quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Governo terá dificuldades legais para escolher 7 membros para compor a mentirosa Comissão da Verdade

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

Aprovada ontem pela Câmara e certamente referendada pelo Senado, em Setembro, corre o risco de nem sair direito do papel a polêmica Comissão da Verdade. A dificuldade será conseguir quem tenha condições legais de compor o grupo de 7 membros titulares. Foram criadas obstruções para a montagem do monstrengo que terá dois anos para cumprir a missão quase impossível de esclarecer violações de direitos humanos cometidas pelo Estado brasileiro desde 1946 até 1988.

Os sete membros da CV não poderão participar do grupo pessoas que exerçam cargos executivos em agremiação partidária, com exceção daqueles de natureza honorária. Também ficam excluídos os que não tenham condições de atuar com imparcialidade e estejam no exercício de cargo em comissão ou função de confiança em quaisquer esferas do poder público. Se o Senado não modificar, militantes que lutaram contra o regime militar não poderão compor a CV.

O que foi aprovado ontem, na prática, é uma derrota provisória para os revanchistas que querem apenas focar em acontecimentos pós-1964. A intenção real deles é reescrever a história sobre relatos acerca de mortos, desaparecidos e militantes torturados no “regime militar”. O engraçado do texto aprovado ontem é seu contorcionismo retórico. A CV deverá investigar onde e como ocorreram crimes, tanto atribuídos aos militares quanto à resistência ao regime, sem alterar a Lei de Anistia aprovada em 1979 e referendada pelo Supremo Tribunal Federal. As Forças Armadas, na ativa, aceitam a regra como foi aprovada. Na reserva, a gritaria é generalizada (sem trocadilho).

No fundo, tal Comissão da Verdade é mais uma perda de tempo em um País que adia sempre o dever de passar a limpo sua própria História. Toda a confusão de bastidores para a criação da inútil CV, de cunho apenas revanchista, apenas comprova como impera sempre, no Brasil, o vício da conciliação – que apenas joga as desavenças para debaixo do tapete da história, sem resolvê-las, na prática do mundo real. Tal esquema só realimenta ressentimentos e impede nossa Nação de “olhar para frente”, superando erros do passado para não repeti-los no presente e no futuro.

Leia, abaixo, os artigos de Paulo Chagas e Sérgio Muniz Costa.

Regrinha imposta

O texto aprovado ontem segue uma lógica internacionalista de tentar criminalizar militares que ocuparam vários governos.

Em tese, a CV poderá investigar a extensão da famosa Operação Condor, articulação de regimes militares da América do Sul para perseguir opositores.

A investigação será possível em razão do artigo 2 , que contempla o esclarecimento de casos de "tortura e desaparecimentos forçados, ainda que ocorridos no exterior".

Faxineira globalitária

No discurso de 24 minutos que abriu ontem a Assembleia Geral das Nações Unidas, para 130 chefes de Estado e representantes de 193 países, só faltou Dilma Rousseff repetir o discurso brizolista das “perdas internacionais”:

"Não é por falta de recursos financeiros que os líderes dos países desenvolvidos ainda não encontraram uma solução para a crise. É, permita-me dizer, por falta de recursos políticos e de clareza de ideias".

Dilma protestou que os líderes "ficam presos na armadilha que não separa interesses partidários daqueles interesses legítimos da sociedade".

Perguntinha idiota: será que ela estava falando do PT, do PMDB e do restante de sua base amestrada de governo, no discurso em que aderiu, formalmente, à Nova Ordem Mundial?

Assombração Genérica

Tem gente morrendo de saudades de Nelson Jobim.

Mais de um mês depois da queda dele, a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa resgatou o antigo ministro.

Na agenda ministerial de quinta-feira, divulgada na noite desta quarta, o site do ministério traz o nome de Nelson Jobim, em vez do atual titular, Celso Amorim.

Mandando bala nos burrocratas

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados se reúne nesta quinta, às 10 horas.

A reunião foi pedida pelo deputado Protógenes, que é Delegado de Polícia Federal, para debater os sistemáticos indeferimentos de registro de armas que a PF vem praticando.

De modo ilegal, alguns burrocratas na PF confundem posse com porte.

O artigo 6º do Estatuto do Desarmamento deixa claro que o cidadão tem de apenas declarar efetiva necessidade, não demonstrá-la, o que se exige apenas no caso de porte, à luz do artigo 10.

Bolha à vista

O FMI alertou ontem que o rápido crescimento do crédito no Brasil representa um risco à estabilidade.

No “Relatório sobre a Estabilidade Financeira Global", lançado em Washington, o FMI cita o exemplo do Brasil ao lado da também emergente Turquia.

"(Nesses países) A qualidade dos empréstimos parece forte na superfície, mas a rápida expansão do crédito doméstico representa um desafio chave para a estabilidade futura".

Homem carro

O cineclube e a ABRAMET (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego) prepararam uma sessão especial em apoio à “Década Mundial de Prevenção de Acidentes (OMS)”, à “Semana Nacional de Trânsito” e ao “Dia Mundial Sem Carro”.

Será exibido o documentário “Homem-carro”, que aborda a relação entre o homem contemporâneo urbano e o automóvel na cidade de São Paulo, apresentando os desdobramentos do “culto” ao carro, sua dimensão simbólica e imaginária, e os vários usos que se fazem do veículo no contexto da sociedade consumista.

Após a exibição, será discutido o papel da mídia e da comunicação responsável pela construção de um tráfego mais seguro, e pela relação entre o homem e o automóvel na cidade de Sampa.

