sábado, 17 de setembro de 2011

O Dinheiro do Futuro

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Pedro Chaves

Com a evolução da informática no Brasil, hoje vemos a todo instante, cenas inimagináveis há poucos anos atrás. Na fila do caixa das padarias e das bancas de jornal, pessoas de todas as classes sociais pagam despesas irrisórias com cartões de crédito ou débito.

Agindo assim, perdem a sua privacidade sobre quanto gastam e onde gastam e, em breve, os poderosos de plantão poderão estabelecer restrições ao consumo baseados em estatísticas. Tornarão cada vez mais difícil a obtenção de papel-moeda criando a obrigatoriedade de preenchimento de formulários e “limites” para saque em conta-corrente à vista, por instruções infralegais e portanto inconstitucionais.

É intenção da Oligarquia Financeira Internacional acabar com o papel-moeda sujeitando todos a usar conta-corrente bancária, bloqueável “on line” por qualquer um que tenha acesso às senhas dos “poderosos”, abuso cometido no anonimato e sem consequências para os causadores de prejuízos aos alcançados pelo “raio da morte civil”.

Guardar papel-moeda, ouro ou jóias em cofres de bancos pode acarretar duras perdas em caso de assaltos.

Aliás, ninguém come papel-moeda, ouro ou joias e em caso de graves crises (v. g. a da Argentina no final de 2.001), os bancos fecham as portas sem o menor aviso e adeus ao acesso aos tesouros quando não aos próprios tesouros.

Rico é quem vive num país que tem exército patriota, abnegado, espartano em seu estilo de vida e conhecedor do real inimigo.

Rico é quem não teme morrer por sua pátria ou por seus ideais porque deste homem, sim, os bandidos têm medo.

O dinheiro do futuro é a Coragem com Honra.

Pedro Chaves é Advogado.

Nenhum comentário: