domingo, 6 de dezembro de 2009

Chega de Porcaria

Artigo no Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão


Piadistas infames explicam que o Chefão $talinácio só pode mesmo pegar gripe suína. Afinal, vive no emporcalhado Detrito Federal. Outros magos da cacofonia garantem que $talinácio e seus aspones pegaram a tal doença, na Alemanha, após cantarem “nosso hino”. E, por ironia, justamente na terra que fabrica a melhor linguiça porcina.

$talinácio, falando sério, só estimamos sua melhora. Por favor, só descanse em paz quando eleger seu sucessor (ou sucessora) – devidamente abençoado e sustentado pela Oligarquia Financeira Transnacional que toca o globalitarismo. A omissão dos brasileiros – com a mentalidade de colonizado (cultural, político e econômico) – reproduz e perpetua tanta porcaria.

Sobrou até para a Maçonaria – uma organização iniciática que já lutou pela independência (até hoje não conquistada) do Brasil, pela abolição da escravatura, pela República. Caiu na mídia que o governador do Detrito Federal, José Roberto Arruda,é Mestre Maçom. É membro da Augusta e Respeitável Loja Simbólica “Areópago de Brasília”, nº 3001, filiada ao Grande Oriente do Brasil, no DF. Numa foto que circula pela internet, enviada por maçons indignados, Arruda aparece vestindo o sagrado avental dos mestres-maçons.

Os maçons querem a cabeça do Arruda. Quarta-feira passada, a Soberana Assembleia Federal Legislativa da Maçonaria (mais precisamente do Grande Oriente do Brasil – a mais antiga potência maçônica do País) estipulou um prazo de 15 dias para decidir se expulsa ou não Arruda da ordem maçônica. Os maçons consideram inaceitável que um membro da organização protagonize a cena em que aparece pegando R$ 50 mil com o ex-secretário Durval Barbosa.

A decisão será politicamente delicada. Sabe-se que Arruda colocou em seu governo alguns companheiros de maçonaria. Entidades ligadas aos maçons foram favorecidas em contratos com o governo do Distrito Federal. Uma delas é a Fundação Gonçalves Ledo. Sem participar de licitação pública, a organização receberá mais de R$ 20 milhões. Tudo em nome da beneficência.

O caso Arruda fede no Detrito Federal. Tantos outros escândalos vão feder pelo Brasil afora. Uma safadeza supera a outra, jogando a anterior no esquecimento e na impunidade quase certa. Está tudo errado! Temos de acertar as contas com nossa História. Mas a síndrome de colonizado não deixa.

Como dar um basta em tanta porcaria? Basta ter coragem de formular e colocar em prática um projeto para o Brasil – que o radicalismo idiotizante das ditas direitas e esquerdas, até agora, não tiveram competência para elaborar e, muito menos, realizar. É hora dos segmentos esclarecidos da sociedade provarem que existem e encararem a missão de tornar o Brasil o melhor lugar do mundo para os brasileiros. Omissão é crime tão hediondo quanto a corrupção.

Eis o desafio para começar imediatamente, aproveitando o embalo da campanha de 2010, independentemente do resultado das urnas do cassino eleitoral do Al Capone.

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 06 de Dezembro

8 comentários:

Anônimo disse...

Triste sina de um eleitor
Quando o maior atleta do século, Edison Arantes do Nascimento – Pelé – disse que o brasileiro não sabia votar, não foram poucos os que o “crucificaram”. E como os urubus não perdem uma oportunidade para agourarem uma nova carniça, quase levaram o maior futebolista de todos os tempos, a fazer um discurso público de arrependimento por suas palavras.
Mas, o tempo voa e a história anda, e confirmamos ano-a-ano a que o brasileiro realmente não sabe votar.

O dito Arruda, que traz a urucubaca em vez de afastá-la, já tinha mostrado que não é um boa bisca no episódio da quebra do sigilo do painel de votação do Senado. Naquela época, para lembrar as mentes esquecediças, o senador Arruda jurou por seus filhos e por todos os santos, que era um injustiçado inocente. O que convenhamos - nos dias de hoje um político jurar por Deus e pela família pouca coisa quer dizer... Não é verdade?
Contudo, quando todas as provas lhe foram mostradas, o então inocente senador renunciou.

Pelo sim, pelo não, o político de escopo, não conseguiu ficar longe da chave do cofre. Então, se candidatou ao Governo do Distrito Federal. E o que parecia improvável aconteceu - Arruda foi eleito governador, para gáudio de toda a malandragem estabelecida e também da pilantragem que ansiava se estabelecer no Planalto Central...
Agora pergunto: Pelé está certo ou não na sua afirmação?

Para aqueles que são contumazes detratores do óbvio, lamento com os meus pêsames. E, mesmo pensando que todos são responsáveis pelos seus atos, resta-me apenas citar a seguinte frase: A maior frustração para o eleitor brasileiro, não é a obrigação de votar em um mau candidato; é sim, a responsabilidade de descobrir e votar naquele que será o menos pilantra depois das eleições...

Martim Berto Fuchs (64) disse...

Já me tornei fã do seu blog, por matérias como esta. Felizmente ainda temos pessoas que pensam além de si. É possível mudar o Brasil sim. Sem nenhuma dúvida. Para mim, a única forma de começar, é terminar com os Partidos Políticos. Essas quadrilhas legalmente organizadas, autorizadas através de leis criadas por elas mesmas, travam todo e qualquer projeto moralizador. Impedem qualquer atitude que venha melhorar a situação da população. Agem unicamente em benefício próprio e na perpetuação do status quo. Defendo há 35 anos o fim dos Partidos Políticos como única forma de iniciar a mudança que almejamos e que a sociedade merece.

Lord disse...

offtopic:
SOS FICHA LIMPA
Amigo, meu blog (caranovanocongresso.blogspot.com) desde sua concepção se dedica a fazer clipping que denuncie políticos corruptos e os corruptores, e a manter viva na memória de todos o cinismo corporativista dos congressistas, que perpetua corruptos denunciados naquelas casas e também as renúncias de parlamentares que assim fogem da impunidade pra permanecer elegíveis.
Nossas leis falham, por não impedir a candidatura dessa gente.
Resta o horror de ver isto continuar acontecendo? Resta a indignação de ver que não existe limite para estes bandidos?
NÃO! Podemos mudar a lei, podermos limpar a política e pra isso temos um projeto popular, respaldado por mais de 1,3 milhões de assinaturas, com o objetivo de barrar a entrada na política, ou impedir a reeleição, dos chamados “Fichas Suja”.
O Projeto de Lei (PL) 518/09 (Ficha Limpa) entregue ao Presidente da Câmara, Sr. Michel Temer, na porta da Câmara dos Deputados no dia 30/09/2009.
Que foi engavetado e lá vai permanecer se não houver participação popular, temos que lutar pra que os excelências o tirem da gaveta e o aprovem.
Temos que mostrar aos deputados o que queremos através de recados (emails) aos parlamentares.
Na “Rede Bravas Gentes Brasileiras” somos (hoje) 146 membros, e temos uma capacidade ainda não testada, de multiplicar nossa ação. Aqueles que ainda não se filiaram estão convidados a se juntar à nossa rede: http://bravagentebrasileira.ning.com). Esta rede foi criada pela nossa colega e amiga Thaís Gomes. A Thais criou também um Twitter >>>> http://twitter.com/bravagenteb pra que possamos nos comunicar com mais velocidade e a qualquer tempo. Através da rede poderemos sincronizar nossos blogs para divulgar e massificar a campanha.
Estudamos e concluímos que seria interessante se pudéssemos sincronizar uma onda de emails e “literalmente entupir a caixa de email dos excelências”. Vamos mostrar que somos capazes de mobilizar um grande número de brasileiros. Vamos provocar um TSUNAMI de emails, porque o PL 518/09 precisa ser aprovado até junho de 2010.
Escolhemos o 1/2/2010, primeiro dia útil de trabalho(?) dos excelências, para o envio da primeira onda. Sem dúvida precisaremos marcar outras datas/ondas, porque contamos com a resistência dos deputados. Com a repercusão conseguiremos mais adesões para as ondas seguintes.
Pra que a gente consiga esta sincronia e adesão vamos precisar da colaboração de todos.
Conto com a confiança e o entusiasmo de todos, acredito que você será um daqueles pilares em quem poderemos nos apoiar pra que a idéia da aprovação do PL 518/09 seja bem sucedida.
Obs.: Em meu blog tenho dicas de como enviar emails aos deputados, inclui tbm um modelo de email pra ser enviado.

Anônimo disse...

Serrão, não “Sobrou até para a Maçonaria”. Não! Pela atitude (de oração) dos crápulas, “sobrou”, também, para Deus! Tá provado que este País não é Nação. Todos os que o administraram e administram não possuem sensibilidade para a benquerença, para a beneficência.
Em Brasília, no meio de tanta miséria moral, no “Palácio Buriti” e na Câmara Distrital, nem mesmo o Comando Militar do Planalto se sensibiliza. Como diz Bóris Casóy: “É UMA VERGONHA!”. Sim, vergonha total! Nem mesmo uma simples “Nota de Repúdio”! Como diria o saudoso General Nelson Werneck Sodré: “Tudo apodreceu!”.
Se o nosso povo fosse, de fato, uma Nação, só nos restaria aquele verso da bela “Marselhesa”: “Aux armes, Citoyens; Formez vos bataillons; Marchons, marchons…”

Anônimo disse...

Existem humanos maçons e diabólicos maçons. Honestos e bandidos como em toda a sociedade. O bom era uma faxina nas lojas, para identificar os corruptos e coisas piores infiltradas, como o Greenhalg, cuja presença emporcalha a memória democrática e humanista da maçonaria.

Anônimo disse...

Serrão, a Maçonaria está acima de certas atitudes isoladas e erradas, que alguns Irmãos possam tomar.
Neste caso, bastará uma rápida consulta aos seus cânones para encontrar as medidas a ser adotadas, como, por exemplo:

Água Tofana: Produto mortalmente tóxico, que na antiguidade era destinado ao perjuro. Modernamente, é tomada como símbolo do desprezo, que os maçons votam aos maus maçons.

Colunas da Infâmia: Uso antigo de algumas Lojas, que colocaram nessa simbólica coluna, os Irmãos que se tornaram indignos da Ordem. Essa prática não prosperou e, modernamente basta a eliminação dos que se tornaram maus Maçons.

Tenho absoluta certeza que a Ordem irá se pronunciar pelas medidas adequadas a cada caso.

Serrão, lembre-se que A ORDEM ESTÁ SEMPRE VIGILANTE, E JAMAIS ABANDONOU A NAÇÃO BRASILEIRA!

Anônimo disse...

Compete à loja à qual pertence esse cidadão, simplesmente analisar o caso. Caso seja aprovado, a loja emite o Placet Ex-Officio (expulsão sumária) e o Grande Oriente do Brasil tem que aceitar. Caberia, ao placetado recurso, evidente. Mas a loja é que tem que tomar essa providência, e só!

Anônimo disse...

Serrão;

Expulsar Arruda e daí? Qual o segundo passo?
Continuar o namoro com lowton Tarso Genro?
Foi-se o tempo em que o avental tinha grande credibilidade... hoje tem alguma.
TFA