Chinesinha vidente?

Dias antes do anúncio do aumento do IPI para importados, a chinesa JAC Motors “nacionalizou” todos os seus modelos de carros.

Como bem lembrou a administradora Andrea Schmidt, a JAC passou do negocio de carros para o de videncia.

Ou, então, tal “premonição” é mais uma “evidência” de que informações privilegiadas vazam facilmente pelo governo da faxineira...

Freud explica

O estudo apresentado em Bruxelas revela que o consumo moderado de cerveja após exercícios físicos é tão eficaz quanto a água para a hidratação.

A conclusão foi apresentada no "VI Simpósio Europeu de Cerveja e Saúde", onde participaram especialistas em medicina, nutrição e alimentação da União Europeia.

Deve ser por isso, então, que, no exercício da Presidência, o Extalinácio exibia sempre as vantagens de tomar todas, inclusive sua preferida Kaiser...

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 22 de Setembro de 2011.

4 comentários:

Airton Leitão disse...

Se a tal Comissão da Verdade não for adiante, pelo menos ficaremos livres de outra sigla criminosa, a CV do Comando Vermelho.
Haveria aí alguma 'coincidência'?

Anônimo disse...

Quanto a eleição da Dep. Ana Arraes para o TCU, " A primeira mulher a ser eleita..."
Correção: Muito antes de Ana Arraes, a advogada Élvia Castello Branco foi a primeira mulher a chegar ao TCU.
Baiana de São Félix, a advogada Élvia Lordello Castello Branco tornou-se juíza do Tribunal Regional do Trabalho em 1957. Quatro anos mais tarde, em 1961, iniciou carreira como procuradora junto ao TCU. Em setembro de 1987, nomeada pelo então presidente José Sarney, a procuradora Élvia Castello Branco passou a integrar o quadro de ministros do TCU, tendo presidido a Corte entre 1994 e 1995, ano em que se aposentou.

Anônimo disse...

A Comissão da Verdade èc apenas para prender TODOS militares considerados indejáveis pelo PT e PC do B. Até no Uruguai, mal o terrorista foi eleito, já estão muitos oficiais na choldra e por lá vão ficar até morrer!

Por que razão, aqui, com esta terrorista haveria de ser diferente?

Dr. TrafficCalming disse...

Homem Carro e a empresa mista travestida de orgão publico, que supostamente gerencia o trânsito SP

Sem firulas, campanhas falaciosas, factóides,eufemismos como "padronização de velocidade para segurança" ao invés de redução de limite de velocidade para correção de erro, press releases infantilizantes, palhaços e faixas nas ruas, sem inundação de placas, duplicação de semáforos, tudo muito bem pago pela cidade. Não há 5 limites de velocidade - de 70KM a 30Km como SP. A velocidade máxima na cidade é pouco menos de 50KM (30mph), e pouco menos de 35Km (20mph) em locais residenciais. (aqui era 70KM em muitas avenidas como a Paulista, agora a empresa mista reduziu p/60KM- que continua perigosamente elevada).
Aqui Fluidez e Segurança foram substituídos por Velocidade e Riscos/acidentes.

The New York City Pedestrian Safety Study & Action Plan - 50 páginas.

http://www.nyc.gov/html/dot/downloads/pdf/nyc_ped_safety_study_action_plan.pdf

The Pedestrian Safety Report and Action Plan examines over 7,000 records of crashes that have caused serious injuries or fatalities to pedestrians, and indentifies underlying causes. DOT will use this data to inform the work the agency does to reduce traffic fatalities and make New York City streets safe for everyone.

Anti-Speeding Campaign
Building on the Action Plan, DOT has launched an anti-speeding ad campaign to improve safety for pedestrians, motorists and cyclists throughout the city.
Read the press release announcing the new campaigns.
Watch DOT’s new anti-speeding advertisements and learn why the standard speed limit in NYC is 30 mph.

Download the report (pdf):
Pedestrian Safety Study & Action Plan - Technical Supplement
Appendices A, B & C

Key Findings

Pedestrians are 10 times more likely to die than a motor vehicle occupant in the event of a crash.
Pedestrians accounted for 52% of traffic fatalities from 2005-2009.
Driver inattention was cited in nearly 36% of crashes resulting in pedestrians killed or seriously injured.
27% of fatal pedestrian crashes involved driver failure to yield.
Pedestrian-vehicle crashes involving unsafe speeds are twice as deadly as other crashes.
Serious pedestrian crashes are about two-thirds deadlier on major street corridors than on smaller local streets.
Most New Yorkers do not know the city’s standard speed limit is 30 m.p.h.

Serious pedestrian crashes are about two-thirds deadlier on major street corridors than on smaller local streets.
Manhattan has four times as many pedestrian killed or severely injured per mile of street compared to the other four boroughs.

2010-2011 Action Plan Highlights
Based on the findings of this study, DOT will undertake a comprehensive set of actions, including the following:

Install countdown pedestrian signals at 1,500 intersections
Re-engineer 60 miles of streets for greater pedestrian safety, according to corridor crash data.
Re-engineer 20 intersections for pedestrian safety on major two-way streets.
Launch a pilot program to test the safety performance of neighborhood 20 m.p.h zone.
Implement pilot program to improve visibility at left turns along avenues in Manhattan.

Tudo profissional, transparente, sem nosso custoso circo de ilusões do trânsito, com suas efêmeras magicas de cartola quinzenais.
O que temos na gerência do trânsito em SP?
Incompetência, irresponsabilidade, descaso, outros interêsses que não os da cidade ou tudo junto?