sábado, 15 de maio de 2010

Lutas contra o entreguismo

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por João Vinhosa

Emanuel Cancella, diretor do Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro, escreveu, por e-mail, em resposta ao artigo Corrupção na Petrobras: resposta ao Sindipetro: “João Vinhosa o senhor deveria informar ao leitor que você era pequeno empresário do ramo de gás e teve seus interesses enquanto empresário contrariado. O Sindipetro-RJ não só endossou suas denúncias como abriu espaço em nossos boletins em nossa rádio web e também o credenciou para frequentar outros espaços sindicais de outras categorias. Procede sua cobrança de que deveríamos reiterar permanentemente sua denuncia contra a White Martins. Porém, o Sindipetro tem outras denúncias como por exemplo a entrega do nosso petróleo que considera muito mais importante. Mas o que não dá para entender e o senhor como professor deveria explicar porque quer insistentemente o Sindipetro fora da campanha do petróleo?”.

TENHO A DIZER:

1 - O FATO DE EU TER SIDO PEQUENO EMPRESÁRIO DO RAMO DE GÁS (OXIGÊNIO, NITROGÊNIO, ETC.) E TER TIDO INTERESSES CONTRARIADOS FOI APRESENTADO EXAUSTIVAMENTE EM DIVERSOS ARTIGOS NOS QUAIS ERA PERTINENTE. SERIA POR DEMAIS CANSATIVO FICAR REPETINDO ESSA INFORMAÇÃO NOS ARTIGOS RELATIVOS AO TEMA QUE ORA NOS OCUPA: ENTREGA DO MERCADO DE GNL AOS EUA PELA PETROBRAS.

2 - ACREDITO QUE O FATO DO SINDIPETRO TER ENDOSSADO MINHAS DENÚNCIAS E ABERTO ESPAÇO EM SUAS PUBLICAÇÕES OCORREU PORQUE O ASSUNTO QUE EU HAVIA TRAZIDO À DISCUSSÃO ERA CONSISTENTE E SE INSERIA ENTRE AS PREOCUPAÇÕES DO SINDIPETRO EM DEFESA DA SOBERANIA NACIONAL. TANTO É QUE, SOBRE O CASO GEMINI, O SENHOR MESMO AFIRMOU QUE IRIA “INSISTIR JUNTO AO MINISTÉRIO PÚBLICO E INCLUIR ESTA QUESTÃO NA CAMPANHA PELA NACIONALIZAÇÃO DO PETRÓLEO E GÁS”.

3 - NÃO CORRESPONDE À REALIDADE A AFIRMATIVA QUE EU QUERO “INSISTENTEMENTE O SINDIPETRO FORA DA CAMPANHA DO PETRÓLEO”. PELO CONTRÁRIO, O QUE EU QUERO É QUE O SINDIPETRO APROFUNDE AINDA MAIS SUAS AÇÕES NO SENTIDO DE DEFENDER OS INTERESSES NACIONAIS. A LUTA CONTRA A ENTREGA DO NOSSO PETRÓLEO NÃO PODE SER INCOMPATÍVEL COM A LUTA CONTRA ESSAS SOCIEDADES POR MEIO DAS QUAIS, COMO NO CASO GEMINI, A PETROBRAS ENTREGA O BEM DE UMA MANEIRA MUITO MAIS DANOSA AO PAÍS.

COLOCANDO-ME À DISPOSIÇÃO PARA DISCUTIR O ASSUNTO, INFORMO QUE, POR SER DE INTERESSE PÚBLICO, ESTA MENSAGEM NÃO TERÁ RESTRIÇÕES SOBRE SUA DIVULGAÇÃO.

João Vinhosa é ex- Conselheiro do extinto Conselho Nacional do Petróleo joaovinhosa@hotmail.com

Nenhum comentário: