quarta-feira, 6 de abril de 2011

Dilma ganha medalha de Grã-Mestra da Defesa, e elogia “correção de caminho” dos militares

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/
Leia mais artigos no site Fique Alertahttp://www.fiquealerta.net/
Por Jorge Serrão

Agora só falta receber a medalha da Ordem do Mérito Melancia – em fase de confecção. Ontem, em cerimônia reservada, de uma só tacada, a chefona-em-comando das Forças Armadas faturou quatro medalhas. Uma delas inédita. A ex-guerrilheira e agora Presidenta Dilma Rousseff foi a primeira mulher a receber a insígnia de Grã-Mestra da Ordem do Mérito da Defesa. Também ganhou a Ordem do Mérito Militar, concedida pelo Exército Brasileiro; a Ordem do Mérito Naval, da Marinha; e a Ordem do Mérito Aeronáutico, da Força Aérea Brasileira.

É assim que a cúpula dos militares bajula quem promoveu este ano um corte orçamentário de R$ 4,38 bilhões para a Defesa. Em retribuição pela homenagem, Dilma aproveitou a solenidade de promoção de oficiais Generais do Exército, da Marinha e da Aeronáutica para babar a farda: “É com orgulho que constato a evolução democrática da sociedade brasileira. Um país que conta como o Brasil com Forças Armadas caracterizadas pelo estrito apego às suas obrigações constitucionais é um país que corrigiu seus próprios caminhos e alcançou um elevado nível de maturidade institucional. Nossas Forças Armadas compartilham dos valores da justiça, da paz e da igualdade de oportunidades”.

O teatrinho do General João Minhoca foi perfeito. Dilma não repetiu a tradicional acusação de violações dos direitos humanos durante a dita-dura militar. Nem falou da criação da Comissão da Verdade – considerada por ela uma prioridade igual ao Trem-Bala – para apurar os tais crimes da “repressão”. A presidenta estava tão boazinha que, quando um repórter e lhe perguntou sobre a abertura de arquivos do governo dos militares, se limitou a responder com ironia: “Parabéns para você”.

A agora Grã-Mestra (mais um neologismo) Dilma agradeceu a homenagem e elogiou o trabalho do ministro da Defesa, Nelson Jobim, dos comandantes do Exército, Enzo Peri, da Marinha, Moura Neto, e da Aeronáutica, Juniti Saito, além do chefe do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, José Carlos de Nardi. Ninguém falou de censura à comemoração de 31 de março de 1964. Muito menos na adoção da "Licença-fome" - um dia por semana sem expediente para reduzir os gastos com alimentação da tropa – por causa dos cortes no orçamento. O clima era só de festa, alegria e babação de farda.

Corrigindo o caminho?

O evento político-militar de ontem indica que não há sinal de estopim, no ministério do Jobim...

Ou seja, no que depender de Dilma, continua tudo como dantes no quartel do Abrantes...

A Presidenta fará o papel de conciliadora no discurso, enquanto, na prática, os arquitetos do poder petralha continuarão provocando as Legiões, em nome de suas supostas teses ideológicas.

Livrinho Branco

Na palestra aos Oficiais-Generais, Dilma fez referência ao Livro Branco de Defesa Nacional:

Atualmente em elaboração, o Livro permitirá que a sociedade civil aprofunde seus conhecimentos sobre os temas militares e também servirá para ampliar o conhecimento do próprio estamento militar sobre si mesmo”.

Confira no site Fique Alerta a íntegra do discurso: http://www.fiquealerta.net/2011/04/dilma-discursa-aos-seus-generais.html

Mais Amor que Revolução

Defendo a implantação da Comissão Verdade não como revanchismo. O próprio Ministério da Defesa e as Forças Armadas estão colaborando de forma institucional para o sucesso da iniciativa. Não tem revanche ou ódio, pois se isso acontecesse não conseguiríamos mobilizar a sociedade em torno do projeto”.

Palavras da ministra Maria do Rosário, da Secretária Nacional dos Direitos Humanos.

Ditas na saída do Cemitério de Vila Formosa, em São Paulo, onde pesquisadores do Ministério da Justiça e da Procuradoria da República trabalham na busca por ossadas de presos políticos que desapareceram durante o regime militar (1964 a 1985).

Reescrevendo a História

O Prefeito de São Bernardo do Campo, petista Luiz Marinho, pretende mudar o nome da Av. 31 de Março.

A alteração seria para Av. José Alencar.

A intenção dele é fazer com que “se esqueça a data do golpe de 1964".

EB nas fronteiras

O Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP promove, segunda-feira que vem, a palestra Exército brasileiro: a estratégia braço forte e o sistema integrado de vigilância de fronteiras.

Será ministrada, às 11 horas, pelo General Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, no Auditório do Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica (Poli).

O evento é aberto ao público, sem necessidade de inscrição prévia, na Av. Prof. Almeida Prado, Travessa 2, 128, Cidade Universitária, São Paulo.

É mole não...

Os ditadores do Exército Brasileiro bloquearam ontem uma marcha organizada pelos democratas e pacifistas membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

O ato repressivo contra o legítimo Movimento Social aconteceu na região da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), na Bahia.

Os terríveis militares impediram que o grupo, de cerca de 400 pacifistas, invadisse a área da usina para mais um protesto ordeiro.

PS – Esta nota foi escrita conforme especificações do Livro Branco de Redação dos Melancias...

Bebam do próprio veneno...

O Itamaraty ficou PT da vida com o pedido da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CHDI) da Organização dos Estados Americanos (OEA), para que o governo brasileiro ouça as comunidades indígenas antes de autorizar a construção da hidrelétrica de Belo Monte (PA).

O Ministério das Relações Exteriores classificou as solicitações da CHID como "precipitadas e injustificáveis":

"O governo brasileiro, sem minimizar a relevância do papel que desempenham os sistemas internacionais de proteção dos direitos humanos, recorda que o caráter de tais sistemas é subsidiário ou complementar, razão pela qual sua atuação somente se legitima na hipótese de falha dos recursos de jurisdição interna".

Curioso que o Itamaraty não faça o mesmo quando os direitos transnacionais dos manos tentam interferir na soberania do Brasil, para se meter em assuntos como a Lei de Anistia...

Pale$trante

O ex-presidente (como é mesmo o nome dele?) será o principal orador nesta quarta-feira do Fórum de Líderes do Setor Público - América Latina e Caribe.

O evento é organizado pelo grupo Microsoft na capital americana.

O tema do encontro neste ano é "Inspirando a próxima geração de líderes governamentais".

O sucessor da Dilma abordará experiências brasileiras em Educação e Ciência e Tecnologia, numa palestra bem remunerada: US$ 200 mil.

Viajando

Extalinácio embarcará nesta quarta-feira para Acapulco, onde fará outra palestra remunerada, desta vez para Associação dos Bancos do México, sobre a crise econômica mundial e a experiência brasileira.

Do Brasil para os EUA, viajará no avião privado da Coteminas - a convite do presidente da empresa, Josué Alencar, filho do falecido ex-vice-presidente José Alencar.

O trajeto até o México será custeado pela associação de bancos mexicana.

Lula inglês
Na próxima terça-feira, Lula irá para Londres.

Fará outra conferência remunerada para investidores interessados no Brasil, num evento promovido pela Telefónica.

Lá deve se encontrar com o historiador marxista britânico Eric Hobsbawn.

Privatizador de aeroportos?

Sintomático que um diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Wagner Bittencourt de Oliveira, seja indicado para o poderoso cargo de ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC).

Dilma cria seu 38º ministério por três motivos: privatizar a Infraero, viabilizar parcerias-público-privadas na área aeroportuária e mudar a lei para permitir que aeroportos sejam administrados por consórcios privados – como sonham as maiores empreiteiras do Brasil.

Desde 2006, o engenheiro Wagner Bittencourt ocupa o cargo de diretor de Infraestrutura, Insumos Básicos e Estruturação de Projetos do BNDES, o que o habilita para a missão.

O Piloto

No governo Dilma, quem realmente pilota a intenções de mudança na área dos aeroportos é o ministro da Casa Civil, quase na Fazenda, Antônio Palocci Filho.

A polêmica entre os petistas é o que fazer com a Infraero – que pode sofrer uma abertura de capital.

O negócio dos aeroportos interessa aos parceiros empreiteiros o que pode render grandes frutos de colaboração nas próximas campanhas eleitorais.

Primeiro discurso

Presidenciável sempre, o Senador Aécio Neves fará seu primeiro discurso na tribuna do Senado.

Será nesta quarta-feira, a partir das 15h.

Quem quiser ver e ouvir o tucano mineiro é só acessar a TV Senado.

Cosa nostra

Pegou mal envio de pêsames feito pela família Sarney aos familiares do desafeto político e ex-governador do Maranhão, Jackson Lago.

