terça-feira, 12 de abril de 2011

Alta de preços e contenção do crédito já derrubam popularidade de Dilma

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net/
Leia mais artigos no site Fique Alerta – www.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

Os marketeiros do Palácio do Planalto já ligaram o sinal de alerta sobre os efeitos psicológicos de uma eventual crise econômica sobre a popularidade da Presidenta Dilma Rousseff. Uma pesquisa feita por um grande instituto, com grandes chances de ser convenientemente censurada em sua divulgação, indica que Dilma teve, em um mês, uma queda de aprovação de 67% para 58%.

Embora ainda pequena, a queda de nove por cento na popularidade foi interpretada pelos assessores mais próximos da Presidenta como um sinal de que uma parcela da população não estaria aceitando bem as medidas econômicas de contenção do crédito (que foi a explicação do sucesso de “prosperidade” na Era Lula) e a evidente alta dos preços de todos os produtos e serviços – popularmente conhecida como “inflação” – ocorrida desde o final do ano.

O indicador de queda de aprovação – e popularidade - foi mais um motivo usado por uma facção dentro do governo para justificar mudanças urgentes no ministério – principalmente com a retirada de Guido Mantega da Fazenda. A intenção seria transmitir a impressão de que Dilma age depressa para resolver problemas e corrigir o que não funciona perfeitamente.

Armação?

Há fortes suspeitas de que a queda de popularidade de Dilma não seja verdadeira.

Os dados podem ser negativamente manipulados para transmitir a permanente impressão de que ela jamais terá o mesmo desempenho de seu antecessor – que tem o retorno à Presidência como plano para 2014, embora negue isto até a morte.

Dilma e Lula já não têm a mesma boa relação de antes, porque a Presidente quer mesmo substituir alguns ministros que herdou da gestão passada, mas, se fizer isto, estará descumprindo um acordo feito com o ex, antes da posse no trono planaltino.

Leia, abaixo, os artigos: Louco ou terrorista?, de Valmir Fonseca, e A sinceridade das lágrimas da Presidente, de Paulo Chagas, ambos generais da reserva do EB.

Leia também, no site Fique Alerta: O Leão está de olho em você, de Antônio Gonçalves.

Tem solução?

Um morador de rua, aparentemente em surto e sob efeito de bebida alcoólica, esfaqueou ontem duas pessoas na frente do Parque Trianon, na Avenida Paulista, ontem à tarde.

O malandro - que já tem passagem pela polícia e usou uma faca de churrasco com cerca de 20 centímetros - tentou fugir, mas foi preso em flagrante pela Polícia Militar.

Boa oportunidade para lançarmos uma campanha que retire de circulação as criminosas facas de churrasco...

Pura armação

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, resolveu antecipar o lançamento da nova campanha do desarmamento.

previsão inicial era de que a campanha seria realizada em julho, para a criação de um conselho com representantes da sociedade civil e do governo para discutir a organização da coleta das armas.

O governo da ex-guerrilheira Dilma dispõe de R$ 10 milhões para pagar pelas armas entregues voluntariamente.

Triste oportunismo

Os pretensos defensores dos direitos humanos surfam, demagogicamente, nos cadáveres do massacre de Realengo, em Realengo, que terminou com 12 crianças mortas e 12 feridas por um psicopata.

Mais uma vez os oportunistas no governo aproveitam um fato social gravíssimo para desviar a atenção sobre outros problemas mais sérios – como a manutenção de nosso modelo econômico, que fabrica inflação, especulação, desemprego e violência, tirando oportunidades de futuro para os jovens.

Desarmar a população não é questão, pois não é a arma quem mata, mas sim o ato violento de um ser humano que se deixa dominar pela violência.

Fracasso

Na campanha pelo desarmamento de 2008 e 2009, que teve a participação apenas da Polícia Federal, o governo retirou do mercado apenas 30 mil armas.

Entre 2004 e 2005, quando ONGs, igrejas e as polícias participaram da campanha, 459 mil armas foram recolhidas.

O problema objetivo é: qual foi o bandido ou organização criminosa que entregou suas poderosas e modernas armas aos bondosos governantes?

Razão ideológica

Por que o atual governo, formado por ex-guerrilheiros e terroristas do passado pós 64, defende, com tanto ardor, a campanha do desarmamento?

Porque o assunto faz parte da cartilha revolucionária que sempre os motivou.

No item 10 do velho Decálogo de Lênin está escrito: “Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa”.

Devolução

O deputado Tiririca (PR-SP) devolveu, quinta-feira passada, a grana da verba indenizatória do mandato usada para pagar uma estadia no Porto da Aldeia Resort, em Fortaleza.

O deputado ressarciu aos cofres da Câmara duas notas fiscais de R$ 660 de hospedagem e R$ 311 de alimentação.

A assessoria do deputado alegou que o Porto d' Aldeia Resort fez uma cobrança indevida.

A pergunta que fica no ar é: porque Tiririca precisou usar grana da Câmara para pagar um resort em Fortaleza, que é o lugar onde vive, mas não é seu domicílio eleitoral, que pretensamente é São Paulo?

