domingo, 1 de agosto de 2010

Acuda, meu Polvo!

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão


Inconstitucionalmente impedidos de fazer piada com a nossa sucessão presidencial – que é uma piada por si mesma -, a turma do Casseta & Planeta arrumou um jeitinho brasileiro de sacanear o companheiro Lula – querido $talinácio. Lançaram, para sucedê-lo, o Polvo adivinhão alemão, que ficou mundialmente famoso (inclusive na Bahia) por prever resultados imprevisíveis, com sua sabedoria tentacular.

A última sobre o vidente Paul é “Massa” (como diria minha fornecedora oficial de acarajé). Engraçadinhos que trabalham no jornal esportivo espanhol Marca resolveram apelar ao polvo para promover o piloto Fernandinho Alonso. Deram um pulinho no luxuoso aquário de Oberhausen, na Alemanha, para negociar que o célebre cefalópode indicasse quem será campeão da Fórmula-1. Azar deles: o empresário do polvo, Chris David, cobrou a exorbitância de 15 mil euros para Paul fazer sua fézinha. Pãos duros, os espanhóis declinaram da oferta.

Pena que custe tão cara uma consulta ao polvo alemão. Se fosse di grátis, seria bom fazer um montão de perguntas interessantes para o oráculo tentacular. Primeira delas: quem vai suceder seu colega Lula, no Brazil? Mais indação: O Michel Temer é um vice para Dilma temer? Outra dúvida cruel: Será que a exploração do petróleo no pré-sal é mesmo para valer? O negócio será economicamente viável?

Mais uma perguntinha: O trem bala-na-agulha RJ-SP-Campinas sai do papel? Outra dúvida: Os negócios entre petistas, portugueses e angolanos darão muitos lucros? Antes disso, precisa-se perguntar: A Dilma terá coragem de falar alguma coisa sobre o tal do Dossiê Gemini (Parte I)? O povo brasileiro também quer saber? Quem mandou matar Celso Daniel ficará impune?

Acuda, meu Polvo! O povo brasileiro anda cheio de dúvidas. E também de dívidas. Mas isto pouco importa. O negócio é consumir. Pague-se quando puder. Os bancos vão lucrando. O $talinácio negociando. Os companheiros se locupletando. Nossa Amazônia? Tão entregando. As legiões observando. Igual ao papagaio verdinho da piada sem graça. Falam nada. Mas prestam uma atenção... Enquanto, nos quartéis, falta comida para o rancho da segunda-feira. Solução meia-boca: meio expediente. Pior que isto? Bater continência, ano que vem, para a comandante terrorista.

O Brasil parece o país da marretada. Lembra aquela piada israelense. “Quando você está com um grande martelo na mão, tudo parece prego”. $talinácio e petralhada vão só malhando o Brasil. Todos parecem pregos para eles. Habilmente, manipulam suas ferramentas de poder. Os negócios prosperam. A oposição parece um prego torto. Pronta para ser jogada fora. Inútil. Inerte. Sem soluções. Só leva na cabeça. Junto com outros pregos. Que não observam. Não lembram. Não pensam. Não agem.

Como saideira, a última demagogia do $talinácio, em comício para Dilma, na Boca Maldita, em Curitiba. Disse que pediu ao presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, para não matar a iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani. Lula contou que ofereceu asilo a Sakineh, que teria mantido relações extraconjugais com o assassino de seu marido. Na defesa de seu pedido, ainda soltou um argumento convincente: “Ah, imaginem se os homens também fossem condenados à pena de morte por traição”. Se o Apedeuta estiver certo, os traidores – de maridos, de esposas e da pátria – que se cuidem...

O que será do amanhã? Responda se puder, Polvo Paul. Mas só se for de graça. Pagando, não tem graça. Até porque o TSE censurou a piada sucessória. Acuda, meu polvo!

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 01 de Agosto de 2010.

2 comentários:

Anônimo disse...

Serrão

Voce não acha que Lula, pelos grandes dotes intelectuais e morais deve se candidatar a Presidencia do Iran?

http://iranhr.net/spip.php?mot3

Anônimo disse...

Pergunte ao Polvo quem é o suplente do candidato LINDBERG-PT-RJ AO SENADO.