quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Governo oculta operação secreta contra drogas em Foz do Iguaçu e na Tríplice Fronteira durante Natal e ano Novo

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão

Exclusivo – Mais uma operação “secreta” foi deflagrada em Foz do Iguaçu e na Tríplice Fronteira, para uma violenta, porém silenciosa, repressão ao tráfico de drogas. Nos dias de Natal e Ano Novo, foram apreendidas duas ou mais toneladas de maconha e cocaína vindas do Paraguai. A grande mídia não pode dar uma linha sequer sobre o assunto – mantido sob sigilo sabe-se lá por que motivo. Os serviços secretos dos EUA acompanham as manobras.

Pessoas que testemunharam os movimentos de combate asseguram que a discrição é tamanha, que os turistas e os sacoleiros nem chegam a perceber. Mas os habitantes da região ficam sabendo, que a cada dia, são encontrados 10 corpos boiando ou nas margens do rio e nas matas adjacentes. As baixas são o resultado dos enfrentamentos dos bandidos paraguaios com as forças armadas e com os policiais da Divisão Ostensiva de Fronteira (DOF) especialmente treinados.

As operações contam com a assessoria (secreta) do Cel. PM do Mato Grosso, Adib Massad, já aposentado, mas grande conhecedor da região e bem lembrado em Dourados - onde, limpou a região de bandidos. Participaram da ação secreta de fim-começo de ano policiais federais, civis e militares do Paraná, efetivos do Exército e um grupo da Força Nacional de Segurança. A importância foi tanta, que até o Governador do Paraná, Roberto Requião, esteve presente, prestigiando as operações “secretas” dos dias festivos entre 2009 e 2010.

O Paraguai é hoje o maior produtor e exportador de maconha neste hemisfério. As plantações estão ao longo da fronteira com o Brasil, controladas pelo Exercito do Povo Paraguaio, guerrilha local treinada pelas Farc, que também andou treinando gente do MST. O grande controlador do comercio de maconha paraguaia ainda é o traficante brasileiro Luiz Fernando da Costa, de 42 anos. Mesmo estando hospedado no Regime Disciplinar Diferenciado do Presídio Federal de Segurança Máxima, em Campo Grande (MS), continua administrando os negócios.

Em Capitão Bado, cidade na fronteira Brasil-Paraguai, os asseclas de Beira Mar imperam, depois da rumorosa ação de extermínio de todos os membros da única família concorrente no rendoso comércio de drogas. Beira Mar ganhou fama mundial porque comercializava cocaína com os guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia. A parceria previa uma troca de drogas e armas das FARC por alimentos e materiais de carros roubados no Brasil.

Veja, abaixo, a interpretação e os detalhes da operação secreta no artigo de Arlindo Montenegro: Operações Secretas

Que legal

O Ministério da Justiça concedeu anistia, nos últimos seis meses, a 41.816 estrangeiros que viviam no Brasil de forma clandestina, e agora tiveram a situação regularizada.

maioria dos imigrantes ilegais era boliviana e mora no estado de São Paulo.

Entre os estrangeiros ilegais no país, 16.881 são bolivianos; 5.492 são chineses; 4.642, peruanos; 4.135, paraguaios; 1.129 coreanos, e 1.042 libaneses. Foram contabilizados 2.390 europeus e 2.700 africanos.

Por falar em droga...

O pessoal do Foro de São Paulo vai amar assistir às longas entrevistas dos links abaixo.

O ex-escolta de Fidel Castro, Ten. Cel. Juan Reinaldo Sanchéz, revela como vivem os donos do poder em Cuba, drogas, tráfico de armas, empresas e contas no exterior.

O militar fala das dezenas de residências, da super segurança, do desprezo humano do castro com os mesmos familiares, da mulherada, conversas sobre drogas, 277 empresas que pertencem ao Castro, empresas e navios específicos para comercializar droga colombiana, as famílias que vivem com todo o conforto de milionários capitalistas...

Tudo mostrando fotos e identificando pessoas.

