quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Lula vai ao Fórum Econômico Mundial, nos Alpes Suíços, para receber o inédito “Prêmio de Estadista Global”

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão


$talinácio já tinha avisado que não iria – mas seus patrões da Oligarquia Financeira Transnacional lhe deram um forte motivo para comparecer este ano ao Fórum Econômico Mundial, em Davos. Em vez de comparecer apenas ao Fórum Social Mundial de Porto Alegre, para fazer média com a esquerda, como era sua intenção inicial, Lula da Silva terá de ir aos Alpes Suíços, no próximo dia 29, para ser o primeiro “cara” a receber o “Prêmio de Estadista Global”.

A inédita homenagem marca os 40 anos do World Economic Fórum (http://www.weforum.org/) – um dos mais tradicionais clubes de poder do esquema globalitário da Nova Ordem Mundial. O prêmio tem o objetivo de destacar um líder político que tenha usado o mandato para melhorar a situação do mundo. Lula foi escolhido por Klaus Schwab, fundador e presidente do Fórum Econômico Mundial, com a seguinte justificativa: "O presidente do Brasil tem demonstrado verdadeiro compromisso com todas as áreas da sociedade". O “troféu” será entregue pessoalmente pelo ex-secretário-geral da ONU, Kofi Annan.

Depois da premiação, um painel de discussão sobre o Brasil. O objetivo é debater os atuais condutores do crescimento do País e os desafios à frente. Participam da reunião o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, o presidente do conselho de administração da Brasil Foods, Luiz Fernando Furlan, o presidente do Instituto Ethos, Ricardo Young e o vice-presidente do argentino Banco Hipotecario, Mario Blejer. Caberá ao premiado Lula encerrar o painel sobre o “Brazil”.

Leia, abaixo desta edição, o artigo de Arlindo Montenegro: A Nova Era - Capimunista

O que é?

Conceitualmente, o Fórum Econômico Mundial é uma organização internacional independente, sem fins lucrativos.

O clube de poder opera como um espaço de discussão que reúne líderes mundiais, intelectuais, representantes de ONGs (organizações não-governamentais) e personalidades do mundo empresarial.

O grupo se reúne anualmente para debater questões referentes a áreas tão diversas como governança corporativa e aquecimento global.

Evolução

A organização (http://www.weforum.org/) foi concebida na Suíça em janeiro de 1971, pelo professor alemão Klaus Schwab, durante a reunião de um grupo de líderes europeus, organizada pela Comissão Européia e de associações de indústrias européias.

Depois, Klaus criou o Fórum Europeu de Gerenciamento, com sede em Genebra (também na Suíça), para que os empresários pudessem discutir como as empresas européias poderiam acompanhar a evolução das práticas empresarias em uso nos EUA.

O Fórum Europeu de Gerenciamento passou a se chamar Fórum Econômico Mundial em 1987.

Agenda dos 40 anos

Aprimore o Estado do Mundo: Repense, Redesenhe e Reconstrua” ("Improve the State of the World: Rethink, Redesign, Rebuild").

Este é o tema do 40º aniversário do encontro anual do Fórum Econômico Mundial, que acontece de 27 a 31 de janeiro.

As palavras de ordem, fazendo até um trocadilho com a palavra “State” – no sentido de Estado-nação e ou significando “situação presente”, serão debatidas por mais de 2500 líderes de 90 países, nas áreas de negócios, governo e “sociedade civil”.

Os pilares

O programa do WEF incidirá sobre seis áreas de investigação e as suas dimensões industrial, global e regional:

• Como fortalecer a coesão económica e Assistência Social
• Como Reduzir Riscos global e sistêmica de resolver falhas
• Como assegurar a sustentabilidade
• Como para melhorar a segurança
• Como criar um quadro de valores
• Como construir instituições eficazes

Encontro marcadíssimo

Enquanto se prepara, psicologicamente, para o frio da Suíça, Lula tem uma reunião quentíssima na próxima terça-feira, dia 26.

Receberá o presidente do Conselho de Administração da Votorantim, Carlos Ermírio de Moraes.

Para a mídia, conta-se que Carlos vai convidar Lula para inaugurar a Siderúrgica de Resende – que já funciona desde setembro do ano passado, além de prometer ao Presidente da República que o grupo Votorantim vai investir R$ 4,5 bilhões este ano.

Mas nos bastidores do mercado financeiro, comenta-se que Carlos e Lula vão apenas sacramentar que o Banco do Brasil deve assumir totalmente o controle (na prática político-gerencial e não necessariamente acionária) do Banco Votorantim.

Que é isso, misifia?

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência, mandou a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial adiar o anúncio do Plano Nacional de Proteção à Liberdade Religiosa.

O pacotão – com a legalização fundiária dos imóveis ocupados por terreiros de umbanda e candomblé e até o tombamento de casas de culto - seria lançado ontem.

Mas, na última hora, o governo segurou a divulgação, sob o argumento de que era preciso revisar aspectos jurídicos do texto.

