terça-feira, 22 de março de 2011

Lula usa rotatividade de poder, com Dilma perseguida e torturada, para atacar militares

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/
Leia mais artigos no site Fique Alerta – http://www.fiquealerta.net/
Por Jorge Serrão

As legiões que se cuidem! O golpe de imagem contra as Forças Armadas é constante e assimétrico. Até o ex-chefão-em-comando deu ontem sua contribuição pessoal para o esquema de propaganda contra os militares. Aproveitou um jantar no Clube Monte Líbano, reunindo 800 convidados de elite da comunidade árabe de São Paulo, para supostamente defender a alternância de poder e, subliminarmente, criticar “os ditadores do regime militar”.

O ex-Presidente aproveitou a deixa de um discurso do professor da Unicamp Mohamed Abdib, do Insituto Cultural Árabe, que puxou o saco de que “Lula deixava saudades”, para cutucar os militares, subliminarmente, usando a imagem de Dilma como vítima deles: “A rotatividade e alternância do poder é uma coisa sagrada e vocês não sabem o orgulho que tenho por ter entregue a presidência da República a uma mulher que foi perseguida e torturada”.

Como de costume, errou na regência verbal da frase sobre rotatividade e alternância de poder. Mas acertou em cheio no alvo preferencial da petralhada a serviço de esquemas transnacionais: a desmoralização sistemática das Forças Armadas, construindo a imagem falsa de que as Legiões foram “ditadores”, enquanto aqueles que pegaram em armas, roubaram, seqüestraram e assassinaram para implantar o comunismo no Brasil foram “heróis, vítimas de perseguições e torturas”.

Leia, abaixo, o artigo de Arlindo Montenegro: Educação e Autoestima.


Confira também, no site Fique Alerta, o artigo de Thomas Korontai: Ah... a Diplomacia.

Verdades & Verdades


Em nome da segurança nacional, nada foi apurado sobre o abusivo uso de dinheiro público por meio de cartões corporativos da Presidência da República no governo Lula.

Como já não existe risco para a segurança nacional, será que aqueles que defendem a existência de uma Comissão da Verdade para apurar o que aconteceu nos governos militares apoiariam a apuração de como se gastou secretamente o dinheiro público nos oito anos de governo dos militantes?

Por que será que esta Comissão da Verdade alternativa assusta tanto os militantes petralhas e os poucos melancias a eles ligados?

Morra de rir...

Fantasiado de Sheik Lula no jantar árabe, Extalinácio foi irônico com membros da oposição, sobretudo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que o criticaram por não ter ido ao almoço com o presidente Barack Obama em Brasilia.

Lula comentou que foi "hilariante" saber que os opositores digam agora que a presidente Dilma Rousseff é diferente dele, e que os que passaram oito anos criticando seu governo agora passem a falar bem:

Provavelmente agora que o presidente Obama fez rasgados elogios ao Brasil, à sua ascenção e importância no mundo, alguns que passaram dez anos criticando, pasem agora a falar bem. É extraordinário e hilariante. Foram oito anos. Sabem como pegamos e como deixamos o país. Alguns adversários tentaram vender que nós éramos a continuidade. Agora que elegemos alguém para fazer a continuidade, dizem que agora ela é diferente. É o mínimo hilariante”.

Quem tem pressa come...

O prefeito paulistano Gilberto Kassab passou na festa árabe correndo, falou com Lula, mas não ficou para o jantar.

Ontem foi o dia de Kassab brilhar na Assembléia Legislativa de São Paulo, no lançamento dos “12 mandamentos” de seu novo partido, usando a velha sigla do PSD.

O ato na capital paulista deu a largada para a coleta de cerca de 500 mil assinaturas em todo o país a favor do PSD, um dos requisitos exigidos pela Justiça Eleitoral para a criação de um partido.

Kassab informou que a previsão é que toda a papelada referente ao PSD seja entregue à Justiça Eleitoral em agosto.

Governista envergonhado?

Kassab declarou ontem que a missão de seu PSD é ajudar Dilma Rousseff a ser uma "grande presidente".

Contraditoriamente, Kassab negou que a nova legenda fará parte da base governista:

Temos o compromisso com o Brasil. Portanto temos o compromisso de ajudar o governo brasileiro a desempenhar bem as suas funções. Temos, a nível nacional, um partido independente, o que significa apoiar as ações identificadas com o nosso futuro programa, significa nos colocar à disposição da presidente Dilma Rousseff para ajudá-la a ser uma grande presidente. Viemos, diferentemente do que alguns tentam apregoar dizendo que viemos para aderir ao governo A, B ou C, viemos para aderir a ideia de ajudar o Brasil a crescer”.

