quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Dilma, como fica Gilberto Carvalho?

Artigo no Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Por Humberto de Luna Freire Filho

Dona Dilma! terminou o carnaval, acredito que agora o ano vá realmente começar na república de Macunaíma. Por conseguinte, e após uma breve explanação, vou lhe fazer duas perguntas para as quais a sociedade exige e tem direito a respostas.

Tudo começou há uma semana, após ter lido extensa reportagem na revista Veja (edição 2256-15/02), que relata a pouca vergonha nos fétidos porões do governo petista. Acredito que a sra. tenha lido, ou pelo menos sua assessoria tenha lhe informado, sobre a gravidade das denúncias nela contida.

A minha primeira pergunta é sobre o seu, hoje, ministro da Secretaria-Geral da Presidência. Por que Gilbertinho, quando chefe de gabinete de Luiz Inácio Lula da Silva tinha tantos poderes, e continua tendo visto que hoje é seu ministro, a ponto de atender vários pedidos sujos, inclusive de uma prostituta, para que fosse reconduzido ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do Distrito Federal, o promotor Leonardo Bandarra?

Se a sra. disser que não sabia, tenho a obrigação de reconhecer no seu criador o melhor professor de mau-caratismo do mundo.

Minha segunda pergunta se refere ao, hoje, ministro do Supremo Tribunal Federal, José Antonio Dias Toffoli. Ele vai continuar ministro mesmo após ser do conhecimento da sociedade, pelo menos a que não usa jornal para outra finalidade, de que quando ocupava o cargo de advogado-geral da União no governo de seu guru, trocava informações sujas e comprometedoras, em áudio e vídeo, sob os lençóis, com a Mata Hari tupiniquim, a fim de beneficiar o seu partido?

"Presidenta" quebre essa corrente de corrupção que caracteriza seu partido, não seja cúmplice da desmoralização do País.

Humberto de Luna Freire Filho é Médico.

3 comentários:

Anônimo disse...

Dr. Humberto, o senhor já deveria saber que uma das características do brasileiro é não ter memória, portanto, se a imprensa "chapa branca" se mantiver assim, calada, o povo logo esquecerá o "affaire", então, a presidente nem precisa "se preocupar" em responder as suas duas, digamos, "perguntinhas impertinentes".

Ronald disse...

" fétidos porões do governo petista"
Isso é música para meus ouvidos...Adorei

Ieda Coelho disse...

Brasil, meu brasil brasileiro... de berço esplêndido a galinheiro do PT!!!