Na verdade, o Palhaço do Planalto queria evitar novos embates que possam criar "ruídos de comunicação" e prejudicar a campanha de Dilma, como novos atritos com evangélicos e a Igreja Católica em ano eleitoral.

Terroristas adotados?

O governo do Paraguai pediu ontem ao Brasil que extradite três esquerdistas-terroristas acusados de seqüestrar um fazendeiro e uma mulher, em 2002.

Juan Arrom, Anuncio Martí e Victor Colmán fariam parte do grupo narcoguerrilheiro “Exército do Povo Paraguaio”.

Será que o governo brasileiro, sempre protetor de terroristas, atenderá ao apelo Paraguaio?

Releia: Governo oculta operação secreta contra drogas em Foz do Iguaçu e na Tríplice Fronteira durante Natal e ano Novo

Questão de escolha

O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, meteu o pau no Brasil ontem, durante entrevista de 33 minutos, em Jerusalém.

O motivo é a aproximação do governo Lula, que vai ao Oriente Médio em Março, com o governo iraniano.

Netanyahu também criticou a aproximação do Brasil com o Hamas – depois de declarações do chanceler Celso Amorim em favor dos inimigos de Israel:

O Hamas e seu padrinho, o Irã, dizem abertamente que seu objetivo é nos destruir. Se queremos a paz, precisamos encorajar os que querem a paz, não aqueles que querem o contrário da paz. Em outras palavras, não negociem com o Hamas e não convidem Ahmadinejad”.

Recado mais direto ao Brasil, só usando um Nextel...

Escolha complicada

Reunida ontem em um jantar meio indigesto na residência oficial da Presidência da Câmara dos Deputados, a cúpula do PMDB decidiu antecipar para 6 de fevereiro a convenção do partido que aconteceria em março, para reeleger o deputado Michel Temer (SP) como presidente da legenda.

Os aliados de Temer reagem à preferência que o presidente Lula vem dando nos últimos dias ao nome do ministro mineiro Hélio Costa (Comunicações), também do PMDB, para vice de Dilma Rousseff na chapa-quente presidencial.

Lula alega que Costa daria maior contribuição à campanha de Dilma por ser de Minas, segundo maior colégio eleitoral do país - especialmente agora que o governador Aécio Neves (PSDB) declarou que vai se empenhar para dar vitória ao colega José Serra (PSDB) no estado.

Tática

O grupo de Temer tenta se fortalecer mantendo o comando do PMDB.

Aliados de Temer odiaram o recado de Lula de que não é hora de definir o vice.

No partido, o presidente da Câmara já era dado praticamente como certo para a vaga.

Apenas o Alerta Total antecipou, com exclusividade, em 22 de dezembro que Lula preferia Costa e não Temer para vice da Dilma: Hélio Costa cotado para vice de Dilma; Meirelles, querido de Lula, vem ao Senado ou volta a um banco privado

Lenha na fogueira

O lançamento de um documentário deve elevar ainda mais a temperatura do debate sobre o AI-51.

O longa metragem Reparação aborda a saga do então piloto Orlando Lovecchio Filho, que teve parte da perna esquerda amputada devido a uma bomba colocada por terroristas de esquerda junto à biblioteca do consulado dos EUA, em São Paulo, no dia 19 de março de 1968.

Anistiado como vítima da repressão, o autor do atentado, Diógenes Carvalho de Oliveira, do grupo Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), foi contemplado pela Comissão de Anistia com uma pensão vitalícia de R$ 1.627 mil, além de ter recebido R$ 400 mil por atrasados.

Já a vítima Orlando, obteve, tão somente, em 2004, uma pensão do INSS por invalidez, hoje no valor de R$ 635,79.

Sem ajuda oficial

Feito com recursos inferiores a R$ 100 mil, o documentário tem 93 minutos e foi totalmente gravado em High Definition.

"É o tipo de documentário clássico, com depoimentos e imagens de arquivo, algumas compradas, outras obtidas do próprio Orlando Lovecchio. Não acredito que haja pressão ou preconceito ideológico. Estou em busca de uma distribuidora que acredite no projeto. O problema é que, no Brasil, o cinema é extremamente dependente das verbas do governo federal, que é usada inclusive para os custos de distribuição. Nosso trabalho foi feito de forma independente, sem dinheiro do governo ou de patrocínios".

É o que afirma o cineasta Daniel Moreno, sócio de uma pequena produtora paulista.

Veja o trailer de “Reparação” no You Tube: http://www.youtube.com/watch?v=8d61_1u1s2o

Homenagem

O governo prepara uma homenagem especial para 17 militares brasileiros mortos no terremoto do Haiti.

Tratados como heróis, eles deverão receber uma medalha e uma promoção post mortem.

As famílias dos oficiais mortos no Haiti serão indenizadas.

O chefão-em-comando Luiz Inácio Lula da Silva convocou todos os seus 37 ministros para participar das honras militares que acontecem à tarde, na Base Aérea de Brasília.

Torcedor contra

Engana-se quem pensa que é só Lula quem gosta de usar metáforas futebolísticas em seus comentários políticos.