Estranho no ninho

O deputado federal Protógenes Queiroz (PC do B-SP) foi um estranho na festa de Kassab.

No entanto, Protógenes negou que esteja cogitando entrar para o novo partido.

Alegou apenas que estava lá prestigiando a iniciativa de Kassab.

Não é do Millôr

O artigo que o Alerta Total publicou no domingo, atribuído ao Millôr Fernandes, não foi escrito por ele – conforme depoimento de leitores que já checaram o assunto com o próprio humorista:

“Bom dia Millôr. Recebi um texto intitulado "Militares nunca mais" que fala sobre as atividades desenvolvidas por militares durante o regime militar. O que eu gostaria de saber é se o texto foi realmente assinado pelo Senhor e em qual meio foi publicado originalmente. Sou um leitor assíduo de seus textos e admirador de suas charges e até então não havia visto esse tal texto. Fico grato se puder me responder. Atenciosamente, Cristiano, Curitiba-PR”.

Resposta do Millôr: “Caro Cristiano - acho o texto primário. Que posso fazer? É o lado escroto da Internet. Abrassão. O Millôr”.

Alexandre Garcia, que também é vítima de vários textos na Internet atribuídos a ele, também nega que o artigo seja do Millôr:

“Recebi, pela internet, um texto atribuído ao Millôr Fernandes, “Militares Nunca Mais”. Perguntei ao remetente onde fora publicado e em que data. Ele não soube me responder. Desconfiei, porque tinha mais de 40 linhas. Ninguém que costuma ser lido escreve mais de 40 linhas em respeito ao tempo do leitor. E ninguém que costume escrever, seria incapaz de esgotar um tema em menos de 40 linhas. Fui conferir com o “autor” e a resposta foi a esperada: o artigo é uma praga que incomoda o Millôr há muito tempo e, é claro, não foi ele que escreveu”.

Livrinhos úteis para o Extalinácio

Como funciona a crase? Quando usar hífen? Porque é junto ou separado? Você tem certeza que está livre do “queísmo”?

Para auxiliar e esclarecer dúvidas sobre a Língua Portuguesa, a Editora Contexto elaborou a coleção “Português na Prática” - escritas pelas professoras Rosana Morais Weg e Virgínia Antunes de Jesus.

O Volume 1 é: A língua como instrumento e o Volume 2: A língua como expressão e criação.

Segurança Pública

A Faculdade de Direito da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) realizará nos dia 24 e 25/03, das 9h às 16 horas, o I Seminário sobre Segurança Pública: uma visão do futuro.

O evento reunirá autoridades dos governos estaduais e federais, desembargadores, promotores de justiça, delegados e comandantes das polícias, além de professores e estudantes.

O encontro será aberto pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Os debatedores

Pela manhã, o debate será conduzido pelos comandantes das polícias paulistas, Marcos Carneiro Lima, delegado geral da Polícia Civil, e Álvaro Batista Camilo, comandante geral da Polícia Militar.

No período da tarde, o Ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, participa do evento.

O Ministro do Supremo Tribunal Federal, Antônio Cezar Peluso, fará a abertura do segundo dia do evento, que terá ainda a presença do diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, no primeiro painel de discussão.

O segundo painel do seminário estará a cargo das policias cariocas, representadas pela Delegada Patrícia da Costa Araújo de Alemany, coordenadora do laboratório de tecnologia contra lavagem de dinheiro, pelo Cel Mário Sérgio Duarte, comandante geral da Polícia Militar, e pelo secretário de Segurança Pública do Estado, José Mariano Beltrame.

Só a CUT de fora

As centrais sindicais CGTB, CTB, Força Sindical, NCST e UGT vão lançar na próxima terça-feira, dia 22 e março, a partir das 10h30, no viaduto do Chá, em São Paulo, o 1° de Maio Unificado, que pela primeira vez vai reunir as cinco centrais.

O fato é histórico, pois, depois de se unirem em defesa das principais bandeiras de lutas dos trabalhadores nas negociações com o governo e no Congresso Nacional, agora as centrais vão comemorar a data em festa unificada.

O 1° de Maio Unificado será realizado na av. Marquês de São Vicente, entre os viadutos Pompéia e Antárctica, nas proximidades do Metrô Barra Funda.

Thompson Reuters integrada

A Thomson Reuters (NYSE, TSX: TRI), passa a integrar o Brazil-U.S. Business Council.

Jim Smith, CEO da Divisão Profissional da Thomson Reuters reforça o compromisso contínuo da empresa de investimento no Brasil:

A Thomson Reuters tem o orgulho de ser um membro do Brazil-U.S. Business Council. Temos a expectativa de encontrar maneiras novas e criativas para fortalecer os laços e desenvolver negócios entre os dois países. Estamos esperançosos de que, por meio de encontros bilaterais, possamos descobrir novas e estimulantes oportunidades de negócios para ambas as nações”.

O Brazil-U.S. Business Council é uma organização empresarial voltada para a promoção do livre fluxo de comércio e investimentos entre o Brasil e os Estados Unidos.

Mais informações sobre o Conselho em www.brazilcouncil.org.

Convênio educacional

Para acompanhar as demandas do mercado diante das evoluções tecnológica, social e econômica, que exigem cada vez mais aperfeiçoamento das empresas e de seus profissionais, a Universidade Corporativa do SESCON-SP e a Trevisan Escola de Negócios formalizam hoje uma parceria.

A Trevisan fará a cogestão da UNISESCON e de seus cursos voltados ao aprendizado permanente a profissionais, principalmente empreendedores.

As aulas serão ministradas no novo prédio do SESCON-SP e AESCON-SP, que também será inaugurado nesta terça-feira, às 19h, na Avenida Tiradentes, 998 – Luz – São Paulo/SP

Ação Jovem do Mercado Financeiro

A sócia da área de Mercados de Capitais do escritório Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados, Eliana Chimenti, será debatedora e fará a mediação da Mesa de Debates sobre IPO: Perspectivas para 2011.

Promovido pelo grupo Ação Jovem do Mercado Financeiro e de Capitais, para apresentar a visão de quatro diferentes áreas envolvidas no processo de abertura de capital – Companhia, Banco de Investimento, Bolsa de Valores e Escritório de Advocacia -, o encontro acontece nesta terçapfeira, a partir das 19 horas, na sede da BM&FBovespa, em São Paulo.

O evento tem o objetivo de discutir as perspectivas de que as ofertas públicas iniciais (IPO) continuem com um número expressivo de crescimento em suas operações.

Além de Eliana Chimenti, participam do evento Alexandre Birman, Vice-presidente do Conselho de Administração e Diretor e Vice-presidente de Operações da Arezzo; Cristiana Pereira, Diretora de Desenvolvimento de Empresas da BM&F Bovespa e Fábio Nazari, Diretor da área de Mercado de Capitais do Banco BTG Pactual.

Petróleo na selva

As chuvas atrasaram o início das perfurações da HRT na bacia do Solimões, em plena Amazônia, mas a empresa pretende acelerar os trabalhos para não comprometer muito o começo da produção.

Márcio Mello, presidente da HRT, informa que a frequência de voos para transportar o material necessário para começar os trabalhos de perfuração no município de Tefé, no meio da floresta, caiu de 50 para 23 voos diários por conta das chuvas.

Por serem localizados no meio da floresta, os 21 blocos que a HRT possui na área em parceria com a Petra, com 55 e 45 por cento respectivamente, recebem os materiais por balsas e helicópteros.

Além de possibilidade de um imenso volume de gás natural, a região contém petróleo de qualidade bem superior à média brasileira: entre 43 e 47 graus API, contra 24 graus da média brasileira, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Moedas criativas

O evento Mesh com Moedas Criativas – Fronteiras do Valor na Economia do Conhecimento começará seu ciclo de oficinas, pitchings, debates e conferências hoje na USP.

O evento, organizado pelo grupo de pesquisa Cidade do Conhecimento da ECA, conta com parceria do Núcleo de Política e Gestão da Tecnologia e da Inovação da USP, FEA, POLI e FFLCH e patrocínio do BNDES e Mozilla.

O Programa completo do evento “Mesh com Moedas Criativas” e as fichas para inscrição no pitching e oficinas está disponível no blog da Cidade do Conhecimento: www.cidade.usp.br

Procuradores, respondam


Promotores e procuradores do Ministério Público de todo o país terão até dia 2 de abril para responder o questionário virtual que faz parte da metodologia de trabalho para construção do Planejamento Estratégico Nacional (PEN).

O objetivo da pesquisa é ouvir o maior número de membros para identificar temas prioritários nacionais e regionais.

A enquete, lançada ontem durante evento de apresentação do projeto do Planejamento Estratégico, já está disponível do portal do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Verba necessária

O Brasil tem um déficit de 200 mil vagas para presos provisórios – aqueles que aguardam uma decisão judicial definitiva sobre seus casos.

Por isso, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) manifestou preocupação com o impasse em torno da liberação de recursos para a construção de centros de detenção provisória no País.

O assunto foi debatido na reunião do Comitê Gestor da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), formado pelo CNJ, Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e Ministério da Justiça.

