segunda-feira, 31 de maio de 2010

Políticos tentam abafar processo da Operação Harém que investiga prostituição de luxo com famosas da televisão

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net (atualizado nesta Segunda)

Por Jorge Serrão

Dois famosos comunicadores são investigados pela Operação Harém, da Polícia Federal, por suspeita de envolvimento com agenciadores de prostituição de luxo. Eles agiriam como facilitadores para que modelos, atrizes e dançarinas de programa (de televisão) recebessem um cachês variando de R$ 4 mil até R$ 20 mil para “fazerem programa” (sexual) com políticos, empresários e jogadores de futebol. Sorte das beldades midiáticas que caso tem tudo para acabar abafado, sem punição para os grandes cafetões, porque envolve também dois governadores de Estado – um deles da base aliada – que eram clientes do esquema.

Os comunicadores foram denunciados diretamente por um funcionário de uma emissora e por uma produtora de outro canal. Se a operação abafa não funcionar conforme o esperado, os dois correm o sério risco de ter sua imagem danificada. O processo criminal do escândalo ainda está na fase de depoimentos. O destino dos dois artistas mais famosos depende dos relatos de 12 mulheres que o Ministério Público indicou como testemunhas. Três delas ainda freqüentam as telas da TV. Outras duas já tiveram seus corpos esculturais estampados na capa de grandes revistas masculinas. Uma das moças é conhecida, nos meios políticos, como “namoradinha de um governador”.

A PF já investiga se políticos, empresários, jogadores e os comunicadores envolvidos usam de “meios não convencionais” para abafar o processo da Operação Harém. Os suspeitos são monitorados. O principal risco às investigações é que eles paguem “cachês” ou ofereçam outras facilidades para “incentivar” as testemunhas a darem versões fantasiosas da realidade, tirando os nomes de “famosos” do foco da prostituição de luxo.

Os envolvidos contam com a sorte de que a prostituição não é crime no Brasil. A exploração da prostituição é atividade criminosa. O problema: nunca é fácil comprovar o aliciamento de mulheres via cafetização refinada. Assim, o escândalo tem grandes chances de dar em nada - como é mau costume no Brasil.

Censura na Internet?

Na última semana, em decorrência de ordem judicial, diversos sites retiraram da rede inúmeros artigos de autoria do engenheiro João Vinhosa.

Da ordem judicial constava que, caso não fosse cumprida a decisão, o GOOGLE seria intimado a retirar os sites do ar, sob pena de multa diária.

O fato de os mesmos artigos terem sido julgados difamatórios na esfera cível e não difamatórios na esfera criminal tem causado insegurança jurídica àqueles que se dispõem a denunciar atos lesivos ao interesse público pela internet com o objetivo de compelir a Justiça a tomar providências.

Leia, abaixo, o artigo: Difamação ou não difamação, eis a questão

Muito além da fronteira

O cineasta Oliver Stone, de 62 anos, estará em São Paulo nesta segunda-feira, em viagem relâmpago.

Vem divulgar seu documentário "South of the Border" ("Ao Sul da Fronteira", EUA, 2009, 102 min, distribuído pela Europa Filmes).

Com estreia marcada para 5 de junho nos cinemas tupiniquins, o filme celebra avanço da esquerda na região.

Saiba o que o filme não divulgará lendo o artigo: Lavagens Muito Além do Sul da Fronteira

Tem defesa?

“Segurança Internacional-Perspectivas Brasileiras”.

Este é o título do quarto evento do ciclo de seminários promovido pelo Ministério da Defesa, para levantar subsídios de especialistas civis e militares, das mais diversas correntes de pensamento, sobre a conjuntura global, as questões de segurança relacionadas, e a forma como afetam o Brasil.

A reunião será transmitida quarta-feira, ao vivo, a partir das 9 horas, pelo site www.segurançainternacional.com.br

Pode perguntar

Pela manhã, participam Luiz Alfredo Salomão, Maria Regina Soares de Lima, General Alberto Mendes Cardoso e Octávio Amorim Neto.

Os palestrantes da tarde são: Almirante Moura Neto, General Villas Boas, Deputado Ibsen Pinheiro e deputado Raul Jungmann

Durante o evento (que aconterá no Auditório do Estado-Maior do Exército, QG Ex, SMU, Brasília-DF), os internautas poderão enviar perguntas aos palestrantes.

Terror na copa

Faltando pouco para o início da Copa do Mundo na África do Sul, a insegurança com ameaças de ataques terroristas é grande.

A Holanda, por exemplo, manifestou publicamente a preocupação com seus torcedores depois que um integrante da Al Qaeda disse planejar ataques contra holandeses ou dinamarqueses.

A Interpol, por sua vez, vai enviar cerca de 200 especialistas no assunto para ajudar a polícia local durante a competição, além dos 31 países que também enviarão profissionais para trabalharem em conjunto com seguranças sul-africanas.

E a gente que pensava que o único terror da copa fosse a convocação da nossa seleção feita pelo Dunga...

Advertência

Para o advogado criminalista, especializado em ataques terroristas, Antonio Gonçalves, mesmo com toda a preocupação e a garantia de proteção das autoridades, o país ainda pode correr riscos de ataques:

"Afinal a oportunidade para disseminar o medo é a mola propulsora do terrorismo e um evento de massa com repercussão mundial é uma oportunidade de assustar o mundo como no caso recente de Kabinda e a seleção do Togo e os ataques de 11 de setembro nos Estados Unidos".

