quinta-feira, 4 de março de 2010

Aécio ainda sonha em ser candidato a presidente, e Serra sinaliza aos EUA que, se eleito, rompe acordo com Irã

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão

Os governadores Aécio Neves (MG) e José Serra (SP) têm marcada uma reunião decisiva nesta quinta-feira para finalizar a chapa presidencial tucana. Aécio ainda alimenta esperanças de ser o presidenciável do PSDB. José Serra também – e gostaria que o mineiro venha como seu vice. Aécio aceita tudo, menos isto. Se não der para ser candidato ao Planalto, disputa uma vaga ao Senado por Minas Gerais. Serra e Aécio se encontram logo mais na inauguração do novo complexo administrativo do governo de Minas – obra faraônica projetada por Oscar Niemeyer.

Aproveitando a sessão do Senado em homenagem ao seu avô Tancredo Neves, Aécio comunicou a um senador amigo, para todo mundo que estivesse à volta também pudesse escutar: “Chega de mineiro ser vice-presidente. Empurrado não vou”. José Serra, finalmente, fez um movimento objetivo na direção do Planalto. Comunicou à cúpula tucana que deseja ser o candidato. Mas foi outro o movimento mais ousado de Serra, nos bastidores políticos.

No final da noite de terça-feira, um enviado pessoal dele entregou à Secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, um importante documento. No texto, Serra firma uma promessa diplomática com os EUA. Vencendo a disputa presidencial, compromete-se a reformular qualquer acordo bilateral a ser formulado por Lula da Silva com o Irã. Com esta jogada, Serra avalia que os tucanos atraem a ajuda (que pode ser decisiva) da “Águia” para derrotar Dilma Rousseff e outros bichos do Foro de São Paulo.

Recusa já feita

Aécio Neves foi convidado por José Serra e recusou ser vice na chapa presidencial.

Acontece que Aécio, pela milésima vez, disse um não mineiro a Serra.

O encontro dos dois, mantido em sigilo, ocorreu na madrugada de terça para quarta-feira, num hotel de Brasília.

Inimigos internos

Um membro do alto ninho tucano torce para que Serra não venha candidato a presidente.

Ontem, no Senado, rogou uma praga para o paulista:

Vamos deixar Serra sofrer mais um pouco para ver se ele desiste logo, e Aécio assuma isso”.

Lula x Bill

Hillary Clinton perguntou a Lula se ele realmente postula a Secretaria Geral das Nações Unidas.

Lula tentou desconversar, alegando que tal intenção não faz parte de seus planos pós-presidência do Brasil.

O marido de Hillary, o Bill, também está de olho no mesmo posto de comando do órgão que finge ser um “governo global”.

Leia o artigo de Arlindo Montenegro: Coletivismo x Vida e Liberdade - I

Lula x Hillary

O chefão $talinácio criou ontem um impasse definitivo com os EUA.

Lula avisou que não é prudente a pressão norte-americana sobre o Irã:

Não é prudente encostar o Irã na parede, o que é prudente é estabelecer negociações”.

Hillary Clinton insinuou que os iranianos enganam os brasileiros sobre a ta “tecnologia nuclear para fins pacíficos” e voltou a defender que o Conselho de Segurança da ONU enquadre o país dos Aiatolás.

O retorno do Sarney?

Em agosto ou setembro deste ano, José Sarney deverá retornar à Presidência da República – cargo que assumiu por acidente, com a morte de Tancredo Neves, em 1985.

O retorno de Sarney será graças a Lula – que pretende se licenciar do cargo para fazer a campanha presidencial de Dilma.

Lula quer evitar problemas com a Justiça Eleitoral e se dedicar integralmente à tarefa de eleger seu sucessor.

Novo timoneiro do BC do B

Se depender de Henrique Meirelles, já existe um nome definido para sucedê-lo na presidência do Banco Central do Brasil.

É o de Alexandre Tombini – atual diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro da instituição.

O nome dele conta com o aval dos banqueiros nacionais e internacionais – que desejam a continuidade da política de Meirelles na autoridade monetária.

Indeciso?

Meirelles ainda não definiu seu destino.

Prefere mesmo ser candidato ao Senado por Goiás.

Vice da Dilma só se os seus parceiros da Oligarquia Financeira Transnacional mandarem.

E se alguma crise pintar no horizonte, Meirelles adia o projeto político e continua no BC do B – pelo menos até dezembro.

Mulher que alguém ama

José Serra amou o retrato que a Soninha fez, só de calcinha, para a revista Playbloy.

A subprefeita da Lapa aceitou ser clicada sem blusa, e com uma microcalcinha, para a seção “Mulheres que Amamos”.

A revista com a Soninha sensual do PPS chega às bancas no próximo dia 9.

Visite o Verdade e Liberdade On Line

Os leitores do Alerta Total, estão convidados a visitar um novo blog:

www.verdadeeliberdadeonline.blogspot.com

Todos os que fazemos este blog VLO, temos o dever de inaugurar nossas postagens, com um presente para os brasileiros: um vídeo com a senhora Ana Arcanjo.

Nosso próximo encontro será com um chat e esperamos contar com a presença e interferência de cada um. Em breve estaremos listando as datas, assuntos e horários.

Vamos juntos contribuir para um Brasil para brasileiros.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 4 de Março de 2010.

7 comentários:

Anônimo disse...

O ser humano é fruto do meio em que vive.
Só essa frase já seria suficiente para mostrar que os brasileiros são muito diferentes dos americanos. Mas, como é fácil de se descobrir, os americanos teem a síndrome de xerifes (herdada dos faroestes de antigamente). Americano pensa que manda em tudo e em todos. E não é raro que cometam equívocos dramáticos. O último por sinal ainda está por terminar, que é a doida guerra no Iraque.

Bem, e os brasileiros, também são acometidos de síndromes?
Sim, possuímos a síndrome do cachorro magro (inferioridade aos da mesma espécie).
A síndrome dos macaquitos (costumávamos imitar os outros).
E a síndrome do irmão invejoso e recalcado, pois víamos os outros evoluírem e se estabelecerem, enquanto nós permanecíamos sempre sendo o país do futuro.

Então, agora, que ao que parece começamos desde o governo FHC a respirar novos ares, não é justo que o xerife vem nos limitar em nossa tardia emancipação.
Tudo bem, o povo iraniano e seus aiatolás não são nenhuma “gracinhas” - desculpa aí Hebe – mas, para aqueles que possuem a mente esquecediça, não custa nada lembrar que antes dos aiatolás, os EUA apoiavam o corrupto e sanguinário Xá Reza Parlevi.

Então, os EUA já tiveram as suas chances de errarem e depois corrigirem os seus erros. Então, por favor, nos deixem em paz, para que possamos também escrever com nossas mãos o nosso próprio destino, mesmo que muitas das vezes estejamos indo em direção não muito equilibrada...

Yankee Go Home!!!

VIRGINIA LANGLEY disse...

AO ANÕNIMO DAS 10:12.

O SEU ANTIAMERICANISMO BOCÓ REVELA SEU COMPLEXO DE INFERIORIDADE QUE IMPEDE DE VER A GRANDEZA DO POVO NORTE-AMERICANO.
VOCE JÁ PAROU PARA PENSAR QUEM INVENTOU A TV QUE VC ASSITE E SE DIVERTE TODO DIA? A LUZ ELETRICA, O CARRO,O DESENVOLVIMENTO AERONAUTICO, O PC QUE VC ESTA USANDO AGORA PARA FALAR MAL DOS SEUS CRIADORES? CLARO! VC NÃO PENSA NESSAS "COISAS" É UM BITOLADO PELOS VELHOS BORDÕES ANTIAMERICANOS COMUNISTAS QUE TACHAM OS AMERICANOS COMO O "MAL".
MUITO PELO CONTRARIO, GRAÇAS A DEUS QUE OS USA EXISTEM E DA FORMA COMO EXISTEM POIS SEM OS USA O MUNDO HOJE ESTARIA SOB O TACÃO NAZISTA OU SOB AS BOTAS DO COMUNISTA STALIN ( E VC NÃO ESTARIA AQUI COMENTANDO NADA!) OS AMERICANOS AMAM SUA PÁTRIA, AMAM SEU POVO E SABEM VALORIZAR O ESTUDO, A PESQUISA E O TRABALHO. PORTANTO FAZEM JUS A SEREM OS MELHORES DO MUNDO SIM! ENQUANTO QUE NÓS AQUI REVERENCIAMOS CARNAVAL, FUTEBOL, PRAIA E PUTARIA SEM FALAR NA PAIXÃO NACIONAL PELA CACHAÇA!E QUE ADORAM VIVER "DANDO UM JEITINHO" ADORAM LULA E SUA CORRUPÇÃO DESBRAGAD(ELEGEM E REELEGEM CORRUPTOS COM MUITO GÕSTO! BRASILEIRO ADORA SE "DAR BEM'" !!!
OS USA É E SERÃO SEMPRE OS GUARDIÕE DA LIBERDADE E DA DEMOCRACIA NO MUNDO MESMO QUE PARA ISSO SE APLIQUE A FORÇA E A BRUTALIDADE, A UNICA LINGUAGEM QUE ANIMAIS TERRORISTAS ,COMUNISTA E OUTRAS BESTAS ANIMAIS CONHECEM E RESPEITAM!
LONGA VIDA A AMERICA!
GOD BLESS AMERICA!

Anônimo disse...

Mais importante que os votos de Minas é saber em quem os donos do Brasil, os banqueiros, votarão.....Como eles nunca ganharam tanto dinheiro quanto agora, com Lulla no poder....suspeito que os agiotas votarão na guerrilheira comunista...estranho naum??Nada estranho..afinal, prá ganhar dinheiro, elles votam até no Capeta...tanto se lhes faz se o Capeta é fascista ou comunista....

