sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Lula se desgasta com profanação política da imagem de Jesus e com tentativa de taxar a caderneta de poupança

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão


O poderoso Stalinácio tem tudo para sofrer um dos maiores desgastes em sua imagem divina, depois que usou o falso argumento de que se Jesus Cristo vivesse nos dias de hoje teria de fazer coalizão até com Judas para governar. O secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Dimas Lara Barbosa, reagiu depressa à infeliz comparação de Lula, advertindo que Jesus Cristo nunca fez aliança com os fariseus.

Outro desgaste que pode ser fatal para o Grande Filho do Brasil: o pecado mortal de tributar a caderneta de poupança – cujos recursos são usados para incentivar o setor habitacional. Lula insiste em enviar ao Congresso Nacional a proposta leonina de alterar o piso de depósitos novos na poupança a partir do qual incidiria Imposto de Renda (IR) a uma alíquota de 22,5%. O novo valor taxável seria para depósitos acima de R$ 100 mil.

No caso da confusão com Jesus, o desgaste será com aqueles muitos que se sentirem ofendidos com comparações profanas ao sagrado Jesus. Já no caso da sede do Leão (e do Lula) com a poupança, o bicho deve pegar com os “fariseus” do Congresso. Afinal, os parlamentares resistem à ideia de mexer na poupança em véspera de ano eleitoral. O assunto desagrada a gregos e baianos: tanto da base aliada e quanto da oposição.

Pecado verbal

A entrevista amestrada de Lula, que foi manchete de ontem da Folha de S. Paulo, profanou sua imagem política.

O Secretário-geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, deu uma lição a Lula:

Judas foi um discípulo de Cristo. Cristo conhece o coração das pessoas e respeita a liberdade de cada um. Agora, Cristo não fez aliança com os fariseus, com os saduceus (membros de uma seita judaica oposta aos fariseus). Pelo contrário, teve palavras muito duras para eles”.

Para não arumar uma briga política, Dom Dimas ressaltou que não estava se referindo a nenhum partido político e minimizou que existem pessoas boas em todas as legendas.

Aos amigos tudo...

O Globo revela que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, pela segunda vez, impôs o nome de seu amigo pessoal Demian Fiocca para assumir um alto cargo executivo no Banco do Brasil (BB).

Fioca ficará no comando da BB DTVM, a maior administradora de recursos do País, com R$ 200 bilhões de patrimônio.

Há cerca de seis meses, Fiocca virou presidente do banco paulista Nossa Caixa, adquirido pelo BB recentemente.

Mas no dia 30, o Nossa Caixa será oficialmente incorporado pelo BB, e o amigo não pode ficar desamparado...

Regulador do chuveiro

O presidente venezuelano Hugo Chávez ordenou ontem que o povo pare de cantar no chuveiro na hora do banho porque o país está tendo problemas de abastecimento de água e eletricidade.

O líder socialista bolivariano justificou o pedido de limitar o banho dos compatriotas em apenas três minutos, alegando que, devido ao fenômeno climático El Niño, a média de chuvas está abaixo do normal na Venezuela.

A reserva El Guri, uma das maiores hidrelétricas do mundo, está com o nível de água absurdamente baixo.

Chavez também anunciou medidas de economia de energia e disse ainda que criaria um ministério para lidar com a escassez de eletricidade, que já afeta a imagem de sua revolução socialista e acontece pouco antes das eleições legislativas de 2010.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Outubro de 2009.

5 comentários:

Anônimo disse...

A língua é chicote da bunda!


Continue falando asneira, Lula,

faça-nos esse imenso favor

Anônimo disse...

A Democracia do Cara

Eis a Democracia dos sonhos de Lulla e dos petistas.: Eleições presidenciais a cada 4 anos, mas só poderá ser eleito e reeleito candidato do ParTido, pois a eleição de qualquer outro seria um retrocesso inadmissível aos anseios populares. O presidente da República, desde que do ParTido, poderá ser reeleito ATÉ 20 vezes. À Imprensa só cabe informar aquilo que o Ministério da Propaganda divulga, não devendo fazer quaisquer tipos de denúncias de maracutaias promovidas por membros do governo, pois é sabido que os membros do governo não fazem maracutaias, tudo não passando – sempre - de calúnias engendradas por golpistas a soldo das zelites espúrias e nojentas. Ao Legislativo só cabe referendar as decisões do Executivo. Judiciário?? Todos os juízes de Tribunais Superiores serão nomeados pelo Executivo com a finalidade precípua de prolatar sentenças a favor do Executivo, dos membros (e dos amigos) do Executivo e do ParTido, pois esses, é sabido, vivem, se dedicam e laboram única e exclusivamente em prol do sofrido povo brasileiro. Tribunal de Contas prá que?? É uma coisa totalmente desnecessária pois todas as obras são administradas e gerenciadas por membros do ParTido, o que se configura na maior garantia de qualidade, de cumprimento de prazo e de preço baixo das mesmas.

Fitzcarraldo Silva

Anônimo disse...

Esperar o que de um debil mental???

Anônimo disse...

Chora Chora minoria com complexo de maioria.
1 copa
1 olimpiada

Juntos= infraestrutura (FHC acabou), crescimento (FHC nunca soube o que foi), inclusão digital, social e educativa (o que é isso? pobre não tem que servi os ricos?)....

2011-2014 - DILMA
2015-2019 - LULA
2020-2024 - LULA

no mínimo mais 14 anos de prosperidade. Enquanto isso, oposição chora e torce que PAC não dê certo, crise pegue o Brasil só pra poder ficar latindo. Vote com inteligência, vote 13

Anônimo disse...

gsdgsdg