domingo, 9 de maio de 2010

Marketing Digital para quem precisa de Polícia

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão


O comandante geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro teve a coragem de lançar uma importante novidade virtual que deve colaborar muito para melhorar o relacionamento entre a corporação e a população, no mundo real. Intelectual fardado, formado em Filosofia pela UFRJ, o Coronel Mário Sérgio de Britto Duarte aposta no sucesso da recém criada seção (a CCI-5) para cuidar do “Marketing Digital” da PM. Mário Sérgio mantém no ar seu blog pessoal: “Segurança Pública – Ideias e Ações” (http://marius-sergius.blogspot.com/).

A ousadia de Marketing Policial Digital é necessária e só deve trazer benefícios para a cidadania. Na quinta-feira, dia 13, a PM estréia um portal de comunicação, para integrar ainda mais a polícia com a população, usando a internet. O novo site trará, atualizados, índices de criminalidade de cada área, dicas de segurança para a população, informações sobre os batalhões, agenda do comandante-geral em tempo real, vídeos com depoimentos de policiais militares e até brincadeiras para dar uma descontraída.

Exemplo disso será a revista em quadrinhos virtual. Vai se chamar: “As Aventuras de Cosme e Damião”. O título rememora um passado de boas lembranças do policiamento ostensivo, em que os policiais faziam o patrulhamento em duplas, e ganharam dos cariocas e fluminenses os apelidos dos famosos santos. Nas historinhas semanais, os policiais-personagens vão aprender, junto com os cidadãos, as normas da corporação. As aventuras também vão tirar dúvidas, por exemplo, de como se comportar numa blitz, o que o policial pode ou não fazer e como o cidadão deve reagir. A historinha é uma criação do soldado Lettierre.

Para o público externo, o projeto prevê a criação de um fórum social on line, com a participação de cidadãos e de integrantes de órgãos como a prefeitura, Polícia Civil e Guarda Municipal. A experiência vai começar pelo o 23º BPM (no Leblon). Se a novela de Manoel Carlos não estivesse acabando, poderia até aparecer em “Viver a Vida”.

Para o público interno, o site será uma ferramenta de informação e serviços. Os PMs poderão marcar consultas nos hospitais da corporação, pedir transferência para outra unidade através de um banco de permutas online, visitar biblioteca virtual, consultar sua ficha pessoal e saber sobre promoções de cargo, entre outros serviços. Um projeto simples, muito barato e que motiva os próprios policiais a se tornarem cidadãos digitais.

A iniciativa internética da PM do Rio merece ser copiada por outras corporações. Tem tudo para ser uma bem sucedida campanha de marketing utilizando as ferramentas gratuitas que a Internet coloca à disposição de todos. Tomara que dê certo. A PM ganha, di grátis, uma espécie de “controle externo”, para críticas denúncias e sugestões, junto com a fundamental interação e comprometimento da própria população no combate ao crime e à violência.

A iniciativa da PM do Rio vai incomodar muita gente no crime organizado. Tomara que os bandidos, de alto e baixo escalão, não tenham poder suficiente para sabotá-la. Os cidadãos não podem deixar que isto aconteça.

Em tempo: o site da PM do RJ é: http://www.policiamilitar.rj.gov.br/

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 8 de Maio de 2010.

Nenhum comentário: