domingo, 3 de outubro de 2010

Esfincterocracia e Dogma Eleitoreiro

Artigo no Alerta Total - www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão

Grosso e curto. Num País sem segurança do Direito, portanto sem democracia real, somos obrigados a votar. Sem lenço e com documento (que tenha foto), caminhamos contra o vento. Vamos às urnas eletrônicas coonestar o cassino eleitoral do Al Capone. Que vença o melhor bandido!

Não importa em quem votemos. O Brasil continuará governado por algum ou alguma marionete da Oligarquia Financeira Transnacional - que nos controla de verdade porque permitimos. Enfim, tudo parece que muda, para ficar a mesma coisa, na Sociedade do Crime Organizado.

Encemamos, hoje, o teatro eleitoral do João Minhoca. Um espetáculo tão surreal que movimenta uma maioria ignorante capaz de trocar o voto compulsório por um saco de leite em pó, por uma pela de rapadura, por grandes pedaços de mandioca, por alguma “bolsa” do governo, e – por que não? – até por algum dinheiro.

Damos até um tom vanguardista ao atraso civilizatório. Temos as urnas high tech. E ainda somos forçados a acreditar, completamente, na lisura de um resultado em que a auditoria é impossível. Sorte nossa que a Justiça eleitoral está acima da Justiça Divina. E PT saudações, que o santo é de barro.

Viva o dogma das urnas! Seis dedadas do eleitor resolvem os negócios. Garantem quatro anos de boa vida a milhares de políticos desqualificados ou corruptos. Geramos “emprego” para sujeitos legalmente indicados por nós para usurpar a coisa pública.

Cabalisticamente, temos 171 candidatos sub-judice. Haverá punição pós-eleitoral aos fichas sujas? O rigor seletivo deve punir os que não interessam ao sistema. Os demais serão perdoados, porque seus colegas bandidos sabem muito bem o que eles fazem... Neste filtro maldito só passa o que não presta.

Exatamente por isso, precisamos de um esfíncter. Nosso sistema político precisa de um músculo de fibras circulares concêntricas, dispostas em forma de anel, para controlar o grau de amplitude do orifício eleitoral. Como não contemos o lixo que passa no processo, como bem diz um caboclo amigo meu, é lícito afirmar que vivemos sob um regime de esfincterocracia. Claro, no sentido anal da expressão.

Nosso processo eleitoral é escatológico em todos os sentidos. Começa pela falta de um real debate político. Partidos e candidatos não têm propostas dignas para solucionar o Brasil. A disputa parece uma competição entre torcidas organizadas de um jogo sempre vencido pela estrutura criminosa.

As pesquisas, com amostragens ridículas para um eleitorado de 130 milhões, são apenas indutoras de pretensos favoritismos. Quem sabe não servem para prever um resultado fraudável? A dúvida se haverá ou não segundo turno na peleja presidencial é apenas mais um lance do roteiro teatral.

Pimenta no olho do eleitor parece refresco – pelo menos na visão canalha da esfincterocracia que esmerdalha o Brasil. Por isso, só nos restam dois desejos, muito sinceros. Primeiro, para os políticos. “Aos vencedores, as batatas (quentes e podres)!". E, finalmente, aos pobres e otários eleitores: “Que a urna lhes seja leve!”.

E que Deus nos proteja de tanta dedada eletrônica...

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 3 de Outubro de 2010.

6 comentários:

Alexandre, The Great disse...

Essa foi "no olho"(cego) da questão.
Pior que um direto no fígado ou que um chute no saco.
Valeu, Serrão!

Anônimo disse...

O jornalista Ivo Patarra levou 'O Chefe' a duas editoras, que recusaram a publicação

do livro.
O livro sobre as falcatruas do Lula, que foi proibido está disponível para leitura na

Internet.
DIVULGUEM ESTE LIVRO SEM RESTRIÇÃO PARA A LISTA DE E-MAILS...
O livro que compila todos os escândalos do desastroso governo Lula,

não conseguiu

ser

publicado!!!

JÁ QUE TODOS SE NEGARAM A PUBLICÁ-LO !!!

O AUTOR O COLOCA GRÁTIS NA INTERNET



PARA LER E BAIXAR O LIVRO ACESSE:


www.escandalodomensalao.com.br

Não deixe mesmo de ver esse site, nem que seja só para confirmar que ele existe.

Divulguem!

ANDEC
Associação em Defesa da Ética e da Cidadania - Abrace essa causa!!!
É o nosso futuro, de nossos filhos e netos, que está em jogo!

Anônimo disse...

Que merda! A cada dia esta canalha oprime mais e mais nos afasta da paz construtiva para envenenar as gentes com as drogas globais.

Anônimo disse...

Valeu seu comentario serão,
hoje 3 de outubro de 2010 a sociedade brasileira a sua maioria vai votar em 3 bios, BIO, BIBIU, E SEU BIO, UM DESSES TRES BIO vai ganhar para a vitoria da nova ordem mundial e a desgraça da nação e do povo brasileiro porem as massas está feliz porque a bolsa BIO vai continuar, o que resta para o povo é simplesmente mais impostos, para nossos filhos mais desempregos, para nossos netos mais oportunidades de se marginalizar no mundo das drogas.

Anônimo disse...

Não concordo! Dizer que são todos iguais é ser muito desonesto. Que existe um jogo internacional que tenta impor um controle mundial sobre todas as nações, isto é verdade. No entanto, existe um abismo colossal entre as ideologias dos dois principais "players" da política nacional. Queria ver o que seria do Brasil sem tem tido a passagem do PSDB antes do Lulla. Voce teria coragem de dizer que estaríamos iguais ?

Anônimo disse...

Jorge:

"O Brasil continuará governado por algum ou alguma marionete da Oligarquia Financeira Transnacional - que nos controla de verdade porque permitimos."

Só tem um nome: meirelles!

Pode ter um ajudante: FHC.