quarta-feira, 2 de junho de 2010

Ordem superior para Sombra recorrer de decisão que o manda para júri popular pelo assassinato de Celso Daniel

2a Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta – www.fiquealerta.net (atualizado nesta Quarta)

Por Jorge Serrão

Por ordem superior, o Caso Celso Daniel – um cadáver politicamente insepulto que incomoda a cúpula petista – deve ser novamente abafado. Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, acusado de ter encomendado o bárbaro assassinato de Daniel, em janeiro de 2002, não deve ir a júri popular – conforme decisão de ontem da Justiça de São Paulo. A orientação de seus protetores é que Sombra recorra a instâncias superiores, protelando ao máximo que o julgamento aconteça.

O Caso Celso Daniel é um retrato da impunidade e da lentidão conveniente da Justiça, quando interessa aos poderosos de plantão. Dos oito denunciados pelo Ministério Público, apenas um foi liberado por falta de provas. Sombra permanece em liberdade. Aguarda o julgamento que nunca tem data para acontecer. No entanto, continua assombrando quem teme que ele revele que não foi o verdadeiro mandante do crime. Indiciado por crime triplamente qualificado, Sombra é acusado de ter mandado matar Celso Daniel, para ocultar fraudes em licitações em Santo André.

Agora, em plena conjuntura eleitoreira, o esquema petralha volta a temer que ressurja, das cinzas, alguma informação grave sobre o assassinato de Celso Daniel – ex-comandante do esquema financeiro de campanhas eleitorais do PT. Até hoje, a violenta e covarde execução de Celso Daniel – no pior estilo das mais sanguinárias máfias, com seqüestro, abusos sexuais e torturas até a morte - é um tabu na cúpula petista. Agora, o juiz Antonio Hristov, nas 12 páginas de sua decisão, aponta aos indícios e provas de materialidade contra Sombra. O caso está na 1.ª Vara da Comarca de Itapecerica da Serra (Grande São Paulo), onde o corpo de Daniel foi localizado em janeiro de 2002.

O criminalista Roberto Podval, que defende Sombra, já levou o caso ao Supremo Tribunal Federal (STF) sob argumento de que promotores não podem exercer papel que a Constituição conferiu à Polícia. Podval alega que o STF ainda não decidiu sobre o assunto. Por isso, entrará com com pedido de liminar no STF para suspender o julgamento (de Sombra) até que a corte decida sobre a questão. Podval alega que o julgamento não pode acontecer sem que o STF decida. Podval já ingressou com exceção de suspeição contra o juiz Antonio Hristov.

Celso Daniel foi supostamente “seqüestrado” em 18 de janeiro de 2002, quando saía de uma churrascaria localizada na região dos Jardins, em São Paulo. O carro em que ele e Sombra estavam foi fechado e metralhado por criminosos. Curiosamente, os bandidos retiraram apenas Celso Daniel do veículo. Sombra ficou lá, ileso. O corpo do então prefeito de Santo André foi encontrado dois dias depois, com onze tiros, em uma estrada próxima à Rodovia Régis Bittencourt, em Juquitiba. Informações de bastidores asseguram que a cena de crime foi alterada. Ao misterioso crime, seguiram-se outras oito mortes "misteriosas", "acidentais", de testemunhas chave. A verdade permanece enterrada até agora com Daniel.

Fantasia

Três promotores que atuaram no Grupo de Atuação Especial e Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) em Santo André, Roberto Wider, José Reynaldo Guimarães Carneiro e Amaro José Thomé – sustentam que Daniel foi alvo de queima de arquivo.

A polícia, no entanto, concluiu que Daniel foi vítima de “crime comum”.

É a mesma versão de Sombra que o juiz considerou fantasiosa.

Acreditar é preciso

A promotora do caso, Eliana Vendramini, acredita em punição:

Mataram a vítima por motivo torpe, que é a paga ou promessa de recompensa e o juiz reconheceu que houve essa motivação. Então o crime não foi patrimonial fosse por latrocínio, fosse por extorsão mediante seqüestro”.

