sábado, 21 de agosto de 2010

Drogas para a Revolução


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Arlindo Montenegro


Um documento fácil e sucinto, exaltando os governos de esquerda na América Latina, Lula, Chávez e Fidel Castro, como exemplos de democratas, a "crise do império americano" e mais "palavras de ordem" contidas nestes documentos, pré elaborados para a aprovação orgástica dos presentes, encerrou o XVI encontro do Foro de São Paulo nesta sexta feira. Em seguida os participantes foram a um show de tango bebericando os bons vinhos e empanadas argentinas.

Entre os inocentes úteis e os úteis menos inocentes, as delegações de 33 países terão analisado informes sobre a Colômbia, Venezuela, Farc, apontando como inimigos a serem combatidos "os setores reacionários e seus interesses" contrários aos interesses das "forças populares", representadas por Marco Aurélio Garcia, Zelaya e outros comunistas menos votados. E como reagir no Chile, Colombia, Honduras e outros países que resistem às diretrizes radicais do Foro de São Paulo.

Nenhuma menção às drogas espalhadas pelas Farc. Nenhuma menção à maconha do Paraguai, nem a cocaína da Bolívia e da Colombia, nenhuma menção às rotas que transportam a mercadoria que financia os partidos comunistas e suas facções militarizadas para o terrorismo. Tudo quanto começou com o ópio e a heroína que a China utilizou no Vietnam contra os soldados franceses e se potencializou como parte da estratégia do comunismo internacional, será omitido. Ou ignorado.

Nenhuma menção ao papel de Kissinger, nem as políticas do Departamento de Estado norte americano, nem aos bancos envolvidos na lavagem de quantias que hoje chegam ou ultrapassam o trilhão de dólares. Nenhuma menção à estratégia mais bem encoberta que entusiasmou Fidel Castro, tanto que a Direção de Inteligência Cubana estava subordinada à KGB no final da década de 1960.

Com ajuda dos cubanos e tchecos, os estrategistas da KGB espalharam uma rede de agentes para o controle de todo o movimento de drogas. Os antigos cartéis "não tinham afinidade com os comunistas, mas o lucrativo negócio das drogas" os aproximava do M-19 e das FARC. Também havia o negócio com armas, a troca de proteção e informações que os cubanos repassavam para a KGB.

O plano estratégico está descrito pelo Dr. Joseph D. Douglass Jr., que atuou em diversas agências de inteligência do governo americano e documentou tudo em diversos livros, destacando-se o RED COCAINE, que não tem tradução em português, mas pode ser baixado para quem lê em inglês em diversos blogs destes rotulados como direitistas, conservadores, reacionários.

"A destruição dos filhos da “burguesia” através da drogas, especialmente os estudantes nas universidades e o financiamento e coordenação de movimentos antiamericanos ou revolucionários, era o objetivo principal, além da arrecadação de vultosos fundos para realimentar as ações de subversão... A URSS nunca aparecia, mas apenas seus subordinados, o que tornou Cuba uma peça chave na operação estratégica junto aos EUA."

Moscou delegou a Cuba e seu entusiasmado comanandante a responsabilidade pela coordenação do tráfico de drogas para os EUA e apoiar as guerrilhas e terrorismo na AL. Nos anos 1980, além do General Sejna do serviço de inteligência da Checoslováquia, varios agentes cubanos testemunharam, recebendo imunidade nos EUA. Todos confirmaram o papel de Fidel e Raul Castro, revelando-se uma rede de tráfico e agentes situados no "México, El Salvador, República Dominicana, Nicarágua, Panamá, Colombia, Bolivia, Venezuela, Brasil, Chile, Argentina, Peru..."

Outra frente de trabalho de longo prazo, visava a destruir, o Cristianismo, o Islamismo, o Budismo e o Judaísmo. Na AL os padres católicos deveriam ser cortejados para a revolução. Isto porque as informações dos soviéticos indicavam que, em 1967, 80% eram antiamericanos, 60% tendiam para as políticas de esquerda e 65% (especialmente os padres mais jovens) usavam alguma droga.

