viver perigosamente.

Aqui no Rio, vejo policiais subindo e descendo o morro da Camarista, no Bairro do Méier quase todos os dias. Ainda assim, a venda de drogas continua e o desfile de bandidos fortemente armados também.

Por que será??

O fato é.. quando a polícia invade é para abrir caminho para outro grupo rival.

Estamos refens dos bandidos e dos policiais corruptos e também dos milicianos.

A única solução é uma intervenção federal no Rio de Janeiro.

A situação está caótica na Zona Norte faz muito e muito tempo.

Moro por aqui há mais de 45 anos e vejo a situação piorar dia após dia, notadamente a partir do início dos anos 80, graças ao Sr. Leonel Brizola, o homem que deu carta branca para as favelas.

Atualmente, é visível o crescimento absurdo das favelas que margeiam as linhas Amarela e Vermelha, sem que haja qualquer tipo de repressão.

Pelo contrário, vereadores loteram as favelas que tornaram-se currais eleitorais.Eles colocam água e luz e fazem uma meia dúzia de campos de futebol e pronto.

Em Manguinhos, os bandidos transitam livremente em motos fazendo assaltos na região TODOS os dias.

Agora com PAC, teleférico e outras vantagens, o governo irá facilitar ainda mais a vida dos traficantes.

Essa política populista e demagoga não está melhorando em NADA a vida do cidadão.

Penso que é a penas uma maquiagem muito superficial que mal esconde o mar de lama em que vivemos.

Nem a polícia militar, nem os governantes querem resolver a situação.

Em poucos dias tudo voltará a ser como antes.

Os moradores do Rio de Janeiro pedem socorro, pois a Ex-Cidade Maravilhosa é uma Cidade Sem Lei!

Anônimo disse...

Chegará o dia em que vão legalizar as drogas e seu comércio. O
Ministério da Droga terá recursos financeiros para fomentar as atividades correlatas, e a Justiça se incumbirá de resolver os conflitos entre as facções de traficantes, à luz de legislação específica devidamente aprovada no Senado e na Câmara....
Nas Igrejas e escolas serão distribuidos preservativos, baseados, pedrinhas de crack e vodka, que ninguém é de ferro...
O PDdoB (Partido da Droga do Brasil) lançará candidatos para as eleições em todos os níveis...
Mas, não ouse fumar cigarros em via ou praças públicas, pois esse crime inafiançável será penalizado com 10 anos de xilindró, com obrigatoriedade de assistir a sermões de Marxismo toda semana...
Será exigido também que você desenvolva seu lado feminino na cadeia, eh eh.