A reação irada do ex-chefe da Casa Civil do Maranhão e ex-deputado estadual do PSDB, Aderson Lago, primo do falecido, dá o tom da bronca:

A máfia que mata é a mesma que manda flores, faz elogios e vai ao enterro”.

Fotográfica

Está no ar o novo site do fotógrafo Júlio Vilela:

É um compêndio de quase duas décadas de atuação em jornais como Folha, Estadão, O Globo e Valor Econômico. Revistas como Veja, Época, Isto É, Isto É Dinheiro, Carta Capital, Quatro Rodas e outras. Além disso, lá você vai encontrar meus trabalhos autorais , matérias e meus recentes flertes com vídeo. Gostaria de convidá-lo para essa viagem, até porque, de alguma forma, você faz parte dela”.

Basta acessar: www.wix.com/juliovilela/art
Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 6 de Abril de 2011.

5 comentários:

Carlos Bonasser disse...

Caro Serrão, fico procurando saber o que de relevante esta senhora fez para a Pátria e para as FFAA para ser agraciada com tamanha comenda.
Todos sabemos que os únicos relacionamentos que ela e seus grupos terroristas tiveram para com as FFAA foram assaltos a quartéis, lançamento de carro bomba em quartel, roubo de armas, assalto a banco, sequestro, tortura e assassinatos, mesmo que indiretamente.
Acredito que estes feitos, mesmo que de forma indireta não habilita ninguém a receber uma comenda com tamanha magnitude, certo?
Comente algo acerca dessa aberração.
Abraços.
Carlos Bonasser.

Anônimo disse...

Os militares não tem o dever de defender o Brasil de inimigos externos e internos?

Os banqueiros são os piores inimigos internos/externos que o Brasil já teve e esses políticos corruptos são seus lacaios.

Em um país cristão em que na Bíblia se condena severamente a cobrança de juros e se promove o Jubileu (perdão das dívidas após 7 anos) acho que os militares teriam apoio popular suficiente para a expulsão desses parasitas bancários do Brasil e seus lacaios.

O povo não pode fazer isso, o povo foi desarmado ao extremo por essa corja que governa o país e nossas eleições "eletrónicas" (graças a americana Diebold) tornam impossível eleger alguém que condene o nosso sistema económico de juros astronómicos.

Tem coisa mais absurda que os juros serem decididos pelo COPOM composto por banqueiros de instituições privadas?

Pense qual seria o salário mínimo ou a quantidade de empregos que poderiam serem gerados se este crime chamado "juros" fosse extinto do sistema e essa dívida impagável (criada ilegalmente) fosse aniquilada (e os que permitem ela fosse presos)....

Anônimo disse...

O ministro da Defesa, nelson jobim, dos comandantes do Exército, enzo peri, da Marinha, moura neto, e da Aeronáutica, juniti saito, além do chefe do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, josé carlos de nardi e dilma, avacalharam e obraram no já pouco prestigio das nossas FA.

Total orgasmo hedonistico! Todos de quatro, onde ela os quer, lambendo os sapatos da ex(?)-terrorista e latindo de satisfação.

Puros gigolôs sem honra nem máscula! Patético! Machos? Eles?

Jose disse...

Braço forte, mastrubação amiga! Tanta vassalagem putativa!

Enfim, FA que temos e não merecemos! Tudo melancia bolchevique!

Entretanto os gastos do cartão corporativo, não param de aumentar! Sai um louco, entra outro ainda pior!

O gabinete da presidência da República gastou R$ 1,665 milhão no cartão corporativo nos primeiros dois meses do governo Dilma, elevando a média mensal em 62% na comparação com a média mensal em 2010, que foi de R$ 512 mil.

http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/politica/uso-do-cartao-corporativo-dispara-com-dilma/

MuLa SeM CaBeÇa disse...

Hunf, esses milicos são uma vegonha mesmo... deveriam honrar o que tem no meio das pernas e a farda que usam. Um bando de frouxos, bando de bunda moles!!! Já abriram as pernas para o poder estrangeiro em 64 e hoje fazem a mesma coisa... bando de c**ão!!
Não vai ser estranho se, daqui pouco tempo, esse bando de frouxos passarem a perseguir, da mesma forma que fizeram a 64, os opositores ao sistema imposto por poderes estrangeiros...
BANDO DE FROUXOS!!!
HONREM ESSA FARDA QUE VCS USAM!!!
Puta merda, ainda bem que não segui carreira militar, hoje estaria preso..
Bom, daqui um tempo eu - assim como o pessoal que escreve nesse blog, vou acabar caindo em cana, então não faz diferença...
BANDO DE COVARDES!!!