As organizações criminosas também estavam contempladas, para ajudar a revolução a longo prazo, com ou sem o conhecimento dos bandidos. Agora vem o coma'ndante, dizer que leu Daniel Estulin concluindo "É terrível pensar que as mentes e o sentimento das crianças e jovens norte americanos sejam mutilados dessa forma (pelas drogas)". Cinismo é característica destes senhores, como o é dos que hoje, discutem como fazer da AL um bloco socialista, como foi a URSS.

Os videos abaixo mostram as relações de Fidel Castro com o tráfico de cocaína. E a estratégia de longo prazo continua envolvendo novos elementos, com todo o poder do dinheiro da droga que na Colômbia é hoje totalmente dominado pelos das Farc, na Bolívia... no Brasil... Isto os do Foro de São Paulo não condenam, como o fazem contra o governo e o povo colombiano que luta contra as farc.





Para baixar o livro Red Cocaine:
http://www.4shared.com/account/document/FhdfVN65/DOUGLASS_Joseph_D_-_Red_Cocain.html

Entre aspas referem o Resumo do Livro Red Cocaine, em tradução de Henrique Dmyterko, no site Midia@Mais, em 11 de Março de 2009.


PS - Muito mal na foto acima, Lula e o cocaleiro Evo usando um lindo colarzinho de folhas de coca. Apenas uma simbologia sobre a revolução forosãopaulina.

Arlindo Montenegro é Apicultor.

6 comentários:

Manoel Vigas disse...

Saudações.

Embora já tivesse conhecido o livro Red Cocaine há tempos, agradeço muito a DICA da resenha em PORTUGUÊS em

http://www.midiaamais.com.br/resenhas/52-red-cocaine-the-drugging-of-america

que já disponibilizei para outros interessados no assunto.

Aproveito, para lembrar que AMANHÃ, DOMINGO DIA 22-08-10, irá ao ar pela National Geographic (canal 102 para quem usa Via/Embratel), às 22:00h, o documentário (livre):

"TIROFIJO - A MORTE DO LÍDER DAS FARC".

Este é um documentário revelador e de forte impacto sobre um dos personagens que marcaram a história colombiana.

SINOPSE DO DOCUMENTÁRIO:
EM 1964, surgem as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), um grupo guerrilheiro liderado por "Tirofijo".
Apesar de sofrer inúmeras perseguições, Tirofijo sobrevive a 14 presidentes.
Seu exército, financiado pela extorsão e pelo narcotráfico, chega a ter 20 mil combatentes.
O grande camponês liberal, com ideais comunistas, acaba se tornando o grande senhor da guerra.
Em maio de 2008, sem ter consumado sua revolução, Tirofijo morre de ataque cardíaco. O governo colombiano procura seu corpo enquanto ele se transforma em um mito.
O documentário "TIROFIJO - A MORTE DO LÍDER DAS FARC", sobre o comandante e fundador das FARC, é uma co-produção do NatGeo com a revista colombiana Semana e Imagina,
A produção mostra a jornada que se inicia com a busca pelo corpo de Tirofijo.
Enquanto o mundo quer confirmar sua morte, os guerrilheiros se mantêm em silêncio.
As câmeras do NatGeo percorrem os lugares onde ocorreram as reuniões que estruturaram o grupo guerrilheiro e onde os camponeses foram treinados.
A viagem continua até a Casa Verde, no sul da Colômbia, cenário da aproximação de políticos conservadores como Alvaro Leyva com o comandante.
No novo século, a guerra se intensifica.
Entre as operações militares e dias depois da informação sobre o seu falecimento vir à tona, as FARC confirmam a morte de Tirofijo.
Tirofijo é um mito e ao longo da vida já foi dado como morto inúmeras vezes.

Atenciosamente.
Manoel Vigas

Anônimo disse...

Cuba, a grande farsa, a KGB da AL, regime totalitário que lulla e sua gangue recrutados pela DGI cubana, defendem e ajudam tanto com dinheiro, como políticamente no cenário internacional como também com todas nossas informações mais secretas que chegam ao general fêlix. Talvez não por ele. Mi casa es tu casa! Gente agradecida, essa gangue de terroristas aposentados. Fidel, o maior barão da droga da AL durante muitos anos, tinha como seu testa de ferro o general Arnaldo Ochoa Sánchez que negociava cocaina com o cartel de Medelin. Por saber demais, foi fuzilado após julgamento fantoche. Atualmente a droga circula mais facilmente pelo Brasil de lulla que na Venezuela de chavez ou mesmo pela Nicaragua do presidente pedofilo. Só quando tem denuncia, è que a televisão mostra uma pequena parte desse lucrativo negocio.