O assassinato Celso Daniel – barbaramente torturado, seviciado e assassinado - é tão estranho que daria um filme de Sir Alfred Joseph Hitchcock – considerado o mestre cinematográfico do suspense e do mistério.

No inquérito, o médico João Francisco Daniel, irmão de Celso Daniel, revelou ter sido informado que seu irmão foi morto porque dinheiro de corrupção em Santo André ia para o PT. Bruno, também irmão do prefeito, exilou-se com a família em Paris, com medo de ser eliminado.

Pequena diferença

Em SP, o custo médio por km de metrô é de R$ 180 milhões/km.

No RJ, o custo médio por km de metrô de R$ 430 milhões/km.

Ainda bem que o RJ é o Estado mais rico da federação, no qual as empreiteiras podem cobrar um pouquinho mais caro para ter um troquinho a mais nas obras.

Denunciado

O superintendente do Incra no Rio Grande do Sul, Mozar Dietrich, foi denunciado por improbidade administrativa.

O procurador Adriano Raldi o acusa de tolerância da ocupação de áreas indígenas por parte de sem-terras, poio a arrendamento ilegal de terras desapropriadas e de incentivo a atos criminosos do MST, inclusive resistência a ordens judiciais de descoupação, além de atos de extorsão ao permitir desvio de grãos.

Resta agora esperar para saber se as denúncias vão adiante, ou se este será mais um caso abafado por falta de provas.

Tasso na vice

No ninho tucano, dava-se como quase certa a candidatura do senador Tasso Jereissati como vice de José Serra.

Através do próprio Tasso, meses atrás, os tucanos já tinham tentado uma articulação com Ciro Gomes (que não topou) e, até semana passada, forçavam a barra para Aécio arriscar ser vice – o que também foi recusado.

Agora, o irmão do poderoso Carlos Jereissati, do Grupo Iguatemi, tem tudo para emplacar como segundo homem na chapa de Serra, para fortalecer a votação no Nordeste, onde Lula tem muitomais prestígio e chances de cabalar votos para sua Dilma.

Atriz perfeita

A pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, recebeu ontem a honrosa visita do cineasta Oliver Stone, que esteve no Brasil para divulgar o documentário "Ao Sul da Fronteira" – que faz apologia dos presidentes de esquerda na América Latina.

O encontro, fechado à imprensa, foi informal, mas o site da candidata trouxe elogios de Stone:

"Falamos por uma hora e fiquei muito impressionado com ela. É muito inteligente, uma grande cabeça, tem muita informação. Sabe tudo de energia, de economia".

Oh, Stone: por que você não convida Dilma para trabalhar com você em Hollywood, estrelando um filme sobre a vida de uma ex-terrorista.

Veja esta, seu Stone

Contraponto ao filme propagandístico de Stone é este vídeo venezuelano.

Mostra estudantes lutando por um futuro de liberdade no país governado a mão de ferro por Hugo Chavez:

http://www.youtube.com/watch_popup?v=7xXNx7ccgD0

Pode não

Problemas para o empresário televisivo Romero Jucá – que anda com dificuldades políticas para se reeleger senador.

O cidadão Geraldo Magela Fernandes da Rocha promete ingressar no Supremo Tribunal Federal com mandado de segurança visando a anulação imediata da Portaria 1030 de 2009, que transferiu, ilegal e irregularmente, a RTV Canal 08 de Boa Vista - RR, de uma Fundação sem fins lucrativos para uma Empresa Comercial pertencente ao filho do Senador Romero Jucá.

A Advogada da União, Socorro Janaina M. Leonardo, foi notificada sobre o “descumprimento dos artigos 42, 44, 48 e 49 da Lei 9784 de 1999, que regula o processo administrativo no âmbito da administração pública, por parte do Ministério das Comunicações, com relação a decisão do requerimento que originou o Processo MC 53000.015447/2010, que tramita no Ministério das Comunicações desde o dia 30 de março de 2010”.

Contra a indústria da multa

Por unanimidade, a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro deu um tiro de morte na indústria das multas de trânsito em Niterói.