"http://www.4shared.com/embed/189841312/d1df47c9"

"http://www.4shared.com/embed/189832757/6245ad60"

"http://www.4shared.com/embed/189851679/2bfcd29c"

"http://www.4shared.com/embed/189845083/fa3ee518"

"http://www.4shared.com/embed/190007910/57cc9d0f"

"http://www.4shared.com/embed/190024059/2dd827ae"

"http://www.4shared.com/embed/190034449/eaa9783"

"http://www.4shared.com/embed/190014911/f1e2bc7"

"http://www.4shared.com/embed/189910142/142c5c52"

"http://www.4shared.com/embed/189891652/4be88497"

FAB versus Lula

O Globo informa que o comando da Aeronáutica não aceitará modificar a conclusão do relatório da concorrência do programa FX-2 para excluir a classificação que colocou em primeiro lugar o caça sueco Gripen NG, da Saab.

Apesar de insistir em manter o resultado de sua avaliação técnica, a Aeronáutica estaria disposta a acatar a “opção política” chefão-em-comando Lula da Silva, que já manifestou interesse na compra do caça francês Rafale, da Dassault.

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, só tenta negociar com a FAB um texto que não seja tão taxativo em favor dos suecos.

O relatório da FAB foi concluído em outubro e não foi oficialmente entregue ao Ministério da Defesa.

Quem manda?

Em Genebra, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, mandou avisar que a decisão sobre a compra dos caças não será militar, mas sim política, de Luiz Inácio Lula da Silva e Nelson Jobim.

Vamos levar em conta as questões técnicas, mas a decisão final cabe ao ministro da Defesa e ao presidente da República. Não é uma decisão exclusivamente militar. É uma decisão política”.

O governo só pretende retomar o assunto a partir de segunda-feira, quando Lula volta das férias.

Crise militar...

Na Argentina, é dada como certa.

A presidenta Cristina Kirchner assinou um decreto no qual ordena a abertura dos arquivos relacionados à atuação das Forças Armadas durante a ditadura militar que governou a Argentina entre 1973 e 1986.

A regra só não vale para documentos relacionados ao "conflito bélico do Atlântico Sul (Guerra das Malvinas) e a qualquer outro conflito de caráter interestatal".

No decreto número 4/2010, o governo argentino retirou a classificação "de segurança" das informações que dizem respeito ao período.

Crise Econômica

A mesma Cristina Kirchner pediu ontem a renúncia do titular do Banco Central de lá.

Só porque Martín Redrado se recusou a ceder parte das reservas internacionais para pagar a dívida externa.

Mas Redrado avisa que não deixa o cargo, o que pode desencadear uma crise institucional, ainda mais que a oposição sustenta que a liberação desses fundos sem a aprovação do Congresso fere a autonomia do BC argentino.

Quem vem

O poderoso Pedro Parente – ex-chefe da Casa Civil da Presidência da República na gestão FHC – será o novo presidente-executivo da Bunge Brasil.

Ele vai comandar os destinos da Bunge Fertilizantes e da Bunge Alimentos.

Parente vem da vice-presidência da RBS – maior grupo de comunicação do Sul do Brasil.

É mais um sinal de que a turma de FHC anda mais prestigiada globalmente que nunca...

Culpa do microfone

A Band arranjou um jeitinho bem brasileiro de consertar a gafe cometida pelo âncora Boris Casoy, na edição do Jornal da Noite, “analisando” imagens de lixeiros desejando felicidades aos telespectadores da emissora.

Sem saber que o áudio estava sendo transmitido, Casoy comentou: "Que merda: dois lixeiros desejando felicidades do alto da suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho".

Como o áudio-vídeo caiu na Internet, tendo imensa repercussão, a Band decidiu não punir sua estrela Boris, mas sim demitir, sumariamente, o pobre operador de áudio que cometeu o gravíssimo crime de deixar o som aberto.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 7 de Janeiro de 2010.

6 comentários:

Anônimo disse...

Capitão Bado é no Paraguai, fronteira de terra com Sapucaia do lado brasileiro. O que o artigo não diz é que tem dia que saem 20 aviões da turma do Fernandinho, cada um levando 500 quilos. Aí tem 10 toneladas por dia, em vôos curtos... todo mundo aqui na região, sabe onde ficam as pistas.
As operações descritas são somente prá mostrar serviço.
Fernandinho tem o comando de tudo instruindo as visita intima 2 vezes por mes e os advogados, duas vezes por semana.
O medo é de se enrolar com qualquer um dos lados. E quem paga são as familias de bem.

Anônimo disse...

Texto que circula na internet:
MILITARES, NUNCA MAIS! por Millôr Fernandes.
Ainda bem que hoje tudo é diferente: temos um PT sério, honesto e progressista. Cresce o grupo que não quer mais ver MILITARES NO PODER, pelas razões abaixo: Militar no poder, nunca mais. Só fizeram lambanças! Tiraram o cenário bucólico que havia na Via Dutra de uma só pista, que foi duplicada e recebeu melhorias; acabaram aí com as emoções das curvas mal construídas e os solavancos estimulantes provocados pelos buracos na pista. Não satisfeitos, fizeram o mesmo com a rodovia Rio-Juiz de Fora. Com a construção da ponte Rio-Niterói, acabaram com o sonho de crescimento da pequena Magé, cidade nos fundos da Baía de Guanabara, que era caminho obrigatório dos que iam de um lado ao outro e não queriam sofrer na espera da barcaça que levava meia dúzia de carros. CONTINUA...

Anônimo disse...

Criaram esse maldito do Pro-Álcool, com o medo infundado de que o petróleo iria acabar um dia. Para apressar logo o fim do chamado ouro negro, deram um impulso gigantesco à Petrobrás, que passou a extrair petróleo 10 vezes mais (de 75 mil barris diários, passou a produzir 750 mil); sem contar o fedor de bêbado que os carros passaram a ter com o uso do álcool. Enfiaram o Brasil numa disputa estressante, levando-o da posição de 45.ª economia do mundo para a posição de 8.ª, trazendo com isso uma nociva onda de inveja mundial. Tiraram o sossego da vida ociosa de 13 milhões de brasileiros, que, com a gigantesca oferta de emprego, ficaram sem a desculpa do “estou desempregado”. Em 1971, no governo militar, o Brasil alcançou a posição de segundo maior construtor de navios no mundo. Uma desgraça completa. Com gigantesca oferta de empregos, baixaram consideravelmente os índices de roubos e assaltos. Sem aquela emoção de estar na iminência de sofrer um assalto, os nossos passeios perderem completamente a graça. Alteraram profundamente a topografia do território brasileiro com a construção de hidrelétricas gigantescas (TUCURUÍ, ILHA SOLTEIRA, JUPIÁ e ITAIPU), o que obrigou as nossas crianças a aprenderem sobre essas bobagens de nomes esquisitos. O Brasil, que antes vivia o romantismo do jantar à luz de velas ou de lamparinas, teve que tolerar a instalação de milhares de torres de alta tensão espalhadas pelo território nacional, levando energia elétrica a quem nunca precisou disso. Implementaram os metrôs de São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Recife, deixando tudo pronto para atazanar a vida dos cidadãos e o trânsito nestas cidades. Baniram do Brasil pessoas bem intencionadas, que queriam implantar aqui um regime político que fazia a felicidade dos russos, cubanos e chineses, em cujos países as pessoas se reuniam em fila nas ruas apenas para bater-papo, e ninguém pensava em sair a passeio para nenhum outro país. Foram demasiadamente rigorosos com os simpatizantes daqueles regimes, só porque soltaram uma “bombinha de São João” no aeroporto de Guararapes, onde alguns inocentes morreram de susto apenas. Os militares são muito estressados. Fazem tempestade em copo dágua só por causa de alguns assaltos a bancos, seqüestros de diplomatas? ninharias que qualquer delegado de polícia resolve. Tiraram-nos o interesse pela Política, vez que os deputados e senadores daquela época não nos brindavam com esses deliciosos escândalos que fazem a alegria da gente hoje. Inventaram um tal de PROJETO RONDON, para que os nossos universitários conhecessem os problemas dos brasileiros desassistidos nos grotões da Amazônia, Centro-oeste e Nordeste; o FGTS, PIS e PASEP, só para criar atritos entre empregados e patrões. Para piorar a coisa, ainda criaram o MOBRAL, que ensinou milhões a ler e escrever, aumentando mais ainda o poder desses empregados contra os seus patrões. Nem o homem do campo escapou, porque criaram para ele o FUNRURAL, tirando do pobre coitado a doce preocupação que ele tinha com o seu futuro. Era tão bom imaginar-se velhinho, pedindo esmolas para sobreviver. Outras desgraças criadas pelos militares: Trouxeram a TV em cores para as nossas casas, pelas mãos e burrice de um oficial do Exército, formado pelo Instituto Militar de Engenharia, que inventou o sistema PAL-M. Criaram a EMBRATEL; TELEBRÁS; ANGRA I e II; INPS, IAPAS, DATAPREV, LBA, FUNABEM. Tudo isso e muito mais os militares fizeram em 22 anos de governo. Depois que entregaram o governo aos civis, estes, nos vinte anos seguinte, não fizeram nem 10% dos estragos que os militares fizeram. Tem muito mais coisas horrorosas que eles, os militares, criaram, mas o que está escrito acima é o bastante para dizermos: Militar no poder, nunca mais?!!! Salvo os domesticados .A justiça atrasada não é justiça, senão injustiça qualificada e manifesta? (Rui Barbosa em Oração aos Moços). O cinema e a literatura inventaram o herói sem causa. O parlamento brasileiro consagrou o canalha sem jaça. (Millôr Fernandes).
6/1/2010