Bela explicação

O premiê italiano Silvio Berlusconi arranjou uma desculpa fenomenal para justificar porque deu dinheiro à então adolescente Karima "Ruby" El Mahroug – que o denunciou judicialmente por de prostituição de menor e abuso de poder:

“Eu dei dinheiro a ela para evitar que ela se prostituísse. Dei a ela a possibilidade de abrir um centro de estética com uma amiga, para o qual ela precisaria dispor de uma soma que me parecia ser 45 mil euros. Mas ela me disse que precisava de 60 mil euros, e eu dei ordem para que dessem a ela esse dinheiro para livrá-la de qualquer necessidade, para não obrigá-la a se prostituir e levá-la na direção contrária”.

Berlusconi é acusado de pagar para fazer sexo por 13 vezes, no início do ano passado, com Ruby, que tinha apenas 17 anos à época.

O complicado é que, tanto ele quanto a dançarina, negam que tenham ocorrido as relações sexuais...

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 12 de Abril de 2011.

3 comentários:

Esperança disse...

Salete Lemos e Bolsonaro
http://www.youtube.com/watch?v=js58MCM4DFI

Anônimo disse...

NÃO SÓ OPORTUNISMO, MAS, TAMBÉM HIPOCRISIA, FARSA MESMO, COMO SE A CRIMINALIDADE FOSSE CAUSADA POR QUE O CIDADÃO TEM EM SUA RESIDÊNCIA, PARA DEFESA DE SUA SEGURANÇA, UM REVOLVER.
AÍ VEM BIGODÃO PINTADO QUERENDO APARECER, PREGANDO COM URGÊNCIA, UM NOVO REFERENDO SOBRE A VENDA DE ARMAS. ACORDEMOS. O HEMISFÉRIO NORTE, NOSSOS PATRÕES, DE MUITO A TEMPO, NÃO QUEREM A POPULAÇÃO CIVIL SUL-AMERICANA PODENDO DISPOR DE ARMAS. TÊM MEDO DE QUE O POVO INSATISFEITO, VÍTIMAS DESSA POLÍTICA ECONOMICA DA GLOBALIZAÇÃO E DO NEO-LOBERALISMO VENHAM SE MANISFESTA PROTESTANDO DE ARMA EM PUNHO, LÊDO ENGANO. TAL POLÍTICA DE DESARMAMENTO ENVOLVEU ATÉ A DESTRUIÇÃO, SUCATEAMENTO DAS FORÇAS ARMADAS DE TODA AMERICA LATINA. CONTINUAANDO COMO VAI NÃO PODEREMOS NOS DEFENDER DE UMA INVASÃO NEM COM PALADEIRAS OU PALEADEIRAS. POR ISTO QUE PASSEI A SER APOLOGISTA DE HUGO CHAVES QUE ALÉM DE RETOMAR O CONTROLE DO PETRÓLEO DA VENEZUELA (PDVSA) ADMITIU REARMAR A POPULAÇÃO CIVIL. VEJA-SE O CASO DA LÍBIA, QUEM ESTÁ PROPICIANDO UMA REAÇÃO A NÃO DERRUBADA DE KADAFI, GOVERNO CONSTITUIDO, DEMOCRATA OU NÃO, É A POPULAÇÃO CIVIL, SEM ELA O GOVERNO, TALVEZ NÃO TIVESSE FORÇA E CONVICÇÃO PARA A DEFESA.
AGORA QUEREM FAZER OUTRO REFERENDO E A POPULAÇÃO QUE JÁ SE MANISFESTOU PELO NÃO DESARMAMENTO, QUEM SABE, ILUDIDA PELO UMA CAMPANHA FEITA PELAS TVs. NESTE MOMENTO, VOTEM CONTRA A VENDA DE ARMAS, COMO SE ISTO, FOSSE DESARMADOS SÒMENTE OS LOUCOS E BANDIDOS. DEVERIAMOS ESTAR PREOCUPADOS COM NOSSA RIQUEZA QUE ESTÁ ESCOANDO PELO RALO E INDO PARA OS RICOS DO MUNDO. ATÉ QUANDO VAMOS NOS PREOCUPAR COM A MIUDEZA ESQUECENDO AS COISAS IMPORTANTES. NÃO TEMOS VERBAS PARA SAÚDE, PARA EDUCAÇÃO PARA INFRAESTRUTURA QUE TANTO O PAÍS PRECISA, MAS, PARA SUSTENTAR QUEBRADEIRA DE BANQUEIROS DE PAGAMENTO, DE JUROS DA DÍVIDAS, PARA CAMPANHAS DE DESARMAMENTO E PROPAGANDA DE GOVERNO, ISTO NÃO FALTA. ESTE PAÍS PRECISA SOFRER UM TERREMOTO MORAL PARA ACORDAR E A POPULAÇÃO POR MÃOS A OBRA.

Anônimo disse...

Grades festejos sendo preparados nas comunidades do Morro do Alemão e outros, APÓS A NOTÍCIA DO DESARMEMENTO DA POPULAÇÃO.

O povo brasileiro será massacrado.

O que me conforta é saber que ELES, os delinquentes que projetam o desarmamento, TAMBÉM SERÃO!