Gonçalves afirma que não há como negar que o terrorismo chegou ao esporte e a melhor maneira de combater é investir em um trabalho conjunto das autoridades como Interpol e Scotland Yard, como forma de prevenção e de segurança para a população.

Difamação sempre

As legiões estão PTs da vida com o vídeo “Ditadura, Nunca mais”.

Produção, interpretação e roteiro de Narciso Pires, do Grupo Tortura Nunca mais no Paraná, o programinha de cinco minutos pode ser visto na Internet:

http://www.youtube.com/watch?v=RUTOXN8Ho4c

A tal da dita-dura pode ser para nunca mais, mas a campanha contra as Forças Armadas parece durar para sempre...

A Luta continua na telona

Os militares levam mais pancada no filme “Em teu nome”, do diretor gaúcho Paulo Nascimento.

Rodado no Rio Grande do Sul, França e Marrocos, o filme aborda, de forma romanceada, a vida do ex-preso político João Carlos Bona Garcia, exilado durante a década de 1970 no Chile, Argélia e França.

A empresa Espaço Filmes, responsável pela distribuição, fará promoção destinada a professores com ingressos a R$ 3 em alguns cinemas, em sessões durante a semana, nas cidades de São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Rio, Salvador e Brasília.

Excelente iniciativa tavistockiana de propaganda subliminar para ensinar as criancinhas e seus mestres a odiarem as Forças Armadas.

Cinema pra quê...

Niterói faz pouco caso e dispensa duas Salas de Cinema.

Por isso, Adailton Modeiros lança uma campanha para que internautas pressionem o prefeito Jorge Roberto Silveira a mudar de posição:

“Envie sua opinião, seu protesto, sua solidariedede a nossa iniciativa para os endereços redacao@ofluminense.com.br; prefeitura@niteroi.rj.gov.br; contato@culturaniteroi.com.br; Ainda há tempo. Viva o Cinema Brasileiro!”

Leia o artigo: "Arroz, Feijão e Cinema"., no site Fique Alerta.

Festival de Curtas

Até 15 de julho, estão abertas as inscrições para a terceira edição do Festival de Curtas-Metragens ENTRETODOS.

Promovido pela Comissão Municipal de Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo e pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESP-SP), será realizada entre 12 e 19 de setembro de 2010, quando haverá projeção dos curtas selecionados e premiação dos melhores trabalhos.

Os filmes de no máximo 20 minutos de duração devem ser remetidos até o dia 15 de julho para a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo (Páteo do Colégio n 05 – Centro – São Paulo – SP – CEP 01016-040).

Informações: www.entretodos.com.br / www.twitter.com/entretodos

Responsabilidade

O Walmart convida para a apresentação de uma nova plataforma que introduz a responsabilidade social e ambiental no comércio online.

Será nesta terça-feira, das 10h às 12h 30, na Fundação Maria Luisa e Oscar Americano - Av. Morumbi, 4077, em São Paulo.

Carlos Fernandes, Vice-Presidente Administrativo do Walmart Brasil, e Flávio Dias, Diretor do E-commerce, explicam a nova estratégia comercial.

Reconstituição impressionante

Todos se lembram das imagens espetaculares captadas por uma câmera de segurança da Guarda Costeira dos Estados Unidos que flagrou a queda de um Airbus A 320 da US Airwais, no Rio Hudson.

http://colunistas.ig.com.br/fronteiralivre/video-flagra-pouso-de-aviao-no-rio-hudson/

Agora, a quase tragédia do dia 15 de janeiro de 2009 é reprodizida em computação gráfica, em um realismo impressionante:

http://www.youtube.com/watch_popup?v=tE_5eiYn0D0#t=109

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 31 de Maio de 2010.

3 comentários:

Martim Berto Fuchs (64) disse...

Censura na internet.
Típico de partidos políticos autoritários, como é o PT desde sua fundação. Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. Lembram-se ? Os famosos nazistas. O PT brasileiro copiou o programa deles, até os camisas pardas, suas tropas de choque.
Estão devagarzinho conseguindo se impor. Quando lhes interessa, eles apelam para o departamento judiciário da Corte. Quando é contrário aos seus interesses, riem da justiça.
E os políticos ditos de oposição ? Onde estão para defender a democracia ? Acabrunhados demais para se expor ? Por que ?

Carlos Velasco disse...

Caro Jorge Serrão,

A abordagem das tropas israelitas aos navios com destino à Palestina despertou uma onda de ódio anti-judaico na Europa que é muito pior do que imaginei ser possível.
Sou leitor assíduo do seu blogue e penso que se deve fazer algo para conter isso. Penso que escrever "Ich bin ein Jude" para demonstrar a nossa solidariedade para com Israel é uma boa forma de o fazer.
Esperemos que tudo acabe bem, mas por aqui as coisas estão mesmo ficando feias.

Anônimo disse...

Well, nesta verdadeira zona que é a política nacional, não poderiam faltar as profissionais
do sexo do maior puteiro do país, que é a TV.

Há quem ache que petralhas só tem ereção quando ouvem o líder "máçimo" falar (?), mas, talvez, uma tanga vermelha com uma foice e um martelo bem posicionados os estimule...Além disso, vão pagar com cartão corporativo mesmo...se falhar, tudo bem...

A tucanada, de bico duro, corpo mole e barriga cheia, (louca para ser promovida a petralha na próxima revolução, digo, eleição), mal vê a hora de fazer o mesmo.

Melhor instituir logo o bolsa-bordel, "baseado" no
exemplo dos nossos dignos representantes.