Anônimo disse...

Diretriz nº 01/2010 do Ministério da Propaganda.


Herr Goebbels Martins, no uso de suas atribuições que lhe confere o Guia do povo brasileiro, a fim de defender a Revolução Obreira Proletária Bolivariana neçepaiz, determina a todos os jornalistas contratados, amestrados e apaniguados e aos militantes instalados nas centenas de Lan Houses espalhadas pelo país, que:

1) Toda e qualquer notícia positiva, mostrando números favoráveis à economia do país, deverá receber o seguinte comentário: “isso tudo aconteceu graças às sábias e providenciais medidas tomadas pelo nosso grande líder, o presidente Luiz Inacio, o Filho do Brasil, que fizeram com que aqui não houvesse Crise alguma, apenas uma pequeníssima e imperceptível marolinha...”

2) Toda e qualquer notícia negativa, que mostre números desfavoráveis à economia do país, deverá ser omitida, deletada, destruída. Entretanto, se mesmo assim vier à tona, deverá receber o seguinte comentário : “isso tudo aconteceu em razão da maior crise economico/financeira jamais vista na história do mundo, que devastou as economias dos EUA, dos países europeus, Japão, China, etc..Mas para os próximos anos, graças às sábias e providenciais medidas tomadas pelo nosso grande líder, o presidente Luiz Inácio, o Filho do Brasil, esse resultado será prontamente revertido, propiciando um crescimento jamais visto na história deçepaiz.

Esta Diretriz entra imediatamente em vigor

Brasília, 01 de Janeiro de 2010.

Dekret von Seiner Exzellenz Herrn Franklin Goebbels Martins

Re disse...

Off Topic

Golpe contra a Justiça e a Propriedade Privada:

O SUPOSTO DECRETO DOS DIREITOS HUMANOS PREGA UM GOLPE NA JUSTIÇA E EXTINGUE A PROPRIEDADE PRIVADA NO CAMPO E NAS CIDADES. ESTÁ NO TEXTO. BASTA LER!!!
quinta-feira, 7 de janeiro de 2010 | 6:15

Luiz Inácio Lula da Silva - sim, “O Cara” - resolveu fazer a sua própria Constituição. Ele assinou um decreto que tem o fedor de um golpe de estado branco. E não falta ao texto nem mesmo o AI-5 do lulo-petismo. Está anunciando uma espécie de programa de governo de Dilma Rousseff. Explico com um pouquinho de história.

íntegra:
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-suposto-decreto-dos-direitos-humanos-prega-um-golpe-na-justica-e-extingue-a-propriedade-privada-no-campo-e-nas-cidades-esta-no-texto-basta-ler/

Re disse...

GOLPE

E tem mais...


DECRETO GOLPISTA DE LULA USA DIREITOS HUMANOS PARA TENTAR CENSURAR A IMPRENSA E QUER MOVIMENTOS SOCIAIS SUBSTITUINDO O CONGRESSO

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/decreto-golpista-de-lula-usa-direitos-humanos-para-tentar-censurar-a-imprensa-e-quer-movimentos-sociais-substituindo-o-congresso/