segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

BB pode contratar escritórios de cobrança de aliados do governo para pressionar pequenos devedores da União

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão

Apesar do escândalo Arruda, a petralhada no poder arma mais um esquema perfeito para ocultar um rico mensalão. O governo estuda contratar o Banco do Brasil para cobrar pequenos devedores (entre R$ 20 mil e R$ 30 mil) da União. Como o BB não teria estrutura própria para a missão, contrataria escritórios de cobrança – controlados por aliados governistas – que fariam todas as cobranças “dentro da lei” e repassariam uma comissão a alguém, por fora, numa operação complicada de ser rastreada e comprovada – a exemplo dos impunes mensalões, ao menos até agora.

Será mais uma modalidade de aparelhamento político ao qual o Banco do Brasil é submetido na gestão $talinácio. O setor jurídico do BB (o Dejur) foi comandado, de abril de 2007 até 30 de novembro passado, por Joaquim Portes de Cerqueira César. O advogado paulista é apontado como homem de confiança da cúpula sindical do PT, como o ex-ministro da Comunicação Luiz Gushiken e o deputado Ricardo Berzoini (SP), - ambos originários do sindicalismo bancário. O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Brasília (SEEB) denuncia judicialmente que Cerqueira César implantou uma política de “caça às bruxas” atrás dos cargos comissionados no BB. – o que teria colaborado para a saída dele do poderoso cargo.

O SEEB já entrou com ações para demonstrar que, no Departamento Jurídico do BB, ocorre um massivo processo de assédio moral e coação. As vítimas seriam os cerca de 40 advogados da Diretoria Jurídica do banco. Por ironia, o problema acontece no setor que tem a obrigação de zelar pelas práticas regulares na defesa do patrimônio do banco estatal. Para complicar o problema, os perseguidos são ligados ao ex-diretor jurídico do banco, João Otávio Noronha, hoje ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Se o BB acabar condenado, o valor total de indenizações pode chegar a R$ 30 milhões.

O Jornal do Brasil revela que, na petição em que pede abertura de uma ação civil pública para indenizar e reconduzir os perseguidos, o advogado do sindicato lista várias ações irregulares: demissão em massa envolvendo todo o departamento jurídico de algumas regionais – como Maranhão e Rio Grande do Norte –, pressão pública para que outros advogados pedissem dispensa dos cargos, rebaixamento de funções em comissões e a ocupação desses cargos violando o regulamento interno do banco.

Aparelhamento

O JB revela que Joaquim Portes de Cerqueira César, funcionário de carreira do BB, assumiu um cargo de direção em 2003, na regional de São Paulo.

Petista de carteirinha, só não foi guindado ao posto maior porque o primo, José Luiz Cerqueira César, conhecido como “Mexerica da Libelu” (referência a uma das organizações de esquerda paulista, a Liberdade e Luta), outro quadro partidário, assumiu a vice-presidência do Departamento de Tecnologia da instituição, em Brasília.

Como “Mexerica” deixou o cargo em setembro de 2006, seis meses depois, Cerqueira César foi promovido ao comando da Dijur.

Levou com ele sócios do escritório de advocacia, o Cerqueira César Advogados Associados e colegas da entidade que dirigia, o Instituto Brasileiro de Ciências Jurídicas (IBCJ), entre eles Márcia Rocco Castilho, Edson Magnani, Paulo César Guerche e José Augusto Carvalho.

Curiosamente, os indicados figuram na lista de doadores da campanha do deputado Ricardo Berzoini em 2006, cada um deles com R$ 9 mil.

Será?

O advogado Luiz Antônio Castagna Maia alega que os prejuízos que o Banco do Brasil sofrer por causa da ação devem ser cobrados de Cerqueira César.

O defensor dos assediados prefere acreditar que o assédio moral em massa tenha sido mais por “trapalhada” do que por orientação política.

Os envolvidos não falam sobre as graves denúncias.

Reparação

Vale a pena conferir o trailer oficial do documentário longa-metragem, que estréia em 2010, contando a história de uma vítima da violência da guerrilha durante o regime militar.

“Reparação” descreve os prejuízos históricos causados a Orlando Lovecchio, vítima de um atentado a bomba praticado pela guerrilha que lutava contra o regime militar no Brasil, em 1968.
Orlando perdeu a perna no célebre atentado ao Consulado dos EUA em São Paulo e, ainda hoje, em 2009, luta por justiç.

Como não é considerado uma vítima da ditadura militar, a aposentadoria que recebe é menor que a do autor do atentado que o vitimou e enterrou para sempre seu sonho de ser piloto de avião.

Veja o trailer em: http://www.youtube.com/user/terranovafilmes

Deus é rubro-negro

As forças do universo comemoram o hexacampeonato Brasileiro do Flamengo.
Vitória merecida do Andrade – hexa como jogador e técnico – fazendo jus à geração vencedora do passado rubro-negro.

Vitória merecida do Ronaldo Angelim – que com seu gol da vitória surge como legítimo herdeiro do também zagueiro Rondineli – o “Deus da Raça rubro-negro.

Triunfo merecido do Pet – que mostrou que competência e talento não têm idade, mesmo no futebol

Além de conquistar, pela primeira vez, o título nacional na era dos pontos corridos, o Mengão também tem o artilheiro da competição, o Imperador Adriano - o que não acontecia desde 1982, quando Zico foi o goleador na campanha do bicampeonato rubro-negro, com 20 gols.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 7 de Dezembro de 2009.

2 comentários:

Celular Espiao disse...

http://www.celularespiao.org
Conheça o celular Espião. A nova coqueluche da espionagem. Com ele você realiza a sua escuta de celular de forma legal e sem complicações. Monitore quem você quiser com ele. Acesse nosso site e conheça.
Serviço muito simples, um aplicativo fica oculto rodando em celulares com S.O. Symbian, gravando tudo no cartão SD, e posteriormente transferida para o pc, ou silenciosamente enviando dados pela rede 3G ou Edge. Com qualidade, pode-se gravar muitas horas. É claro que apenas as ligações serão gravadas, mas basicamente poder-se gravar tudo, já que ele fica oculto no sistema,

Anônimo disse...

Anjo Guardião é aplicativo Celular espião que monitora celulares, smartphones e tablets é um verdadeiro Detetive Virtual, tendo a grande vantagem de estar ativo e espionando 24hs por dia, 7 dias por semana.
Proteja quem você ama! Saiba tudo que seus filhos estão fazendo!
Você desconfia de traição? Então não fique na dúvida, monitore o celular do seu namorado ou de seu marido!
Desconfia de funcionário na sua empresa? Descubra se ele é confiavél mesmo.

Acesse o site: Celular Espião http://celularanjoguardiao.com.br e faça um teste grátis!