Os desembargadores julgaram parcialmente procedentes os pedidos do Ministério Público que, em Ação Civil Pública, requereu a decretação da nulidade do contrato administrativo nº 05/2002, firmado entre o Município de Niterói, a Sitran Sinalização de Trânsito Industrial e a Empresa Municipal de Moradia, Urbanismo e Saneamento (Emusa), além da anulação das multas aplicadas.

Tudo indica que serão anuladas multas aplicadas na vigência do contrato e, ainda, a retirados dos equipamentos de fiscalização eletrônica.A 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo de Niterói tinha pedido – e a 1ª Vara Cível de Niterói acatou - que a fiscalização eletrônica de velocidade em diversas vias da cidade era aferida com irregularidade e com descumprimento da Resolução do CONTRAN nº 141/2002.

Imperador na Justiça

O Imperador Adriano Leite Ribeiro prestará depoimento na 6ª Promotoria de Investigação Penal da 1ª Central de Inquéritos do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

O inquérito policial pretende apurar se é verdade que o craque entregou R$ 60 mil ao traficante Fabiano Atanásio da Silva, o FB, líder do Comando Vermelho – conforme denúncia do jornal O Dia.

FB é acusado de crimes de tráfico ilícito de drogas, associação para fins de tráfico e posse ilegal de arma de fogo praticados por integrantes da organização criminosa Comando Vermelho, que controla a atividades ilícitas praticadas nas comunidades de Furquim Mendes e Dique, em Jardim América.

Zico no comando

Exemplo de jogador de futebol, por seu caráter profissional, Artur Antunes Coimbra tem tudo para emplacar como diretor-executivo de futebol do Flamengo.

Eterno ídolo da Nação Rubro-negra, Zico promete trabalho e espera cobranças:

O ídolo fica para trás. O que passou, passou. Não se apaga, mas, como dirigente, eu começo do zero. Vou trabalhar e ser cobrado como outro dirigente qualquer. Só peço que acreditem e tenham confiança no meu trabalho. Se eu fizer besteira, a torcida tem que criticar mesmo”.

Incentivo ao esporte

Já existe a possibilidade de as empresas, principalmente aquelas que atuam no setor relativo à implantação de obras de infraestrutura, se aproveitarem dos benefícios fiscais hoje existentes.

Isso enquanto se aguarda a aprovação de uma legislação ampla, no âmbito federal, sobre os incentivos fiscais relativos à Copa de 2014 e à Olimpíada de 2016.

O conselho é de Milton Fontes, sócio do escritório Peixoto e Cury Advogados, em artigo no site Fique Alerta de hoje:

Aspectos tributários da Copa do Mundo e Jogos Olímpicos

Quebrando tudo

O cineasta inglês lança um filme politicamente incorreto que vai dar o que falar.

"Kick-Ass: quebrando tudo", que estreia no Brasil dia 18, conta a história de um nerd que decide virar super-herói.

O destaque do filme é uma atriz coadjuvante, de 11 anos de idade, que rouba a cena soltando os piores palavrões enquanto trucida criminosos com armas ninja.

Resumo da ópera

No filme, Hit-Girl é o codinome da pequena Mindy, filha do justiceiro Big Daddy, que, por sua vez, é a persona heróica de Damon Macready, um ex-policial vivido por Nicolas Cage.

Ele ensinou a menina tudo sobre armas e artes marciais para que ela o ajudasse a destruir a organização do vilão Frank D'Amico (o excelente Mark Strong).

Pai e filha se unem a Kick-Ass pouco depois de o herói desengonçado virar um fenômeno da web.

A quem interessar possa

Recado do grande Confúcio, a quem souber aplicar:

"Um homem enraivecido está sempre cheio de veneno. Se não encontrar onde derramar, irá derramar dentro de si mesmo”.

Na interpretação livre de doutor Robualdo Probo Filho, lembrando o que falava um falecido político baiano:

Bronca é ferramenta de otário”.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 2 de Junho de 2010.

Um comentário:

Anônimo disse...

O poder judiciário está mesmo um caco! O sinistro personagem Greenhalg é amigo do rei. A delegada que fez o processo é próxima, casada com parentes da família do rei. E o rei tem grana para comprar consciências no país mais corrompido e desmoralizado...