E por trás de todo esse negocio para destruir a nossa juventude, está o Foro de São Paulo, ou seja, marco aurélio garcia com a benção de lulla. E a CNBB? Não fica de fora, pois dominam a Amazônia e controlam os novos cristãos idiotas uteis.

E serra, continua dando pontos para dilma. Ninguém acha estranha a sua campanha eleitoral?

Estranhamente ou talvez não, o Ministério com pedido de liminar, junto à Justiça Federal para a paralisação das obras da rodovia BR-317, trecho que Público Federal no Amazonas (MPF/AM) entrou com uma ação civil pública,liga o Amazonas ao estado do Acre, até que sejam realizados novos estudos de impacto ambiental e cumpridas as condicionantes para o empreendimento, estabelecidas pela Fundação Nacional do Índio (Funai), pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Ou seja, significa que a Funai, Ibama e Iphan, vão vetar qualquer pavimentação e melhoria dessa espinha dorsal da nossa Amazônia, impedindo seu desenvolvimentro. E que impede esses traidores desse crime lesa-patria? Que interesses obscuros e ocultos fazem mover o Ministério Público Federal no Amazonas (MPF/AM)?
21 de agosto de 2010 02:02

Anônimo disse...

Cuba, a grande farsa, a KGB da AL, regime totalitário que lulla e sua gangue recrutados pela DGI cubana, defendem e ajudam tanto com dinheiro, como políticamente no cenário internacional como também com todas nossas informações mais secretas que chegam ao general fêlix. Talvez não por ele. Mi casa es tu casa! Gente agradecida, essa gangue de terroristas aposentados. Fidel, o maior barão da droga da AL durante muitos anos, tinha como seu testa de ferro o general Arnaldo Ochoa Sánchez que negociava cocaina com o cartel de Medelin. Por saber demais, foi fuzilado após julgamento fantoche. Atualmente a droga circula mais facilmente pelo Brasil de lulla que na Venezuela de chavez ou mesmo pela Nicaragua do presidente pedofilo. Só quando tem denuncia, è que a televisão mostra uma pequena parte desse lucrativo negocio.

E por trás de todo esse negocio para destruir a nossa juventude, está o Foro de São Paulo, ou seja, marco aurélio garcia com a benção de lulla. E a CNBB? Não fica de fora, pois dominam a Amazônia e controlam os novos cristãos idiotas uteis.

E serra, continua dando pontos para dilma. Ninguém acha estranha a sua campanha eleitoral?

Anônimo disse...

Será que sabemos realmente quem é
o inimigo?
Vejam neste vídeo legendado que
comunistas, ambientalistas, etc,
são manipulados por um poder maior.

http://www.overstream.net/view.php?oid=a4n2ainxnwit

Anônimo disse...

Comunistas, ambientalistas, democratas, no poder ou fora dele, são manobrados, manipulados pelas famílias anglo-americanas-européias e outras de descendência nobre, banqueiros que controlam o sistema de modo global.
Todos os estados estão infiltrados por estes denominados "iluminati". O La Rouche aponta o Império Britânico, mas defende H.Clinton que apoia as políticas verdes da ONU.
Há uma força superior que atrapalha, impede a consolidação deste governo mundial pretendido e propalado por tantos destes "líderes".
No futuro, já que não temos bola de cristal, nem informação suficiente, saberemos...

Luiz Mussio disse...

Enquanto houver um país rico e que adora uma boa droga de alta qualidade pode contar que vão ter países pobres dispostos a sanar essa "fissura". O capitalismo está em adiantado estado de putrefação, Cuba que é duramente criticada vive uma realidade muito mais inteligente do que os países que a cercam(por favor, não vamos comparar Cuba com um país capitalista rico, e sim com os capitalistas pobres), com um indice de IDH alto, educação, moradia e segurança pública. Se vivesse a loucura capitalista estaria com uma pequena fração de abençoados e em contrapartida uma multidão de farrapos.