sábado, 8 de maio de 2010

Top-top: PF pega Gago das Farc traficando no Brasil

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão


A petralhada radicalóide, liderada por Marco Aurélio Garcia, e os companheiros do Foro de São Paulo entraram em pânico ontem por causa da prisão, em pelo Brasil, de um dos cabeças da narcoguerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia. O segundo homem na hierarquia e membro da comissão de finanças das Farc, José Luis Sanches, que usa o codinome de Tatareto (gago, em espanhol), foi preso pela Polícia Federal, na região Amazônica, junto com mais oito traficantes. Com eles havia apenas 45 quilogramas de cocaína.

Embora a cúpula da PF tente negar, para ficar bem com o governo $talinácio, a prisão de Tatareto é apenas mais uma evidência de que as Farc – ligadas ao Foro de São Paulo – também agem em território brasileiro, em parceria com nossas organizações criminosas, como PCC, Comando Vermelho e outras menos votadas. Tatareto foi preso quinta-feira à tarde, mas sua prisão foi divulgada somente às 16h desta sexta-feira pela PF de Manaus. O Gago da FARC era procurado pelo governo colombiano por envolvimento em homicídio, seqüestro e extorsão.

Tatareto foi preso em uma de suas casas, localizada em Manaus. O Gago atuava no Brasil com identidade falsa de brasileiro, com o nome de Daniel Rodrigues Horosco. O carregamento de cocaína foi apreendido debaixo de cinco toneladas de peixe, num barco pertencente ao comandante das Farc que estava no rio Negro. A embarcação foi flagrada próxima de um sítio também de propriedade do guerrilheiro. A operação foi comandada pelo chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes no Estado do Amazonas, delegado Leandro Almada da Costa – que tem tudo para ter sua cabeça pedida pelos companheiros do Foro de São Paulo.

Tatareto é velho conhecido da Polícia Federal. Já havia sido preso anteriormente com 10 kg de cocaína num carro, em Manaus. Mas um acompanhante assumiu que era dono da droga e o chefe das Farc foi solto. A PF monitorava suas ações há pelo menos 10 meses. Com autorização judicial, foram monitoradas as comunicações via rádio da quadrilha que produzia recursos financeiros para a guerrilha colombiana admirada pela petralhada mais radocalóide do Foro de São Paulo. No sítio do subcomandante da Farc, foi encontrada base de rádio com que ele se comunicava com a base na Colômbia.

O que dirão agora os companheiros de $talinácio? Será que vão conceder asilo ao companheiro Gaguinho, tal como já fizeram com Olivério Medina, outro ilustre membro das Farc? A petralhada sempre considerou, publicamente, as FARC como um movimento de libertação e não um movimento terrorista. Em mais de uma ocasião, o governo brasileiro se ofereceu para mediar as conversas entre as Farc e o governo da Colômbia.

A prisão de Tatareto deve ser interpretada como um recadinho para os radicalóides. Muitas “surpresas” ainda podem e devem ser desenterradas, antes de o período eleitoreiro começar para valer. Vai se dar muito mal quem achava que o governo $talinácio não pagaria por sua desastrada política externa, apoiando aliados do crime e do terror transnacional.

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 8 de Maio de 2010.

5 comentários:

Brasil Desnudo disse...

Não só a Polícia Federal, mas também o Exercito deveria atuar fortemente nas fronteiras, principalmente onde o narcotráfico atua livremente.
Enquanto essa atitude não for tomada de fato pelo Ministério da Justiça e dos Ministros do Estado Maior, nada vai mudar, pois a Polícia Federal não tem contigente suficiente para agir sozinho nessa guerra contra o narcotráfico.

Marcio RJ

Anônimo disse...

O QUE FOI DECIDIDO NA FRONTEIRA COM O PARAGUAI? O EXÉRCITO CAI FORA. A VIGILÂNCIA FICA COM A PF (QUE TROCOU TIROS COM A MARINHA DO PARAGUAI)E COM OS SOLDADINHOS ESPECIAIS DA MILICIA INTERNACIONAL INVENTADA EM BRASÍLIA. OS MEMBROS DO EPP (EXÉRCITO DO POVO PARAGUAIO) CONTINUAM VIVENDO LIVRES NO LADO BRASILEIRO, TRAFICANDO MACONHA, COCAÍNA E CRACK.A HISTÓRIA É VELHA, MAS MANTIDA EM SIGILO PAR NÃO CONTRARIAR OS PROPÓSITOS DO FORO DE SAO PAULO, DO MST, DO LULA, DO CHÁVEZ, DO EVO, DAS FARC...

Anônimo disse...

A Polícia Federal é uma instituição dividida: existem os vermelhos pró-governo e os outros. Acontece que os governistas acabam ficando com os melhores cargos e nas melhores cidades. São os que ficam nos gabinetes com ar-condicionado. Quem não é governo vai para a fronteira e outros lugares menos cotados como Manaus Foz do Iguaçu, etc. Isso agora esta gerando um efeito contrário ao que gostaria a petralhada. O tráfico de drogas acaba sendo combatido. Isso não interessa a petralhada que tem o tráfico como uma das bases de sustentação do caos social que dá sustentação ao seu governo. Além disso dificulta um pouco o objetivo petista de transformar a Polícia federal em uma espécie de exército vermelho, nos moldes da Gestapo e da SS Nazista. Seria um exército que defende o governo e não a nação como é o verdadeiro exército. A falta de gabinetes para todos está dificultando esse objetivo.

Martim Berto Fuchs (64) disse...

Lamentavelmente, o que foi escrito pelo Anônimo acima (11:07 AM) é a mais triste realidade. A minha preocupação hoje é uma: - O Serra vai ganhar a eleição; mas ele tomará uma posição clara e definida contra a usurpação de todos orgãos públicos pelos esquerdopatas do PT ?
Que ninguém se iluda. A petralhada vai infernizar o Brasil após a vitória do Serra. Se ele não tiver pulso firme, não vai conseguir governar.

VIDALVO DE OLIVEIRA disse...

Meus amigos,
na atual modernidade imposta pelos comunista e seus aliados, no caso brasileiro só vejo uma saida apesar de radical, como preliminar começo dizendo que as balas tiram mais rapidamente um coverno comunista do poder no caso o brasileiro do que os votos, por essa razão devemos ser consciente de que todo poder é tomado a força. A nacionalidade brasileira precisa se organizar principalmente a maioria silenciosa do brasil que ainda nao sabe que está vivendo sob uma ditadura centrista petista terrorista e que a revolução do espermatozide começou o seculo 21 ganhando a corrida contra a economia mundial que só pode oferecer para a maioria da população do planeta no maximo uma refeição quando a nossa sobreviven ia depende de no minimo de 3 refeições dia.
obrigado, um abraço.
Igarassu-Pe.
VIDALVO DE OLIVEIRA