sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Petralhas atropelam Dilma, por ordem de Dirceu, e querem debater formas de regular e censurar a imprensa

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

A ampliação da liberdade de expressão era mesmo um compromisso de mentira da petralhada. Manipulado pelo camarada Josef Dirceu, o secretário nacional de Comunicação do PT, deputado André Vargas (PR), avisou ontem que a Executiva do partido usará seu IVº Congresso Nacional para propor o debate nacional sobre o marco regulatório da mídia. Os totalitários petralhas voltam a discutir o monstrengo elaborado pelo ex-bolcheviquepropagandaminister Franklin Martins.

A intenção da cúpula petralha de reabrir o debate sobre o marco regulatório da mídia bate de frente com Dilma Rousseff. A Presidenta assumiu seu mandato avisando que não patrocinaria qualquer ação que pudesse ser interpretada como censura aos meios de comunicação. Agora, Dilma é atropelada pela orientação de Dirceu Borboleta aos seus fanáticos seguidores partidários. Foi ele, pessoalmente, quem mandou a proposta de regulação da mídia fosse incluída na resolução do partido.

Como porta-voz das intenções autoritárias de Dirceu, o secretário nacional de Comunicação do PT bateu na imprensa: “A mídia pode criticar quem ela quiser e nós não podemos criticá-la?”. André Vargas também demonstrou que ele e a cúpula petralha obram e andam para Dilma: “O governo pode ter uma posição diferente da do PT, até porque o governo não é composto apenas pelo PT, tem seu tempo, mas esse é um assunto relevante para o país. Temos divergências em relação a outros assuntos como as 40 horas semanais e o fim do fator previdenciário”.

Leia, abaixo, os artigos de Valmir Fonseca: “O silêncio às vezes mata... DE VERGONHA”, e de Maria Lucia Barbosa: “O Submundo do Governo”

Engana bobo

José Dirceu voltou a negar ontem que exerça influência no governo Dilma Rousseff.

Foi durante entrevista-amestrada de 17 minutos, ao vivo, na Rede Record, cujo proprietário, o Bispo Edir Macedo, nutre a ilusão de que os petralhas são seus aliados políticos.

Dirceu negou que tenha qualquer intenção de desestabilizar Dilma e até defendeu a reeleição dela para 2014.

Defensor ofensivo

Ao comentar os escândalos que assolam o governo, Dirceu até fingiu que apóia integralmente Dilma:

“Não tem sentido ter uma CPI da Corrupção se a presidente Dilma está tomando providências. Vamos reelegê-la em 2014. Dizer que eu conspiro contra o governo Dilma é dizer que eu deixei de ser corintiano. Sou um dos primeiros defensores do governo Dilma”.

O camarada só faltou jurar que não gostaria de ser candidato a Presidente, caso seja absolvido pelo Supremo Tribunal Federal, recuperando seus direitos políticos.

Profeta do caos

Dirceu previu que a atual estrutura política do Brasil está fadada ao fracasso:

O Brasil precisa de uma reforma política e administrativa. Essa estrutura política que temos vai cair nas ruas, vai cair por protesto popular. Está fadada ao fracasso”.

O engraçado é que Dirceu fala como se não fizesse parte do próprio esquema que deseja ver derrubado nas ruas...

Sem influência

Dirceu negou que exerça influência sobre o governo:

Tenho atividade política, sempre tive. Tenho um blog, me reúno com governadores, prefeitos, e, em Brasília, com deputados, senadores e ministros. São todos meus amigos de 30, 40 anos. Continuo fazendo atividade política. Sou consultado, sou ouvido”.

Ou seja, Dirceu confirmou que Lula, e agora Dilma, são obrigados a “ouvi-lo”.

Dirceu Borboleta

Na ficção de Dias Gomes, o puxa-saco do Prefeito de Sucupira, Dirceu Borboleta, acaba traindo e matando Odorico Paraguaçu no final da história.

Pois Dilma (petista novata) e Lula correm o mesmo risco fatal do personagem ficcional.

Dirceu avisou na entrevista à Record que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não poderá sozinho transformar o ministro da Educação, Fernando Haddad, no candidato oficial à Prefeitura de São Paulo em 2012.

Dirceu reafirmou que tem o controle da base partidária e mandou a indireta de que não aceitará ser atropelado por Lula.

Secreto é o cacete

O deputado Ivan Valente, do PSOL, apresentou requerimento cobrando a inclusão da Proposta de Emenda à Constituição 349/2001, que institui o voto aberto, na pauta de votações da Câmara.

A PEC foi aprovada por unanimidade na Câmara em setembro de 2006.

Só que enfrenta resistência dos grandes partidos para ser votada em segundo turno.

Quem tem tem medo

Mexer no bolso dos supremos magistrados brasileiros é um pecado político quase mortal.

Por isso, o governo da Faxineira resolveu mandar hoje ao Congresso uma correção à proposta de orçamento do Judiciário para garantir o aumento de ministros e servidores.

Inicialmente, o governo havia enviado o texto sem a previsão de gastos com reajustes para 2012 – o que provocou a ira da cúpula do Judiciário.

A Presidenta Dilma Rousseff volta de viagem hoje e assina, correndo, a retificação a ser enviada aos parlamentares, garantindo os R$ 8 bilhões para o Judiciário.

Manda quem pode...

Peluso reclamou, irado, que o governo se equivocou ao mandar para o Congresso proposta de orçamento do Judiciário com cortes.

Segundo ele, a presidente deveria ter encaminhado integralmente a contabilidade recebida de suas mãos há um mês.

Peluso anexou ofício lembrando que, pela lei, não cabe ao Planalto efetuar cortes nos gastos previstos pelo STF.

Para apagar o incêndio, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, foram pessoalmente ao presidente do STF, Cezar Peluso, avisar que garantiriam a grana para o aumento do Judiciário.

Bem intencionados...

O ministro Marco Aurélio Mello também pegou pesado contra o governo, na mesma linha de raciocínio de Peluso:

“Essa doutrina foi fixada no início da vigência da Constituição de 1988. O que cumpre ao Executivo é consolidar a proposta da União e encaminhá-la aos deputados e senadores. O que não cabe é o Executivo substituir o Judiciário”.

Marco Aurélio ironizou que não houve equívoco do governo na intenção de cortar as verbas do Judiciário:

De bem intencionados, o Brasil está cheio”.

Livro neles

A Presidenta Dilma Rousseff pelo menos mostrou ontem que é um pouquinho diferente do seu antecessor Extalinácio, no que se refere ao hábito da leitura.

Na abertura da 15ª edição da Bienal do Livro, que vai até 11 de setembro, no Riocentro, Rio de Janeiro, ela pediu ao Ministério da Cultura e à Fundação Biblioteca Nacional a preparação de um programa para o que ela chamou de livro popular.

Dilma comentou que é muito bom ter acesso a bibliotecas, mas, ressaltou, isso não basta.

Como consumidora de livro, eu quero dizer que é uma experiência única ter seus próprios livros e poder lê-los em casa”.

Herança Maldita

A Azaléia, empresa gaúcha de calçados, está fechando a sua última fábrica no Rio Grande do Sul, e demitiu os últimos 840 funcionários, dos 5.000 que empregava antes de ser

comprada pela Vulcabrás, de Pedro Grendene, que pagou a conta com um daqueles empréstimos famosos do BNDES: R$ 314 milhões.

Na campanha de 2006, Pedro Grendene doou, como pessoa física, R$ 1 milhão para a campanha de Lula.

Portanto, os desempregados da Azaléia vão logo perceber a herança maldita que agora financia a desgraça deles.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 2 de Setembro de 2011.

4 comentários:

Anônimo disse...

O maior vigarista vivo do Brasil, Lulla, o grande responsável pela desmoralização da pátria, não pode ser inocentado tão facilmente.


ACORDA BRASIL

Anônimo disse...

Ótimo artigo;
NÊUMANE CONTA LULA.

Aquí:
http://www.sebastiaonery.com.br/visualizar.jsp?id=1976

Anônimo disse...

Gostei do Josef...!!!

A terrorista não quis nem quer aumentar os aposentados que de uma forma ou de outra ajudaram a erguer este colosso de Pais para ser corrompido e dominado pela petralhada e os esquerdoptas.

Mas o judiciario e os políticos têm de ser aumentados anualmente e em valores porcentuais muito acima da inflação galopante!

Interessante o criterio dessa tal dilma e seu terrorismo de estado!

Por isso, resolveu mandar para o Congresso uma correção à proposta de orçamento do Judiciário para garantir o aumento de ministros e servidores.

Para apagar o incêndio, a ministra do Planejamento, miriam belchior, o ministro da Justiça, josé eduardo cardozo, e o advogado-geral da União, luís inácio adams, foram pessoalmente ao presidente do STF, cezar peluso, avisar que garantiriam a grana para o aumento do Judiciário, prestando-lhe ao mesmo tempo vassalagem e beijarem-lhe a mão!

Patético! Ridiculo! Serem corrompidos pelo judiciario e corrompendo-o simultaneamente! Mas nemhuma das partes lhe diz que se não há dinheiro para os aposentados, por que terá de haver para o judiciario, ministros e servidores publicos, vulgo funcionalismo publico?

Terrorismo de estado! Uns são mais iguais que os restante!

Esses bilhões não davam para o SUS pagar os convênios que fez e não pagou, maltratanto a população brasileira que precisa de assistência médica condigna e não a tem?

Afinal, há ou não há dinheiro?

Anônimo disse...

Os Servidores dos Judiciário Federal estão com os salários congelados desde 2006. São 05 anos sem um mísero centavo de aumento, só a inflação comendo!