Dos 500 mil presos que compõem a população carcerária brasileira, 220 mil são presos provisórios.

Cerca de 200 mil estão em locais inadequados, como delegacias e em presídios.

Água em debate


Prossegue hoje o VI Fórum Água em Pauta, um projeto idealizado pela IMPRENSA Editorial, acontece em Jundiaí (SP), no Dia Mundial da Água.

Patrocinado pela DAE S/A – Departamento de Água e Esgoto e CSJ – Companhia de Saneamento de Jundiaí, o objetivo do evento é colocar em discussão a importância dos assuntos relacionados a questões de preservação da água, meio ambiente e saúde, com sustentabilidade e responsabilidade social.

A partir das 10h30 o evento pode ser assistido pelo site www.portalimprensa.com.br/forumaguaempauta.

Prêmio Jabuti


A Câmara Brasileira do Livro (CBL), organizadora do Prêmio Jabuti, anuncia hoje à imprensa, às 10h30, as mudanças mais significativas da premiação em 53 edições.

A nova presidente da CBL, Karine Pansa, e do curador da premiação, José Luiz Goldfarb, dão entrevista na sede da entidade – rua Cristiano Viana, 91, Pinheiros, em São Paulo.

Podem concorrer a premiação deste ano apenas obras inéditas, editadas no Brasil, entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2010.

Filme do Senna

Para a distribuição do documentário “Senna. O brasileiro. O herói. O Campeão”, que começa a ser vendido as partir de quinta-feira, a Universal Picture firmou parceria com o Instituto Ayrton Senna.

A ONG receberá parte da verba arrecada com a venda do DVD e Blu-Ray do filme dirigido pelo inglês Asif Kapadia e produzido por Manish Pandey, narrando, de forma diferenciada, a vida de um dos maiores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos, dentro e fora das pistas..

O Instituto Ayrton Senna é uma organização não-governamental, fundada em 1994, que atua em todo o país para ajudar a garantir educação pública de qualidade a crianças e jovens.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 22 de Março de 2011.

3 comentários:

Anônimo disse...

O atual secretario de segurança e estado do rio de janeiro é outro que adora desmoralizar os militares. Diz que a PM como conhecemos hoje representa os ultimos resquícios da ditadura, ele quer mudar a grade curricular de formação da PMERJ, de acordo com as palavras dele por uma polícia técnica e humanista, ou seja ele quer PMs azuis por fora e vermelhinhos por dentro.
Esta UPP é a primeira tentativa de desmoralizar a PMERJ, o mais absurdo é que os recrutas da UPP recém ingressados na PMERJ, recebem mais que os policiais que tem anos de coorporação que ganham um soldo equivalente a R$35,00 por dia.
Fora que segundo as palavras dele o PM que quer ganhar mais tem que ingressar no famigerado PRONASCI.Isso sem contar que no governo estadual do RJ, contrariando a Constituição estadual do estado, os bombeiros nao integram o quadro da Sec. de segurança como deveria ser, mas sim integra a sec de saúde.

Anônimo disse...

Quando leio as palavras obradas por esse doente, psicopata, sociopata, analfabeto funcional, traidor comprovado, apenas tenho a certeza que fomos governados por um louco, um indigente que nem pra gari dá, pois trabalho nunca foi com ele.

"É extraordinário e hilariante. Foram oito anos. Sabem como pegamos e como deixamos o país."

Pois è, com uma dívida interna do valor de R$ 2,4 trilhões!!

Quem vai pagá-la? O PT? A petralhada esquerdopata? Os sindicalistas? Ou o povo carregado de impostos?

Anônimo disse...

Serrão;

Sou "do ramo", e assim posso dizer que a respeito da nota "Petróleo na Selva", asseguro que no município paraense de Juruti também tem bastante gás e algum óleo leve, apesar da Petrobras, ou de qualquer empresa associada a ela, não estar desenvolvendo prospecção no local (por ora!).

Um outro local onde fatalmente será encontrada uma gigantesca reserva de petróleo, visto que uma empresa do Eike Batista já está prospectando por lá (e com excelentes perspectivas!), é a foz do rio Amazonas, mais precisamente na costa atlântica das ilhas Caviana e Mexiana, no arquipélago marajoara, mas ainda dentro do limite da plataforma continental brasileira. A dificuldade da perfuração é a forte descarga hídrica do rio Amazonas sobre o oceano Atlântico, o que dificulta a fixação do equipamento de sondagem, apesar da lâmina d'água não ser tão profunda.

A nossa(??) Amazônia é rica, e por isso os estrangeiros a querem manter "intocada"!