Guilherme Scalzilli disse...

A bença, dona Hilária

Dentre as estultices proferidas por ocasião da visita de Hillary Clinton, a mais saborosa é a de que o Irã “teve sua chance” de aceitar a agenda estadunidense. Tá, tá, sei. E daí? Vão fazer o quê? Bombardear Teerã? Abrir uma terceira frente de batalha, além das duas já mergulhadas em caos e impopularidade? Invadir uma potência militar quase vizinha à Rússia e à China? Francamente...
Haveria algum incentivo financeiro ou material para esse americanismo jeca da imprensa nacional? Ou os analistas são mesmo tristemente pacóvios? Existem pessoas educadas e bem remuneradas que acreditam sinceramente na necessidade da tutela dos EUA sobre o planeta? O único país que já utilizou armamento nuclear contra civis? O protagonista das maiores invasões bélicas em andamento? O exército responsável pelo maior índice isolado de mortandade dos últimos cinqüenta anos?
A secretária de Estado teve sorte de não ouvir “go comb monkeys” ou “go look for me in the corner (with a yellow umbrella)” ou, enfim, deixa pra lá.

Anônimo disse...

- Fim do indecente pagamento de 15 ou 16 salários anuais. Como qualquer aposentado do INSS, cada deputado, senador ou vereador receberá apenas e exclusivamente os 12 salários anuais e um 13º em Dezembro de cada ano.

- Proibição de permanência no cargo eletivo por período superior a 12 anos (mais ou menos três legislaturas), findo os quais se tornaria inelegível para o mesmo cargo. Mas poderia se eleger para outros cargos, inclusive no Executivo.

- Proibir que os legisladores decidam em causa própria, sobre qualquer assunto, especialmente sobre seus próprios salários e vantagens funcionais, aí incluída a proibição de contratar auxiliares, familiares ou não (todos os funcionários do Poder Legislativos seriam burocratas profissionais, admitidos através de concurso público, como hoje acontece com o Ministério das Relações Exteriores). Será permitida a contratação de funcionários particulares por qualquer dos legisladores, desde que a remuneração desses fosse paga pelo respectivo partido político e/ou com recursos próprios do parlamentar que os houvesse contratado.

- Fim do foro privilegiado para os membros do Poder Legislativo. E o crime de corrupção seria sempre qualificado como hediondo, ficando o parlamentar afastado de suas funções (sem salários e vantagens) até decisão irrecorrível do Poder Judiciário.

- Reforma política urgentíssima para a adoção do voto distrital misto.

- Fim do voto obrigatório, tanto para o Executivo quanto para o Legislativo; o voto é um direito e não um dever dos cidadãos. A vantagem desta medida é a de só se envolverem nas eleições os cidadãos minimamente informados sobre as questões locais e nacionais e os que estiverem de algum modo interessados em influir nos destinos da Nação. Contribuiria decididamente para se acabar com o chamado “voto de cabresto”.

- Acabar com a existência de suplentes de deputado, senador e vereador. Afinal, o eleitor, que escolheu um político “profissional” para lhe representar, de repente, sem ser consultado, percebe que seu procurador se afastou da missão para a qual foi “contratado” (vai ser ministro, prefeito, governador, adoece, sei lá...). E o eleitor, que pretendia tê-lo como o seu procurador, agora tem um novo representante, de que nunca ouviu falar e que pode ser o seu irmão, seu filho, sua mulheres, uma amante, o pai, o secretário(a) e até motorista particular...É como se eu contratasse um advogado para me defender, ele se aposentasse e deixasse um dos mais promissores estagiários de seu escritório para me representar. E os honorários devidos continuariam sendo os mesmos...

Fim..

Anônimo disse...

ao anônimo das 08:00, ai você acordou né...

Martim Berto Fuchs (64) disse...

Candidatos.
A questão é justamente esta. Candidatos competentes e INDEPENDENTES. Temos muitas pessoas competentes no Brasil, que fariam uma administração pública muito superior ao que infelizmente estamos assistindo desde sempre.
Serra, Dilma, Aécio, tanto faz, todos comprometidos. E porque os candidatos à candidato independentes não tem nenhuma chance e nem são aceitos ? Porque o Brasil é dominado pelos Partidos Políticos e estes mantém a Corte com todas suas benesses e regalias. Vivemos numa Monarquia Republicana. Mudaram apenas o nome : de Rei para Presidente. O restante é tudo igual. Trabalhamos para sustentar a Corte do Luiz 51 com seus aristocratas, burgueses e agora o que chamavam de democracia popular.
A única chance de mudar este estado de coisas, é acabar com os Partidos Políticos. Candidatos à candidato teriam que passar pela Justiça Eleitoral e não pelos Partidos. Pelos Partidos só entra ladrão e quem pertence à Corte, e que desde logo se compromete à manter tudo como está.