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, também apelou à terminologia do popular esporte bretão para chutar a canela de seu maior opositor e candidato favorito a sucedê-la na Casa Rosada, em 2011, Julio Cobos – que acumula a presidência do Senado Argentino com a vice-presidência da República:

Se é vice-presidente, não pode ser opositor. Uma pessoa não pode estar na arquibancada do Boca e gritar gol do River”.

O ódio entre os dois é tão grande que Cristina até deixará de ir a um passeio pela China, para não deixar Cobos assumir como presidente interino da Argentina.

Faroeste carioca

No melhor estilo do velho Oeste do cinema norte-americano, o Clube de Cabos e Soldados irá distribuir hoje, em diversos pontos do Rio de Janeiro, três mil cartazes oferecendo uma recompensa de R$ 5 mil para quem entregar, vivo ou morto, o assassino do sargento da Polícia Militar Wilson Alexandre de Carvalho.

As denuncias e informações devem ser encaminhadas diretamente para o presidente do clube, Jorge Lobão, pelo telefone (21) 8181-7307.

O Sargento foi metralhado dentro de um carro da PM, fazendo uma “ronda parada”, no bairro da Cidade Nova.

I love Acarajé

Parabéns a Lula da Silva por sancionar que 25 de novembro será o Dia Nacional da Baiana de Acarajé.

Lei publicada no Diário Oficial da União de ontem cria a data para homenagear as mulheres que se dedicam à profissão de vendedora de acarajé e outras iguarias da culinária baiana.

Junto com o queijo mineiro, a festa do Bumba Meu Boi, e a nossa querida cachaça – agora as baianas são consideradas patrimônio cultural imaterial do Brasil.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 21 de Janeiro de 2010.

6 comentários:

Anônimo disse...

Dia do Acarajé? E quando é que vão oficializar a lei do Fumo de Rolo? A prática institucionalizada carece de passar para os "anais" da história.
Não é verdade que brasileiro que paga imposto conhece o "rolo" e recebe o "fumo" todo dia?

Anônimo disse...

Deve ter criado um mensalão em Davos.

Anônimo disse...

Enquanto 'Lula vai ao Fórum Econômico Mundial, nos Alpes Suíços, para receber o inédito “Prêmio de Estadista Global”', nós ficamos por aqui mesmo "recebendo" um chute no trazeiro dado pelos nossos "excelências", que nos "brindam" (atenção: é BRINDAM mesmo, e não BLINDAM, como eles se colocam) com patifarias como estas, que fazem "por debaixo dos panos" e proíbem que sejam divulgadas:

SENADO ENCOMENDOU COMIDA PARA UM ANO

Brasília (ae) – O Senado prevê neste ano a compra de 5 toneladas de carne, frango, frutos do mar e linguiça para o consumo da residência oficial da presidência da Casa, no Lago Sul, bairro nobre de Brasília.

Nessa cesta, entram 360 quilos de filé mignon, 540 de picanha e 240 de camarão. Os 5 mil quilos são suficientes para um churrasco com 12,5 mil pessoas. Detalhe: o presidente José Sarney (PMDB-AP) não mora na casa. Ele vive em sua residência particular, na mesma região.

No dia 17 de dezembro, o Senado fez uma licitação para selecionar as empresas que fornecerão alimentos e materiais de limpeza para a residência oficial. O elevado quantitativo será comprado durante este ano eleitoral em que, no segundo semestre, o Congresso fica praticamente vazio.

O setor administrativo escolheu as empresas que ofereceram os melhores preços. A concorrência foi feita em cima da estimativa do consumo na casa para 2010, segundo e último ano de Sarney como presidente. Como ele não mora nela, essa compra será feita, segundo o próprio edital, para “realização de reuniões, almoços e jantares para os participantes convidados pela Presidência”.

Na relação de alimentos estão, entre outras coisas, 360 quilos de pão francês – o que dá uma média de um quilo por dia, além de 120 quilos de “linguiça para churrasco”, 480 de frango, e 120 quilos de bisteca. Há ainda milhares de quilos de acém, alcatra, bacon, carne de sol, contra filé, costelinha suína, filé de pescada, galinha caipira, lombo, entre outros tipo de carne. Também não deve faltar massa. O Senado prevê o consumo de 300 pacotes de macarrão, sendo 120 de espaguete, 60 de penne e 120 de talharim.

Fonte acritica
Ver em: http://www.procasa.com.br/ver.noticia.php?ID=3069

Roberto Santiago

Anônimo disse...

Tsunami X Marolinha

A Economia chinesa, mesmo enfrentando forte crise (um tsunami) e tudo, cresceu 8,7% no ano passado. Alguém saberia informar quanto o Brasil, governado(?) pelo Cara, enfrentando somente uma mera marolinha, cresceu no ano passado??

Anônimo disse...

ACM, sempre atual

Graanndee ACM......Lembram-se dele?? Quando disse, no plenário do Congresso: “Estão procurando ladrões??O maior mora ao lado, esqueceram??” ACM, sempre atual....

Anônimo disse...

"Estadista Global"

Cacete! Isso e piada?????
Ja nao basta dar o titulo de Doutor Honoris Causa pra esse energumeno?