quarta-feira, 27 de outubro de 2010

O Alerta Total alertou: Dilma escorregou no Escândalo Gemini

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net


Por Jorge Serrão

Em artigo publicado em 13 de outubro de 2010, o Alerta Total foi categórico: ao acusar o tucano José Serra de ser favorável à privatização de setores da Petrobras, Dilma corria o forte risco de escorregar. Ela poderia ser instada a explicar o que a levou, como Ministra de Minas e Energia e Presidente do Conselho de Administração da Petrobras, a avalizar a constituição da Gemini – sociedade por meio da qual o governo Lula transformou uma empresa pertencente a um grupo norte-americano na maior beneficiária de nosso gás natural liquefeito (GNL).

Posteriormente, em 19 de outubro de 2010, o Alerta publicou a íntegra da denúncia protocolada no mesmo dia junto ao Ministério Público Federal pelo engenheiro João Vinhosa. Em tal denúncia, Vinhosa afirmou que Dilma foi a principal avalista da sociedade e anexou provas que o sindicato dos petroleiros (Sindipetro) já havia acusado a existência de corrupção explícita no caso Gemini desde 2006.

Não deu outra. Dilma escorregou feio no debate realizado pela TV Record nesta segunda (25), Serra repercutiu a denúncia de João Vinhosa, que tem grande repercussão na internet, mas que não ganha o devido espaço na mídia tradicional. Serra cutucou Dilma: “O atual governo cedeu para a White Martins, uma multinacional, a sociedade do fornecimento de gás liquefeito. A Petrobrás ficou com a menor parte, 40%. Ela favoreceu uma multinacional em relação à ação da Petrobrás, que tinha toda a condição para fazer esse trabalho”.

Embora Serra tenha citado duas vezes tal espúria sociedade, Dilma não se manifestou sobre o assunto. O silêncio e omissão dela sobre o grave caso de privataria petista é sintomático. Ainda na Casa Civil, embora tenha recebido denúncias por escrito de João Vinhosa, Dilma e seus aspones nunca se manifestaram sobre o caso.

Em entrevista concedida ao final do debate, o candidato tucano José Serra ainda alfinetou, ironizando que havia ficado curioso para saber o pensamento de Dilma sobre “essa associação estranha da Petrobras com a White-Martins, que entregou a essa multinacional o controle do gás liquefeito no Brasil”. Serra tocou no assunto porque vários leitores do Alerta Total enviaram à coordenação de campanha do PSDB as denúncias de João Vinhosa publicadas no Alerta Total. Ponto para a cidadania, que premiou a coragem do incansável Vinhosa em oficializar tais denúncias ao governo e ao Ministério Público Federal.

O caso Gemini, que agora está começando a atingir a relevância que merece, pode ser acompanhado em detalhes pela série de matérias publicadas no Alerta Total. Porém, devido à urgência e a gravidade da situação, recomenda-se, inicialmente, uma leitura das matérias publicadas pelo jornal Sindipetro – sindicato de notória tendência petista no meio dos petroleiros.

As acusações do Sindipetro podem ser vistas nos endereços a seguir indicados:

HTTP://www.sindipetro.org.br/101/b1063/1063.pdf (Jornal do Sindipetro, 23/03/06)

HTTP://www.sindipetro.org.br/101/b1109/1109.pdf (Jornal do Sindipetro, 03/08/07)

HTTP://www.sindipetro.org.br/101/b1133/1133.pdf (Jornal do Sindipetro, 29/05/08)

A Lenda do Boi

Oficialmente, faleceu ontem o Senador Romeu Tuma - um dos mais famosos profissionais da área de inteligência no Brasil.

Com ele são enterrados os grandes segredos do sindicalista que foi grande colaborador secreto do Departamento da Ordem Política e Social, nos tempos da dita-dura.

Lula devia agradecer eternamente ao amigo Tuma por ele nunca ter revelado nada sobre a atuação de Lula contra seus inimigos no campo sindical.

Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: http://www.alertatotal.net/. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

Um comentário:

Carlo Germani disse...

Caro Serrão,

A alguns dias,enviei para a coordenação da campanha de Serra,
todo o dossiê do teu blog,sobre o
escândalo Gemini-Petrobras.
Considero que acataram.
Abraço,Carlo Germani